• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Quarta, 16 de Agosto de 2017
Pesquisar...
Sáb.
 36° / 16°
Claro
Sex.
 32° / 17°
Períodos nublados
Qui.
 33° / 17°
Claro
Torres Novas
Hoje  31° / 16°
Claro
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Mação: documentário coproduzido por Instituto Terra e Memória (ITM) reconhecido pelo “amplo trabalho de investigação científica”

Cultura  »  2017-05-11 

O documentário “Hand Pas - Mãos do Passado”, coproduzido pelo Instituto Terra e Memória, de Mação, ganhou o Viriato de Prata no II Festival de Cinema Arqueológico de Castilla e Leão que decorreu entre 5 e 7 de Maio em Zamora, Espanha.

 Este projecto foi liderado pela Junta espanhola da Extremadura, e nele participaram investigadores de Itália e Portugal, nomeadamente do Instituto Terra e Memória, de Mação.

 Luiz Oosterbeek, do ITM e do Instituto Politécnico de Tomar, fez saber que o documentário, de cerca de 30 minutos, “convida a regressar à Pré-História para compreender o significado das pinturas de mãos na dinâmica dos territórios e fronteiras entre comunidades humanas de Neandertais e de humanos modernos (Sapiens), no Paleolítico superior”, tendo feito notar que o mesmo pretende “dar a perceber como viviam e comunicavam os nossos antepassados, com o apoio de dados científicos e reconstruções cénicas e teatrais”.

 Estes motivos "emergem em comunidades de Homens anatomicamente modernos, discutindo-se como se estruturaram as fronteiras e os intercâmbios entre estes e os anteriores povoadores europeus Neandertais”, acrescentou Luiz Oosterbeek.

 A equipa do ITM, liderada por Pedro Cura, Sara Garcês e Luiz Oosterbeek, foi responsável pela recriação de todo o cenário de acampamento ao ar livre e em gruta de Homo Sapiens e Neandertais, as duas espécies representadas, e cuja discussão científica tenta compreender quando, onde e quem realizou as mãos na arte paleolítica europeia (num período de tempo entre os 45 000 e 35 000 anos), e levantar questões sobre a sua conservação, datação, técnicas e interpretação. 

 O documentário audiovisual acabaria por ser reconhecido pelo seu “amplo trabalho de compilação gráfica e investigação científica, assim como pela sua qualidade técnica e capacidade de difusão e divulgação junto do grande público".

 Os arqueólogos portugueses recriaram vários cenários como, por exemplo, um acampamento ao ar livre com cerca de 35.000 anos, onde cabanas, roupas, adornos, armas e fogueiras foram alguns dos elementos incorporados.

 "A nossa experiência ao nível do estudo da arqueologia pré-histórica e conhecimentos dos factos e realidades de então levou a que nos convidassem para recriar o modo de vida de uma tribo, no seu dia-a-dia, onde montámos um acampamento ao ar livre, recriámos um ritual xamânico e cenas de pintura nas paredes dentro de uma gruta, com um grupo de pessoas pertencentes à mesma tribo", destacou por sua vez, a arqueóloga Sara Garcês, do ITM.

 Realizado pela produtora estremenha "Libre Producciones", as gravações do documentário científico decorreram na localidade de Fuentes de León (Extremadura Espanhola) sobre as representações de mãos na arte rupestre pré-histórica, no âmbito do projeto europeu “HandPas – Hands from the Past – Mãos do Passado”, de que o ITM é parceiro, e onde se localizam as Cuevas de Fuentes de León, conjunto de grutas com ocupações pré-históricas.

 O filme apresenta o contexto, a cronologia, as técnicas e os possíveis significados destas simbologias, e é uma produção conjunta da Junta de Extremadura (Espanha), do Instituto Terra e Memória, de Mação (Portugal) e do Centro de Estudos e Museu de Arte de Pinerolo (Itália), com apoio da Comissão Europeia e coordenação geral de Hipólito Collado (investigador do ITM em Portugal e diretor de Arqueologia na Extremadura em Espanha).

 As versões em português, inglês, espanhol e italiano do documentário estarão brevemente disponíveis na Internet, assim como uma versão infantil em espanhol e inglês, que permitirá uma rápida difusão do trabalho desenvolvido entre o público escolar.

 No próximo dia 17 de Maio, pelas 16 horas, será feita uma apresentação pública na Sociedade de Geografia de Lisboa.

 

 

 

 Outras notícias - Cultura


Fado tem lugar cativo na próxima temporada do Teatro Virgínia »  2017-07-30 

Cristina Branco e Ana Moura, duas fadistas da nova geração, actuam no Teatro Virgínia, em Torres Novas, durante a próxima temporada daquela sala de espectáculos que vai de Setembro a Janeiro. Cristina Branco actua em Outubro e Ana Moura estará por Torres Novas no mês do Natal.
(ler mais...)


Tomar: Quinta do Bill festejou 30 anos e carreira “em casa” »  2017-07-15 

“Foram 30 aninhos que passaram a correr e sempre com o apoio das gentes de Tomar”, foi o que começou por dizer Carlos Moisés, compositor e vocalista da banda se formou-se em 1987, em Valdonas, no concelho de Tomar.

A Praça da República, em Tomar, foi o local escolhido para o concerto comemorativo dos 30 anos de carreira do grupo musical mais mediático daquele concelho, a Quinta do Bill.
(ler mais...)


Vila Nova da Barquinha: teatro ao ar livre, no Verão »  2017-07-12 

O grupo de teatro Fatias de Cá tem agendadas exibições de peças de teatro no concelho de Vila Nova da Barquinha e Chamusca. A peça “Tanegashima” é apresentada em Tancos e Arripiado nos dias 14, 15 e 16 de Julho, às 21h21.
(ler mais...)


Salvador Sobral abre nova temporada no Teatro Virgínia »  2017-07-12 

Salvador Sobral, o vencedor da última edição do Festival da Eurovisão, vai abrir o conjunto de espectáculos da próxima temporada do teatro Virgínia, em Torres Novas, temporada que se estende de Setembro a Dezembro.
(ler mais...)


Constância: Ana Trincão apresenta percurso artístico de 13 a 16 de Julho »  2017-07-12 

Inserido na programação cultural “Caminhos”, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e sete dos seus 14 municípios, tem lugar em Constância entre os dias 13 e 16 de Julho a apresentação do percurso artístico criado por Ana Trincão, o qual teve início com a residência artística.
(ler mais...)


Alcanena: biblioteca apresenta exposição sobre abolição da pena de morte em Portugal »  2017-07-09 

Está a decorrer desde o dia 1 de Julho, até ao dia 13 de Outubro, uma mostra bibliográfica sobre as comemorações dos 150 anos da abolição da pena de morte em Portugal (1867 – 2017), na biblioteca municipal de Alcanena.
(ler mais...)


Fórum Ribatejo defende manutenção da unidade “do antigo distrito de Santarém” »  2017-07-04 

O Fórum Ribatejo, uma plataforma informal de reflexão sobre o Ribatejo que reúne várias dezenas de cidadãos da grande maioria dos concelhos ribatejanos, aprovou recentemente uma moção em defesa da manutenção da unidade dos municípios do antigo distrito de Santarém, num cenário de uma eventual reforma administrativa do país.
(ler mais...)


“Música nas Cidades, Sons do Mundo”: Manuel Fernandes Vicente apresenta novo livro domingo à tarde »  2017-06-28 

 

 

 

 “Música nas Cidades, Sons do Mundo é uma rota pelas músicas urbanas do mundo, das mais notórias e trauteadas às mais remotas e ameaçadas, e procura em histórias os segredos e as emoções que cada cidade teve ou tem ainda para contar com os seus estilos musicais ou os instrumentos que depurou e soube cultivar” – é assim que começa por apresentar-se mais um livro do conhecido professor e jornalista do Entroncamento, com sessão de lançamento marcada para domingo, dia 2, pelas 18 horas, no Centro Cultural da cidade ferroviária.
(ler mais...)


Constância: protocolo com Universidade Católica para estudo da vida e obra de Alexandre O’ Neill »  2017-06-20 

A Câmara Municipal de Constância e a Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa, assinaram na passada terça-feira, 20 de Junho, um protocolo de cooperação com vista à promoção e estudo da vida e obra de Alexandre O’Neill, bem como a dinamização de algumas sessões temáticas sobre este nome da cultura portuguesa.
(ler mais...)


Banda Operária: audições de final e ano »  2017-06-20 

Com vem sendo habitual, a escola de música da banda Operária Torrejana (BOT) realiza uma audição pública dos seus alunos, iniciativa que marca, oficialmente, o final do ano lectivo. A audição realiza-se no dia 24 de Junho, a partir das 17h30, na sede da colectividade, no Largo do Paço, em Torres Novas.
(ler mais...)

 Mais lidas - Cultura (últimos 10 dias)