• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Quarta, 08 Dezembro 2021    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Sáb.
 17° / 10°
Céu nublado
Sex.
 18° / 12°
Céu nublado com chuva fraca
Qui.
 17° / 9°
Céu nublado
Torres Novas
Hoje  14° / 9°
Céu nublado
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Voto inútil - mariana varela

Sociedade  »  2021-10-17 

As provas de trabalho realizado com competência e firmeza ideológica, de facto, parecem não ter lugar no cenário político local.

Os resultados das eleições do passado dia 26 de Setembro, às quais se candidataram uma quantidade considerável de forças políticas, revelam que a maioria dos torrejanos escolheu, mais uma vez, ser representada pelo Partido Socialista (PS) nos órgãos autárquicos. A abstenção mantém valores inaceitáveis, traduzindo o desinteresse e o afastamento da decisão política, a descrença nos órgãos representativos e no próprio sistema democrático actual e, acima de tudo, o cansaço e alheamento generalizados.

A atuação do PS nos últimos quatro anos em nada justifica a tendência dominante de concentração de votos nesta candidatura. O que poderá servir de justificação, e referindo-me agora apenas ao que se pode relacionar directamente com a atuação política do partido, será o grau de implementação do seu aparelho político e das suas teias de poder que têm vindo a alastrar durante 30 anos. Favores, carreirismos, conveniências, dependências e interesses vários.

Estas foram eleições particularmente imprevisíveis, com o aparecimento de alguns recém-criados partidos políticos. Contudo, parece-me a mim que a entrada em cena do Movimento P’la Nossa Terra foi determinante para os resultados destas eleições. Da esquerda à direita, houve quem acreditasse na suposta independência, vivacidade e novidade deste movimento. É certo que os seus resultados ficaram aquém, contrastando com o espírito vitorioso que se sentiu por parte dos candidatos independentes nos últimos dias de campanha, mas é também importante que se analise este fenómeno eleitoral sem perder de vista o impacto que teve essa mesma candidatura.

A grande festa protagonizada pelo movimento independente alarmou os torrejanos, roçou o ridículo, e virou-se o feitiço contra o feiticeiro. Se muitos ficaram contentes, saudosistas e nostálgicos, outros sentiram-se amedrontados e a maioria da comunidade torrejana viu-se confrontada com uma grande fantasia e farsa eleitoral: a de que as hipóteses de escolha seriam essencialmente duas, o PS ou o Movimento P’la Nossa Terra. E a votação foi exactamente nesse sentido, votar no PS para não possibilitar a eleição do ex-presidente António Rodrigues, ou apostar no novo movimento como forma de afastar o PS da governação, sendo que tanto uma opção como outra poderão ter sido adoptadas tanto por eleitores de esquerda como de direita.

O partido que já conta anos e anos de poder saiu a ganhar, o movimento independente não saiu nem perto de vitorioso e as alternativas de esquerda receberam uma votação minoritária. As provas de trabalho realizado com competência e firmeza ideológica, de facto, parecem não ter lugar no cenário político local. O sentimento que fica é, simultaneamente, de frustração e indignação.

 


As provas de trabalho realizado com competência e firmeza ideológica, de facto, parecem não ter lugar no cenário político local.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Líder da comissão política concelhia social-democrata aponta o caminho a seguir nas legislativas »  2021-12-04 

 

“Com responsabilidade, empenho, pelo bem comum, por Portugal, devemos aos Portugueses a escolha dos melhores em cada distrito. Estes são os princípios que importa salvaguardar no momento em que se vão disputar eleições legislativas.
(ler mais...)


Hospitais do Médio Tejo abrem laboratórios à população para realização de testes COVID »  2021-12-03 

O Centro Hospitalar Médio Tejo vai abrir, a partir de 6 de dezembro, os seus serviços de patologia clínica à população, e possibilitar, mediante marcação, a realização de testes à COVID, todos os dias úteis, nas três Unidades e também aos sábados, apenas na Unidade de Tomar – informa nota de imprensa do Centro.
(ler mais...)


Minde: trânsito condicionado na rua do Sana »  2021-12-02 

A AQUANENA vai iniciar no dia 3 de Dezembro uma intervenção para dotação de redes públicas de água e saneamento à Rua do Sana, na Vila de Minde. Para a realização desta intervenção, é necessário proceder a condicionamentos à circulação automóvel nesta rua, a partir do dia 3 de dezembro (inclusive) e durante um período estimado de, no máximo, 3 de semanas.
(ler mais...)


Preço das casas aumenta em Santarém »  2021-11-26 

O mercado imobiliário nacional continua a bater recordes. Se até há poucos anos os valores que mais impressionavam estavam relacionados com Lisboa, Faro, Porto ou a Região Autónoma da Madeira, atualmente a subida faz-se sentir em demais distritos.
(ler mais...)


A1 condicionada entre Torres Novas e Fátima »  2021-11-23 

A Brisa Concessão Rodoviária informa em comunicado de imprensa que, na sequência de trabalhos urgentes considerados necessários no sub-lanço Torres Novas/Fátima da A1, procedeu ao corte da faixa de rodagem no sentido sul/norte, entre o km 105,500 e o km 109,600, com respectivo desvio de trânsito para a faixa de rodagem do sentido norte /sul, desde segunda-feira, 22 de Novembro, até às 16h00 de quinta-feira, 25 de Novembro.
(ler mais...)


CHMT: TAC disponível a utentes do ACES Médio Tejo »  2021-11-23 

É agora possível aos utentes dos Centros de Saúde da área de influência do ACES Médio Tejo realizarem exames de TAC (Tomografia Axial Computorizada) nas Unidades de Tomar ou Torres Novas, informa a administração do Centro em comunicado de imprensa.
(ler mais...)


CHMT: urgência médico-cirúrgica de Abrantes já dispõe de espaço para expansão »  2021-11-15 

No passado dia 11 de Novembro, a ARSLVT procedeu à entrega formal, através de Isabel Durão, do serviço de administração patrimonial daquela entidade, das chaves do antigo Centro de Saúde de Abrantes, que se encontrava situado, fisicamente, nas instalações da unidade hospitalar de Abrantes do CHMT.
(ler mais...)


O poder do povo - anabela santos »  2021-10-17 

Dia 26 de Setembro, dia de Eleições Autárquicas e o povo, exercendo um direito e a cidadania, sai à rua dirigindo-se às urnas para depositar, de acordo com a sua consciência, o voto nos candidatos que considera que melhor responderão às necessidades da sua freguesia e concelho.
(ler mais...)


Deus santo misericordioso: faltava esta! »  2021-10-14 

Não, hoje não há palhaços. Tenham paciência. Todos os que enviam mails indignados a perguntar “se não denunciam isto”, “uma vergonha”, todos os que mandam mensagens, “é um escândalo”, todos os que dizem por trás e calam-se, “que isto é o fim”, "porque não fizeram o mesmo que na casa reconstruída ao pé da Câmara, esta palhaçada medonha dentro de uma sala para o efeito e não em cima do telhado", a todos esses ofendidos, indignados e humilhados, pessoas e instituições do ramo, a toda essa gente capaz de rasgar as vestes desde que ninguém veja, fica dito: não, hoje não há palhaços.
(ler mais...)


 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2021-11-23  A1 condicionada entre Torres Novas e Fátima
»  2021-12-04  Líder da comissão política concelhia social-democrata aponta o caminho a seguir nas legislativas
»  2021-11-15  CHMT: urgência médico-cirúrgica de Abrantes já dispõe de espaço para expansão
»  2021-11-23  CHMT: TAC disponível a utentes do ACES Médio Tejo
»  2021-11-26  Preço das casas aumenta em Santarém