• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Terça, 26 Maio 2020    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Sex.
 34° / 19°
Períodos nublados
Qui.
 33° / 19°
Céu limpo
Qua.
 33° / 20°
Períodos nublados
Torres Novas
Hoje  33° / 19°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

TVT: PS aprovou venda da participação da câmara

Sociedade  »  2019-11-24 

A alienação da participação do município no capital do Terminal Multimodal do Vale do Tejo (TVT), proposta pelo PS, acabou por motivar algum debate dadas as reservas colocadas pelo Bloco de Esquerda, que achava que o Município não devia abrir mão da venda das suas acções, no valor actual de cerca de 190 mil euros.

Recorde-se que o TVT, uma infraestrutura de interface entre modos de transporte de mercadorias, considerada como “porto seco”, foi construída com recurso a fundos comunitários através de uma candidatura apresentada pela Câmara Municipal de Torres Novas, envolvendo muitos milhares de euros, e vai também beneficiar com a futura ligação rodoviária da zona industrial de Riachos à A23, igualmente financiada por fundos comunitários. A Câmara Municipal de Torres Novas é detentora de acções que equivalem a 1,87% do capital social. O percurso desta empresa teve altos e baixos, sendo actualmente detida maioritariamente pela empresa MSC, que propôs adquirir as acções detidas pela Câmara – 93.525 acções pelo valor nominal de 2,0628 euros, perfazendo um total de 192.923,37 euros.

Na reunião de 12 de Novembro, o Partido Socialista apresentou a proposta para se alienar o total das acções, respondendo à proposta da empresa que detém a maioria do capital, sem acrescentar argumentos de justificação de uma decisão deste tipo.

O BE, por seu lado, considera que se trata de uma infra-estrutura importante no contexto regional e nacional, que se situa no nosso território, será um elemento importante para a dinâmica económica e mesmo para o emprego. “É certo que a Câmara tem uma participação ultraminoritária, sem poder de decisão, mas deverá abdicar do poder de influenciar? Deverá abdicar de estar ao corrente das estratégias desta empresa? Tendo as acções, participará nas assembleias gerais. Não se trata de uma questão de negócio, de conjecturar sobre possíveis lucros futuros, trata-se de defender o interesse público, de ser uma voz, mesmo minoritária, que tem por obrigação defender os interesses do Município, com acrescida obrigação derivada dos milhares e milhares de euros comunitários, portanto públicos, ali investidos”, argumentou a vereadora do BE, Helena Pinto.
De nada valeram as objecções e questões colocadas. O BE votou contra a alienação das acções, mas os votos da maioria levaram a mais uma decisão polémica da gestão PS. Mesmo constatando que valor proposto para a aquisição das acções é superior ao seu valor nominal, o BE ainda perguntou se aquele era o valor justo. “Que diligências fez a Câmara para avaliar esta questão? Conclui-se que não fez nenhuma e aceitou o valor que lhe foi proposto, sem nenhuma contra proposta. Lamenta-se esta inércia que não procura justificação para o que lhe é proposto e desiste de qualquer tipo de iniciativa” – conclui a posição do BE.

O vereador João Quaresma disse ao JT que, em termos estritamente económicos, o Município deveria ter feito um compasso de espera e não vender já a sua participação, uma vez que o desenvolvimento a médio prazo daquela infraestrutura poderá tornar a venda mais interessante num futuro próximo. Mas Quaresma considera que, mais importante ainda, o Município não deveria desfazer-se da presença numa entidade de que foi precursor, juntamente com a Nersant, atendendo ao seu potencial estratégico na economia regional e nacional.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Maioria quer arrasar o “caminho das cobras” com alcatrão »  2020-05-25 

“A estrada conhecida como “carreiro das cobras” é o ultimo troço de rede viária em terra batida dentro da cidade de Torres Novas. Tem algumas características particulares que devem ser preservadas: para além do piso em terra batida a sua envolvência é tipicamente de uma estrada rural com arvoredo e vegetação diversa que lhe confere uma beleza particular.
(ler mais...)


Concursos de pessoal da Câmara: Quaresma fala de “estranheza” »  2020-05-25 

“Sem querer colocar em causa o mérito das pessoas/técnicos que coordenaram o procedimento concursal comum para preenchimento de um posto de trabalho por tempo indeterminado de técnico superior de educação, o mérito dos candidatos, e salvaguardando não ter conhecimento das provas efectuadas e do critério respeitante à avaliação das mesmas e dos candidatos, cumpre-me manifestar estranheza por aquilo que se começa a entender ser falta de transparência resultante dos resultados de alguns concursos para admissão de pessoal na Câmara Municipal”, assim se refere o vereador João Quaresma a um recente concurso em que a pessoa admitida é autarca eleita pelo PS numa freguesia.
(ler mais...)


Maioria PS decidiu apoiar “O Almonda” e recusou igual tratamento para os outros dois jornais do concelho »  2020-05-08 

Um dos pontos mais quentes da ordem de trabalhos da reunião do executivo municipal do dia 28 de Abril prendia-se com a intenção do Partido Socialista apoiar ao jornal O Almonda, cedendo instalações municipais no edifício do mercado à associação que, alegadamente, irá explorar aquele semanário.
(ler mais...)


Torres Novas e concelhos vizinhos em indicadores PORDATA: menos gente, mais velhos, menos empregos, menos estudantes »  2020-04-20 

É um cenário pouco animador: Torres Novas e os concelhos vizinhos de Abrantes, Tomar, Alcanena, Golegã, Barquinha e Entroncamento, em indicadores comparados de 2010 e 2018, têm menos população, cada vez menos nascimentos e mais idosos, o número de empregos diminuiu em quase todos
os municípios, tal como o número de estudantes.
(ler mais...)


EDITORAL: para que conste »  2020-04-16 

Ano após ano, nunca aqui fizemos referência à brutal disparidade da inserção de publicidade institucional paga, pela Câmara Municipal de Torres Novas, nos três jornais do concelho, sempre em favor de um deles.
(ler mais...)


Torres Novas: fósforo a mais nas águas exige investimento de 245 mil euros da Águas do Ribatejo »  2020-04-08 

As ETAR e sistemas de saneamento de Riachos e Torres Novas, requalificados pela ÁGUAS DO RIBATEJO em Junho de 2015, num investimento de 8 milhões de euros, estão a ser alvo de obras no valor de 245 mil euros, diz a empresa em comunicado de imprensa.
(ler mais...)


Águas do Ribatejo: 500 mil em medidas de apoio a particulares e empresas »  2020-03-30 

A situação que vivemos actualmente, derivada da pandemia da Covid-19, foi o tema principal da reunião que juntou os presidentes das sete câmaras municipais que integram a empresa intermunicipal Águas do Ribatejo (Almeirim, Alpiarça.
(ler mais...)


COVID: atendimento mais próximo é no Entroncamento »  2020-03-26 

Atendendo ao alargamento progressivo da expressão geográfica da pandemia COVID-19 em Portugal, e tendo em conta a Norma 004/2020 – COVID-19 – FASE DE MITIGAÇÃO, emitida pela DGS, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, no cumprimento dos princípios de equidade, qualidade e proximidade dos cuidados de saúde prestados à população, procedeu à reorganização dos recursos humanos e materiais nos cuidados de saúde primários e criou 35 Áreas Dedicadas (ADC) à COVID-19 em toda a região.
(ler mais...)


Mundo suspenso, cidade suspensa, vidas suspensas »  2020-03-18 

Os factos: durante os 50 dias em que a ditadura chinesa escondeu o surto do novo vírus (independentemente da sua origem ou da sua génese), empresários e milhares de turistas chineses visitaram a Itália, para onde aportavam, ao mesmo tempo, hordas de turistas e viajantes de outros países da Europa.
(ler mais...)


Última hora: Câmara cancela eventos e fecha equipamentos municipais »  2020-03-11 

À semelhança do que outras autarquias da região já tinham feito, a Câmara de Torres Novas activou um plano de contingência de modo a fazer face à situação que se vive. Eventos como a feira de Março ou ou o TorresRodas foram cancelados, as piscinas estão encerradas, alguns serviços e equipamentos municipais alvo de restrições.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2020-05-08  Maioria PS decidiu apoiar “O Almonda” e recusou igual tratamento para os outros dois jornais do concelho
»  2020-05-25  Maioria quer arrasar o “caminho das cobras” com alcatrão
»  2020-05-25  Concursos de pessoal da Câmara: Quaresma fala de “estranheza”