• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Domingo, 17 Novembro 2019    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qua.
 15° / 7°
Céu nublado com chuva fraca
Ter.
 10° / 5°
Céu muito nublado com chuva moderada
Seg.
 15° / 6°
Períodos nublados
Torres Novas
Hoje  16° / 8°
Céu muito nublado com chuva moderada
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Câmara: 80 mil para cultura e desporto, o mesmo que quer gastar nos repuxos da rotunda

Sociedade  »  2019-08-31 

PS acha que repuxo é "qualidade de vida"

O executivo municipal aprovou por unanimidade, na reunião ordinária de 6 de Agosto, um conjunto de apoios nas áreas da cultura e do desporto que ascendem a cerca de 80 mil euros. Isto relativo à actividade de um ano, o mesmo que vai gastar nas traquitanas de um repuxo (ver peça mais abaixo).

O pacote de apoios camarários foi decido na reunião do executivo de 6 de Agosto, a última antes de férias dos autarcas, e é relativo aos apoios anuais à cultura e desporto (apoios regulares na área do desporto, regulares e pontuais na área da cultura e ainda para apoio à compra de equipamentos. Por junto, são um pouco mais de 80 mil euros, divididos pelas rubricas e associações que se candidataram.
Assim e começando pelos apoios regulares na área da cultura (total de 17 676 euros), foram contemplados a Associação de Moradores do Vale da Serra 2 668 euros; Sociedade Instrutiva Recreativa e Musical Argense 2 536 euros; 30 por uma linha 418 euros; Clube de Campismo Torrejano 1183 euros; Associação de Melhoramentos de Resgais 1839 euros; CNE Agrupamento 1272 Lapas 196 euros; Fatias de Cá 2822 euros e Casa do Povo de Olaia – Lamarosa 6012 euros.

Os apoio pontuais na área da cultura (total 14 499,91€), revelaram a seguinte distribuição: CNE Agrupamento 593 Riachos 268 euros; Casa do Povo de Olaia 144 euros; Sociedade Filarmónica lealdade União Ribeirense 141 euros; Coral Sinfónico de Portugal 1024 euros; Rancho Folclórico Os Camponeses de Riachos 992 euros; Rancho Folclórico e Etnográfico Casal Sentista 9 288 euros; Associação Festas de Santo António 2 173 euros; Rancho Folclórico de Torres Novas 356 euros e Associação de Caçadores da Zibreira, 110 euros.

Os apoios concedidos ao desporto levaram a maior fatia, ainda assim metade do que se vai gastar no repuxo da rotunda, cerca de 41 mil euros, que se repartem assim: Núcleo Sportinguista em Torres Novas (atletismo e futsal) 2 069 euros; Organismos Autónomo de Basquetebol – Clube Desportivo de Torres Novas 4 385 euros; União Desportiva e Recreativa da Zona Alta (atletismo, trail, basquetebol, ginástica, tiro com arco, karaté) 14 728 euros; Sociedade Filarmónica União Matense 417 euros; Clube de Judo de Riachos 1 360 euros; Clube de Judo de Torres Novas (judo e ju-jitsu) 1 307 euros; Laranja Mecânica Futsal Clube 2 368 euros; Clube de Natação de Torres Novas (natação, natação sincronizada, triatlo) 5 315 euros; Clube de Ténis de Torres Novas 2 320 euros; Clube Atlético Riachense (patinagem e futebol) 3 082 euros; Clube Desportivo de Torres Novas (futebol e patinagem) 3 943 euros.

Finalmente, surgem os apoios para aquisição de equipamentos na área da cultura (total 8100 euros), para a aquisição de materiais: União Desportiva e Recreativa da Zona Alta (robots e anprinos) 292 euros, CNE – Agrupamento 593 Riachos (material de cozinha, fogões, tendas) 369 euros; Sociedade Filarmónica Lealdade União Ribeirense (lira de marcha, clarinete, saxofone, trompete) 1042 euros; Sociedade Filarmónica Euterpe Meiaviense (pratos, almofadas, trompa, estantes maestro) 204 euros; Sociedade Filarmónica União Pedroguense (estantes, tímpanos) 1 259 euros; Sociedade Velha Filarmónica Riachense (trombone, tímpano, fardas) 4 471 euros e Sociedade Filarmónica União Matense (saxofone, clarinete) 463 euros.

OITENTA MIL PARA OS BONECOS

Foi Pedro Ferreira que informou, em reunião do executivo no passado mês de Julho, que a parafernália necessária à reactivação dos repuxos da rotunda da Juventude ascende a cerca de 80 mil euros. A “obra” consta das intenções da maioria socialista e integra uma lista de intervenções publicada no site oficial da câmara, havendo rubrica aberta no orçamento municipal para acamar a despesa. Num tempo de adaptação de equipamentos à contenção dos gastos de água e de poupança de energia, a maioria que gere o concelho não vê inconveniente em ressuscitar um capricho que já estava fora de tempo quando a rotunda foi construída. Mais, Pedro Ferreira disse que não abdicava do arranjo dos repuxos porque “são um símbolo de modernidade e de qualidade de vida” da cidade.
Na mesma reunião pública, o Bloco de Esquerda propôs o abandono da ideia de gastar dinheiro na recuperação dos mecanismos dos repuxos, defendendo a elaboração de um projecto de reabilitação do espaço da rotunda, eliminando o lago e colocando vegetação, na envolvente, de plantas autóctones. “O lago interior é de grande dimensão o que leva a grandes consumos de água e a manutenção do seu funcionamento implica custos e atenção apertada. Como se sabe o consumo da água deve ser racional nos tempos que correm e todos os estudos especializados apontam para políticas que promovam a redução de consumos”, diziam os bloquistas.
A maioria socialista foi cega e surda à proposta do Bloco de Esquerda e votou contra, continuando assim fiel à ideia de fazer uma despesa de dezenas de milhares de euros no arranjo dos mecanismos e de continuar a gastar água e energia na rotunda, “símbolo de modernidade e qualidade de vida”.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


João Quaresma, vereador do PSD: “Descargas na Ribeira da Boa Água voltaram em força” »  2019-11-12 

O vereador do PSD na câmara municipal de Torres Novas, manifestou as suas preocupações com as novas descargas que se têm vindo a verificar na Ribeira da Boa Água. João Quaresma reconhece que o município de Torres Novas “não tem autonomia total sobre todos os factos respeitantes à poluição que sucessivamente vem prejudicando a ribeira da Boa Água e a população que reside nas imediações do curso da ribeira”, mas recorda que, para além dos processos judiciais, existem tutelas superiores como a APA e a ARH que se encontram a acompanhar o caso.
(ler mais...)


Torres Novas já não é a “cidade mais segura” »  2019-10-29 

Qualquer ignorante na matéria que visse um ranking das "cinco cidades mais seguras de Portugal" a incluir Seixal e Vila Franca veria logo que alguma coisa de errado se passaria. Ao pé destas cidades, Barquinha e Golegã, por exemplo, deveriam estar dez lugares acima do próprio paraíso na terra.
(ler mais...)


JT na Catalunha: Barcelona não cabe numa rua, por Inês Vidal »  2019-10-22 

Somos cada vez mais um todo. Global. Os meios de comunicação dão-nos o mundo num segundo. Hoje estamos aqui, no nosso sofá, na nossa casa, na nossa terrinha e conseguimos sentir as balas de borracha na luta de Barcelona, ficar sem ar num atolado barco à deriva no Mediterrâneo e ouvir o sussurrar de um brexit em curso.
(ler mais...)


Alcanena em desespero com os maus cheiros »  2019-10-16 

Alcanena está a viver uma situação insustentável e isso é confirmado por qualquer pessoa que passe de carro próximo da vila, logo agredida com um mau cheiro verdadeiramente insuportável.

 Nas redes sociais surgem apelos lancinantes, outros revoltados, a apelar e exigir a solução de um problema que é antigo (todos se recordam de como era difícil estar e viver em Alcanena em meados da década de 80), mas passou uma geração e a poluição ambiental regressou em força nos últimos tempos.
(ler mais...)


PS acaba com farmácia de Alcorochel »  2019-10-15 

Com parecer positivo ao pedido de deslocalização da farmácia de Alcorochel para a cidade de Torres Novas, onde já existem sete farmácias, a maioria socialista põe fim a uma das mais antigas farmácias do concelho.
(ler mais...)


Legislativas: vitória modesta de Costa com descida da oposição »  2019-10-08 

TORRES NOVAS: as contas e as dúvidas

No distrito de Santarém, o PS aumentou a sua votação em 1 921 votos, uma média de 92 votos por concelho. Em Torres Novas, o aumento foi de 90 votos: conforme.
(ler mais...)


Entroncamento: trabalhadores dos CTT em greve »  2019-10-08 

Os trabalhadores do CDP do Entroncamento estão em greve desde hoje, dia 8 e até 15 de Outubro. Entre os problemas laborais destacam-se a má organização do serviço, aliada a uma gritante falta de trabalhadores tem consequências graves para os utentes, nomeadamente atrasos na distribuição, muitas vezes com graves prejuízos.
(ler mais...)


Encontro de apicultores, dia 12, na Lagoa do Furadouro »  2019-10-02 

O 3.º encontro de apicultores da região vai realizar-se no próximo dia 12 de Outubro, sábado, pelas 18 horas, no salão paroquial da Lagoa do Furadouro (próximo de Casais da Igreja, mas no concelho de Ourém).
(ler mais...)


Torres Novas: alterações climáticas levam câmara a anular concurso para psicóloga clínica »  2019-10-01 

Quando, no dia 1 de Abril, dia da mentiras, a câmara de Torres Novas fazia publicar no Diário da República o aviso de abertura do concurso para admissão de uma psicóloga, jurando por todos os santinhos a necessidade premente de contratação de uma técnica desse ramo, estava longe de pensar que, escassos meses depois, o aquecimento climático, as manifestações em Hong Kong, o impeachment a Donald Trump e o despedimento de Leonel Pontes do Sporting iriam alterar as circunstâncias de tal modo que, afinal, a psicóloga já não é urgente e até nem se percebe porque é que alguém alguma vez teve semelhante ideia.
(ler mais...)


Conjunto arqueológico monumental descoberto na aldeia da Mata »  2019-09-06 

A designação de “poços” utilizada no ante-título é meramente ilustrativa: trata-se de quase cinco dezenas de estruturas escavadas, de forma cilíndrica, descobertas durante os trabalhos de saneamento da aldeia.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2019-10-29  Torres Novas já não é a “cidade mais segura”
»  2019-11-12  João Quaresma, vereador do PSD: “Descargas na Ribeira da Boa Água voltaram em força”
»  2019-10-22  JT na Catalunha: Barcelona não cabe numa rua, por Inês Vidal