• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Quarta, 12 de Dezembro de 2018
Pesquisar...
Sáb.
 16° / 6°
Céu nublado
Sex.
 15° / 7°
Períodos nublados
Qui.
 15° / 8°
Períodos nublados com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  13° / 9°
Céu muito nublado com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Água é essencial e fonte de vida

Opinião  »  2017-06-21  »  Juvenal Silva

A água é uma necessidade essencial para o organismo e o seu consumo deverá fazer parte dos nossos hábitos diários, durante todas as épocas do ano.

A época de verão merece uma particular atenção e não deveremos esperar pela sede para beber, mas ter o hábito de beber durante todo o dia. Existem alguns estudos que indicam que se deverá beber 1,5 L de água por dia, ou 8 copos diariamente. Mas será que deveremos considerar como suficiente? O corpo é composto entre 60% a 70% de água, dependendo da morfologia de cada indivíduo. Num clima temperado, uma pessoa média gasta mais de 2 litros de água corporal por dia. O corpo elimina mais do que um litro de água por dia através da urina e, a mesma quantidade pelas fezes, suor e respiração. As perdas de água são mais acentuadas no tempo quente, durante a atividade física, durante o aleitamento e em caso de doença e estado febril. Cada pessoa tem as necessidades de água de acordo com o seu tamanho, clima e estilo de vida. Considerando que o ser humano adulto de estatura média elimina cerca de três litros de água por dia, é indispensável que esta quantidade seja regularmente reposta, para serem evitados distúrbios dermatológicos, obstipação intestinal, dificuldades digestivas ou desidratação. Assim sendo, facilmente depreendemos que a necessidade de líquidos supera os oito copos de água, ou 1,5L diários.

Quando se deve beber água?

Imediatamente após acordar e ao longo de todo o dia.

Beber antes, durante e, depois de atividade física.

Água à refeição, sim, ou não?

Embora sendo um hábito beber água à refeição, não é aconselhável, porque dilui os sucos gástricos e retarda o processo digestivo, causando dilatação abdominal e regurgitações esofágicas. Acompanha bem a refeição uma infusão de camomila, hortelã, alecrim, etc.

Como beber a água

A água deve ser bebida fora das refeições e em pequenas quantidades, sem excessos, para não forçar os rins a um trabalho extraordinário. O ideal será cerca de 0,5 L por hora.

Qual o melhor tipo de água para beber

Água neutra PH 7 (pessoas com PH sanguíneo estabilizado 7,4).

Água com PH acima de 7,5 (pessoas com PH sanguíneo ácido, isto é, inferior a 7,4).

A importância da água no organismo

Imprescindível para a sobrevivência humana e fortalecimento do sistema imunitário.

Dissolve e transporta a maioria das substâncias, sejam tóxicas ou nutritivas.

Indispensável na absorção e transporte dos nutrientes que ingerimos.

Indispensável para a excreção de substâncias tóxicas através da pele, intestinos e rins.

É indispensável às reações químicas que se produzem ao nível celular.

Essencial para a manutenção e regulação da temperatura corporal.

Indispensável para a manutenção do volume de sangue e linfa.

Fornece saliva para ajudar a engolir alimentos.

Funciona como lubrificante das articulações e dos olhos.

Fundamental para a atividade neurológica cerebral.

A falta de água no organismo o que pode provocar?

Desidratação, urina escura, boca e garganta seca, apatia, pele seca e desidratada, dores de cabeça e tonturas, intolerância ao calor.

Num estado avançado de desidratação, frequente nas pessoas que não têm o hábito de beber água todos os dias, (seja inverno seja verão), ocorre fraqueza muscular ou cãimbras, devidas ao desequilíbrio de sódio e potássio no sistema muscular.

Os efeitos nefastos da desidratação

Prejudicando as funções vitais, um estado permanente de desidratação, pode causar sérios problemas de saúde, de forma silenciosa…

Particularmente os idosos e as crianças, são mais suscetíveis, por causa dos seus metabolismos que são frágeis e porque também,sentem menos sede que o comum das pessoas.

E as crianças? É necessária uma preocupação redobrada

As crianças não têm normalmente o hábito de beber água, pelo que devem ser encorajadas a beber em casa, na escola e quando estejam fora de casa.

De acordo com a idade e a época do ano, a quantidade pode variar entre 600 ml a 1200 ml diários, para além de outros líquidos, incluindo sopas e sumos de fruta natural.

A ausência destes procedimentos, pode provocar desidratação de consequências imprevisíveis.

Quais são os sinais de desidratação?

Urina mais escura e menor quantidade de micção.

Olhos encovados e escuros e lábios secos e desidratados.

Fadiga, irritabilidade, dores de cabeça, febre, choro nos bébés.

Perda de elasticidade da pele.

Aumento da frequência cardíaca.

Sensação de desmaio.

 

 

 Outras notícias - Opinião


O drama dos partidos de poder »  2018-12-07  »  Jorge Carreira Maia

A crise em que se arrasta o principal partido da oposição, o PSD, é sintomática da natureza dos partidos de poder em Portugal. São fortes e sólidos quando estão no poder; são frágeis e à beira da desagregação quando a governação lhes foge.
(ler mais...)


Mulheres »  2018-12-07  »  Inês Vidal

São mulheres. São presidentes, directoras, empresárias, polícias, bombeiras, autarcas, entre tantas outras profissões ou actividades. Acima de tudo, são mulheres. Ocupam cargos que um dia foram tradicionalmente de homens, ou foram as primeiras a fazê-lo por estas bandas.
(ler mais...)


Direito à indignação »  2018-12-07  »  Fernando Faria Pereira

O conceito deve-se, tanto quanto me lembro a Mário Soares, figura incontornável da democracia, que protagonizou a Presidência Aberta pelo Ambiente em resposta ao artigo 66º da constituição (ambiente e qualidade de vida) que estipula no seu nº 1: todos têm direito a um ambiente de vida humano, sadio e ecologicamente equilibrado e o dever de o defender.
(ler mais...)


Amasso Friday »  2018-12-07  »  Miguel Sentieiro

Vi as imagens daquela massa humana compactada à porta da loja de aspiradores na tal Black Friday. Numa primeira análise temo confessar que também embarquei na tese “ o que passa na cabeça destes mentecaptos para, numa 6ª feira de manhã, se sujeitarem a uma espera de horas neste degredo massivo?”.
(ler mais...)


As estradas do concelho de Torres Novas »  2018-12-07  »  António Gomes

Uma parte muito significativa das estradas, ruas, ruelas, largos, rotundas, somando mais de cem, que fazem parte da rede viária deste concelho, encontram-se em estado de deterioração mais ou menos avançado. Algumas situações estão mesmo num estado miserável, como sabemos.
(ler mais...)


Como funciona a nossa memória »  2018-12-07  »  Juvenal Silva

 

A memória é essencial para a nossa capacidade de gravar, armazenar e recuperar informações. A nossa memória é uma máquina fantástica, que contém as nossas perceções, os nossos sentimentos, as nossas memórias, imaginação e permite-nos pensar e, ser quem somos.
(ler mais...)


Filhos e netos »  2018-11-23  »  Jorge Carreira Maia

Para o meu neto Manuel.

Há uma diferença essencial, para um pai e avô, entre o nascimento de um filho e o de um neto. O nascimento do filho traz com ele, para além do prazer que a sua vinda significa, problemas práticos.
(ler mais...)


Palavra passe »  2018-11-21  »  Fernando Faria Pereira

Estaciono à primeira. Entro no café. Portas automáticas. 3 rapazes: o do lado de lá e outros 2. Boa noite! Bnoite. 1 Água com gás natural sem copo. A televisão está no CM: desgraças, previsíveis ameaças.
(ler mais...)


Biblioteca com vida »  2018-11-21  »  Anabela Santos

Há muitos anos, não quero lembrar quantos para não recordar que já estou na “meia idade”, subia, com alguma regularidade, a ladeira de Salvador e dirigia-me à biblioteca municipal, que ficava junto da igreja.
(ler mais...)


Quais os sintomas e tratamentos naturais dos resfriados »  2018-11-21  »  Juvenal Silva

Os resfriados podem ocorrer em qualquer época do ano. Todavia, são mais comuns entre as estações de outono e inverno.

Os sintomas mais comuns são: coriza, espirros, congestão nasal, tosse, dor garganta, cansaço, perda de apetite, febre baixa, embora nas crianças possa ser mais elevada ocasionalmente.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2018-11-23  »  Jorge Carreira Maia Filhos e netos
»  2018-11-21  »  Juvenal Silva Quais os sintomas e tratamentos naturais dos resfriados
»  2018-11-21  »  Anabela Santos Biblioteca com vida
»  2018-11-21  »  Fernando Faria Pereira Palavra passe
»  2018-12-07  »  Jorge Carreira Maia O drama dos partidos de poder