• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Segunda, 03 Outubro 2022    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qui.
 32° / 16°
Períodos nublados
Qua.
 32° / 16°
Céu limpo
Ter.
 32° / 15°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  31° / 14°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Subsídios à cultura em Torres Novas: maior verba vai para os pombos

Sociedade  »  2021-03-22 

Em ano de eleições começou o habitual bodo

 Dizer que é um escândalo é pouco: a câmara atribuiu a uma associação columbófila (que não é cultural nem desportiva) uma verba maior que aquela que dá, num ano, às filarmónicas do concelho ou ao Phydellius. Uma tristeza, numa decisão em que a maioria socialista contou com o apoio calculista da oposição.

Foram aprovados por unanimidade, na reunião de câmara de 9 de Março, um conjunto de apoios institucionais e pontuais a colectividades e associações do concelho, num valor total de 130.967 euros.

No que se refere a apoio institucional, no valor de 81.000 euros, foi aprovado um apoio mensal de 450 euros aos ranchos folclóricos do concelho que se candidataram (Rancho Folclórico de Torres Novas, Rancho Folclórico e Etnográfico do Casal Sentista, Rancho Folclórico «Os Camponeses» de Riachos, Centro Social, Cultural e Recreativo de Liteiros, Rancho Folclórico Sociedade Musical União e Trabalho), e de 500 euros mensais ao Choral Phydellius e às bandas filarmónicas (Sociedade Filarmónica Euterpe Meiaviense, Sociedade Velha Filarmónica Riachense, Banda Operária Torrejana, Sociedade Filarmónica União Matense, Sociedade Filarmónica União Pedroguense, Sociedade Musical União e Trabalho, Sociedade Filarmónica Lealdade União Ribeirense.

Na área da cultura, e no que diz respeito a apoio pontual, informa a nota da autarquia, o valor atribuído totaliza 17.682 euros, distribuído da seguinte forma: Coral Sinfónico de Portugal - 5826,79 euros para a actividade Mozart: Grande Missa em dó menor; CNE - Agrupamento 593 Riachos - 3327,04 euros para a actividade “Retaliação contra o mal, a vitória dos heróis” (na verdade uma viagem aos Açores nas férias de verão, apesar de parecer o título de um filme do Rambo); Colectivo 249 - 1560,98 euros para o Festival «Pó Suspenso»; Rancho Folclórico «Os Camponeses» de Riachos - 471,92 euros “para o lançamento do cancioneiro”, 1270,57 euros para o Festival de Folclore, 526,38 euros “para a Tarde de Folclore”; Rancho Folclórico de Torres Novas - 1053,96 euros para a participação no Festival Internacional na Madeira e 3844,37 euros para o Festival de Folclore, quase 6 mil euros em actividades folclóricas. De outro modo, mais de 7 mil euros para viagens aos Açores e à Madeira.

Ainda na área da cultura, nos valores referentes a apoios regulares, e ainda segundo a nota de imprensa da câmara, serão atribuídos 20.000 euros a: Clube de Campismo Torrejano (652,75 euros), Associação de Melhoramento de Resgais (1.287,18 euros), Tesos do Ribatejo (2.138,18 euros), Casa do Povo de Olaia (3.217,44 euros), Fatias de Cá - Torres Novas (3.543,88 euros), Associação Columbófila de Riachos (6.773,26 euros), Sociedade Instrutiva, Recreativa e Musical Argense (1.267,54 euros), 30 por uma linha (528,65 euros) e CNE - Agrupamento 65 Torres Novas (591,11 euros).

 Desporto: 12 euros para ida a congresso

No que se refere ao apoio à manutenção dos campos de futebol, o valor atribuído é de 12.000 euros, que se traduz em prestações mensais de 500 euros ao Centro Recreativo e Cultural de Santo António de Assentis e ao Clube Atlético Riachense.

Foi ainda aprovado um valor de 285 euros para apoio à formação de agentes desportivos para as duas candidaturas apresentadas, nomeadamente à União Desportiva e Recreativa da Zona Alta para a formação de Grau III de treinador de basquetebol, no valor de 273 euros (30% do valor total de 910 euros), bem como à Comissão de Festas Desporto e Lazer de Pedrógão para a participação no II Congresso de Treinadores «Age group: Triatlo para todos», no valor de 12 euros (30% do valor total de 40 euros), o que é notável por duas razões: a câmara atribuir um subsídio de 12 euros, e pior ainda, uma colectividade, qualquer que ela seja, candidatar-se a um subsídio cujo montante elegível é 40 euros, para receber 12 euros de apoio. Inédito!

 

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Fábrica Grande: CDU fala de amiguismos e rejeita clínica privada naquele espaço »  2022-09-23 

A CDU de Torres Novas entendemos que a Câmara fez bem em adquirir as antigas instalações da fábrica de Fiação e Tecidos, mas a sua ocupação, com a instalação dos projectos anunciados, levanta muitas preocupações aos comunistas.
(ler mais...)


CDU defende refeições feitas pelas escolas »  2022-09-21 

A Câmara decidiu atribuir mais uma vez, a confecção das refeições escolares a uma empresa privada para o ano lectivo de 2022/23 e, no entender da CDU, “continua a privilegiar o interesse privado em detrimento do interesse público”.
(ler mais...)


Associação com seis meses vai receber, para já, 45 mil do município »  2022-09-14 

Inédito: uma associação que acaba de fazer seis meses de existência e não mostrou qualquer trabalho, vai receber já 15 mil euros e mais 30 mil euros por ano do município, para além de instalações, para “desenvolver os produtos de Torres Novas”.
(ler mais...)


Hospitais do CHMT reforçam actividade assistencial »  2022-09-11 

 


Os profissionais de saúde do CHMT responderam a 99.306 episódios de urgência no acumulado dos oito primeiros meses do ano, um marco histórico que se traduz num crescimento de 35% (ou mais 25.501 episódios, em valor absoluto) face ao período homólogo de 2021, e revela um aumento de um por cento acima do valor registado em 2019, ano de referência assistencial do Serviço Nacional de Saúde, diz nota de imprensa do cento hospitalar.
(ler mais...)


Ulme recebe o festival “Já Te Dou o Arroz” »  2022-09-11 

Quim Roscas e Zeca Estacionâncio, Azeitonas e Ruizinho do Acordeão são os cabeça de cartaz

 Entre 9 e 11 de setembro, a vila de Ulme, no concelho da Chamusca, recebe a segunda edição do festival “Já Te Dou o Arroz”, numa organização conjunta da Câmara Municipal da Chamusca e da Junta de Freguesia de Ulme.
(ler mais...)


Câmara já mudou para o edifício do antigo hospital »  2022-09-09 

Em nota de imprensa de ontem, dia 9 de Setembro, a câmara municipal de Torres Novas informa o público e os torrejanos que os novos Paços do Concelho já estão instalados no edifício do antigo hospital da Misericórdia.
(ler mais...)


Antigas instalações da Fiação poderão ser do Município: Fábrica Grande, um projecto para a próxima década e para muitos milhões de euros »  2022-08-28 

A confirmar-se a compra das antigas instalações da Companhia Nacional de Fiação e Tecidos, uma área de 30 mil metros quadrados em local privilegiado da cidade atravessado pelo rio Almonda, abre-se um mundo de possibilidades para dar corpo a um parque urbano que integre património e negócios, serviços e lazer.
(ler mais...)


Torres Novas: cinco mil euros para apoiar esterilização de cães e gatos »  2022-08-16 

 Termina no dia 15 de Setembro o prazo para entrega das candidaturas ao programa de apoio financeiro para esterilização de animais de companhia, no caso cães e gatos, machos e fêmeas. O município reservou para 2022 uma verba de cinco mil euros destinados ao reembolso financeiro que são de 87,50 euros para esterilização de cadelas, 75 euros para esterilização de cães, 50 euros para esterilização de gatas e 25 euros para esterilização de gatos.
(ler mais...)


Alcanena: Museu do Curtume conserva materiais »  2022-08-16 

Tiveram início, no dia 2 de Agosto, os trabalhos de conservação, higienização e desinfestação do espólio em madeira do Museu do Curtume. O edifício do museu alberga um espólio que conta a história e a própria evolução do saber-fazer e da indústria dos curtumes no concelho de Alcanena e que constitui um dos mais importantes testemunhos para a constituição do futuro núcleo museológico do “Projecto Couros”.
(ler mais...)


Fundação dá prémio ao melhor aluno admitido medicina »  2022-08-16 

A Fundação Maria Isabel e Renato Gameiro atribui, a partir de 2022 e com carácter anual, o prémio “Dr. Renato Gameiro”, no valor pecuniário de 1.500 euros, ao aluno que seja admitido no curso de medicina com a melhor classificação.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2022-09-14  Associação com seis meses vai receber, para já, 45 mil do município
»  2022-09-09  Câmara já mudou para o edifício do antigo hospital
»  2022-09-11  Hospitais do CHMT reforçam actividade assistencial
»  2022-09-11  Ulme recebe o festival “Já Te Dou o Arroz”
»  2022-09-21  CDU defende refeições feitas pelas escolas