• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Sexta, 20 de Outubro de 2017
Pesquisar...
Seg.
 25° / 11°
Períodos nublados
Dom.
 22° / 10°
Períodos nublados
Sáb.
 21° / 12°
Céu nublado
Torres Novas
Hoje  23° / 17°
Céu nublado com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Tribunal de Torres Novas absolve a Fabrióleo de um processo de contra-ordenação grave

Sociedade  »  2017-10-09 

Sentença foi lida hoje ao princípio da tarde

“As coisas quando são feitas, devem ser bem feitas” – foi desta forma simples e desarmante que a juíza sintetizou o sentido sentença proferida hoje, no Tribunal de Torres Novas, no processo movido pelo Ministério Público através das entidades administrativas do Estado à Fabrióleo, por descargas ilegais realizadas pela empresa em Agosto de 2015.

Recorde-se que a contra-ordenação implicava uma multa de 500 mil euros e a suspensão da actividade, em resultado da recolha de amostras de descargas efectuadas na conduta de descarga de águas residuais da Fabrióleo, com valores de 2.700mg por litro de um parâmetro cujo limite se cifra nos 150mg por litro.

Sem ler a sentença, mas explicando apenas o seu teor, a juíza começou por dizer que os factos foram provados “e nem a arguida negou a matéria factual”: a recolha de amostras de descargas com valores muito acima do que a lei permite e do que a licença permitia à empresa.

Disse também que o tribunal não julgou procedente o pedido da empresa, no sentido da nulidade do acto e decisão administrativa da APA. “A decisão administrativa não padece de vícios, como queria a empresa”, disse a juíza, que explicou que “a decisão foi boa e valeu como acusação”. Portanto, os factos foram dados como provados e o tribunal não acolheu a tese da empresa, que queria que a decisão administrativa – a aplicação da multa e ordem de suspensão da actividade -  fosse nula.

Falharam os detalhes, isto é, o tribunal diz que as recolhas não foram feitas de acordo com as regras indicadas na própria licença passada à empresa pela APA, pondo em causa as conclusões a retirar dos factos provados. Isto é, as recolhas deveriam ter sido feitas de hora a hora, as amostras seladas com base em procedimentos idóneos e na presença de representantes da arguida.

Como as recolhas feitas pela GNR, quatro, não respeitaram as exigências horárias e as outras diligências diplomáticas, o tribunal considera que a autoridade do Estado “laborou em erro”, isto é, não realizou as amostras de acordo com as regras que o próprio Estado impôs à empresa na licença que lhe foi passada. A juíza considerou que, não desconfiando da idoneidade dos recipientes utilizados nas recolhas, não se sabe em que condições foi feita a sua selagem, nomeadamente testemunhas que atestassem os procedimentos, para não falar já da referida “ausência de representantes da entidade prevaricadora”.

Concluindo, e palavras da própria juíza, o que foi determinante para decisão do tribunal foi o facto de as amostragens não terem sido feitas de hora a hora “de acordo com o que está na licença”, pelo que absolveu a arguida, Fabrióleo, da prática de contra-ordenação grave e da ordem de suspensão da actividade pedida pela APA (Agência Portuguesa do Ambiente), organismo do Estado para a gestão ambiental.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Torres Novas: caminhada “pela igualdade” »  2017-10-20 

O município de Torres Novas assinala o Dia Municipal para a Igualdade convidando todas as pessoas a participar numa “Caminhada Pela Igualdade” no próximo dia 24 de Outubro (terça-feira), com início pelas 10 horas, no jardim das rosas.
(ler mais...)


Alcanena: caminhada no domingo, dia 22 de Outubro »  2017-10-20 

O programa das caminhadas pelo concelho de Alcanena continua este domingo, 22 de Outubro, em Bugalhos, estando a concentração marcada para as 9 horas, no Largo da Igreja. Esta é uma iniciativa do município, em parceria com a junta de freguesia de Bugalhos, associada à comemoração do Dia Municipal para a Igualdade.
(ler mais...)


Torres Novas: Intermarché ofereceu EPIs aos bombeiros voluntários »  2017-10-20 

O Grupo Os Mosqueteiros, que detém o Intermarché, Bricomarché e Roady, entregaram 1000 equipamentos de protecção individual (EPI) de combate a incêndios florestais a corporações de bombeiros de norte a sul do país, tendo a de Torres Novas sido uma das contempladas, com cinco EPI`s, que foram entregues no dia 19 de Outubro.
(ler mais...)


Torres Novas: CLDS alarga serviços de apoio social »  2017-10-20 

A organização CLDS – Contratos Locais de Desenvolvimento Social -, de Torres Novas, da qual o CRIT é a entidade coordenadora, anunciou a criação de mais dois serviços, um grupo de ajuda mútuo para cuidadores e outro, na área do transporte, a que chamaram “transporte amigo”.
(ler mais...)


Santarém: maior festival nacional de gastronomia já começou »  2017-10-20 

Este vai ser o primeiro de dois fins-de-semana do 37.º Festival Nacional de Gastronomia que decorre até ao dia 29 de Outubro na Casa do Campino, em Santarém. O tema deste ano é “O Pão de Cada Dia”, existindo uma padaria, instalada pela Associação do Comércio e da Indústria da Panificação (ACIP) e dinamizada por Paulo Chagas, a confeccionar, diariamente, em várias fornadas, o pão do dia e a promover ‘workshops’ e acções de formação.
(ler mais...)


Maria Salomé Rafael reeleita presidente da direção da NERSANT »  2017-10-18 

A assembleia geral da NERSANT realizou-se hoje, 18 de outubro, elegendo os corpos sociais da Associação Empresarial da Região de Santarém para o triénio 2017-2019. Maria Salomé Rafael mantém-se na liderança da associação, avançando assim para um novo mandato de três anos na direção da estrutura associativa.
(ler mais...)


Torres Novas: distribuídos pelouros e nomeados os cargos políticos do novo executivo municipal »  2017-10-18 

Na reunião da câmara de hoje, dia 16, a primeira do mandato, procedeu-se à distribuição de pelouros pelos vereadores e à nomeação de cargos políticos. O presidente, Pedro Ferreira, nomeou seu chefe de gabinete Manuel Vicente, técnico superior da autarquia da área dos serviços jurídicos, e Sónia Sousa, ex-vereadora em substituição de Paulo Tojo, como adjunta do presidente da câmara.
(ler mais...)


Nersant: encontro internacional de negócios junta 37 países »  2017-10-16 

O Nersant Business - encontro internacional de negócios do Ribatejo -, vai decorrer pelo sexto ano consecutivo na região, sendo a cidade de Tomar o epicentro deste evento que junta seis dezenas de empresários de 37 nacionalidades.
(ler mais...)


Morreu Martinho “Ginete”, um dos fundadores do rancho folclórico de Riachos »  2017-10-16 

Faleceu, esta manhã, Martinho Serra de Oliveira (Martinho Ginete), um dos fundadores do rancho folclórico de Riachos, aos 93 anos. Nos anos 1957/58, juntamente com Joaquim Santana, ajudou a fundar aquele rancho que hoje ainda mantém a actividade, tendo ocupado o cargo de flautista.
(ler mais...)


Tomaram posse os órgãos autárquicos de Torres Novas para 2017/2021 »  2017-10-15 

Com a participação do Choral Phydellius, que abriu a sessão ao som do hino de Torres Novas e encerrou a cerimónia com a “Guantanamera”, decorreu ontem, sábado, dia 14, o auto de tomada de posse dos órgãos autárquicos do município de Torres Novas para o madato de 2017/2021.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2017-10-16  Morreu Martinho “Ginete”, um dos fundadores do rancho folclórico de Riachos
»  2017-10-18  Torres Novas: distribuídos pelouros e nomeados os cargos políticos do novo executivo municipal
»  2017-10-12  “Fim-de-semana em grande” no Barquinha Parque