• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Quarta, 26 Junho 2019    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Sáb.
 29° / 15°
Períodos nublados
Sex.
 29° / 14°
Céu limpo
Qui.
 27° / 13°
Períodos nublados
Torres Novas
Hoje  26° / 15°
Céu nublado com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

“Brogueira e não só”, livro de Joaquim Venâncio apresentado ontem na Brogueira

Sociedade  »  2018-02-19 

Autor já está a preparar uma segunda publicação

Professor, antigo autarca, cidadão torrejano, Joaquim da Piedade Venâncio lançou um pequeno livro de memórias, ontem (domingo, 18) na Brogueira, sua terra natal. O salão da junta de freguesia encheu-se de muitos amigos da política torrejana dos últimos 50 anos, numa terra dada desde sempre a acesas lutas políticas, quer na luta pela República, depois contra a ditadura e mais recentemente durante o período de implantação da democracia, tempos vividos com paixão nesta aldeia do concelho de Torres Novas, berço do “general sem medo”.

Joaquim Venâncio foi parco em palavras, explicando que o livro que agora apresenta traduz uma forma de registar lembranças várias que se cruzam em tempos e contextos temporais diferentes, e que tanto falam de costumes já perdidos da aldeia, como de episódios vividos pelo autor no seu percurso de professor e político. Aliás, o prefácio do livro é nem mais nem menos que uma crónica publicada por José Ricardo Costa no JORNAL TORREJANO em que o cronista, aluno da escola primária em finais dos anos 60, evidencia o caracter de Joaquim Venâncio como professor, a sua bonomia e respeito para com os alunos, em oposição a professores que deixaram marcas tenebrosas em muitas crianças da vila.

Casimiro Gomes Pereira, que foi presidente da câmara eleito pelo PSD em três eleições sucessivas (1979, 1982 e 1985) e teve Joaquim Venâncio sempre como vereador e vice-presidente, realçou a grande presença de amigos da política desses tempos. “O livro é um retrato de uma época e que fica como património para as gerações vindouras. E o Joaquim Venâncio é um amigo com carácter, e sempre foi o mestre que se interessava pelos seus alunos. Cidadão sempre disponível para a coisa pública, antes e depois do 25 Abril, mas um cidadão com princípios, nunca andou ao sabor das aragens do tempo. Tenho muita honra em tê-lo como amigo”, finalizou Casimiro Pereira.

Manuel Carvalho, presidente da união das freguesias, disse já ter lido o livro e considera-o “um bom retrato da freguesia” por descrever coisas que ele, bastante mais jovem, ainda viu e viveu mas que as novas gerações não conhecem. “Deve ser lido por todos os brogueirenses”, disse o autarca.

O presidente da câmara, Pedro Ferreira, saudou também o autor, ao mesmo tempo que desfiou histórias vividas com pessoas ali presentes, como o grande esforço conjunto, dele como dirigente do CRIT, e de Casimiro Pereira, como autarca, para se conseguir em Lisboa alguns apoios para a obra do CRIT, recordando a vez em que o velho carro da presidência da câmara (só havia um) parou em plena praça de Espanha, com o presidente da câmara de Torres Novas e o presidente do CRIT a empurrarem o veículo para local seguro no meio do diabólico tráfego da capital.

“Casimiro Pereira foi a primeira pessoa a convidar-me para intervir politicamente, na altura era para integrar a lista do PSD para a câmara, que depois não se concretizou”, recordou Pedro Ferreira, perante uma plateia onde se via gente que marcou esses tempos nos mais diferentes domínios da vida torrejana, como Arnaldo Santos, também vereador e depois presidente da câmara, José Manuel Flor Ribeiro, ex-vereador, Manuela Tolda, vereadora da cultura entre 1989 e 1993, António Canelas, amigo e familiar de Joaquim Venâncio mas militante comunista, Octávio Oliveira, antigo assessor da câmara de Torres Novas e mais recentemente secretário de Estado, professores como Carlos Lima, Emília Duque e Joaquim Lagarto e muitos amigos e familiares de Joaquim Venâncio.

O autor nasceu em 1931, na Brogueira, diplomou-se pela Escola do Magistério Primário de Lisboa e foi professor em Algés, Ulme, Alpiarça e Torres Novas, tendo leccionado também na antiga escola do magistério primário de Torres Novas. Foi colaborador de O ALMONDA e cronista do JORNAL TORREJANO, de onde foram escolhidos alguns textos da colectânea agora publicada. Foi fundador local do PSD e ao serviço do partido exerceu vários cargos políticos locais e distritais, foi presidente da Assembleia Municipal e vice-presidente da câmara em três mandatos autárquicos. Recentemente, faz voluntariado na Liga dos Amigos do Hospital, de que foi co-fundador.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Catarina Picton Santos: “Manter viva esta escola é uma homenagem à minha mãe” »  2019-06-21 

Esta não é a história de uma mulher num lugar outrora reservado a homens. É muito mais do que isso.
É a história de uma mulher, de um exemplo, de um legado e das mulheres que a sucedem.
(ler mais...)


Aterro do aeródromo continua perante a passividade da maioria socialista »  2019-06-09 

Aquilo que poderá ser um enorme atentado ecológico contra o território do concelho, continua como se nada fosse. Num mês, mais algumas toneladas foram acrescentadas ao aterro do alegado aeródromo de Pias Longas.

O avanço dos aterros, segundo os limites administrativos entre Torres Novas e Ourém, entrou agora muito mais de 200m no concelho de Torres Novas, perfazendo uma área de implantação de mais de 20 000 metros quadrados.
(ler mais...)


Ainda as eleições: Tomar, Abrantes e Mação em queda acentuada num distrito quase todo a encolher »  2019-06-06 

Nos últimos cinco anos, o distrito de Santarém perdeu mais de 15 mil eleitores. Dos 21 concelhos, 20 deles perderam eleitores e vão continuar a perder população. Apenas o concelho de Benavente dá conta de um aumento, resultado da sua proximidade com a área metropolitana de Lisboa, onde o rio o liga a outro concelho ribatejano a crescer, o de Vila Franca de Xira.
(ler mais...)


Escola Maria Lamas: alunos de Humanidades debateram a Europa »  2019-06-03 

Os alunos de Línguas e Humanidades, dos 11º e 12º anos, da Escola Secundária de Maria Lamas, debateram no dia 3 de Junho o projecto europeu, durante o Colóquio “Europa, para que te quero”. Esta actividade foi uma organização conjunta das disciplinas de Ciência Política, História, Geografia e História da Cultura e das Artes.
(ler mais...)


Vitória pífia do PS nas Europeias de ontem: do poucochinho de Seguro ao poucochito de Costa »  2019-05-27 

Ao contrário do que os comentadores se apressaram a dizer na noite de ontem, a vitória do PS/Costa nas Europeias deste ano foi uma vitória pífia: os socialistas tiveram um aumento de votos menor que do que o da direita que formou a coligação de há cinco anos acabou por averbar.
(ler mais...)


Associação do Património denuncia abate de choupos na Ribeira »  2019-04-17 

 Ontem, dia 16 de Abril, foram cortados pela base vários choupos em bom estado, junto ao mouchão do rio Almonda, na ponte entre as Ribeiras. Mais cinco árvores estarão marcadas para abate, todas árvores de grande porte, sem sinais evidentes de doença ou secura, e com funções ecológicas relevantes, denuncia a Associação do Património de Torres Novas em comunicado de hoje, 17 de Abril.
(ler mais...)


Associação Protectora dos Animais tem novos corpos sociais »  2019-04-06 

Foram eleitos ontem, dia 5 de Abril. os novos órgãos sociais da Associação Protectora dos Animais de Torres Novas (APA) para o triénio 2019-2022. A direcção continua a ser presidida por Rosário Pires Bento, que lidera a APA desde 2013, anuncia nota de imprensa da associação.
(ler mais...)


Pedro Triguinho absolvido em processo da Fabrióleo »  2019-03-22 

Pedro Triguinho, activista do movimento ambientalista Basta!, de Torres Novas, foi absolvido na sexta-feira, no Tribunal de Torres Novas, num processo em que era acusado de difamação por uma então administradora da empresa Fabrióleo, que lhe moveu a acção a título pessoal.
(ler mais...)


Pias Longas: trabalhos no aterro continuam, vereador do ambiente nada diz »  2019-03-13 

Os trabalhos relacionados com a ampliação do aterro do topo sul da pista do aeródromo de Pias Longas, situado na fronteira entre os municípios de Ourém e Torres Novas, continuam em marcha, isto apesar de uma fiscalização da câmara de Torres Novas ter confirmado, logo na altura da denúncia por este jornal, que milhares de toneladas de pedras e terra estavam a ser despejadas para dentro da território do concelho de Torres Novas numa área de elevado potencial ambiental e que integra a Reserva Ecológica Nacional.
(ler mais...)


Alterações climáticas: Maria Lamas promove aula aberta no auditório municipal »  2019-03-08 

Dando sequência a idêntica iniciativa do ano transacto, a escola Maria Lamas volta a promover uma aula aberta, desta vez no auditório municipal (edifício da biblioteca Gustavo Pinto Lopes), e sob o tema “Alterações climáticas e biodiversidade”.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2019-06-21  Catarina Picton Santos: “Manter viva esta escola é uma homenagem à minha mãe”
»  2019-05-27  Vitória pífia do PS nas Europeias de ontem: do poucochinho de Seguro ao poucochito de Costa
»  2019-06-03  Escola Maria Lamas: alunos de Humanidades debateram a Europa
»  2019-06-09  Aterro do aeródromo continua perante a passividade da maioria socialista
»  2019-06-06  Ainda as eleições: Tomar, Abrantes e Mação em queda acentuada num distrito quase todo a encolher