• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Terça, 31 Janeiro 2023    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Sex.
 17° / 3°
Céu limpo
Qui.
 16° / 3°
Céu limpo
Qua.
 15° / 1°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  15° / 1°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Alcanena: Fernanda Asseiceira “intranquila” depois da reunião com administração do centro hospitalar

Sociedade  »  2015-02-19 

”Não fiquei tranquila e muito menos convencida” - foi desta forma que Fernanda Asseiceira se referiu à reunião que se realizou recentemente entre Carlos Andrade, presidente do conselho de administração (CA) do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) e os presidentes de câmara da região do Médio Tejo, acerca do actual momento e as medidas que estão previstas implementar durante o mandato.

”Infelizmente, o estado da saúde no país deve preocupar-nos”, começou por dizer Fernanda Asseiceira, que dimensionou o problema à escala nacional. ”Não esperava ver, em pleno século XXI, as notícias e reportagens sobre o que se tem passado nos hospitais”, disse na reunião de câmara da passada segunda-feira, dia 16 de Fevereiro.

Na sua opinião, a única boa notícia transmitida por Carlos Costa Andrade foi a possibilidade de o CHMT poder vir a contratar mais médicos, enfermeiros e outro pessoal, um sinal de que os recursos humanos, neste momento, são insuficientes, declarou.

”Como autarca e cidadã, estou preocupada com a qualidade da prestação de serviços no centro hospitalar embora acredite que todos os profissionais façam o seu melhor. Mas, a verdade, é que estão no limite das suas capacidades de resistência e isso impede-os de fazer mais e melhor”.

Na sua opinião, o Conselho de Administração tem uma tarefa em mãos difícil, mas sempre foi dizendo que o trabalho da equipa de Carlos Andrade está fortemente condicionado pelas regras impostas em Lisboa e, aproveitando a sua própria deixa, deixou críticas ao ministro da Saúde que não tem respondido aos ”vários” pedidos de reunião feitos pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo.

O tema do estado da saúde no Médio Tejo foi lançado na reunião de câmara por Artur Rodrigues, vereador independente, que defendeu que a forma como o CHMT está organizado é incompatível com uma boa prestação e serviços. ”É uma leitura empírica que faço com base nos factos e nos relatos que me têm chegado”, advogou, constando um ”esvaziamento” na unidade de Torres Novas, a que mais perto está do concelho de Alcanena.

Rui Henriques, vereador do PSD/CDS, entende que o problema central do CHMT é a desorganização e a possibilidade de todos fazerem o que querem. Rui Henriques comparou o CHMT com o hospital Santo André, de Leiria, e colocou este no pedestal. ”Imagino que não deve ser fácil organizar os serviços em três unidades mas o que existe aqui é um deficit de organização muito sério”, atestou. E deu como exemplo uma situação por si vivida quando, no serviço de ortopedia, deparou-se com uma situação em que três os médicos de serviço estavam a jantar à mesma hora. Ainda mais insólita, continuou, foi a resposta do CHMT à sua reclamação. ”A resposta só dava para rir”, concluiu.

 

Pergunta sobre tempos de espera das consultas sem resposta

Fernanda Asseiceira disse-se ainda desagradada com o facto de, nesta reunião, ter colocado questões que ficaram sem resposta, por exemplo quando questionou o conselho de administração do CHMT sobre os tempos de espera que se verificam para consultas em diversos serviços. A propósito deste assunto, o grupo parlamentar do BE, na Assembleia da República, questionou o ministério da Saúde sobre os atrasos ”significativos” nas chamadas para consultas de especialidade no Centro Hospitalar do Médio Tejo.

”Registam-se, por exemplo, vários meses de espera para consultas solicitadas com carácter de urgência em cardiologia e prazos ainda mais dilatados na chamada para consultas de ortopedia. Temos também conhecimento que consultas e exames são marcados, mas depois remarcados uma ou duas vezes”, refere o BE no requerimento, considerando esse um método desadequado. ”É necessário adoptar medidas que permitam atender os doentes de acordo com a sua prioridade e em tempos de espera adequados, o que parece não estar a verificar-se”, referem ainda os deputados do BE, que querem saber quais as medidas que a tutela pretende adoptar para encurtar esses tempos de espera.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Amanhã não há água durante a amanhã em zonas da Bica e Silvã »  2023-01-29 

A empresa AR-ÁGUAS DO RIBATEJO informa que devido a trabalhos no Sistema de Abastecimento de Torres Novas para substituição de ramal, será necessário suspender o abastecimento no dia 30 de janeiro de 2023, segunda-feira, entre as 09h30 e as 11h30, nos seguintes locais: Rua José D´Abreu Lopes, Rua Dr.
(ler mais...)


Comer bom borrego é no Casal da Pena »  2023-01-28 

 É já no dia 5 de Fevereiro que se realiza a III edição do Festival Gastronómico do Borrego, evento que terá lugar a aprtir das 13 horas no pavilhão/salão de festas das aldeias da Pena e Casal da Pena, freguesia da Chancelaria, Torres Novas.
(ler mais...)


Antigo edifício da CGD: “Desgraça anunciada”, diz MPNT, “Confiei no presidente”, confessa Tiago Ferreira »  2023-01-21 

Depois da tomada de posição do Bloco de Esquerda, é a vez do Movimento Pela Nossa Terra (MPNT), de António Rodrigues, vir à liça na questão da cedência gratuita do edifício da antiga Caixa Geral de Depósitos a uma empresa recente, sem histórico na actividade médica a que se propõe e sem capita social compatível, no imediato, para o empreendimento anunciado.
(ler mais...)


Bloco sobre abate de árvores na Silvã: “Surpresa, estupefação e indignação” »  2023-01-20 

“Foi com surpresa, estupefação e indignação que o Bloco de Esquerda de Torres Novas teve conhecimento do abate de árvores no âmbito da “empreitada de mobilidade urbana sustentável” a decorrer na rua Luís de Camões, na Silvã, na cidade de Torres Novas”, diz o BE em comunicado, adiantando que de imediato dirigiu uma mensagem ao presidente da Câmara Municipal no sentido de a obra parar e serem pensadas alternativas, mas infelizmente a resposta foi negativa e o abate continua, sublinham os bloquistas.
(ler mais...)


Bloco e o antigo edifício da CGD, versão Pimenta Machado: ontem era Startup de Torres Novas, hoje é para ceder grátis a privados »  2023-01-17 

A Câmara Municipal de Torres Novas adquiriu, em 2020, o antigo edifício da CGD por 200.000 euros com o objectivo de aí instalar a StartUp de Torres Novas, dando vida ao centro histórico da cidade e assumindo-se como espaço privilegiado de criação de modelos de negócios, de licenciamento e criação de empresas.
(ler mais...)


Sexta d´Ideias debate sexualidades »  2023-01-11 

O Bloco de Esquerda de Torres Novas regressa aos debates Sexta d´Ideias. O ano abre com o tema "Sexualidades e Identidades", sexta, nos antigos paços do concelho, às 21 horas. Gonçalo Cavalheiro, Jessica Vassalo e Júlia Pereira, com moderação de Ana Alves.
(ler mais...)


PUB - CONVOCATÓRIA CLUBE DE CAMPISMO TORREJANO »  2023-01-09 

CLUBE DE CAMPISMO TORREJANO

ASSEMBLEIA GERAL
CONVOCATÓRIA

De acordo com os estatutos em vigor, convocam-se todos os associados do Clube de Campismo Torrejano para uma Assembleia Geral ordinária, a realizar no próximo dia 19 de Janeiro de 2023, pelas 19.
(ler mais...)


Associação do Património debate património industrial »  2023-01-05 

 “Debates e Práticas sobre Património Industrial” é o tema do próximo Encontro do Solstício, o espaço de reflexão e discussão que a Associação de Defesa do Património de Torres Novas promove duas vezes por ano, e que se realiza no próximo sábado, dia 7 de Janeiro, pelas 21H30, na sua sede do Largo do Paço.
(ler mais...)


Natal alegre na rua da Levada »  2022-12-23 

Tem sido uma semana de animação e alegria, aquela que é proporcionada por alguns comerciantes da rua da Levada no sentido chamar quem passa a dar atenção ao comércio tradicional.

Um Pai Natal e alguns músicos assentaram por estes dias frente à loja da Fótica, dando um pequeno toque de alegria à rua e encantando miúdos e graúdos.
(ler mais...)


Um pão nosso todos os dias »  2022-12-16 

Anuncia que diariamente tem ao dispor dos clientes pão de trigo, pão de rama (centeio, cevada, trigo), chapatas pequenas, bolinhas de passas, focaccia, pão com chouriço, pão com chouriço vegetariano, barras de sésamo, rolos de canela.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2023-01-17  Bloco e o antigo edifício da CGD, versão Pimenta Machado: ontem era Startup de Torres Novas, hoje é para ceder grátis a privados
»  2023-01-21  Antigo edifício da CGD: “Desgraça anunciada”, diz MPNT, “Confiei no presidente”, confessa Tiago Ferreira
»  2023-01-05  Associação do Património debate património industrial
»  2023-01-28  Comer bom borrego é no Casal da Pena
»  2023-01-09  PUB - CONVOCATÓRIA CLUBE DE CAMPISMO TORREJANO