• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Quarta, 23 de Agosto de 2017
Pesquisar...
Sáb.
 32° / 18°
Céu nublado
Sex.
 33° / 15°
Períodos nublados
Qui.
 30° / 17°
Períodos nublados
Torres Novas
Hoje  33° / 16°
Céu nublado
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

“Música nas Cidades, Sons do Mundo”: Manuel Fernandes Vicente apresenta novo livro domingo à tarde

Cultura  »  2017-06-28 

Sessão realiza-se no Centro Cultural do Entroncamento

 

 

 

 “Música nas Cidades, Sons do Mundo é uma rota pelas músicas urbanas do mundo, das mais notórias e trauteadas às mais remotas e ameaçadas, e procura em histórias os segredos e as emoções que cada cidade teve ou tem ainda para contar com os seus estilos musicais ou os instrumentos que depurou e soube cultivar” – é assim que começa por apresentar-se mais um livro do conhecido professor e jornalista do Entroncamento, com sessão de lançamento marcada para domingo, dia 2, pelas 18 horas, no Centro Cultural da cidade ferroviária. 

 A obra é uma fantástica e encantadora viagem às cidades ou locais que foram contexto da criação ou emergência de expressões musicais singulares, e o antigo correspondente do “Público” na nossa região fá-lo com o rigor da escrita e com a paixão arrebatadora pela música, numa rica abordagem que integra as perspectivas da história, da sociologia ou da arte do olhar aquilo que se esconde nas ruas, às vezes mal iluminadas, de onde surge a luz da criação.

 Diz Manuel Fernandes Vicente na explicação da obra que “as músicas criadas em cada cidade são o reflexo social e emocional das suas fantasias, como agregados que são com memórias e inteligência colectiva. E muitos sons que conhecemos só se criaram porque antes existiram as cidades que os originaram com todas as suas particularidades e histórias”.

 A partir daqui, o leitor pode perder-se por histórias da história da música moderna, seja no eixo Leiria/Marinha Grande, onde o autor contextualiza o ambiente histórico-social de onde emergiu uma das bolsas mais criativas e fecundas da música moderna portuguesa, convocando a história vidreira e outros aspectos da realidade local, para desembocar no exaustivo recenseamento de bandas, protagonistas, músicas e álbuns que marcaram a recente movida musical leiriense, singular na sua notável diversidade, que vai do gótico ao death metal até outros interessantes caminhos trilhados nas margens criativas da cidade do Liz.

 Contam-se outras histórias nas suas surpreendentes cores geográficas e culturais, que vão do black metal de Oslo ao xaxado das terras sertanejas do cangaço e às lendas do grande Lampião e da sua Maria Bonita, que sobressaltou o Brasil no início do século passado, mas também se fala do hipe de Montreal, do cello rock de Reiquejavique ou do nosso vizinho vira da Nazaré.

Percorrendo ainda os ritmos klezmer e latinos de Nova Iorque e os narcocorridos de Tijuana, “com passagens pelos vertiginosos verdiales de Málaga, ou as toadas hipnóticas do mbira de Harare”, o livro “é uma andança dos sentidos e uma procura de novos ângulos, alguns bastante côncavos, de ver as músicas do mundo”: um belo programa de leitura para todos os melómanos e amantes das cores, dos sons e dos ritmos das músicas do mundo.

 Sem meias palavras, trata-se um livro genial que não deve ficar pelos limites do panorama editorial e livreiro da região, antes exige a atenção dos críticos da especialidade e dos media nacionais que dedicam algumas páginas à cultura e à música em particular.

 Manuel Fernandes Vicente é professor do ensino secundário no Entroncamento, ligado desde sempre à imprensa local (“Notícias do Entroncamento”), foi um dos mais brilhantes e conceituados correspondentes regionais do jornal “Público” e é autor de várias obras, sempre abordando temáticas musicais. J.C.L.

 

 

 

 

 

 

 Outras notícias - Cultura


Fado tem lugar cativo na próxima temporada do Teatro Virgínia »  2017-07-30 

Cristina Branco e Ana Moura, duas fadistas da nova geração, actuam no Teatro Virgínia, em Torres Novas, durante a próxima temporada daquela sala de espectáculos que vai de Setembro a Janeiro. Cristina Branco actua em Outubro e Ana Moura estará por Torres Novas no mês do Natal.
(ler mais...)


Tomar: Quinta do Bill festejou 30 anos e carreira “em casa” »  2017-07-15 

“Foram 30 aninhos que passaram a correr e sempre com o apoio das gentes de Tomar”, foi o que começou por dizer Carlos Moisés, compositor e vocalista da banda se formou-se em 1987, em Valdonas, no concelho de Tomar.

A Praça da República, em Tomar, foi o local escolhido para o concerto comemorativo dos 30 anos de carreira do grupo musical mais mediático daquele concelho, a Quinta do Bill.
(ler mais...)


Vila Nova da Barquinha: teatro ao ar livre, no Verão »  2017-07-12 

O grupo de teatro Fatias de Cá tem agendadas exibições de peças de teatro no concelho de Vila Nova da Barquinha e Chamusca. A peça “Tanegashima” é apresentada em Tancos e Arripiado nos dias 14, 15 e 16 de Julho, às 21h21.
(ler mais...)


Salvador Sobral abre nova temporada no Teatro Virgínia »  2017-07-12 

Salvador Sobral, o vencedor da última edição do Festival da Eurovisão, vai abrir o conjunto de espectáculos da próxima temporada do teatro Virgínia, em Torres Novas, temporada que se estende de Setembro a Dezembro.
(ler mais...)


Constância: Ana Trincão apresenta percurso artístico de 13 a 16 de Julho »  2017-07-12 

Inserido na programação cultural “Caminhos”, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e sete dos seus 14 municípios, tem lugar em Constância entre os dias 13 e 16 de Julho a apresentação do percurso artístico criado por Ana Trincão, o qual teve início com a residência artística.
(ler mais...)


Alcanena: biblioteca apresenta exposição sobre abolição da pena de morte em Portugal »  2017-07-09 

Está a decorrer desde o dia 1 de Julho, até ao dia 13 de Outubro, uma mostra bibliográfica sobre as comemorações dos 150 anos da abolição da pena de morte em Portugal (1867 – 2017), na biblioteca municipal de Alcanena.
(ler mais...)


Fórum Ribatejo defende manutenção da unidade “do antigo distrito de Santarém” »  2017-07-04 

O Fórum Ribatejo, uma plataforma informal de reflexão sobre o Ribatejo que reúne várias dezenas de cidadãos da grande maioria dos concelhos ribatejanos, aprovou recentemente uma moção em defesa da manutenção da unidade dos municípios do antigo distrito de Santarém, num cenário de uma eventual reforma administrativa do país.
(ler mais...)


Constância: protocolo com Universidade Católica para estudo da vida e obra de Alexandre O’ Neill »  2017-06-20 

A Câmara Municipal de Constância e a Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa, assinaram na passada terça-feira, 20 de Junho, um protocolo de cooperação com vista à promoção e estudo da vida e obra de Alexandre O’Neill, bem como a dinamização de algumas sessões temáticas sobre este nome da cultura portuguesa.
(ler mais...)


Banda Operária: audições de final e ano »  2017-06-20 

Com vem sendo habitual, a escola de música da banda Operária Torrejana (BOT) realiza uma audição pública dos seus alunos, iniciativa que marca, oficialmente, o final do ano lectivo. A audição realiza-se no dia 24 de Junho, a partir das 17h30, na sede da colectividade, no Largo do Paço, em Torres Novas.
(ler mais...)

 Mais lidas - Cultura (últimos 10 dias)