• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Segunda, 18 Janeiro 2021    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qui.
 17° / 11°
Céu nublado com chuva moderada
Qua.
 15° / 10°
Céu nublado com chuva moderada
Ter.
 14° / 1°
Céu nublado com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  14° / 2°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Futebol: CDTN empatou em Abrantes (1-1)

Desporto  »  2019-11-24 

Estádio Municipal de Abrantes, 24 de Novembro de 2019

Campeonato Distrital da 1.ª Divisão da AFS

 Sport Abrantes e Benfica, 1  Clube Desportivo de Torres Novas, 1

Sport Abrantes e Benfica: Joel; Miguel Catarino, António Matos, Duarte Basílio, Diogo Rocha, Manuel Vitor, Diogo Barrocas, Rui Sousa, Zé Pedro, Hélio Ocante Marcos Patrício; S: Bernardo, Diogo Mateus, Pedro Damas, André Milagaia, Will; Treinador: Paulo Seninho

CDTN: Nabais; Fábio Timor, João alves, Luís André, Ivan, Gomes, João António, A.Dias, Cláudio Major, Cristian, Miguel Miguel; S: Cristhian, Dany, Lista, André Pedro, Cerqueira, Chico, Ricardo Major; Treinador: João Mateus;

Arbitragem: Diogo Pereira, com Nelson Andrade e João Mendes

Ao intervalo: 1-1

 A partida começou com os abrantinos mais dinâmicos e mais presentes no meio campo torrejano e, logo aos 14 minutos, Marco Patrício inaugurou o marcador com um remate sem defesa para Nabais, numa jogada de insistência dentro da área torrejana.

À passagem dos 21 minutos o Torres Novas deu o primeiro sinal de perigo, com Ivan a desperdiçar uma excelente oportunidade de golo, acorrendo de cabeça a um centro da direita. Mas eram os vermelhos abrantinos que davam o sinal mais, sem que o Torres Novas parecesse capaz de mudar o rumo dos acontecimentos.

Mas tudo mudou, a fechar o primeiro tempo quando, aos 41 minutos, João António, numa incrível jogada pela direita, se desembaraçou de alguns adversários, insistiu num último ressalto de bola quase perdida e junto à linha, do lado, direito, conseguiu centrar a meia altura, com a bola a perder-se numa confusão de cabeças e pernas até chegar a Ivan, que ao poste contrário só teve de empurrar para as malhas. Estava feito o empate, até aí lisonjeiro para os forasteiros.

Na segunda metade, o jogo foi outro. O Torres Novas veio com outra determinação, mais organizado, mais forte até que os benfiquistas, embora lhes tivesse cabido uma flagrante oportunidade, logo aos 8 minutos, com Zé Pedro, praticamente isolado dentro da área, a rematar de cabeça mas sem conta.

No minuto seguinte foi Miguel Miguel a perder uma incrível oportunidade de golo, também isolado na cara do guarda-redes, não dando melhor seguimento a um grande centro de João António, que fez uma partida excepcional, uns furos acima dos restantes companheiros.

O jogo passou a desenrolar-se com algum equilíbrio, mas com os “amarelos” mais rápidos e perigosos, perante um SAB que parecia surpreendido com a reacção torrejana. Seguiram-se lances de relativo perigo em ambas as áreas, o jogo tornou-se muito mais vivo e interessante que na primeira parte, e o Torres Novas dava indícios de querer arriscar um forcing que lhe desse a vitória, enquanto os abrantinos pareciam conformados. Cerca dos 24 minutos ainda houve uma jogada de enorme perigo dentro da área torrejana, que podia ter dado golo, mas até ao fim o Torres Novas foi sempre superior ao seu adversário em empenho e entrega ao jogo.

Aos 41 minutos, na sequência de uma falta um tanto duvidosa assinalada a um defensor torrejano num contra-ataque abrantino, falta que aliás beneficiou o infractor já que a bola tinha sobrado para um homem do Abrantes que seguia isolado para a baliza, desenrolou-se um enorme sururu, com o árbitro a expulsar Cristhian, do Torres Novas (já tinha visto um amarelo na primeira parte) e depois também Ocante.

Sem mais nada a assinalar nos minutos que faltavam, importa dizer que a arbitragem de Diogo Pereira foi exemplar, e mesmo nas tomadas de decisão como aquela que ocorreu no final do jogo, uma dúvida ou outra durante o jogo resultaram sempre mais da acção dos jogadores, que não perdem uma oportunidade para tirar partido das situações.

De realçar, por último, a fraca assistência ao jogo, que se reduziu a uma dúzia de adeptos amarelos que se deslocaram a Abrantes, a que se juntaram pouco mais de 40 pessoas na bancada. No belo, amplo e excelente estádio de Abrantes, integrado num complexo de qualidade superior que honra e dignifica quem o concebeu e construiu, o jogo de futebol entre o SAB e o CDTN parecia um jogo clandestino ou apenas reservado a praticantes.

 

 

 

 

 

 

 Outras notícias - Desporto


CDTN - Fazendense (2-0): “Amarelos” dão salto na tabela com mais uma vitória »  2020-12-28 

Dois golos, um na primeira parte por João Alves (34’), outro a fechar o pano por Ricardo Dias (89’), fizeram o resultado do Torres Novas frente à AD Fazendense, permitindo aos torrejanos sair de uma zona da tabela que já estava a tornar-se aflitiva.
(ler mais...)


Futebol: Riachense desperdiçou penalti que poderia ter dado a vitória »  2020-12-28 

O Riachense consentiu um empate no passado domingo, dia 27 de Dezembro, diante do Moçarriense (1-1) e falhou a possibilidade de iniciar uma fuga aos últimos lugares da classificação.

O Atlético adiantou-se no marcador aos 20 minutos, por Sidney, que foi brilhantemente desmarcado por Pedro Gouveia.
(ler mais...)


Fátima SAD: mais uma aventura de ganância clubística que acabou mal »  2020-12-03 

Aquilo que se esperava há muito, aconteceu: a SAD que usava o nome do Clube Desportivo de Fátima deu o berro definitivo, apesar de morta há muito tempo e de ter passado por vários coveiros antes da declaração de óbito, que foi emitida após a falta de comparência ao jogo de domingo do campeonato de Portugal.
(ler mais...)


CD TORRES NOVAS 4, CD AMIENSE, 4: da goleada ao empate em três tempos »  2020-11-15 

 

Estádio dr. António Alves Vieira, 15 de Novembro

CDTN: Rui; João Alves, André Vieira, Dias (Salgueiro), Tozé, Daniel (Zé), Prates, João Guerreiro (João Rodrigues), Miguel Miguel, Mira (Major) e Lista.
(ler mais...)


TRAIL – Equipa feminina da UDRZA sagra-se campeã nacional »  2020-10-20 

A equipa formada por Lina Marques (F40), Paula Branco (F45) e Conceição Castanheira (F55) sagrou-se campeã nacional de Trail, no passado dia 10 de Outubro, numa prova, sob a batuta da ATRP, realizada em Penacova.

A Zoa Alta trail partiu para esta “aventura” um pouco desfalcada, mas com o intuito e ambição de dignificar ao máximo a “camisola verde e amarela”.
(ler mais...)


Futebol: campeonato distrital voltou com algumas goleadas. CDTN e CAR empataram »  2020-10-04 

O campeonato distrital de futebol da Associção de Futebol de Santarém (AFS) começou este domingo, 4 de Outubro, competição que permitiu o regresso à actividade desportiva a várias centenas de atletas que estavam parados, sem competição, desde meados de Março.
(ler mais...)


Sobre a geografia da extinção do futebol português, por João Carlos Lopes »  2020-05-08 

Portugal tem um PIB inferior ao da Catalunha, 212 mil M de euros para 228 mil M de euros. A Catalunha tem normalmente dois clubes na primeira liga espanhola de futebol.

Decorre que Portugal, com um quinto da população de Espanha, um sexto da de Itália e França, um oitavo da alemã e uma economia que acentua ainda mais a distância demográfica, não pode querer ter uma liga de futebol à dimensão, mesmo quantitativa, das desses países.
(ler mais...)


UDR Zona Alta: 41 anos e um horizonte cheio de futuro »  2020-03-07 

A União Desportiva e Recreativa da Zona Alta assinalou 41 anos como associação que tem por objectivo levar o desporto a todos, nas mais diversas modalidades.

Para assinalar a data, teve lugar na Praça do Peixe, no dia 29 de Fevereiro, um jantar que reuniu sócios, atletas, entidades e amigos, num encontro onde reinou a boa disposição e o convívio entre quase 150 pessoas.
(ler mais...)


Basquetebol feminino: final-four da Taça de Portugal, em Torres Novas, este fim de semana »  2020-03-05 

A Taça de Portugal de basquetebol feminino terá a sua final four desta época em Torres Novas, este fim de semana (7 e 8 de Março), no Palácio dos Desportos. O sorteio ditou as partidas das meias-finais entre a União Sportiva e a Ovarense e Olivais Coimbra contra a Quinta dos Lombos.
(ler mais...)


Ana Guita (CLAC) sagra-se campeã nacional de Inverno em desporto adaptado »  2020-01-21 

Ana Guita, jovem atleta do CLAC (Clube de Lazer, Aventura e Competição, do Entroncamento), mais uma vez mostrou do que é capaz de fazer, subindo ao lugar mais alto do pódio para receber medalha de campeã nacional no salto em comprimento, com um excelente recorde pessoal de 2,41 metros, para sua grande satisfação, assim como da sua treinadora Ana Abegão.
(ler mais...)

 Mais lidas - Desporto (últimos 30 dias)
»  2020-12-28  CDTN - Fazendense (2-0): “Amarelos” dão salto na tabela com mais uma vitória
»  2020-12-28  Futebol: Riachense desperdiçou penalti que poderia ter dado a vitória