• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Quinta, 18 de Janeiro de 2018
Pesquisar...
Dom.
 17° / 9°
Céu nublado
Sáb.
 16° / 6°
Períodos nublados
Sex.
 17° / 8°
Claro
Torres Novas
Hoje  17° / 5°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Meia Via: teatro estreia comédia no dia 29 de Abril e afirma compromisso de manter actividade teatral

Cultura  »  2017-04-21 

O Teatro da Meia não pára e prepara-se para apresentar um novo trabalho, já no dia 29 de Abril (21h30). Trata-se de uma comédia “Falar a Verdade a Mentir”, uma produção que nasce a partir de um texto de Almeida Garrett e que “promete fazer soltar muitas gargalhadas”.

A peça é encenada por Hugo Gama e no elenco conta com António José Paz, Carlos Maia Henriques, Fábio Carvalho, Liliana Domingos, Sandra Vieira, José Carlos Batista e Ricardo Teixeira.

A história resume-se assim: Brás Ferreira é um antigo negociante do Porto, vem a Lisboa para pôr à prova Duarte, o noivo de sua filha Amália, a fim de testar a honestidade do seu futuro genro. Se o apanhar numa mentira o casamento não se realizará. Duarte, após alguns meses, já ganhou o vício da capital e encontra-se agora na eminência de inventar mais uma das suas. Felizmente Joaquina, a empregada e fiel confidente de Amália, a quem havia prometido um dote, e José Félix, seu namorado alfacinha e “choffer” particular do Coronel Lemos, um amigo influente da família de Duarte, juntam-se à comédia para ajudar os apaixonados e tentar fazer das mentiras verdades.

“Falar a Verdade a Mentir” estreia no dia 29 de Abril, no Teatro Maria Noémia e estará ainda em cena no dia 30 de Abril, às 16 horas e nos dias 5 de Maio às 21h30, 7 de Maio, 16 horas, bem como no dia 12 de Maio, às 21h30.

Este trabalho surge numa altura em que o grupo de Teatro da Maia Via celebrou o 16.º aniversário, enquanto associação cultural. A data foi festejada no dia 19 de Abril, no Teatro Maria Noémia, juntando-se na ocasião sócios e amigos “que têm ajudado a crescer a associação”.

Liliana Domingos a Presidente do Teatro Meia Via agradeceu a presença de todos referindo que o teatro faz-se de vontades: “Importante é ter vontade porque isto é feito de pessoas, este é um grupo fantástico, estamos todos a trabalhar para o mesmo e com muito gosto, porque afinal somos um grupo amador, fazemos as coisas porque gostamos e não porque queremos, para que o teatro nunca morra na Meia Via”.

Fundado a 19 de Abril de 200, o Teatro Meia Via, Associação Cultural de Torres Novas, nasceu para dar desenvolvimento à actividade teatral já com muitas raízes na aldeia. Ao longo destes 16 anos apresentou cerca de 17 produções, entre participações e colaborações noutras iniciativas como a Feira Medieval de Torres Novas ou o Festival Materiais Diversos. Nunca deixou também de assinalar sempre o Dia Mundial do Teatro.

Já apresentou espectáculos em vários pontos do país, destacando-se a sua participação no Festival Nacional de Teatro Amador que se realizou na Póvoa do Lanhoso. Aí, com a peça “Felizmente há lugar” venceu o Prémio Ruy de Carvalho, para melhor espectáculo, ganhando ainda o prémio para melhor representação masculina, por Carlos Maia e uma menção honrosa para Elsa Vieira, pela encenação. Recebeu ainda a Medalha de Mérito Municipal da Cultura entregue pela Câmara Municipal de Torres Novas.

 

 

 

 Outras notícias - Cultura


Torres Novas: exposição revisita os 58 anos do Cine Clube »  2018-01-11 

Realiza-se entre os dias 19 e 26 de Janeiro uma exposição comemorativa dos 58 anos do Cine Clube de Torres Novas, na biblioteca municipal da cidade, um espaço privilegiado para o efeito. De acordo com aquale associação torrejana, esta será uma reedição de uma exposição realizada em 1973 “e que teve grande projecção nos media do país, nomeadamente na RTP”.
(ler mais...)


Teatro Virgínia: conhecida a agenda para os primeiros meses de 2018 »  2018-01-11 

Teatro, música e dança continuam a ser as disciplinas artísticas privilegiadas pela direcção artística do Teatro Virgínia, em Torres Novas. O programa para os meses de Janeiro, Fevereiro e Março já foi divulgado, destacando-se na área da música o regresso de Mário Laginha e o seu trio (27 de Janeiro) ou Sean Riley & The Slowriders (3 de Março).
(ler mais...)


Riachos: oficina de teatro regressa em Fevereiro »  2018-01-11 

A Paralelo 39 – Associação Cultural de Saberes e Artes – promove uma oficina de teatro, intitulada “Novos Encontros com o Teatro” sob orientação de Hugo Gama, que terá início no próximo dia 3 de Fevereiro.
(ler mais...)


Tomar mantém aposta no festival de percussão »  2018-01-11 

A 12.ª edição de Tomarimbando, o festival de percussão que se realiza na cidade de Tomar desde 2007, realiza-se entre os dias 16 e 22 de Julho, com masterclasses, concertos de escolas, concertos profissionais, tertúlias e exposições de marcas de instrumentos e acessórios de percussão.
(ler mais...)


Barquinha: Jorge Esperança fala de jazz »  2018-01-04 

O Centro de Estudos de Arte Contemporânea, em Vila Nova da Barquinha, acolhe no próximo dia 11 de Janeiro, às 18h30, uma tertúlia na qual participa Jorge Esperança. O tema é “Jazz na Tuna”. Jorge Esperança é um músico natural de Vila Nova da Barquinha, líder do quarteto de jazz residente no Clube de Instrução e Recreio (Ex-Tuna) de Moita do Norte, que actua quinzenalmente às sextas, à noite.
(ler mais...)


Denis Filipe: “Concorri ao “The Voice” porque não sabia que mais voltas devia dar para me mostrar” »  2018-01-04 

 

Há cinco anos Denis foi vencedor do concurso televisivo “The Voice”. De então para cá gravou um disco, emigrou durante um ano regressou e, em 2018, tem a esperança de gravar um novo disco, nem que seja ao vivo.
(ler mais...)


António Lúcio apresenta livro de poemas em Torres Novas »  2017-12-08 

“25 poemas de dores e amores” é o título do livro de António Lúcio Vieira que será apresentado na biblioteca municipal de Torres Novas no dia 16 de Dezembro. Recorde-se que, com este trabalho, o autor venceu o prémio literário Médio Tejo Edições.
(ler mais...)


Luís Rodrigues expõe trabalhos no edifício do antigo hospital »  2017-12-08 

Luís Rodrigues, artista plástico torrejano radicado em França, expõem alguns dos seus trabalhos de pintura de cerâmica, azulejo e olaria, no edifício do antigo hospital de Torres Novas de 11 de Dezembro a 28 de Janeiro, tratando-se de uma exposição de pintura e cerâmica e na qual se revela parte da mais recente doação do artista ao Museu Municipal Carlos Reis.
(ler mais...)


Barquinha: exposição de pintor amador que não resistiu a um cancro »  2017-10-25 

Carlos Daniel Pascoal Serras nasceu a 23 de Dezembro de 1957 e faleceu no passado dia 21 de Outubro vítima de cancro. Era natural de Mouriscas (Abrantes) e residente em Atalaia, Vila Nova da Barquinha.

Bacharel em Engenharia Electrotécnica, desempenhou funções na instituição militar e na banca, área onde exerceu maioritariamente a sua vida profissional, nos balcões da CGD de Vila Nova da Barquinha, Entroncamento, entre outros locais.
(ler mais...)


Dança: Cláudia Dias apresenta “Tudo o que é sólido dissolve-se no ar” »  2017-10-24 

O Teatro Virgínia recebe, no dia 4 de Novembro, o espectáculo de dança «Terça-feira: Tudo o que é sólido dissolve-se no ar», a segunda peça do projecto Sete Anos Sete Peças de Cláudia Dias.
(ler mais...)

 Mais lidas - Cultura (últimos 10 dias)
»  2018-01-11  Teatro Virgínia: conhecida a agenda para os primeiros meses de 2018
»  2018-01-11  Torres Novas: exposição revisita os 58 anos do Cine Clube
»  2018-01-11  Tomar mantém aposta no festival de percussão