• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Quarta, 22 Janeiro 2020    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Sáb.
 14° / 6°
Céu nublado
Sex.
 14° / 6°
Céu nublado com chuva fraca
Qui.
 11° / 7°
Céu nublado com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  13° / 6°
Céu nublado com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

“Crescem flores onde estiveres - A vida de Joaquim Alberto contada pelo próprio", sábado, em Riachos

Sociedade  »  2018-12-13 

livro é apresentado dia 18, pelas 16 horas, na Casa do Povo

 “Crescem flores onde estiveres – a vida de Joaquim Alberto contada pelo próprio” é o relato, na primeira pessoa, das mil vidas do ex-diácono católico, companheiro dos padres operários, revolucionário romântico, militante anti-fascista, membro da LUAR, exilado, preso político, cooperativista, animador de associações de emigrantes em França, amante das canções de Brel, amigo do Zeca, fundador da Comunal de Árgea, caçador de utopias, riachense antes e no fim de tudo – o título evoca uma canção do seu amigo Pedro Lobo Antunes (que mais tarde seria director do GAT e vereador na Câmara de Torres Novas) e que com ele, em finais de 1974, ergueu a experiência socialmente revolucionária que foi a cooperativa Comunal, na aldeia de Árgea, freguesia de Olaia deste concelho.

O livro, a ser lançado por ocasião dos 80 anos de Joaquim Alberto, vai ter uma sessão de apresentação na Casa do Povo de Riachos, pelas 16 horas do próximo sábado, dia 15 de Dezembro, após um almoço em sua honra organizado por um grupo de amigos.

Elaborado a partir de longas horas de entrevistas gravadas em audio e video, que se destinavam, de início, a ficarem como memória de um protagonista da vida colectiva riachense e do país da segunda metade do século passado, o livro resulta de um trabalho de selecção e organização levado a cabo por Carlos Simões Nuno, actual director de O Riachense, e por Carlos Tomé, que encaixaram em nove capítulos outras tantas fases significativas ou facetas singulares de uma vida vivida a mil tempos, para evocar outra vez as palavras de Jacques Brel, deste riachense e homem de tantas causas e lutas.

Joaquim Alberto Lopes Simões nasceu em Riachos em 1938, fez os estudos secundários em Tomar e enveredou pela profissão de serralheiro. Trabalha em Alverca, passa pelos CTT e pela Renova e, já adulto (1959), ingressa no seminário dos Olivais, onde fica até 1966 e tira o Curso Superior de Teologia. Mas sopravam os ventos do Vaticano II e o diácono Joaquim Alberto optou por abandonar a perspectiva de ser padre e em 1966 vai para Paris com o intuito de estudar filosofia. Regressa em 1969 e fixa-se em Vila Franca, trabalhando numa comunidade responsável por uma imstituição de acolhimento de crianças pobres dirigida por um padre goês.

No início da década de 70 volta outra vez a França e trabalha com a comunidade emigrante, apoiando os que chegam e precisam de ajuda. É em França que conhece José Afonso, que ficou em sua casa quando em terras francesas esperava pelo estúdio onde gravaria o célebre disco “Cantigas do Maio”. Liga-se à LUAR, organização que se dedicava a acções de sabotagem a estruturas e equipamentos do Estado português, é preso em Espanha durante uma viagem clandestina a Portugal (já tinha sido preso pela PIDE uns tempos antes) e é nessa situação que é apanhado pelo 25 de Abril. Em finais de 1974 funda em Árgea a cooperativa agrícola Comunal, na década de 80 está de novo em Riachos e participa na vida autárquica e associativa riachense. Entretanto, tenta uma experiência de cooperante em Moçambique, volta a Riachos, onde desenvolve iniciativas e preside à comissão de melhoramentos, até 1988. Volta a Paris mais uma vez, mas no início da década de 90 está no Alentejo (Castro Verde e Viana), na dinamização de programas de desenvolvimento rural. Depois destas experiências, Paris está ainda mais uma vez na sua rota, e é lá que vive, viajando de vez em quando a Portugal e para Riachos, para estar com a família e os amigos.

No sábado, Joaquim Alberto Simões celebrará com familiares e amigos os oitenta anos de uma vida cheia, tomada de sonhos e lutas, uma vida que é símbolo de toda uma geração a quem se deve a liberdade.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


A sério: foi você que pediu um PDM? »  2020-01-19 

Na reunião de 10 de Dezembro do ano que findou, a maioria socialista na Câmara de Torres Novas aprovou a suspensão parcial do PDM num terreno às Ferrarias, fronteiro à rotunda de saída de Torres Novas, suspensão que permitirá a eventual instalação, no local, de um pavilhão da Decathlon, para comércio de roupas e material de desporto.
(ler mais...)


Ginásio de Riachos: 20 anos depois, já há ante-projecto »  2020-01-16 

Pendurado há 20 anos, aquando da construção do pavilhão gimnodesportivo de Riachos, o ginásio anexo parece estar agora um pouco mais perto de se tornar realidade. Na reunião de ontem do executivo municipal, foi aprovado por unanimidade “o ante-projecto de arquitectura e especialidades relativos à 2.
(ler mais...)


Torres Novas na devolução do IVA: ANMP assinala disparidades no parecer sobre o orçamento de Estado »  2020-01-15 

No seu parecer habitual à proposta de lei do orçamento de Estado, a Associação Nacional de Municípios Portugueses questiona o Governo sobre os montantes da devolução de parte do IVA cobrado nos municípios e assinala, directamente, o caso de Torres Novas.
(ler mais...)


PS quer derreter 700 mil em 160 metros de rua »  2020-01-13 

A pretexto de implantar um troço de ciclovia, a maioria socialista quer destruir completamente o arranjo da rua 25 de Abril e enterrar mais de 700 mil euros em 160 metros de via. O resto do concelho assiste.

A ideia de uma ciclovia para Torres Novas vinha de vez em quando à cabeça de alguns, apesar de a cidade não ter tradições alguma no uso da bicicleta (raramente se vê uma) e de a sua topografia não aconselhar tal tipo de recurso.
(ler mais...)


Vale da Serra: moradores preocupados com funcionamento da ETAR »  2020-01-09 

Os moradores de Vale da Serra, Pedrógão, estão preocupados com as águas que estão a ser bombeadas da ETAR para terrenos públicos e privados confinantes com a estação de tratamento de águas residuais.
(ler mais...)


Bombeiros: dificuldades na adesão ao voluntariado, problemas no socorro »  2020-01-09 

A primeira conclusão que se retira da assembleia geral da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Torrejanos, realizada mesmo a fechar o ano, é que os torrejanos em geral e os associados da própria agremiação estão completamente alheados do seu presente e sobretudo do seu futuro: num universo de muitas centenas de sócios activos, não se compreende que numa reunião magna de prestação de contas não estejam presentes, ao menos, uma dúzia de associados que não sejam os membros dos corpos sociais, alguns elementos do comando ou bombeiros e um ou dois sócios de fora deste contexto.
(ler mais...)


Torres Novas: centro de saúde abrangido pelo plano de contingência »  2020-01-07 

O centro de saúde de Torres Novas está abrangido pelo Plano de Contingência Inverno, estando aquela unidade de saúde aberta até às 22 horas, apenas nos dias úteis, informa o Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo.
(ler mais...)


(ACTUALIZADA) - Orçamento de Estado: só Santarém, Abrantes e Ourém recebem mais que Torres Novas »  2020-01-06 

Sobre o caso da devolução da percentagem do IVA cobrado, a que abaixo se faz referência, o  JT tentou esclarecer a questão junto da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), que disse não ter acesso aos dados da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) que demonstrem e justifiquem, não somente o cálculo do valor global em causa, mas também a própria distribuição por Município.
(ler mais...)


CHMT: dezenas de novos médicos iniciaram funções no dia 3 »  2020-01-05 

“Estou grata porque tenho trabalhado com equipas que me ajudam a crescer. Espero que sejam muito felizes aqui”. Esta afirmação é de Ana Rita Sanches, médica especialista em Medicina Interna, que terminou a sua formação no CHMT e que deu o seu testemunho na sessão de boas-vindas aos novos internos que iniciaram esta semana o percurso neste Centro Hospitalar.
(ler mais...)


Directora do JT, amanhã na RTP1 »  2020-01-02 

Amanhã, sexta, por volta das 17h30, a directora do JT, Inês Vidal, vai estar em directo na RTP1, no programa "Portugal em Directo". Como já é habitual, Inês Vidal comentará alguns assuntos que fazem a actualidade local e regional.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2019-12-23  Montepio tem novos órgãos sociais: Luís Martins lidera administração
»  2020-01-06  (ACTUALIZADA) - Orçamento de Estado: só Santarém, Abrantes e Ourém recebem mais que Torres Novas
»  2020-01-02  Directora do JT, amanhã na RTP1
»  2020-01-13  PS quer derreter 700 mil em 160 metros de rua
»  2020-01-19  A sério: foi você que pediu um PDM?