• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Terça, 11 de Dezembro de 2018
Pesquisar...
Sex.
 15° / 9°
Céu nublado
Qui.
 15° / 9°
Períodos nublados com chuva fraca
Qua.
 15° / 9°
Céu muito nublado com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  17° / 7°
Céu nublado
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Vamos ajudar o André Antunes!

Sociedade  »  2018-09-25 

André Antunes tem 39 anos, é torrejano, e desde 2016 que luta contra um cancro. Família e amigos vêm agora a público pedir ajuda para que André se possa deslocar à Alemanha, a fim de fazer tratamentos orçamentados, por alto, em 32 mil euros, já que em Portugal as hipóteses estão esgotadas.

“Não é de ânimo leve que fazemos isto. Este tipo de exposição é algo que custa imenso ao André, mas a situação é verdadeiramente crítica e assim o justifica. Desde o início de 2016 que o André tem enfrentado sucessivas e duras batalhas contra o cancro. O que começou como fraqueza, cansaço e perdas de sangue, culminou num diagnóstico de cancro no cólon/reto, com diversas metástases hepáticas. Na altura foi-lhe dada uma esperança média de vida de 6 meses”, pode ler-se no documento ilustrativo da campanha lançada na Internet.

A seis ciclos de quimioterapia, interrompidos por terríveis reacções alérgicas, seguiu-se uma operação ao fígado e, posteriormente, ao reto. Os resultados foram animadores, mas não duradouros. As reacções alérgicas não lhe permitiram fazer a quimioterapia preventiva protocolar, mas ainda assim, entre Janeiro de 2017 e Abril de 2018, os exames revelaram que não havia evidência recidiva. Nesse período, André voltou mesmo, e moderadamente, ao ciclismo de estrada/BTT, à natação e a muito do que era a sua rotina.

Mas em Abril deste ano, numa consulta de rotina, exames mostraram metástases na zona pélvica, fígado e pulmão, este num estado muito inicial. Os dois últimos foram “queimados”, mas tal não era possível na zona pélvica. IPO Porto, IPO Lisboa e o Hospital Curry Cabral assumiram não haver solução para o problema. A quimioterapia foi tentada uma última vez, com efeitos terríveis e a aceitação imediata de que a sua continuação poderia ser fatal.

Com a realização de novos exames, a conclusão foi a de que a doença continuava a avançar, e até mais depressa do que o previsto. “Todas estas dificuldades têm sido ultrapassadas às custas da imensa força do André, mas chegámos ao momento em que a todas estas dificuldades, se junta a capacidade financeira. Já há algum tempo que a oncologista lhe tinha indicado a existência de uma clínica na Alemanha para um tratamento baseado em células dendríticas, mas foi deixada para último plano precisamente devido aos custos”, pode ler-se ainda.

Mas a hora chegou, não dando para adiar mais. A vacina das células dendríticas é produzida com o sangue do próprio doente, que após tratado em laboratório, é devolvido ao doente contendo as informações necessárias que são transmitidas ao sistema imunitário. A teoria é que esta informação leve o sistema imunitário, agora reprogramado, a saber quais as células que deve atacar e as que deve proteger. São necessárias no mínimo 4 vacinas, dadas num intervalo de 4 a 6 semanas para que o sistema imunitário esteja suficientemente forte e informado para combater o tumor.

Na primeira vez que o doente se desloca à Alemanha - dia 1 de Outubro neste caso específico - fica cerca de 10 dias e nas vezes seguintes, entre 3 a 4. Cada paciente tem a sua terapêutica definida aquando da primeira consulta na Alemanha, mas sabe-se que cada vacina custa 5155,66€. A este valor acrescem mais 4000€ para a leucoferese, que só se faz na primeira ida à clínica.

Neste momento não se sabe com exactidão o custo total dos tratamentos, mas o valor nunca será inferior a 32000€. A este valor acrescem viagens, estadia, aluguer de carro, alimentação e suplementos. Neste momento, o André gasta já cerca de 360 € por mês em ozonoterapia + suplementos (cerca de 200€), que lhe aliviam as dores e lhe permitem continuar a trabalhar (algo extremamente difícil de convencer o André a abdicar de fazer).

Todos os interessados em ajudar, poderão fazê-lo através do IBAN PT50 0018 000338942637020 26.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Ponte da Bácora: obras ainda não começaram, mas custos já aumentaram 30% »  2018-12-10 

 

Mais de 120 mil euros (até ver) para uma ponte pedonal secundária parecem não comover a maioria socialista, que não encontra outras prioridades para gastar o dinheiro do município.

O projecto do PEDU para a zona da Bácora e respectiva ponte e para o que resta da margem do rio na antiga Horta das Pedras, onde pomposamente se quer instalar o “parque Almonda”, foi mote para alguma discussão na reunião camarária de 21 de Novembro.
(ler mais...)


Alcanena: câmara facilita acesso a medicamentos »  2018-12-07 

Realizou-se, no passado dia 28 de Novembro, a assinatura do protocolo do “Programa abem: Rede Solidária do Medicamento”, celebrado entre a Associação Dignitude e o Município de Alcanena, com a presidente da Câmara de Alcanena, Fernanda Asseiceira, a representar o município e Maria de Belém Roseira, ex-ministra, a Associação Dignitude, tendo a sessão contado também com a presença e a intervenção do Director da Segurança Social de Santarém, Renato Bento.
(ler mais...)


Barquinha: Loja Social promove venda de Natal »  2018-12-06 

A Loja Social de Vila Nova da Barquinha vai promover, juntamente com os seus parceiros, uma venda de Natal que se irá realizar entre os dias 17 e 22 de Dezembro de 2018, na Rua Dr. Barral Filipe, n.º 21, junto à Estação dos CTT de Vila Nova da Barquinha.
(ler mais...)


Chamusca: município dá árvores de Natal ao comércio local da vila »  2018-12-06 

O Município da Chamusca vai disponibilizar árvores de Natal aos estabelecimentos comerciais da vila, aderentes a esta iniciativa. O objectivo, diz nota de imprensa camarária, é apoiar o comércio local a receber melhor os seus clientes e criar um elo de ligação entre os vários espaços da vila.
(ler mais...)


Torres Novas: passagem de ano volta à Praça 5 de Outubro »  2018-12-06 

Para dar as boas-vindas a 2019, o Município de Torres Novas promove, pelo quarto ano consecutivo, um programa de passagem de ano no centro histórico, com entrada livre, sendo que o cenário escolhido desta vez foi a Praça 5 de Outubro, onde actuam pelas 22h30 os RH+ Música Positiva, seguindo-se, à meia-noite, o habitual espectáculo de fogo de artifício, lançado a partir do castelo (sujeito às condições climatéricas), anuncia a autarquia em nota de imprensa.
(ler mais...)


Alcanena dá 20 mil para vencedor do orçamento participativo jovem »  2018-11-28 

A Câmara Municipal de Alcanena aprovou, por unanimidade, em 19 de Novembro, os critérios de participação do orçamento participativo jovem de 2019.

O Orçamento Participativo Jovem desenvolve-se num ciclo anual, que se distribui pelas fases de divulgação e recolha de propostas, análise técnica, publicação da lista das propostas a votação e votação.
(ler mais...)


Morreu João Manuel Henriques (“Sapateiro”) »  2018-11-27 

Morreu ontem, aos 67 anos, João Manuel Pereira Henriques (“João Sapateiro”, assim conhecido pelos amigos e pela comunidade torrejana).

Homem dedicado ao desporto, em 1966 já envergava a camisola dos juvenis do Clube Desportivo de Torres Novas, tendo como companheiros, entre outros, Alho, Fragata, João Grego, Tempêro, Real, e Rogério Maia.
(ler mais...)


Aprovado o estudo prévio para a reabilitação da Levada/Caldeirão »  2018-11-23 

É mais um dos projectos que fazem parte do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) de Torres Novas. O estudo prévio da primeira fase do projecto de reabilitação da Levada/Caldeirão (eles chama “Nogueiral”, ver caixa), foi aprovado em reunião camarária (13 de Novembro), contando com os votos favoráveis da maioria socialista, a abstenção do PSD e o voto contra da vereadora do Bloco de Esquerda.
(ler mais...)


Torres Novas: 400 novos agentes da PSP para substituir aposentações »  2018-11-23 

O ministro da Administração Interna anunciou hoje, em Torres Novas, a abertura de um novo curso de formação de agentes da PSP com 600 vagas, sublinhando que a aposta na renovação da polícia “é decisiva”.
(ler mais...)


O Almonda faz 100 anos sábado »  2018-11-23 

O semanário O Almonda, o mais antigo jornal torrejano com publicação contínua, comemora amanhã, sábado, o seu centenário. Fundado em 24 de Novembro de 1918 por um grupo de jovens torrejanos, o semanário passou logo por iniciais dificuldades, tendo interrompido a sua publicação durante sete meses, mas voltaria depois a publicar-se até ao presente.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2018-11-27  Morreu João Manuel Henriques (“Sapateiro”)
»  2018-11-12  Vêm aí as couves com feijões de Torres Novas
»  2018-11-15  Barquinha: “o valor do sal”
»  2018-11-23  Aprovado o estudo prévio para a reabilitação da Levada/Caldeirão
»  2018-11-13  Morreu Adelino Bairrão Pinho