• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Sábado, 25 de Novembro de 2017
Pesquisar...
Seg.
 17° / 11°
Céu muito nublado com chuva fraca
Dom.
 18° / 10°
Céu nublado
Sáb.
 18° / 12°
Céu nublado
Torres Novas
Hoje  20° / 13°
Céu nublado com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Autárquicas: “A CDU faz falta na câmara com sua voz crítica e as suas propostas”, Maria João Gonçalves

Sociedade  »  2017-09-25 

Candidata da CDU à Câmara Municipal da Barquinha

Como avalia o exercício do actual presidente neste último mandato (2013-2107)? Aponte alguns aspectos que não tenham corrido bem e como teria agido se fosse presidente da câmara.
Antes de mais, uma gestão CDU é uma gestão diferente da que aconteceu no último ciclo. Trabalho, Honestidade e Competência são os nossos pilares, o que nos distingue dos outros! Diremos que a Barquinha, nas últimas décadas, tem duas realidades muito distintas: bairros com crescimento demográfico apreciável, as zonas novas da Moita, Cardal e Barquinha, e o restante concelho com perda acentuada da população. Assim, predomina a desertificação do concelho.

Os ganhos populacionais não compensam o êxodo do concelho. Apesar de muita cosmética com diminuição de taxas e anúncios de novas superfícies comerciais, a verdade é que a zona industrial foi um fracasso e as actividades em vez de fluírem, desaparecem: o último exemplo é a caixa geral de depósitos que se prepara para encerrar portas. Os correios perderam valências na Atalaia, Praia do Ribatejo e na Barquinha, freguesias roubadas às populações. Extensas zonas do concelho não têm o saneamento básico resolvido e o ordenamento urbanístico caótico, sem normas de qualidade, muitas vezes verdadeiros atentados estéticos.

Passado o ciclo das grandes obras e do essencial dos fundos comunitários que panorama antevê para o seu concelho em termos de apostas de médio prazo?
Qual vai ser a sua agenda? No plano do Ordenamento do território: uma grande intervenção no domínio do ambiente, desde o saneamento básico ao ambiente urbano, aos espaços verdes ou a preservação do património natural; terminar a revisão do PDM, envolvendo sempre a população nesta discussão; no plano da regeneração urbana, avançar com as Áreas de Reabilitação Urbana num processo de reestruturação do edificado, respeitando a sua traça e as características históricas. No plano do desporto, mais e melhor desporto, um direito e um bem social. São as autarquias que, no essencial, têm assegurado as funções do Estado mas não devem substituir as associações na sua autonomia.

Para a CDU, a política cultural deve assentar no apoio segundo critérios de transparência; na formação de dirigentes e agentes associativos; valorização do património natural e edificado; promoção e divulgação da ciência e tecnologia; democratização do acesso, criação cultural e no apoio ao associativismo.

No plano do ambiente a CDU, fazendo jus à sua atuação, compromete-se a promover uma política para o ambiente baseado na sustentabilidade da natureza e qualidade de vida. Urge resolver os principais problemas do concelho herdados: tubagens de abastecimento de água de amianto, o fim de águas residuais (domésticos e outras) para o Tejo, utilização progressiva de energias renováveis e diminuição dos gastos energéticos. A mobilidade é de extrema importância.

A falta de mobilidade ou os condicionalismos provocados por esta situação motivam o abandono, a desertificação, a fixação das actuais e futuras gerações, o acesso aos serviços públicos e privados (saúde, educação, segurança social, a banca, etc.). Continuamos a luta pela abolição de portagens na A23 e A13 e alargamento da oferta pública de transportes rodoferroviários no concelho.

No plano da descentralização, reforçar a acção das freguesias. As assimetrias entre algumas freguesias do nosso concelho têm-se acentuado nos últimos anos: no caso concreto da Praia do Ribatejo, é evidente entre os próprios lugares dessa mesma freguesia (Limeiras, Madeiras, Cafuz) que, devido à distância e ao encerramento ou diminuição dos serviços públicos (saúde, correios, escolas), vêem agravado o seu isolamento.

Se for eleita, indique cinco medidas de realização imediata para os primeiros três meses e outras tantas de cariz estruturante ou grandes investimentos de que o concelho necessite.
Mais imediato... serviços de qualidade nas áreas de limpezas espaços verdes, saneamento e para isso é necessário reforço dos meios humanos e dos meios materiais na autarquia; trabalhadores com competências contrariando a precariedade, reforço dos meios técnicos que se foram degradando ao longo dos anos e não foram substituídos; alargar as áreas de verde urbano, parques/ jardins para oferta de lazer, aproveitando as margens do Tejo com trilhos, passadiço e abertura ao lazer, salvaguardando, sempre, os ecossistemas – uma preocupação maior; investir na iluminação e na poupança energética; e é urgente a renovação da sinalética vertical e horizontal que não tem sido objecto do cuidado necessário, porquê?

Por falta de investimento nesta área. Mais a longo prazo, integrar o Castelo Almourol nos roteiros temáticos dos templários (Convento de Cristo, Quinta da Cardiga e Dornes e outros outros); investir mais na divulgação e criação cultural no concelho

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Médio Tejo: comunidade intermunicipal pede equidade de tratamento nos territórios afectados pelos incêndios »  2017-11-23 

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) pede “equidade de tratamento entre os vários territórios assolados pelos grandes incêndios” que ocorreram este ano, aprovando para isso uma moção com diversos pontos.
(ler mais...)


Nersant organiza workshop sobre inovação e sustentabilidade »  2017-11-23 

A Associação Empresarial da Região de Santarém (Nersant) vai realizar nos dias 29 e 30 de Novembro um fórum de inovação e empreendedorismo do Ribatejo, no Convento de São Francisco e Startup Santarém.
(ler mais...)


Centro Hospitalar trem nova viatura de emergência médica »  2017-11-23 

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) foi um das 22 unidades do país que recebeu uma nova Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), viaturas que foram entregues pelo secretário de Estado da Saúde numa cerimónia que decorreu no dia 22 de Novembro, no hospital Professor Doutor Fernando Fonseca.
(ler mais...)


Entroncamento: concerto de jazz no aniversário do concelho »  2017-11-21 

Inserido nas comemorações dos 72 anos da fundação do concelho do Entroncamento, realiza-se na próxima sexta-feira, 24 de Novembro, um concerto da banda norte-americana “South River Jazz Band”,, às 21h30, no edifício do mercado diário municipal.
(ler mais...)


Alcanena: presidente da câmara pede mais responsabilidade aos empresários dos curtumes »  2017-11-21 

Na assembleia-geral extraordinária da AUSTRA - Associação de Utilizadores do Sistema de Tratamento de Águas Residuais de Alcanena, que teve lugar na semana passada (16 de Novembro) e que foi pedida pela presidente da câmara municipal de Alcanena, Fernanda Asseiceira (PS) apelou a uma maior “co-responsabilização social e ambiental” aos empresários do sector dos curtumes, alegando que a responsabilidade ambiental “não pode estar dissociada da dimensão económica”.
(ler mais...)


Torres Novas: BE assinala Dia Internacional pela eliminação da violência contra as mulheres »  2017-11-21 

O Bloco de Esquerda (BE) de Torres Novas assinala o Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, com a sessão “Crime Dizem Elas” que terá lugar a 25 de Novembro, pelas 16 horas, no bar Estúdio Alfa, em Torres Novas.
(ler mais...)


Torres Novas: direitos das crianças assinalados nas escolas »  2017-11-21 

O município de Torres Novas associou-se à UNICEF e assinalou ontem, 20 de Novembro, o Dia Mundial dos Direitos da Criança com acções de sensibilização junto de alunos do 4.º ano da rede pública.
(ler mais...)


Torres Novas: Associação de Defesa do Património alerta para níveis de “toxicidade relevantes” no rio Almonda »  2017-11-21 

“Um rio com menos água e níveis de poluição preocupantes”. É desta forma que a Associação de Defesa do Património de Torres Novas (ADPTN) classifica o troço urbano do rio Almonda, após uma segunda saída de campo efectuada no passado sábado, dia 18 de Novembro, no âmbito do “Projecto Rios”.
(ler mais...)


Primeiro-ministro de Cabo Verde visitou “Lusitana” em Riachos »  2017-11-19 

Depois de ter chegado a Torres Novas, na quinta-feira, o primeiro-ministro de cabo Verde, Ulisses Correia, foi recebido na Turrisconta, empresa de contabilidade do antigo presidente da câmara, António Rodrigues, de quem partiu o convite para a visita, aliás como tinha sucedido há escassos meses com Xanana Gusmão.
(ler mais...)


Futebol: sorte macaca dos “amarelos” em Amiais (2-0) »  2017-11-19 

CD AMIENSE 2 CD TORRES NOVAS 0
Campos da Azenha, Amiais de Baixo, 18/11/17

CD AMIENSE: Chico; P. Lista, Leo G., Parreira, Costinha, Luís (Fábio), Tico, N. Tiago, Miguel, Ganso e Leo Silva (Arnaldo).
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2017-11-21  Torres Novas: Associação de Defesa do Património alerta para níveis de “toxicidade relevantes” no rio Almonda
»  2017-11-19  Futebol: sorte macaca dos “amarelos” em Amiais (2-0)
»  2017-11-21  Alcanena: presidente da câmara pede mais responsabilidade aos empresários dos curtumes