• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Domingo, 21 Abril 2019    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qua.
 17° / 7°
Céu nublado com chuva moderada
Ter.
 13° / 8°
Períodos nublados com chuva fraca
Seg.
 20° / 10°
Céu nublado com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  23° / 11°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Barquinha: “A terceira margem e as ruínas circulares”, é título de exposição de João Seguro

Cultura  »  2018-02-08 

A exposição “A terceira margem e as ruínas circulares”, de João Seguro, pode ser visitada na Galeria do Parque, em Vila Nova da Barquinha, entre 17 de Fevereiro e 27 de Maio de 2018.

Numa apresentação desta iniciativa, João Pinharanda, o curador, realça que João Seguro trabalhou algumas semanas nas residências de Verão em Vila Nova da Barquinha em 2107.
“Deambulando pela vila e margens do rio em busca de objectos inesperados encontrou, no armazém do antigo INGA (Instituto Nacional de Investigação e Garantia Agrícola), o mais fecundo arquivo para realização do seu presente trabalho”.
A partir dele João Seguro criou um livro no qual regista, fotograficamente, a sua viagem a esse mundo inacessível, e as peças de escultura-instalação que apresenta nesta exposição.

“O referido armazém é um local em perda, um lugar de desperdício, desertificado de acção humana e onde os objectos se apresentam sem futuro. A tarefa do artista pode aqui assimilar-se à de uma campanha arqueológica: João Seguro sinaliza e recolhe dados sobre uma realidade (sociedade) desaparecida ou em vias de desaparecimento ou que se pode encenar como tal.

Tudo o que ali existe (carteiras, cadeiras, pranchas de construção civil, soalhos com marcações desportivas, mobiliário escolar, de escritório, desportivo, edições, …) integrou uma actividade social colectiva (ginásios, escolas, feiras, festas, campanhas cívicas, ...) extinta ou que prossegue de outra maneira, com outros materiais e outros objectos. Uma entropia evidente domina o conjunto: numas zonas, os materiais estão bem arrumado, noutras, são simplesmente atirados ao acaso; uns, estão em perfeitas condições de conservação, outros, em degradação acelerada.

Um questionamento económico, sociológico ou cultural interessar-se-ia pela origem e destino destes materiais. João Seguro, não esquece estas dimensões mas, no seu questionamento artístico, interessa-se antes por formas e volumes, materiais e objectos, padrões e texturas. E, através desse interesse, questiona uma realidade escondida do público, que podemos evocar como sendo uma “terceira margem” do real e que se oferece como uma “ruína circular”, no sentido de não ter nem princípio nem fim. Sem esconder as origens e os contextos em que tudo foi produzido, consumido, destruído e abandonado Guiado pelo amor das formas, pelo fascínio dos objectos, pelo (re)conhecimento e citação da história da arte o artista regista recolhe, reorganiza, reproduz, readapta e volta a apresentar-nos alguns desses materiais e objectos. O passado imediato contido naquele depósito arqueológico é-nos devolvido através de objectos dispersos, sem necessidade de integrar uma ficção coerente o que acentua a tarefa melancólica deste inquérito subjectivo”.

 

 

 Outras notícias - Cultura


Andreia Carreira - mulher, mãe, médica, música e maestrina: “A maternidade foi a única coisa que me fez sentir diferente por ser mulher” »  2019-04-20 

Andreia Carreira tem 35 anos e é natural de Torres Novas. É médica, mãe, mulher. Toca clarinete na Banda da Mata e frequenta o curso de direcção de banda e coro no Orfeão Foz Douro, no Porto, uma formação que sentiu necessidade de fazer para melhor cumprir a sua tarefa de maestrina na banda Nabantina, de Tomar.
(ler mais...)


Bons Sons: Júlio Pereira a fechar a grande festa da música portuguesa deste ano »  2019-04-19 

Diabo na Cruz, First Breath After Coma + Noiserv, Glockenwise + JP Simões, Joana Espadinha + Benjamim, Lodo + Peixe, Sensible Soccers + Tiago Sami Pereira, Sopa de Pedra + Joana Gama, são alguns dos nomes do enrome cartaz artísitico do BONS SONS deste ano, numa edição que vai encerrar com Júlio Pereira, que recentemente ganhou o prémio José Afonso com o seu álbum Praça do Comércio.
(ler mais...)


Mira de Aire: teatro a favor do Círculo Cultural, a 27 e 28 »  2019-04-19 

A pretexto da efeméride da elevação de Mira de Aire a vila, o Círculo Cultural Mirense leva à cena a peça “O Gato”, na Casa da Cultura, nos dias 27 e 28 de Abril (sábado e domingo, às 21H30 e 15H30, respectivamente), com receitas a favor das obras da sede do Círculo Cultural.
(ler mais...)


Emigração em Torres Novas (1958-1974) é tema de livro de Jorge Salgado Simões »  2019-04-10 

Está aprazada para o próximo dia 27 de abril, às 17h30, a apresentação do novo livro de Jorge Salgado Simões, intitulado de “Para melhorar a situação: os processos da Junta da Emigração no Arquivo Municipal de Torres Novas (1958-1974)”.
(ler mais...)


D. Pedro de Lencastre é tema da 10.ª edição da feira de época de Torres Novas »  2019-04-06 

Com o tema «Tempos Sombrios - D. Pedro de Lencastre, inquisidor-geral do reino», Torres Novas volta a recuar no tempo com a sua décima edição da feira de época que este ano tem lugar de 29 de maio a 2 de junho.
(ler mais...)


Gravações inéditas de José Afonso apresentadas também em Torres Novas »  2019-03-15 

O livro, cds e disco de vinil, “José Afonso ao Vivo”, contendo gravações inéditas de dois concertos de José Afonso, numa edição da TradiSom, vai ter apresentação pública também em Torres Novas, no dia 22 de Abril.
(ler mais...)


Pedro Abrunhosa deixou Torres Novas ao rubro »  2019-01-13 

Pedro Abrunhosa actuou em Torres Novas, em dose dupla: ao concerto do dia 12 de Janeiro, em que os bilhetes esgotaram num ápice, foi agendado um segundo concerto (para o dia 11) e esteve em cima da mesa a possibilidade de fazer um terceiro espectáculo.
(ler mais...)


Concerto de Reis é domingo às 17 horas »  2019-01-03 

O tradicional concerto de Reis do Choral Phydellius, que abre o ano musical em Torres Novas, realiza-se no domingo, pelas 17 horas, na Igreja do Carmo.

Participam no programa as classes do Conservatório, o coro juvenil e o Choral Phydellius, dirigido pela maestro João Branco.
(ler mais...)


Alcanena: concerto de Ano Novo com a filarmónica de Minde »  2019-01-01 

O Cine-Teatro São Pedro recebe, no dia 5 de Janeiro de 2019, sábado, às 21H30, o concerto de Ano Novo, pela banda filarmónica da Sociedade Musical Mindense, sob a direcção do maestro João Carlos Roque Gameiro.
(ler mais...)


Torres Novas: Colectivo 249 abre portas no Lamego »  2018-12-22 

“Cuidado com o degrau” é o aviso de abertura, mas também pode ser uma metáfora: o mundo está cheio de degraus que é preciso subir e descer em segurança para agarrar os tempos conturbados e interessantes que vivemos.
(ler mais...)

 Mais lidas - Cultura (últimos 30 dias)
»  2019-04-20  Andreia Carreira - mulher, mãe, médica, música e maestrina: “A maternidade foi a única coisa que me fez sentir diferente por ser mulher”
»  2019-04-06  D. Pedro de Lencastre é tema da 10.ª edição da feira de época de Torres Novas
»  2019-04-10  Emigração em Torres Novas (1958-1974) é tema de livro de Jorge Salgado Simões
»  2019-04-19  Mira de Aire: teatro a favor do Círculo Cultural, a 27 e 28
»  2019-04-19  Bons Sons: Júlio Pereira a fechar a grande festa da música portuguesa deste ano