• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Sábado, 25 de Novembro de 2017
Pesquisar...
Seg.
 17° / 11°
Céu muito nublado com chuva fraca
Dom.
 18° / 10°
Céu nublado
Sáb.
 18° / 12°
Céu nublado
Torres Novas
Hoje  20° / 13°
Céu nublado com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

“Um bom resultado para o PSD de Torres Novas é ganhar as eleições”, João Quaresma

Sociedade  »  2017-09-25 

Candidato do PSD à câmara municipal de Torres Novas

O João Quaresma já foi vereador e é do tempo em que o PSD ainda tinha dois vereadores eleitos, no mandato de 2001 a 2005. Nos anos que se seguiram o PSD apenas elegeu um vereador. Qual será um bom resultado para o PSD nas eleições que se avizinham?
Bom resultado para o PSD de Torres Novas é ganhar as eleições. Ao fim de um quarto de século, o executivo socialista não apresenta um rumo ou uma estratégia de desenvolvimento para o concelho de Torres Novas, que assegure a qualidade de vida dos munícipes, a coesão entre os espaços urbano e espaço rural ou mesmo a sustentabilidade do nosso território.

Há assim que propor uma solução de governação autárquica que rompa com o atual conformismo e com a atual incapacidade de gestão que se instalou no Partido Socialista, a qual ignora as atuais necessidades das pessoas e do concelho. O concelho de Torres Novas parou no tempo. Chegou a hora de um novo rumo trazendo para a gestão autárquica uma nova forma de fazer política.

O vereador do PSD Henrique Rei, a certa altura, deixou de contar com o apoio da estrutura concelhia, depois de as relações entre o vereador e os actuais dirigentes se terem degradado. Que implicações acha que esta narrativa pode ter na hora do voto?
O vereador Henrique Reis nunca deixou de contar com a ajuda do PSD de Torres Novas. Estou certo e não poderá ser negado que sempre que foi solicitada colaboração, a mesma foi prestada. No entanto a política faz-se de escolhas não podendo esta resultar apenas de imposições ou pedidos de um só sentido.

Estar no exercício político e fazer política é partilhar ideais e projetos e, mais que isso, deve proporcionar aprendizagens mútuas, de compromisso com o interesse público. Esse é o nosso desígnio, o interesse público, o qual não se compadece com atitudes impositivas e egocêntricas de sentido único. Estamos certos que as listas do PSD de Torres Novas concorrentes às eleições autárquicas de 2017, no concelho de Torres Novas se apresentam com pessoas com o único propósito de servir a causa pública.

Muitas caras novas para o exercício de cidadania que é estar na política e fazer política. Pessoas com provas dadas, atenta a sua vasta experiência, tanto profissional, como académica, associativa ou na área social, assentes numa matriz de espírito aberto e plural, mas sempre consubstanciada naquela que deverá ser a ética exigente no exercício da prática política. Pessoas que querem contribuir para mudar o concelho de Torres Novas. Esta sim deve ser análise que as pessoas devem fazer na hora do voto. Eu acredito que assim acontecerá e que o PSD de Torres Novas terá uma votação expressiva.

A que se deve, na sua opinião, a sucessiva perda de espaço do PSD no concelho de Torres Novas? De 2009 para 2013, por exemplo, perdeu mais 1100 votos na corrida à câmara municipal.
A redução do enorme número de votos que é indicado na pergunta tem de ser compreendido no contexto dos resultados eleitorais globais das eleições autárquicas de 2013. O PSD registou um dos piores resultados da sua história. Recordo que à data, estes resultados foram considerados uma derrota nacional do PSD.

E estes resultados, onde se inclui os referidos 1100 votos a menos relativamente aos resultados de 2009, foram associados àquele que estava a ser o caminho seguido pelo PSD. Houve claramente uma penalização do PSD por causa da política que se estava a prosseguir a nível nacional. Esperamos, obviamente, contribuir para que em Torres Novas se inverta esta situação e que as pessoas acreditem nas nossas ideias.

Projectando agora o futuro, pedia-lhe para identificar os cinco principais problemas que procurará resolver se for eleito o próximo presidente de câmara?
E esta ideia base de futuro é querer que o concelho de Torres Novas seja um dos concelhos de Portugal com melhor qualidade de vida. É que, apesar da nossa centralidade geográfica, começasse a notar no concelho algumas características próprias de concelhos do interior.

Há, pois, que promover e gerar as necessárias mais-valias da nossa localização estratégica e promover uma maior atratividade das nossas zonas industriais para as empresas, e consequentemente gerar assim mais emprego e crescimento. Devemos conseguir garantir as melhores condições de vida dos cidadãos, ao nível da limpeza das ruas, da recolha de resíduos, de circulação nas estradas, de segurança no espaço público, da manutenção dos espaços verdes e equipamentos municipais.

brigatoriamente, resolver os graves problemas ambientais que assolam o concelho. Dinamizar a regeneração urbana tão necessária em todos os espaços urbanos mas em especial no centro histórico de Torres Novas. E não menos importante, assegurar uma relação transparente na forma como a Câmara se relaciona com os munícipes, com as associações ou outras entidades.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Médio Tejo: comunidade intermunicipal pede equidade de tratamento nos territórios afectados pelos incêndios »  2017-11-23 

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) pede “equidade de tratamento entre os vários territórios assolados pelos grandes incêndios” que ocorreram este ano, aprovando para isso uma moção com diversos pontos.
(ler mais...)


Nersant organiza workshop sobre inovação e sustentabilidade »  2017-11-23 

A Associação Empresarial da Região de Santarém (Nersant) vai realizar nos dias 29 e 30 de Novembro um fórum de inovação e empreendedorismo do Ribatejo, no Convento de São Francisco e Startup Santarém.
(ler mais...)


Centro Hospitalar trem nova viatura de emergência médica »  2017-11-23 

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) foi um das 22 unidades do país que recebeu uma nova Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), viaturas que foram entregues pelo secretário de Estado da Saúde numa cerimónia que decorreu no dia 22 de Novembro, no hospital Professor Doutor Fernando Fonseca.
(ler mais...)


Entroncamento: concerto de jazz no aniversário do concelho »  2017-11-21 

Inserido nas comemorações dos 72 anos da fundação do concelho do Entroncamento, realiza-se na próxima sexta-feira, 24 de Novembro, um concerto da banda norte-americana “South River Jazz Band”,, às 21h30, no edifício do mercado diário municipal.
(ler mais...)


Alcanena: presidente da câmara pede mais responsabilidade aos empresários dos curtumes »  2017-11-21 

Na assembleia-geral extraordinária da AUSTRA - Associação de Utilizadores do Sistema de Tratamento de Águas Residuais de Alcanena, que teve lugar na semana passada (16 de Novembro) e que foi pedida pela presidente da câmara municipal de Alcanena, Fernanda Asseiceira (PS) apelou a uma maior “co-responsabilização social e ambiental” aos empresários do sector dos curtumes, alegando que a responsabilidade ambiental “não pode estar dissociada da dimensão económica”.
(ler mais...)


Torres Novas: BE assinala Dia Internacional pela eliminação da violência contra as mulheres »  2017-11-21 

O Bloco de Esquerda (BE) de Torres Novas assinala o Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, com a sessão “Crime Dizem Elas” que terá lugar a 25 de Novembro, pelas 16 horas, no bar Estúdio Alfa, em Torres Novas.
(ler mais...)


Torres Novas: direitos das crianças assinalados nas escolas »  2017-11-21 

O município de Torres Novas associou-se à UNICEF e assinalou ontem, 20 de Novembro, o Dia Mundial dos Direitos da Criança com acções de sensibilização junto de alunos do 4.º ano da rede pública.
(ler mais...)


Torres Novas: Associação de Defesa do Património alerta para níveis de “toxicidade relevantes” no rio Almonda »  2017-11-21 

“Um rio com menos água e níveis de poluição preocupantes”. É desta forma que a Associação de Defesa do Património de Torres Novas (ADPTN) classifica o troço urbano do rio Almonda, após uma segunda saída de campo efectuada no passado sábado, dia 18 de Novembro, no âmbito do “Projecto Rios”.
(ler mais...)


Primeiro-ministro de Cabo Verde visitou “Lusitana” em Riachos »  2017-11-19 

Depois de ter chegado a Torres Novas, na quinta-feira, o primeiro-ministro de cabo Verde, Ulisses Correia, foi recebido na Turrisconta, empresa de contabilidade do antigo presidente da câmara, António Rodrigues, de quem partiu o convite para a visita, aliás como tinha sucedido há escassos meses com Xanana Gusmão.
(ler mais...)


Futebol: sorte macaca dos “amarelos” em Amiais (2-0) »  2017-11-19 

CD AMIENSE 2 CD TORRES NOVAS 0
Campos da Azenha, Amiais de Baixo, 18/11/17

CD AMIENSE: Chico; P. Lista, Leo G., Parreira, Costinha, Luís (Fábio), Tico, N. Tiago, Miguel, Ganso e Leo Silva (Arnaldo).
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2017-11-21  Torres Novas: Associação de Defesa do Património alerta para níveis de “toxicidade relevantes” no rio Almonda
»  2017-11-19  Futebol: sorte macaca dos “amarelos” em Amiais (2-0)
»  2017-11-21  Alcanena: presidente da câmara pede mais responsabilidade aos empresários dos curtumes