• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Segunda, 21 Setembro 2020    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qui.
 22° / 14°
Períodos nublados
Qua.
 24° / 18°
Céu nublado com chuva moderada
Ter.
 25° / 15°
Céu nublado com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  25° / 15°
Céu nublado
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Para quê um jornal?

Opinião  »  2014-09-25  »  Fernando Faria Pereira

Sim, um jornal pra quê? Quando as notícias nos chegam todo o dia-a-dia, no telemóvel, nas páginas da internet, na televisão, nos tablets, sem que se guarde nada dessa lufa a lufa de informação? Um jornal é quase primitivo, nesta era de novas tecnologias. Folhas com imagens e palavras que se podem levar para qualquer lado, sem necessidade de estarmos ligados à ficha. Não precisamos mais do que saber ler! As outras notícias teimam em nos importunar hora a hora, imagens, sons e palavras de todos os recantos do mundo. Ao contrário, as notícias nos jornais têm o encanto das palavras que permanecem escritas em papel. Que se podem mostrar a este, àquele, aqueloutro ler ainda, sem estarmos todos condicionados à ditadura da notícia que ainda não se percebeu e já passou. E as imagens, ainda que apenas fotografias, também podem ser vistas e revistas: contar as vezes em que aparecem as celebridades do burgo; visualizar um qualquer familiar afastado; vermos nas rugas dos outros o espelho da nossa idade…

Um jornal na mesa de um café, numa esplanada, no banco da praça, na sala de espera do consultório, no assento do autocarro, naquele lugar solitário onde a vontade se apaga todo o cobarde faz força todo o valente se … Um telemóvel não é a mesma coisa, ainda que a um ecrã minúsculo, cheguem ao minuto todas as notícias do mundo, dos mais variados temas, no mesmo espaço da máquina fotográfica capaz de revelar ao mundo a imagem indiscreta dum segundo, quando não o filme, o gps, e muitos outros gadgets que viagem à velocidade impossível da luz… Tudo ao contrário destas notícias que se esperam com impaciência porque têm dia e hora marcada. Ver o cartoon semanal. A crónica daquele amigo de que se gosta, as palavras do outro que se lêem para melhor estar em desacordo. As notícias que, felizmente, não têm importância para dar a volta ao mundo, apenas porque são locais e por isso mesmo mais importantes, como dizia o poeta, que dizia também que o rio da sua aldeia era maior que o Tejo embora muito mais pequeno que o Tejo. As boas festas dos comerciantes aos estimados clientes. O obituário onde fazemos a média dos que já lá vão com a quantidade dos anos que ainda faltam para lá chegar. Um jornal, mesmo depois de lido, pode-se colecionar, ou ter mil e uma outras utilizações, com o som agradável do ruge ruge das folhas que se dobram e desdobram. E toda esta matemática, todo este pulsar da nossa terra, todas estas formas de mostramos aos outros que somos nós, toda esta expectativa semanal, pela módica quantia de cinquenta cêntimos…

Parabéns ao Torrejano, venham mais vinte…

 

 

 Outras notícias - Opinião


A mesa - rui anastácio »  2020-09-12  »  Rui Anastácio

Tenho um certo fascínio por mesas. Ao longo da minha vida já mandei fazer algumas. Quase sempre mesas grandes e robustas. Onde se possam sentar muitas pessoas. Onde se possa beber um bom vinho, comer muito, conversar muito, discutir muito, praguejar, gritar, lutar por ideias e ideais.
(ler mais...)


Aventurazinha no Comboio Fantasma - miguel sentieiro »  2020-09-12  »  Miguel Sentieiro

Hoje apetece-me escrever uma história baseada em factos verídicos com algumas notas ficcionadas para se conseguir tornar a narrativa menos densa e nauseabunda. Um indivíduo com 80 anos entra na urgência do Hospital de Torres Novas com fortes dores abdominais.
(ler mais...)


Democracia e representatividade - mariana varela »  2020-09-12  »  Mariana Varela

A democracia é, essencialmente, um sistema político que assenta na soberania popular, isto é, um regime em que a legitimidade do poder político emana do povo. Definir ou explicar a noção de democracia não é difícil.
(ler mais...)


A ruptura do discurso - jorge carreira maia »  2020-09-12  »  Jorge Carreira Maia

Nos últimos tempos três assuntos têm concentrado os interesses das redes sociais que dão atenção ao fenómeno político. O racismo, a festa do Avante e a disciplina de Cidadania e Desenvolvimento no ensino não superior.
(ler mais...)


As cabras do reino - carlos paiva* »  2020-09-12  »  Carlos Paiva

Era uma vez um reino. O rei tomou conhecimento que uma república aliada doava dinheiro a quem quisesse criar cabras com o intuito de limpeza do mato nas serras, de modo a diminuir o risco de incêndios. Uma solução barata, neste caso de borla, e acima de tudo não poluente, amiga do ambiente, tema muito em voga entre os gentios.
(ler mais...)


Fabrióleo: ir até ao fim - antónio gomes »  2020-09-12  »  António Gomes

O encerramento da Fabrióleo é um facto. O sofrimento das pessoas e o atentado ao ambiente estão agora mais próximos do fim. Quem não luta, não alcança.
Durante muitos anos, a poluição dos solos e das linhas de água foram a marca daqueles poluidores, nunca se importando com as consequências dos seus actos.
(ler mais...)


Agricultores - rui anastácio »  2020-09-01  »  Rui Anastácio

Falámos em Inglês. Não sei de onde vinham, vinham de bicicleta de bem longe, pela sua tez seriam originários do centro da Europa. Uma das bicicletas estava furada, com o pneu destroçado. Ofereci-lhes o meu spray antifuro.
(ler mais...)


O debate e a ditadura de pensamento - mariana varela »  2020-09-01  »  Mariana Varela

Nós, seres humanos, habitamos e partilhamos este mesmo Mundo, algo que nos une enquanto Humanidade. Ainda que todos façamos parte de uma realidade universal, possuímos uma identidade baseada nas nossas próprias experiências pessoais e características únicas.
(ler mais...)


O outro somos nós - margarida trindade »  2020-09-01  »  Margarida Trindade

Numa muito recente viagem de família, a dada altura e já próximos do destino, a fim de sabermos qual o caminho a tomar, parámos numa bomba de gasolina e baixados os vidros das janelas, lançámos às três pessoas sentadas na mesa da esplanada a demanda pela estrada a seguir.
(ler mais...)


O rio do fururo - josé mota pereira »  2020-09-01  »  José Mota Pereira

Nos diferentes modelos de desenvolvimento para o concelho, há que reconhecê-lo, os poderes municipais estão muitas vezes limitados nos seus poderes de decisão. Mas, as suas decisões – ou não decisões – e aquilo que consideram estratégico, tem reflexos e consequências para o futuro dos concelhos.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2020-09-01  »  José Mota Pereira O rio do fururo - josé mota pereira
»  2020-09-01  »  Rui Anastácio Agricultores - rui anastácio
»  2020-09-01  »  Mariana Varela O debate e a ditadura de pensamento - mariana varela
»  2020-09-12  »  Mariana Varela Democracia e representatividade - mariana varela
»  2020-09-01  »  Jorge Carreira Maia Saudades da ditadura - jorge carreira maia