• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Segunda, 25 Maio 2020    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qui.
 34° / 19°
Céu limpo
Qua.
 33° / 20°
Céu limpo
Ter.
 32° / 20°
Períodos nublados
Torres Novas
Hoje  30° / 16°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Ponte da Bácora: obras ainda não começaram, mas custos já aumentaram 30%

Sociedade  »  2018-12-10 

Torres Novas: mais um projecto PEDU a levantar polémica

 

Mais de 120 mil euros (até ver) para uma ponte pedonal secundária parecem não comover a maioria socialista, que não encontra outras prioridades para gastar o dinheiro do município.

O projecto do PEDU para a zona da Bácora e respectiva ponte e para o que resta da margem do rio na antiga Horta das Pedras, onde pomposamente se quer instalar o “parque Almonda”, foi mote para alguma discussão na reunião camarária de 21 de Novembro. Em primeiro lugar, porque o projecto contempla uma nova ponte para substituir aquela que há décadas permite atravessar o rio para quem, da rua da Levada, se dirige à margem esquerda.

E foi sobre a ponte, e o seu elevado preço, que se instalou alguma discussão, com a maioria socialista a defender um grande investimento na sua construção, porque a ponte ligará uma zona de lazer “à rua de excelência da cidade”, num aparente exagero ou alterações da visão.

Foi a terceira vez que o tema da ponte foi presente à reunião. Da primeira, em 11 de Abril, voltou para trás porque os desenhos e a documentação se referiam a uma ponte sobre o rio Alcoa, a cera de 60 quilómetros de Torres Novas. Depois, voltou à agenda e foi votado, em 18 de Abril. Agora surgiu de novo sem qualquer explicação para este regresso, mas com uma necessidade evidente: o preço, que aumentou, num quadro confuso e nunca explicado. Numa primeira fase, foi apresentado um estudo prévio que teria custado 17 mil euros, mas englobava a ponte e a zona do “parque Almonda”. Depois, por artes de monta, o projecto da ponte foi autonomizado da intervenção global e, só o projecto da ponte, já custou 14 mil euros. Quanto ao projecto de execução, isto é, o custo das obras, só da ponte, ainda não começaram mas já aumentaram 30% só no papel.

Vejamos: no programa inicial, a ponte foi apresentada com um custo de 95 mil euros. Em Janeiro de 2018, o projecto de execução da ponta da Bácora (com o lapso do rio Alcoa, donde se terá retirado inspiração) já ia nos 107 mil euros. Agora, Novembro de 2018, a ponte vai custar, para já, e se alguma vez sair do papel, 123 172,62 euros.

Na votação do assunto, a maioria votou a favor, o PSD absteve-se e o Bloco de Esquerda votou contra.

 Moínho dos Duques

Nesta parte da intervenção, onde se situam as ruínas dos antigos moinhos, logo a seguir ao antigo armazém central eléctrica, a maioria preparava-se para torrar cerca de 350 mil euros num programa que incluía um edifício, uma cafetaria e esplanada, bem como mais um “espaço para eventos” e outras minudências, mas felizmente as restrições impostas pela direcção-geral que tutela este tipo de intervenções, nas margens do rio e sobre património edificado antigo, impediram as suas intenções. Ainda assim, num programa muito mais modesto, prevê-se gastar mais cerca de 130 mil euros nesta pequena zona da intervenção, mas o projecto não fala na recuperação de duas tarambolas que ali existiam, elementos fundamentais da memória local. O presidente disse que “se comprometia pessoalmente a ver a questão das tarambolas”, tendo este projecto sido aprovado por unanimidade.

 

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Maioria PS decidiu apoiar “O Almonda” e recusou igual tratamento para os outros dois jornais do concelho »  2020-05-08 

Um dos pontos mais quentes da ordem de trabalhos da reunião do executivo municipal do dia 28 de Abril prendia-se com a intenção do Partido Socialista apoiar ao jornal O Almonda, cedendo instalações municipais no edifício do mercado à associação que, alegadamente, irá explorar aquele semanário.
(ler mais...)


Torres Novas e concelhos vizinhos em indicadores PORDATA: menos gente, mais velhos, menos empregos, menos estudantes »  2020-04-20 

É um cenário pouco animador: Torres Novas e os concelhos vizinhos de Abrantes, Tomar, Alcanena, Golegã, Barquinha e Entroncamento, em indicadores comparados de 2010 e 2018, têm menos população, cada vez menos nascimentos e mais idosos, o número de empregos diminuiu em quase todos
os municípios, tal como o número de estudantes.
(ler mais...)


EDITORAL: para que conste »  2020-04-16 

Ano após ano, nunca aqui fizemos referência à brutal disparidade da inserção de publicidade institucional paga, pela Câmara Municipal de Torres Novas, nos três jornais do concelho, sempre em favor de um deles.
(ler mais...)


Torres Novas: fósforo a mais nas águas exige investimento de 245 mil euros da Águas do Ribatejo »  2020-04-08 

As ETAR e sistemas de saneamento de Riachos e Torres Novas, requalificados pela ÁGUAS DO RIBATEJO em Junho de 2015, num investimento de 8 milhões de euros, estão a ser alvo de obras no valor de 245 mil euros, diz a empresa em comunicado de imprensa.
(ler mais...)


Águas do Ribatejo: 500 mil em medidas de apoio a particulares e empresas »  2020-03-30 

A situação que vivemos actualmente, derivada da pandemia da Covid-19, foi o tema principal da reunião que juntou os presidentes das sete câmaras municipais que integram a empresa intermunicipal Águas do Ribatejo (Almeirim, Alpiarça.
(ler mais...)


COVID: atendimento mais próximo é no Entroncamento »  2020-03-26 

Atendendo ao alargamento progressivo da expressão geográfica da pandemia COVID-19 em Portugal, e tendo em conta a Norma 004/2020 – COVID-19 – FASE DE MITIGAÇÃO, emitida pela DGS, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, no cumprimento dos princípios de equidade, qualidade e proximidade dos cuidados de saúde prestados à população, procedeu à reorganização dos recursos humanos e materiais nos cuidados de saúde primários e criou 35 Áreas Dedicadas (ADC) à COVID-19 em toda a região.
(ler mais...)


Mundo suspenso, cidade suspensa, vidas suspensas »  2020-03-18 

Os factos: durante os 50 dias em que a ditadura chinesa escondeu o surto do novo vírus (independentemente da sua origem ou da sua génese), empresários e milhares de turistas chineses visitaram a Itália, para onde aportavam, ao mesmo tempo, hordas de turistas e viajantes de outros países da Europa.
(ler mais...)


Última hora: Câmara cancela eventos e fecha equipamentos municipais »  2020-03-11 

À semelhança do que outras autarquias da região já tinham feito, a Câmara de Torres Novas activou um plano de contingência de modo a fazer face à situação que se vive. Eventos como a feira de Março ou ou o TorresRodas foram cancelados, as piscinas estão encerradas, alguns serviços e equipamentos municipais alvo de restrições.
(ler mais...)


CHMT faz aviso sobre desmarcação de consultas médicas e exames »  2020-03-10 

No âmbito da recente evolução da situação do novo Coronavírus (Covid-19) em Portugal, tem-se verificado no Centro Hospitalar do Médio Tejo um elevado número de desmarcações de exames, tratamentos e consultas, por parte dos doentes, diz nota oficial da unidade hospitalar.
(ler mais...)


Chocos na serra de Aire: olha a nossa sorte! »  2020-03-08 

Isso foi em muito antigas eras geológicas, claro está: moluscos e bicharada similar era o que mais havia nos grandes charcos da região, muito antes dos humores tectónicos desenharem as curvas sensuais da Serra de Aire e esta, senhora do seu nariz, conter essas forças brutais e num braço de ferro com as profundezas deixar que um arrife se empertigasse, desde o lado de onde se põe o sol até ao outro, varanda de pedra e al-qaeda, “a base”, a base da serra, pois, que deu nome, no linguajar arábico, à aldeia mais antiga do redor.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2020-05-08  Maioria PS decidiu apoiar “O Almonda” e recusou igual tratamento para os outros dois jornais do concelho