• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Sexta, 05 Março 2021    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Seg.
 16° / 7°
Períodos nublados
Dom.
 19° / 8°
Períodos nublados
Sáb.
 20° / 6°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  17° / 10°
Céu nublado com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

CDTN: 96.º aniversário em tempo de paragem a caminho do centenário

Desporto  »  2021-01-19 

Na passagem do seu 96.º aniversário, o Clube Desportivo de Torres Novas passa por um dos seus momentos mais difíceis, não por motivos de ordem interna mas pelas incidências da pandemia nas competições desportivas, que são a sua razão de ser.

Com o campeonato distrital mais uma vez parado, e desta vez sem uma data prevista para a retoma da competição, o CDTN atravessava neste momento uma boa fase: depois de um começo difícil, em que se arrastaram durante algumas jornadas pela cauda da tabela, os “amarelos” empreenderam uma reviravolta, foram somando vitórias e estavam agora num lugar favorável ao assalto ao topo da classificação, tentando a melhor classificação possível numa prova que parecia ter já um vencedor muito provável.

A paragem do campeonato vem dificultar a vida de clubes como o CDTN, ao prolongar ainda mais um já vasto período sem contacto com os sócios e sem possibilidade de os mesmos poderem assistir aos jogos da equipa, aliando-se o facto de as imposições sanitárias impedirem qualquer outra actividade social à colectividade.

Agremiação desportiva mais antiga do concelho, o Clube Desportivo de Torres Novas foi fundado em 19 de Janeiro de 1925, então com o nome de Torres Novas Foot Ball Club, unindo energias dispersas de vários clubes populares que anteriormente existiram na vila, casos do Operário Torrejano e do União FC Torrejano.

Cedo os “vermelhos”, ligados a sectores do republicanismo local (de resto tinham a sua sede numa sala do edifício do Centro Republicano de Torres Novas) se agigantaram no futebol distrital, tendo sido a primeira equipa não de Santarém a vencer o campeonato distrital, em 1927/28, facto que só voltou acontecer em 1937, como GD Matrena e em 1941, pelo UFCI Tomar.

Em 1934, o aluguer do campo do Almonda Parque à Escola Prática de Cavalaria deixou o TNFC sem campo. Naquele tempo, não ter campo era sinónimo de deixar de jogar oficialmente, até porque no concelho não havia mais nenhum. Tentou-se tudo, incluindo o aluguer de terrenos, voltou a pensar-se no Rossio (que tinha sido campo de jogos em tempos mais recuados), mas nada foi possível. O TNFC continuou a realizar jogos particulares em campos de outros clubes, até 1940, quando se tentou o ressurgimento do clube, que na verdade nunca fez qualquer assembleia geral a deliberar a sua extinção.

Mas viviam-se difíceis tempos de guerra e só em 1945, com o conflito mundial a caminhar para o fim, voltou a falar-se no ressurgimento do clube. Arregimentaram-se sócios, a maioria deles do TNFC, como é natural, e uma certa elite militar local tomou conta do processo. A pretexto da necessidade de novos estatutos, que o regime agora impunha, mudaram o nome ao clube e conseguiram manobrar uma assembleia, que maioritariamente desejava manter as cores do TNFC, como ficou escrito, a vergar-se perante as “explicações” dos responsáveis.

Dizem os anais que, depois do brilhante convencimento, os “vermelhos” renitentes já eram poucos no final da assembleia, numa narrativa da história em que os vencedores, detentores do poder absoluto, a escreveram ao seu jeito numa clara usurpação do património desportivo do clube. Mas, na verdade, os sócios e adeptos do TNFC, mais simplesmente do “Torres Novas”, que só havia um, saíram daquela assembleia com a certeza de que tinham sido enganados. Um “conflito” que durou até 1948, quando a diplomacia clubística reuniu a família desavinda numa jornada de apaziguamento.

Entretanto, em assembleia geral convocada para o efeito e realizada em 2006, os sócios do Torres Novas, atendendo aos argumentos de natureza histórica então relevados, deliberaram considerar a história do TNFC como parte integrante da agremiação refundada em 1945, assumindo que o Torres Novas que hoje existe é o mesmo que foi fundado em 19 de Janeiro de 1925, vertendo essa deliberação para os actuais estatutos do clube. Na mesma assembleia, os sócios também aprovaram por unanimidade o equipamento alternativo do clube (camisola encarnada e calção preto), de acordo com as cores iniciais do clube.

Depois de ter passado um logo período sem corpos sociais eleitos (durante mais de uma década sucederam-se várias comissões administrativas até 2019), o clube tem desde então uma direcção encabeçada por Céu Ramos e eleita pelos associados em 17 de Junho de 2019, com mandato até Junho deste ano de 2021. Actualmente, a colectividade pratica as modalidades de futebol e patinagem artística, estando o basquetebol a cargo do CDTN-OAB, um organismo autónomo da família CDTN.

 

 

 Outras notícias - Desporto


CDTN - Fazendense (2-0): “Amarelos” dão salto na tabela com mais uma vitória »  2020-12-28 

Dois golos, um na primeira parte por João Alves (34’), outro a fechar o pano por Ricardo Dias (89’), fizeram o resultado do Torres Novas frente à AD Fazendense, permitindo aos torrejanos sair de uma zona da tabela que já estava a tornar-se aflitiva.
(ler mais...)


Futebol: Riachense desperdiçou penalti que poderia ter dado a vitória »  2020-12-28 

O Riachense consentiu um empate no passado domingo, dia 27 de Dezembro, diante do Moçarriense (1-1) e falhou a possibilidade de iniciar uma fuga aos últimos lugares da classificação.

O Atlético adiantou-se no marcador aos 20 minutos, por Sidney, que foi brilhantemente desmarcado por Pedro Gouveia.
(ler mais...)


Fátima SAD: mais uma aventura de ganância clubística que acabou mal »  2020-12-03 

Aquilo que se esperava há muito, aconteceu: a SAD que usava o nome do Clube Desportivo de Fátima deu o berro definitivo, apesar de morta há muito tempo e de ter passado por vários coveiros antes da declaração de óbito, que foi emitida após a falta de comparência ao jogo de domingo do campeonato de Portugal.
(ler mais...)


CD TORRES NOVAS 4, CD AMIENSE, 4: da goleada ao empate em três tempos »  2020-11-15 

 

Estádio dr. António Alves Vieira, 15 de Novembro

CDTN: Rui; João Alves, André Vieira, Dias (Salgueiro), Tozé, Daniel (Zé), Prates, João Guerreiro (João Rodrigues), Miguel Miguel, Mira (Major) e Lista.
(ler mais...)


TRAIL – Equipa feminina da UDRZA sagra-se campeã nacional »  2020-10-20 

A equipa formada por Lina Marques (F40), Paula Branco (F45) e Conceição Castanheira (F55) sagrou-se campeã nacional de Trail, no passado dia 10 de Outubro, numa prova, sob a batuta da ATRP, realizada em Penacova.

A Zoa Alta trail partiu para esta “aventura” um pouco desfalcada, mas com o intuito e ambição de dignificar ao máximo a “camisola verde e amarela”.
(ler mais...)


Futebol: campeonato distrital voltou com algumas goleadas. CDTN e CAR empataram »  2020-10-04 

O campeonato distrital de futebol da Associção de Futebol de Santarém (AFS) começou este domingo, 4 de Outubro, competição que permitiu o regresso à actividade desportiva a várias centenas de atletas que estavam parados, sem competição, desde meados de Março.
(ler mais...)


Sobre a geografia da extinção do futebol português, por João Carlos Lopes »  2020-05-08 

Portugal tem um PIB inferior ao da Catalunha, 212 mil M de euros para 228 mil M de euros. A Catalunha tem normalmente dois clubes na primeira liga espanhola de futebol.

Decorre que Portugal, com um quinto da população de Espanha, um sexto da de Itália e França, um oitavo da alemã e uma economia que acentua ainda mais a distância demográfica, não pode querer ter uma liga de futebol à dimensão, mesmo quantitativa, das desses países.
(ler mais...)


UDR Zona Alta: 41 anos e um horizonte cheio de futuro »  2020-03-07 

A União Desportiva e Recreativa da Zona Alta assinalou 41 anos como associação que tem por objectivo levar o desporto a todos, nas mais diversas modalidades.

Para assinalar a data, teve lugar na Praça do Peixe, no dia 29 de Fevereiro, um jantar que reuniu sócios, atletas, entidades e amigos, num encontro onde reinou a boa disposição e o convívio entre quase 150 pessoas.
(ler mais...)


Basquetebol feminino: final-four da Taça de Portugal, em Torres Novas, este fim de semana »  2020-03-05 

A Taça de Portugal de basquetebol feminino terá a sua final four desta época em Torres Novas, este fim de semana (7 e 8 de Março), no Palácio dos Desportos. O sorteio ditou as partidas das meias-finais entre a União Sportiva e a Ovarense e Olivais Coimbra contra a Quinta dos Lombos.
(ler mais...)


 Mais lidas - Desporto (últimos 30 dias)