• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Terça, 21 de Agosto de 2018
Pesquisar...
Sex.
 35° / 19°
Céu limpo
Qui.
 37° / 19°
Céu limpo
Qua.
 38° / 19°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  38° / 21°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

“Brogueira e não só”, livro de Joaquim Venâncio apresentado ontem na Brogueira

Sociedade  »  2018-02-19 

Autor já está a preparar uma segunda publicação

Professor, antigo autarca, cidadão torrejano, Joaquim da Piedade Venâncio lançou um pequeno livro de memórias, ontem (domingo, 18) na Brogueira, sua terra natal. O salão da junta de freguesia encheu-se de muitos amigos da política torrejana dos últimos 50 anos, numa terra dada desde sempre a acesas lutas políticas, quer na luta pela República, depois contra a ditadura e mais recentemente durante o período de implantação da democracia, tempos vividos com paixão nesta aldeia do concelho de Torres Novas, berço do “general sem medo”.

Joaquim Venâncio foi parco em palavras, explicando que o livro que agora apresenta traduz uma forma de registar lembranças várias que se cruzam em tempos e contextos temporais diferentes, e que tanto falam de costumes já perdidos da aldeia, como de episódios vividos pelo autor no seu percurso de professor e político. Aliás, o prefácio do livro é nem mais nem menos que uma crónica publicada por José Ricardo Costa no JORNAL TORREJANO em que o cronista, aluno da escola primária em finais dos anos 60, evidencia o caracter de Joaquim Venâncio como professor, a sua bonomia e respeito para com os alunos, em oposição a professores que deixaram marcas tenebrosas em muitas crianças da vila.

Casimiro Gomes Pereira, que foi presidente da câmara eleito pelo PSD em três eleições sucessivas (1979, 1982 e 1985) e teve Joaquim Venâncio sempre como vereador e vice-presidente, realçou a grande presença de amigos da política desses tempos. “O livro é um retrato de uma época e que fica como património para as gerações vindouras. E o Joaquim Venâncio é um amigo com carácter, e sempre foi o mestre que se interessava pelos seus alunos. Cidadão sempre disponível para a coisa pública, antes e depois do 25 Abril, mas um cidadão com princípios, nunca andou ao sabor das aragens do tempo. Tenho muita honra em tê-lo como amigo”, finalizou Casimiro Pereira.

Manuel Carvalho, presidente da união das freguesias, disse já ter lido o livro e considera-o “um bom retrato da freguesia” por descrever coisas que ele, bastante mais jovem, ainda viu e viveu mas que as novas gerações não conhecem. “Deve ser lido por todos os brogueirenses”, disse o autarca.

O presidente da câmara, Pedro Ferreira, saudou também o autor, ao mesmo tempo que desfiou histórias vividas com pessoas ali presentes, como o grande esforço conjunto, dele como dirigente do CRIT, e de Casimiro Pereira, como autarca, para se conseguir em Lisboa alguns apoios para a obra do CRIT, recordando a vez em que o velho carro da presidência da câmara (só havia um) parou em plena praça de Espanha, com o presidente da câmara de Torres Novas e o presidente do CRIT a empurrarem o veículo para local seguro no meio do diabólico tráfego da capital.

“Casimiro Pereira foi a primeira pessoa a convidar-me para intervir politicamente, na altura era para integrar a lista do PSD para a câmara, que depois não se concretizou”, recordou Pedro Ferreira, perante uma plateia onde se via gente que marcou esses tempos nos mais diferentes domínios da vida torrejana, como Arnaldo Santos, também vereador e depois presidente da câmara, José Manuel Flor Ribeiro, ex-vereador, Manuela Tolda, vereadora da cultura entre 1989 e 1993, António Canelas, amigo e familiar de Joaquim Venâncio mas militante comunista, Octávio Oliveira, antigo assessor da câmara de Torres Novas e mais recentemente secretário de Estado, professores como Carlos Lima, Emília Duque e Joaquim Lagarto e muitos amigos e familiares de Joaquim Venâncio.

O autor nasceu em 1931, na Brogueira, diplomou-se pela Escola do Magistério Primário de Lisboa e foi professor em Algés, Ulme, Alpiarça e Torres Novas, tendo leccionado também na antiga escola do magistério primário de Torres Novas. Foi colaborador de O ALMONDA e cronista do JORNAL TORREJANO, de onde foram escolhidos alguns textos da colectânea agora publicada. Foi fundador local do PSD e ao serviço do partido exerceu vários cargos políticos locais e distritais, foi presidente da Assembleia Municipal e vice-presidente da câmara em três mandatos autárquicos. Recentemente, faz voluntariado na Liga dos Amigos do Hospital, de que foi co-fundador.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Bombeiros querem mais “meios”, dívida paga, e dizem que obra do quartel pode derrapar »  2018-08-16 

A direcção dos Bombeiros Voluntários Torrejanos reuniu no final de Julho com o presidente da câmara
e com o vereador Carlos Ramos e, segundo nota de imprensa da corporação, os “voluntários torrejanos”
querem mais meios e uma dívida antiga paga.
(ler mais...)


Morreu Carlos Trincão Marques, figura marcante da sociedade torrejana »  2018-08-15 

Nascido em Riachos em 1944, Carlos Trincão Marques morreu na madrugada de  quarta-feira, em Lisboa, onde se encontrava hospitalizado na sequência da doença que o atormentava nos últimos tempos.

Filho do riachense Dr.
(ler mais...)


Torres Novas: piscinas gratuitas no domingo »  2018-08-07 

Para assinalar o Dia Internacional da Juventude, o município de Torres Novas vai promover no próximo domingo, dia 12 de Agosto, uma iniciativa dirigida aos jovens com idades entre os 12 e os 29 anos. As piscinas municipais Fernando Cunha estarão abertas no domingo, das 14 às 19 horas, e haverá animação com o dj set Bomboca & Pirolito.
(ler mais...)


PASSATEMPO: oferecemos 5 passes gerais para o BONS SONS »  2018-07-31 

Aproxima-se o festival Bons Sons e o JORNAL TORREJANO oferece 5 passes gerais para entrada no festival. Para isso, os concorrentes ao sorteio dos passes deverão fazer like no fb do JT, onde decorre o passatempo:

https://www.facebook.
(ler mais...)


Tomar: detido jovem de 22 anos suspeito de atear incêndio »  2018-07-23 

A Polícia Judiciária (PJ) Leiria anunciou a detenção de um jovemd e 22 anos, empregado de restauração, suspeito de ter ateado um fogo em zona florestal em Alviobeira, Tomar. A GNR terá recolhido “importantes meios de prova” que conduziram à detenção do rapaz.
(ler mais...)


Alcanena: reparação da estrada de Minde vai custar mais de 270 mil euros »  2018-07-19 

As obras de requalificação da Estrada de Minde - Serra de Santo António já foram entregues a uma empresa e vão custar ao município 266 mil euros mais o IVA, informa a autarquia em comunicado.

A empreitada da estrada que liga Minde e a Serra de Santo António contempla a reparação de abatimentos e a repavimentação betuminosa de toda a extensão da estrada.
(ler mais...)


Torres Novas: PSD lança campanha sobre mau estado de conservação de estradas »  2018-07-19 

A Comissão Política Concelhia de Torres Novas do PSD lançou uma campanha em que alerta para o mau estado de conservação de algumas estradas do concelho, e colocou quatro outdoors na rua a assinalar isso mesmo.
“Esta campanha pretende evidenciar a falta de capacidade que o executivo (de maioria) socialista da câmara municipal de Torres Novas apresenta, para com os meios próprios municipais e com o orçamento corrente, resolver problemas básicos do concelho”, lê-se numa nota de imprensa.
(ler mais...)


Concelho tem mais uma »  2018-07-17 

Desde hoje, dia 18 de Julho, Torres Novas tem mais uma mulher a atingir a idade de 100 anos: trata-se de Amália Moita, natural de Alcorochel, aldeia onde sempre viveu, apesar de nas últimas décadas passar temporadas também em Torres Novas, em casa de uma das filhas.
(ler mais...)


Escola Maria Lamas: concurso público para primeira fase da obra já divulgado »  2018-07-16 

O anúncio do concurso público da primeira etapa das obras de recuperação da escola secundária Maria Lamas, em Torres Novas, foi publicado em Diário da República do dia 12 de Julho.

O projecto prevê uma intervenção nos balneários e da zona de cozinha e refeitório, no piso 0 do edifício do ginásio, bem como a adaptação dos edifícios às normas legais, nomeadamente nos mecanismos de protecção contra incêndios, bem como as componentes térmica, redes eléctrica, de gás e de água e saneamento.
(ler mais...)


Ribeira da Boa de Água: o perfume especial para as noites de verão »  2018-07-14 

Tudo com dantes na Ribeira da Boa Água, afluente do rio Almonda: a poluição que suscitou, durante todo ano de 2017, muitas lutas e milhares de discursos oficiais, voltou em força, impune, ofensiva, sem vergonha.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2018-08-15  Morreu Carlos Trincão Marques, figura marcante da sociedade torrejana
»  2018-08-16  Bombeiros querem mais “meios”, dívida paga, e dizem que obra do quartel pode derrapar