• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Domingo, 23 de Setembro de 2018
Pesquisar...
Qua.
 34° / 18°
Períodos nublados
Ter.
 36° / 20°
Céu limpo
Seg.
 38° / 18°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  35° / 18°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Bombeiros querem mais “meios”, dívida paga, e dizem que obra do quartel pode derrapar

Sociedade  »  2018-08-16 

Reunião com câmara resulta em caderno reivindicativo:

A direcção dos Bombeiros Voluntários Torrejanos reuniu no final de Julho com o presidente da câmara
e com o vereador Carlos Ramos e, segundo nota de imprensa da corporação, os “voluntários torrejanos”
querem mais meios e uma dívida antiga paga. Quanto às obras do quartel, já se sabe que vai haver derrapagem.

“No que concerne às dívidas nos termos dos compromissos (investimentos) assumidos pela autarquia aos Bombeiros Voluntários Torrejanos [sic], que reportam já ao período desde 2014 [sic], e que ultrapassam os 100.000€, a autarquia comprometeu-se a liquidar a dívida de curto prazo”, tenta explicar a nota de imprensa, referindo-se, presume-se, a um resto de uma dívida que está ainda pendente e que se cifra em cerca de 100 mil euros.

Adiantando que na referida reunião “foram observados e discutidos diversos pontos” [sic], diz a nota que a direcção da Associação “levou também à discussão a importância de se equacionar a criação de uma segunda Equipa de Intervenção Permanente (EIP)”. De acordo com o comandante dos Bombeiros Voluntários Torrejanos, esta seria “uma necessidade evidente”, dado o número de ocorrências registado diariamente, mas a verdade é que os dados conhecidos não parecem concordar grandemente com tal argumento se comparados com dados anteriores.

No que respeita aos investimentos em equipamentos, refere ainda a nota que a Direcção apresentou a necessidade, “a curto prazo, de duas ambulâncias, um veículo escada e um veículo urbano de combate a incêndios”, acrescentando que o actual veículo escada que serve a corporação já tem cerca de 50 anos e o de combate a incêndios 25. “O investimento e actualização nestes novos equipamentos é, portanto, uma urgência”, consideram os BVT.

Mas não é tudo: a direcção da AHBVT terá referido ainda a necessidade de a autarquia aumentar a comparticipação fixa mensal aos Bombeiros Torrejanos e levou à discussão, também, “a importância da colaboração e rentabilização de meios entre a Câmara Municipal e os Bombeiros Torrejanos, frisando que os bombeiros têm condições para garantir a recepção, triagem e encaminhamento das ocorrências da Protecção Civil”, certamente a troco de mais um pacote de contrapartidas, isto em em tradução livre.
Em cima da mesa, remata a nota de imprensa, esteve também a obra do novo quartel, tendo a Associação informado a autarquia que a mesma decorre com normalidade, “mas alertando o presidente e o vereador para a eventual existência de trabalhos a mais por insuficiência de projecto”, querendo dizer com isto que é preciso ainda mais dinheiro, a não ser que se responsabilize quem aprovou e aceitou um projecto insuficiente e que, portanto, não deveria ter sido aprovado, nem aceite pela empresa a quem foi adjudicada a obra.

Actividade recente dos BVT
Mesmo com a vaga de calor, a ocorrência de incêndios no concelho foi felizmente fraca, atendendo a que praticamente não existem áreas florestais. Ainda assim, em todo o mês de Julho, período a que reporta o relatório da actividade desenvolvida, os BVT acorreram a 12 incidentes deste tipo sem grandes consequências. Acidentes rodoviários, durante o mês, foram 16, e “intervenções em conflitos legais”, 3, para além de 10 “actividades de assistência e prevenção a actividades humanas”.

O grosso da actividade dos bombeiros diz respeito às emergências pré-hospitalares (330 no mês de Julho, média de 10 por dia) e aos 819 serviços de transporte de doentes, à média de 30 por dia, uma actividade regular e mais ou menos programada e que garante a receita essencial dos bombeiros (serviços pagos pelo SNS e segurança social).
Aliás, um pouco por todo o país, as corporações de bombeiros, hoje, são no fundo pequenas ou médias empresas de prestações de serviços ligados à saúde (transporte de doentes) de onde vêm as suas maiores receitas, superiores às quotizações e outras que compõem os seus orçamentos.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Torres Novas homenageou Hugo Santos, o “alquimista dos sentidos” »  2018-09-22 

Hugo Santos, hospitalizado devido a um agravamento passageiro, espera-se, do seu estado de saúde, não pôde estar presente na homenagem que lhe foi promovida hoje, dia 22, no auditório municipal, perante muitas dezenas de amigos e admiradores.
(ler mais...)


ASAE mandou fechar “quiosque da Mónica” »  2018-09-21 

Uma brigada da ASAE, formada por cinco pessoas, irrompeu ao princípio da tarde de hoje, sexta-feira, pelo quiosque da Mónica, situado no largo dom Diogo de Almeida, em Torres Novas, e vasculhou o pequeno estabelecimento de cima a baixo no sentido de encontrar “desconformidades” de funcionamento.
(ler mais...)


PS chumba cadernos gratuitos para alunos do concelho, diz Bloco »  2018-09-13 

O Bloco de Esquerda voltou a propor, na Câmara Municipal, o alargamento da gratuitidade aos cadernos de actividades para os alunos e alunas do 1 e 2.º ciclo do ensino básico. “O PS votou contra chumbando esta medida e relegando o nosso município para uma posição imobilista face ao crescente número de autarquias que aprova medidas no sentido da gratuitidade da educação, na sua maioria geridas pelo PS”, diz o Bloco de Esquerda em comunicado.
(ler mais...)


Feira dos Frutos Secos: novidades com muitos espectáculos na praça dos Claras »  2018-09-12 

A 33.ª Feira Nacional dos Frutos Secos vai ter lugar de 28 de Setembro a 7 de Outubro, este ano na Praça 5 de Outubro e, novidade, na Praça dos Claras, onde decorrem os espectáculos, num cartaz de fazer inveja a muitos festivais de música tradicional.
(ler mais...)


João Quaresma questiona gestão do PS »  2018-09-11 

“É do nosso conhecimento que a Câmara tem levado a efeito algumas limpezas junto do leito do Rio Almonda. Foi o caso da intervenção junto do condominio Beira Rio e, recentemente, na Avenida João Martins de Azevedo, junto à ponte.
(ler mais...)


Torres Novas: município mantém programa de bolsas para alunos do “superior” »  2018-09-11 

A câmara municipal de Torres Novas anunciou a abertura do prazo e candidaturas com vista às bolsas de estudo para alunos do ensino superior, iniciativa que se destina exclusivamente a residentes no concelho de Torres Novas e que visa “favorecer a igualdade de oportunidades no acesso ao prosseguimento de estudos”.
(ler mais...)


Taça de Portugal: Torres Novas e Fátima repescados »  2018-09-11 

O CD Torres Novas e CD Fátima afinal vão continuar na Taça de Portugal. Os dois emblemas ribatejanos foram duas das 20  equipas repescadas pela Federação Portuguesa de Futebol e no dia 30 de Setembro jogam a segunda eliminatória da prova.
(ler mais...)


Torres Novas: apanhados a roubar no Continente »  2018-09-10 

Três indivíduos foram surpreendidos, no passado sábado, quando se preparavam para transportar uma quantidade de artigos de supermercado avaliados em mais de 1000 euros, sem pagar. O episódio aconteceu no passado dia 8 de Setembro, ao final da manhã.
(ler mais...)


Entrevista: “A exigência do público da televisão portuguesa ao nível da caracterização não é alta” »  2018-09-03 

Andreia Ferreira, de 26 anos, é natural de Torres Novas. Especializou-se em caracterização, na Makeup School, e ambiciona, no futuro, aparecer na ficha técnica de grandes produções de Hollywood. A caracterização de Brad Pitt em “O Estranho Caso de Benjamin Buttom” e a da criatura de “The shape of water”, são dois trabalhos que elege como do outro mundo e que não se importava nada de ter participado.
(ler mais...)


Covão do Feto: festas são já no próximo fim-de-semana »  2018-09-02 

As tradicionais e conhecidas festas em honra de Nossa Senhora dos Remédios, aqui bem perto em Covão do Feto, concelho de Alcanena, estão aí: o próximo fim-de-semana de 7, 8 e 9 de Setembro promete ser animado, em festejos cujo ponto alto é a procissão em honra da padroeira, no domingo, pelas quatro horas da tarde.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2018-09-21  ASAE mandou fechar “quiosque da Mónica”
»  2018-09-22  Torres Novas homenageou Hugo Santos, o “alquimista dos sentidos”