• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Sábado, 18 de Agosto de 2018
Pesquisar...
Ter.
 37° / 22°
Períodos nublados
Seg.
 38° / 23°
Céu limpo
Dom.
 37° / 21°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  36° / 19°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Bons Sons: está à porta o festival que colocou Cem Soldos no mapa

Cultura  »  2018-08-07 

A pacata aldeia de Cem Soldos, Tomar, volta a agitar-se para acolher milhares de festivaleiros de 9 a 12 de Agosto. Durante os quatro dias do BONS SONS recebe mais de 50 actuações em oito palcos distribuídos pela aldeia, que apresentam vários estilos musicais, entre artistas emergentes e músicos consagrados e outros projectos por descobrir.

João Afonso (sobrinho de Zeca), Norberto Lobo, Lena d`Água, O Gajo, são apenas algusn dos nomes do cartaz que tem como denomiador comum a música de produção nacional. O Bons Sons é muito mais do que espectáculos musicais. É um fenómeno sócio-cultural na medida em que põe em contacto milhares de visitantes e os nativos da aldeia, numa troca de experiências arrebatadora.

“E porque o espírito do BONS SONS consiste, não só em viver a aldeia, mas também as suas gentes, haverá sempre momentos para dois dedos de conversa e troca de experiências com os habitantes que, todos os anos, participam nos preparativos do festival e recebem os visitantes com um sorriso e de portas abertas”.

E para além dos concertos e das actividades paralelas que incluem dança, cinema, teatro, performance, uma mesa redonda, uma instalação e iniciativas para os mais novos, é possível admirar ou levar para casa produtos artesanais.À semelhança das edições anteriores, a Feira de Marroquinarias e Artesanato volta a tomar conta das ruas do centro de Cem Soldos, com artigos de vários artesãos e alfarrabistas nacionais.

É possível ainda banhos de sol e mergulhos refrescantes nas várias praias fluviais num raio de 20 quilómetros. Desde o Agroal, na nascente do Nabão, às praias do rio Zêzere, a escolha é diversa.
Para que ninguém se perca no meio de tanto para fazer, em parceria com a FestivALL, o BONS SONS volta a disponibilizar a APP oficial do festival. Compatível com IOS e Android, a aplicação integra toda a informação necessária, incluindo os horários dos concertos, detalhes sobre os artistas, um mapa, uma lista de atividades e, ainda, uma agenda pessoal.

No que toca ao alojamento existem várias opções. Os portadores do passe geral têm acesso gratuito ao parque de campismo, que abre portas às 10:00, no dia 8 de agosto. À noite há festa de receção, a partir das 22:00.
Em termos de parque de campismo há ainda outra opção, não gratuita, o Parque Sleep’em’All, com tendas montadas, electricidade e balneários com água quente.
A pensar nos visitantes que se deslocam em caravanas, existe também um parque para o efeito que dispõe de pontos de água potável para dar apoio à estadia.

A região de Tomar e toda a região do Médio Tejo está ainda dotada de várias unidades hoteleiras e turismo rural prontas a acolher os visitantes do BONS SONS. Entre hotéis, residenciais, quintas, estalagens, e parques de campismo, existem oportunidades de alojamento para todos os gostos e orçamentos.

De forma a atender às necessidades de todos, também a zona da restauração surge, este ano, aumentada, com espaços mais amplos, onde é possível encontrar uma grande variedade de opções: desde a gastronomia local, petiscos e produtos regionais até aos pratos vegetarianos.

Como chegar?
Quem for de carro deverá seguir até Tomar ou Torres Novas e daí pela Estrada Nacional 349-3 até Cem Soldos (Madalena). Quem preferir a ajuda do GPS, deve introduzir as coordenadas 39°35’10.8″ N 8°27’05.2″ W.
Na envolvente da aldeia existem 20 parques de estacionamento, por isso, estacionar não vai ser um problema. No entanto, para poupar o meio ambiente, o festival incentiva os visitantes a deslocarem-se até ao recinto de transportes públicos colocando à disposição um transfer, de hora em hora, entre Cem Soldos e Tomar (estação de comboios CP e estação de autocarros) e Paialvo (estação de comboios CP, Linha do Norte).

Este serviço está disponível de 8 e 13 deAgosto. De 9 a 12 de Agosto, circula das 10 às 4h15. Dia 8, das 10 às 22horas e, no dia 13, das 10 às 14h15. O bilhete de ida e volta custa 1,50 euros.

 

 

 Outras notícias - Cultura


Liteiros: “Os Ceifeiros” e o seu habitual festival de folclore »  2018-07-23 

É já no dia 28 de Julho que o rancho folclórico “Os Ceifeiros” de Liteiros organiza o seu já habitual festival, que tem lugar nas festas de Verão da aldeia, em honra da Padroeira, Nossa Senhora do Rosário.
(ler mais...)


Festival Internacional do Carrilhão e do Órgão, em Constância »  2018-07-23 

O Centro Internacional do Carrilhão e do Órgão (CICO), em Constância, promove a terceira edição do Festival Internacional do Carrilhão e do Órgão que decorre nos dias 27, 28 e 29 de Julho.
(ler mais...)


Torres Novas: festival de folclore é amanhã, sexta-feira »  2018-07-19 

O rancho folclórico de Torres Novas organiza amanhã, sexta-feira, 20 de Julho, mais um Festival de Folclore que este ano é também denominado como o Festival Ibérico, numa organização conjunta com a Câmara Municipal de Torres Novas.
(ler mais...)


O gajo de Benfica apaixonado pela alentejanita »  2018-07-11 

É uma gaiata de cintura fina, curvas generosas, redondinhas, sensuais: foi por ela que João Morais, curtido e calejado rocker da selva urbana de Benfica, se apaixonou, paixão improvável, uma luz que se acendeu numa noite de calmaria na campina alentejana.
(ler mais...)


Torres Novas: Prémio Maria Lamas entregue no domingo, dia 8 de Julho »  2018-07-03 

Realiza-se no domingo, dia 8 de Julho (Dia da Cidade), a cerimónia de entrega  do Prémio Maria Lamas, relativo à edição de 2018, que terá lugar na biblioteca municipal Gustavo Pinto Lopes, às 18 horas.
(ler mais...)


Vítor Xarepa vai cantar ao Museu Carlos Reis »  2018-06-21 

Para assinalar os 81 anos da fundação do museu-biblioteca de Torres Novas, vão realizar-se diversas actividades no Museu Municipal Carlos Reis (MMCR), no âmbito de um programa especial para o efeito.
No dia 20 de junho, o MMCR participa no programa nacional da organização “Portas Abertas”, realizando-se visitas às reservas do Museu Municipal: às 10h30 à reserva arqueológica municipal, na antiga escola de Rodrigos e às 16h visita às reservas do próprio Museu municipal Carlos Reis.
(ler mais...)


Ainda a tempoEmodo, amanhã, na BOT »  2018-05-11 

Mais uma oferta cultural para amanhã, sábado, em Torres Novas: nada mais nada menos que a actuação do grupo riachense tempoEmodo, pelas dez horas da noite, na sede da Banda Operária Torrejana.

A carismática banda, formada ainda nos finais dos anos 70 do século passado, e que deixou para a posteridade um LP que é referência da progrock portuguesa, regressou aos palcos há uma dúzia de anos depois de um hiato de quase uma vida.
(ler mais...)


Riachos: bombas sobre o Irão, “Intifado” contra a ordem vigente »  2018-05-10 

Enquanto não caem bombas sobre a antiga Pérsia, as brigadas anti-militaristas atacam em Riachos no sábado, dia 12, um “intifado” da paz contra as convenções da música bem comportada e arrumadinha nos “géneros” da ordem estabelecida.
(ler mais...)


Atalaia: arte urbana de Vhils homenageia oleiros »  2018-04-23 

Está concluída a primeira intervenção artística em espaço público no âmbito do projecto ARTEJO. A obra do artista português Alexandre Farto (Vhils) foi executada nos últimos dias e já pode ser apreciada pelo público na Atalaia, concelho de Vila Nova da Barquinha.
(ler mais...)

 Mais lidas - Cultura (últimos 10 dias)