• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Quarta, 19 Junho 2019    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Sáb.
 30° / 13°
Períodos nublados
Sex.
 26° / 14°
Períodos nublados
Qui.
 24° / 14°
Céu nublado
Torres Novas
Hoje  27° / 16°
Céu nublado com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

D. Pedro de Lencastre é tema da 10.ª edição da feira de época de Torres Novas

Cultura  »  2019-04-06 

Com o tema «Tempos Sombrios - D. Pedro de Lencastre, inquisidor-geral do reino», Torres Novas volta a recuar no tempo com a sua décima edição da feira de época que este ano tem lugar de 29 de maio a 2 de junho.
 
A ação tem lugar na década de 70 do século XVII. A Inquisição e os Tribunais do Santo Ofício são instituições que representam o poder e através das quais ele se manifesta. Dona de um controlo social feroz, a Inquisição, leva a cabo perseguições, encarceramentos, torturas e autos de fé. A par de outras perseguições, condenações e de proibições várias, a intolerância e a vigilância dos comportamentos dos cristãos-novos e de suas famílias têm ainda nesta época um cariz muito violento, onde a denúncia e o medo marcam os comportamentos do dia-a-dia.As mulheres são socialmente, também, bastante controladas, situação que se perpetua e que não é nova. Regista-se o grande número de mulheres que são enviadas para conventos como forma de penitência. Os desvios à norma eram feitos em segredo e em refúgios. Se alguma confidência se deixava escapar, ao pecador a confissão era arrancada pela tortura, física e psicológica. Sempre em nome de Deus e da remissão dos pecados, com forte componente, quer cénica, quer pedagógica, tanto no castigo como na absolvição. Reina em Portugal D. Pedro II, irmão do malogrado Afonso VI. Vivem-se tempos sombrios.
 
É este o cenário que a edição de 2019 desta feira de época pretende desenhar através de momentos de recriação histórica, atividades lúdicas, performances musicais e teatrais que criam o ambiente certo para uma viagem única. No recinto da feira, o visitante encontra inúmeros cenários e personagens. Percorrer a mouraria, universo de cores e de cheiros ímpares; empunhar espadas na praça d’armas; entrar no submundo dos enfermos e desvalidos no Postigo da Traição; conhecer outras histórias no Paço dos Robertos ou provar iguarias numa das muitas bodegas da feira são apenas algumas das vivências que este evento tem para oferecer.
 
As pulseiras livre-trânsito estarão em pré-venda de 3 a 19 de maio pelo valor de 4,5€ para os cinco dias. Durante o evento o livre-trânsito tem o custo de 7€ e a pulseira diária 5€. Desconto de família nas pulseiras diárias: 1 filho/a (13 a 17 anos) acompanhado/a pelo pai e/ou mãe 20% de desconto sobre o valor total; 2 filhos/as ou mais (13 a 17 anos) acompanhados/as pelo pai e/ou mãe 30% de desconto sobre o valor total. Entrada gratuita para crianças até aos 12 anos, inclusive.

 

 

 Outras notícias - Cultura


Por este rio abaixo: fotografias de Abílio Dias »  2019-06-06 

“O Almonda da nascente à foz” - foi este o programa cumprido por Abílio Dias, fotógrafo amador torrejano, que durante alguns anos fez imagens do curso do rio e agora as mostra numa exposição patente no edifício do antigo hospital até final de Julho.
(ler mais...)


Bertino Coelho Martins homenageado pelo Fórum Ribatejo na Barquinha »  2019-05-25 

Bertino Coelho Martins, natural de Lapas, um dos maiores vultos da cultura torrejana e da região ribatejana, foi homenageado hoje, dia 25, na Barquinha, no decorrer do II Encontro de Cultura Popular do Ribatejo, organizado pelo Fórum Ribatejo em parceria com a autarquia barquinhense.
(ler mais...)


Andreia Carreira - mulher, mãe, médica, música e maestrina: “A maternidade foi a única coisa que me fez sentir diferente por ser mulher” »  2019-04-20 

Andreia Carreira tem 35 anos e é natural de Torres Novas. É médica, mãe, mulher. Toca clarinete na Banda da Mata e frequenta o curso de direcção de banda e coro no Orfeão Foz Douro, no Porto, uma formação que sentiu necessidade de fazer para melhor cumprir a sua tarefa de maestrina na banda Nabantina, de Tomar.
(ler mais...)


Bons Sons: Júlio Pereira a fechar a grande festa da música portuguesa deste ano »  2019-04-19 

Diabo na Cruz, First Breath After Coma + Noiserv, Glockenwise + JP Simões, Joana Espadinha + Benjamim, Lodo + Peixe, Sensible Soccers + Tiago Sami Pereira, Sopa de Pedra + Joana Gama, são alguns dos nomes do enrome cartaz artísitico do BONS SONS deste ano, numa edição que vai encerrar com Júlio Pereira, que recentemente ganhou o prémio José Afonso com o seu álbum Praça do Comércio.
(ler mais...)


Mira de Aire: teatro a favor do Círculo Cultural, a 27 e 28 »  2019-04-19 

A pretexto da efeméride da elevação de Mira de Aire a vila, o Círculo Cultural Mirense leva à cena a peça “O Gato”, na Casa da Cultura, nos dias 27 e 28 de Abril (sábado e domingo, às 21H30 e 15H30, respectivamente), com receitas a favor das obras da sede do Círculo Cultural.
(ler mais...)


Emigração em Torres Novas (1958-1974) é tema de livro de Jorge Salgado Simões »  2019-04-10 

Está aprazada para o próximo dia 27 de abril, às 17h30, a apresentação do novo livro de Jorge Salgado Simões, intitulado de “Para melhorar a situação: os processos da Junta da Emigração no Arquivo Municipal de Torres Novas (1958-1974)”.
(ler mais...)


Gravações inéditas de José Afonso apresentadas também em Torres Novas »  2019-03-15 

O livro, cds e disco de vinil, “José Afonso ao Vivo”, contendo gravações inéditas de dois concertos de José Afonso, numa edição da TradiSom, vai ter apresentação pública também em Torres Novas, no dia 22 de Abril.
(ler mais...)


Pedro Abrunhosa deixou Torres Novas ao rubro »  2019-01-13 

Pedro Abrunhosa actuou em Torres Novas, em dose dupla: ao concerto do dia 12 de Janeiro, em que os bilhetes esgotaram num ápice, foi agendado um segundo concerto (para o dia 11) e esteve em cima da mesa a possibilidade de fazer um terceiro espectáculo.
(ler mais...)


Concerto de Reis é domingo às 17 horas »  2019-01-03 

O tradicional concerto de Reis do Choral Phydellius, que abre o ano musical em Torres Novas, realiza-se no domingo, pelas 17 horas, na Igreja do Carmo.

Participam no programa as classes do Conservatório, o coro juvenil e o Choral Phydellius, dirigido pela maestro João Branco.
(ler mais...)

 Mais lidas - Cultura (últimos 30 dias)
»  2019-05-25  Bertino Coelho Martins homenageado pelo Fórum Ribatejo na Barquinha
»  2019-06-06  Por este rio abaixo: fotografias de Abílio Dias