• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Sexta, 19 Julho 2019    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Seg.
 36° / 15°
Períodos nublados
Dom.
 31° / 15°
Céu nublado
Sáb.
 30° / 17°
Céu nublado
Torres Novas
Hoje  32° / 16°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Ribeira da Boa de Água: o perfume especial para as noites de verão

Sociedade  »  2018-07-14 

Tudo com dantes na Ribeira da Boa Água, afluente do rio Almonda

Tudo com dantes na Ribeira da Boa Água, afluente do rio Almonda: a poluição que suscitou, durante todo ano de 2017, muitas lutas e milhares de discursos oficiais, voltou em força, impune, ofensiva, sem vergonha.

Por volta do passado dia 30 de Junho começaram os sinais de múltiplas descargas poluentes em tudo iguais às que se vinham sucedendo há meses, enchendo os ares de um cheiro nauseabundo e o leito do habitual líquido amarelado, pastoso e corrosivo que tudo empesta em redor.

Sucederam-se, como é habitual, protestos e reacções de indignação nas chamadas redes sociais, mas a verdade é que o impacto que estas notícias têm junto das pessoas, atingindo facilmente milhares de visualizações, não têm qualquer tradução ao nível da acção das autoridades nem do próprio movimento ecológico local.

Quanto às chamadas autoridades locais, não se ouviu uma palavra, e daqueles que em plena “crise da poluição de 2017” se travestiram de ecologistas convictos porque vinham aí as eleições, não ecoou desta vez qualquer lamúria, quanto mais as palavras inflamadas que os tornaram, na altura, imprevistos combatentes do ambiente.

Recorde-se que no início do ano, e depois de um percurso penoso, a administração central através do IAPMEI propôs o encerramento da empresa Fabrióleo, a firma do Carreiro da Areia exerceu o contraditório durante o prazo legal que lhe era concedido, o IAPMEI avaliou os argumentos aduzidos e, finalmente, confirmou e ratificou a sua decisão em nome do governo: encerre-se a Fabrióleo.

A empresa interpôs uma providência cautelar com efeitos suspensivo da decisão do governo no Tribunal de Leiria, há vários meses, e aquilo que se esperava, uma decisão urgente (as providências cautelares são normalmente objecto de decisões muito rápidas), não aconteceu até agora. Do Tribunal de Leira, nem novas nem mandados. Do IAPMEI, a quem cabe evidentemente respeitar a autonomia dos tribunais, não se ouviu, o que se esperava, um qualquer gesto ou palavra de escrutínio ou de explicação possível para a passividade que se abateu sobre este processo.

Enquanto isso, as descargas poluentes têm continuado, com o habitual sofrimento para as populações que vivem nas proximidades da ribeira. São poucas centenas de pessoas (é aqui que reside a questão) a lutar contra a passividade dos poderes locais, da inércia disfarçada da administração central que só empurra com a barriga o que pode empurrar, a lutar contra interesses fortíssimos, a lutar contra agências de comunicação e gabinetes de advogados, a lutar contra uma justiça que é fraca com os fortes e dura com os desgraçados.

Nos últimos dias (início desta semana), as descargas conheceram um abrandamento e, até ao próximo episódio, reinará a paz dos justos na Ponte Nova, ali antes do Bairro do Nicho

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Olá cidade! »  2019-07-09 

Torres Novas comemorou ontem, dia 8 de Julho, mais um aniversário da elevação a cidade. Dias antes, terá havido em local apropriado mais uma jornada, mais uma, de apresentação de obras digitais. Milhões de flores entre as ruínas, como diz a canção.
(ler mais...)


Legislativas: PSD agastado, PS calado, Bloco rachado, PCP ao lado »  2019-07-06 

As listas dos candidatos às legislativas de Outubro, pelo distrito de Santarém, estão na ordem do dia e mobilizam as máquinas partidárias. São processos em que corre sempre algum sangue, com os contendores a evocarem “a vontade do povo”, “o povo do distrito” e outros argumentos patéticos para justificar intenções, vontade e decisões, quando elas passam e só, pela arregimentação de militantes.
(ler mais...)


Judite Gonçalves, proprietária de loja de ferragens no largo da botica: “Vim para ficar, pelo menos mais trinta anos” »  2019-07-04 

Judite Gonçalves tem 50 anos e é natural de Tomar, embora viva desde sempre no concelho de Torres Novas. Filha de pai outeirense e mãe moreirense, há 30 anos que reside no Outeiro Pequeno. Nunca antes

Um ramo de flores vermelhas no balcão recebe-nos quando entramos e vemos que alguma coisa mudou por ali.
(ler mais...)


Petição pelo fim imediato e definitivo dos aterros no aeródromo de Pias Longas »  2019-06-30 

Corre na net e tem já dezenas de subscritores uma petição pública exigindo o fim imediato e definitivo dos aterros no “aeródromo de Pias Longas”, um projecto implantado na fronteira entre os concelhos de Ourém e Torres Novas, no caso do município torrejano em território da freguesia de Chancelaria, próximo do Senhor da Serra e dos Moinhos da Pena.
(ler mais...)


Master D Portugal – conheça a história e as opiniões sobre este centro de formação »  2019-06-27 

PUB.

Master D Portugal – conheça a história e as opiniões sobre este centro de formação

Encontrar um trabalho ainda é uma tarefa preocupante para os jovens e adultos.
(ler mais...)


Catarina Picton Santos: “Manter viva esta escola é uma homenagem à minha mãe” »  2019-06-21 

Esta não é a história de uma mulher num lugar outrora reservado a homens. É muito mais do que isso.
É a história de uma mulher, de um exemplo, de um legado e das mulheres que a sucedem.
(ler mais...)


Aterro do aeródromo continua perante a passividade da maioria socialista »  2019-06-09 

Aquilo que poderá ser um enorme atentado ecológico contra o território do concelho, continua como se nada fosse. Num mês, mais algumas toneladas foram acrescentadas ao aterro do alegado aeródromo de Pias Longas.

O avanço dos aterros, segundo os limites administrativos entre Torres Novas e Ourém, entrou agora muito mais de 200m no concelho de Torres Novas, perfazendo uma área de implantação de mais de 20 000 metros quadrados.
(ler mais...)


Ainda as eleições: Tomar, Abrantes e Mação em queda acentuada num distrito quase todo a encolher »  2019-06-06 

Nos últimos cinco anos, o distrito de Santarém perdeu mais de 15 mil eleitores. Dos 21 concelhos, 20 deles perderam eleitores e vão continuar a perder população. Apenas o concelho de Benavente dá conta de um aumento, resultado da sua proximidade com a área metropolitana de Lisboa, onde o rio o liga a outro concelho ribatejano a crescer, o de Vila Franca de Xira.
(ler mais...)


Escola Maria Lamas: alunos de Humanidades debateram a Europa »  2019-06-03 

Os alunos de Línguas e Humanidades, dos 11º e 12º anos, da Escola Secundária de Maria Lamas, debateram no dia 3 de Junho o projecto europeu, durante o Colóquio “Europa, para que te quero”. Esta actividade foi uma organização conjunta das disciplinas de Ciência Política, História, Geografia e História da Cultura e das Artes.
(ler mais...)


Vitória pífia do PS nas Europeias de ontem: do poucochinho de Seguro ao poucochito de Costa »  2019-05-27 

Ao contrário do que os comentadores se apressaram a dizer na noite de ontem, a vitória do PS/Costa nas Europeias deste ano foi uma vitória pífia: os socialistas tiveram um aumento de votos menor que do que o da direita que formou a coligação de há cinco anos acabou por averbar.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2019-06-21  Catarina Picton Santos: “Manter viva esta escola é uma homenagem à minha mãe”
»  2019-07-04  Judite Gonçalves, proprietária de loja de ferragens no largo da botica: “Vim para ficar, pelo menos mais trinta anos”
»  2019-06-30  Petição pelo fim imediato e definitivo dos aterros no aeródromo de Pias Longas
»  2019-07-06  Legislativas: PSD agastado, PS calado, Bloco rachado, PCP ao lado
»  2019-06-27  Master D Portugal – conheça a história e as opiniões sobre este centro de formação