• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Segunda, 19 de Fevereiro de 2018
Pesquisar...
Qui.
 15° / 4°
Céu limpo
Qua.
 19° / 6°
Céu limpo
Ter.
 20° / 6°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  19° / 8°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

“Um bom resultado para o PSD de Torres Novas é ganhar as eleições”, João Quaresma

Sociedade  »  2017-09-25 

Candidato do PSD à câmara municipal de Torres Novas

O João Quaresma já foi vereador e é do tempo em que o PSD ainda tinha dois vereadores eleitos, no mandato de 2001 a 2005. Nos anos que se seguiram o PSD apenas elegeu um vereador. Qual será um bom resultado para o PSD nas eleições que se avizinham?
Bom resultado para o PSD de Torres Novas é ganhar as eleições. Ao fim de um quarto de século, o executivo socialista não apresenta um rumo ou uma estratégia de desenvolvimento para o concelho de Torres Novas, que assegure a qualidade de vida dos munícipes, a coesão entre os espaços urbano e espaço rural ou mesmo a sustentabilidade do nosso território.

Há assim que propor uma solução de governação autárquica que rompa com o atual conformismo e com a atual incapacidade de gestão que se instalou no Partido Socialista, a qual ignora as atuais necessidades das pessoas e do concelho. O concelho de Torres Novas parou no tempo. Chegou a hora de um novo rumo trazendo para a gestão autárquica uma nova forma de fazer política.

O vereador do PSD Henrique Rei, a certa altura, deixou de contar com o apoio da estrutura concelhia, depois de as relações entre o vereador e os actuais dirigentes se terem degradado. Que implicações acha que esta narrativa pode ter na hora do voto?
O vereador Henrique Reis nunca deixou de contar com a ajuda do PSD de Torres Novas. Estou certo e não poderá ser negado que sempre que foi solicitada colaboração, a mesma foi prestada. No entanto a política faz-se de escolhas não podendo esta resultar apenas de imposições ou pedidos de um só sentido.

Estar no exercício político e fazer política é partilhar ideais e projetos e, mais que isso, deve proporcionar aprendizagens mútuas, de compromisso com o interesse público. Esse é o nosso desígnio, o interesse público, o qual não se compadece com atitudes impositivas e egocêntricas de sentido único. Estamos certos que as listas do PSD de Torres Novas concorrentes às eleições autárquicas de 2017, no concelho de Torres Novas se apresentam com pessoas com o único propósito de servir a causa pública.

Muitas caras novas para o exercício de cidadania que é estar na política e fazer política. Pessoas com provas dadas, atenta a sua vasta experiência, tanto profissional, como académica, associativa ou na área social, assentes numa matriz de espírito aberto e plural, mas sempre consubstanciada naquela que deverá ser a ética exigente no exercício da prática política. Pessoas que querem contribuir para mudar o concelho de Torres Novas. Esta sim deve ser análise que as pessoas devem fazer na hora do voto. Eu acredito que assim acontecerá e que o PSD de Torres Novas terá uma votação expressiva.

A que se deve, na sua opinião, a sucessiva perda de espaço do PSD no concelho de Torres Novas? De 2009 para 2013, por exemplo, perdeu mais 1100 votos na corrida à câmara municipal.
A redução do enorme número de votos que é indicado na pergunta tem de ser compreendido no contexto dos resultados eleitorais globais das eleições autárquicas de 2013. O PSD registou um dos piores resultados da sua história. Recordo que à data, estes resultados foram considerados uma derrota nacional do PSD.

E estes resultados, onde se inclui os referidos 1100 votos a menos relativamente aos resultados de 2009, foram associados àquele que estava a ser o caminho seguido pelo PSD. Houve claramente uma penalização do PSD por causa da política que se estava a prosseguir a nível nacional. Esperamos, obviamente, contribuir para que em Torres Novas se inverta esta situação e que as pessoas acreditem nas nossas ideias.

Projectando agora o futuro, pedia-lhe para identificar os cinco principais problemas que procurará resolver se for eleito o próximo presidente de câmara?
E esta ideia base de futuro é querer que o concelho de Torres Novas seja um dos concelhos de Portugal com melhor qualidade de vida. É que, apesar da nossa centralidade geográfica, começasse a notar no concelho algumas características próprias de concelhos do interior.

Há, pois, que promover e gerar as necessárias mais-valias da nossa localização estratégica e promover uma maior atratividade das nossas zonas industriais para as empresas, e consequentemente gerar assim mais emprego e crescimento. Devemos conseguir garantir as melhores condições de vida dos cidadãos, ao nível da limpeza das ruas, da recolha de resíduos, de circulação nas estradas, de segurança no espaço público, da manutenção dos espaços verdes e equipamentos municipais.

brigatoriamente, resolver os graves problemas ambientais que assolam o concelho. Dinamizar a regeneração urbana tão necessária em todos os espaços urbanos mas em especial no centro histórico de Torres Novas. E não menos importante, assegurar uma relação transparente na forma como a Câmara se relaciona com os munícipes, com as associações ou outras entidades.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Fabrióleo: IAPMEI propõe encerramento, empresa vai contestar »  2018-02-15 

A edição on-line do semanário Expresso, de 30 de Janeiro, lançou a confusão generalizada ao dar como certa a ordem de encerramento da Fabrióleo por parte
do Governo. Na sua edição de papel, alguns dias depois, o semanário de Balsemão não escreveu uma única linha sobre tão badalada “notícia”, focando-se apenas no
“caso Celtejo”.
(ler mais...)


Futebol: Amarelos viraram a página em Ourém (1-2) »  2018-02-11 

Campeonato Distrital da 1.ª divisão AFS
Ourém, Campo da Caridade, 11 de Fevereiro de 2018

CA Ouriense: Hélio; Fábio Lúzio, Graça (Afonsos), Tiago, Dino, Leandro, Savá, Patrick, Tiago Lúzio, Major (Matos) e Moleiro; Treinador: Mário Nelson

CD Torres Novas: Galrinho; Timor, Dani, Paz Miguel, Iuri, André Vieira, Ivan, Joel (Marco Carvalho), Ricardi Major, Micael (Soma) e Sudesh (Dias); treinador: Nando Costa

Arbitragem de Mário Vieira, com Miguel Marques e Hugo Parente

O jogo começou bastante confuso, com pontapés à toa e bola pelo ar, tão característico dos campos sintéticos, onde o futebol parece sempre um jogo em quintal de cimento com uma bola de plástico, a milhas do que se passa num relvado natural,mesmo em condições suficientes.
(ler mais...)


Riachos: apanhados a roubar gasóleo de tractores »  2018-02-10 

A GNR localizou hoje, dia 10 de Fevereiro, quatro jovens, dois rapazes e duas raparigas com idades entre os 16 e 21 anos, suspeitos da autoria de furto de combustível em máquinas agrícolas, num estaleiro, em Riachos.

Fonte policial revelou que o alerta foi dado por funcionários de uma empresa detectaram quatro indivíduos a tentar furtar combustível de várias máquinas agrícolas.
(ler mais...)


Barquinha: Vhils, Manuel João Vieira, Violant e Carlos Vicente apresentam propostas finais de intervenção artística »  2018-02-10 

Alexandre Farto (aka Vhils), Manuel João Vieira, Violant e Carlos Vicente apresentam as suas propostas artísticas para o concelho de Vila Nova da Barquinha, no âmbito do Programa Arte Pública da Fundação EDP, no próximo dia 17 de fevereiro, no Centro Cultural, pelas 19h.
(ler mais...)


ProTejo: “Água que vem de Espanha está a limpar o Tejo” »  2018-02-08 

O movimento ProTejo, sediado em Vila Nova da Barquinha, diz que a limpeza do rio Tejo está a ser feita à custa do caudal de água “extraordinariamente elevado” que está a vir de Espanha, na sequência o nível de água das barragens.
(ler mais...)


Constância: prémio para o beijo mais longo (debaixo de água) »  2018-02-08 

Constância (Vila Poema), volta a realizar, pela terceira vez, o concurso em que vencem os casais que conseguirem dar o beijo mais longo, debaixo de água. A iniciativa decorre no sábado à noite (21h30), nas piscinas municipais e insere-se na celebração dos Dia dos Namorados.
(ler mais...)


Teatro: Romeu & Julieta, uma excelente sobremesa para crianças no Virgínia »  2018-02-08 

Romeu & Julieta é o título da peça de teatro para crianças dos 8 aos 12 anos que subirá ao palco do Teatro Virgínia, em Torres Novas, no próximo dia 17 de Fevereiro, às 11 horas. Este novo espectáculo do Teatro Praga é uma oportunidade para voltar a juntar a equipa criativa de Hamlet Sou Eu.
(ler mais...)


Município de Torres Novas adere à Hora do Planeta »  2018-02-08 

O Município de Torres Novas volta a associar-se à “Hora do Planeta”, que consiste em desligar todas as luzes, interiores e exteriores dos edifícios e monumentos emblemáticos das cidades, entre as 20h30 e as 21h30, do próximo dia 24 de Março de 2018, mostrando o seu apoio à acção ambientalmente sustentável.
(ler mais...)


O PROVADOR DOS LEITORES: mil contos para o croquete »  2018-02-08 

Inaugura-se, nesta semana, a rubrica “O Provador dos Leitores”, que consiste essencialmente em apresentar aos leitores do JT determinadas notícias que circulam pelo espaço mediático (jornais, internet, páginas oficiais, etc), mas só depois de serem provadas pelo nosso provador de modo a identificar aditivos, conservantes e outros venenos que normalmente estão agarrados a estes produtos nocivos.
(ler mais...)


Barquinha: cooperativa cultural para o Ribatejo norte »  2018-02-06 

Paulo Passos, Fátima Capela, Carlos Vicente, Pérsio Basso e Marina Honório “um grupo de amigos carregados de sonhos e projectos”, uniu-se para criar uma “coisa nova”: uma cooperativa cultural, cuja filosofia de acção se situará “algures no meio entre o tradicional e o contemporâneo”, entre o antigo e o novo, o manual e o tecnológico, a arte e a ciência – assim se dine o novo colectivo fundado em Vila Nova da Barquinha.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2018-02-10  Riachos: apanhados a roubar gasóleo de tractores
»  2018-02-11  Futebol: Amarelos viraram a página em Ourém (1-2)
»  2018-02-15  Fabrióleo: IAPMEI propõe encerramento, empresa vai contestar