• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Segunda, 19 de Fevereiro de 2018
Pesquisar...
Qui.
 15° / 4°
Céu limpo
Qua.
 19° / 6°
Céu limpo
Ter.
 20° / 6°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  19° / 8°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Autárquicas: “Sinto que as pessoas anseiam por uma política de proximidade”, Vítor Borges da Costa

Sociedade  »  2017-09-24 

Candidato do PSD à câmara municipal da Golegã

Como avalia o exercício do actual presidente neste último mandato (2013-2107)? Aponte alguns aspectos que não tenham corrido bem e como teria agido se fosse presidente da câmara.
Na minha opinião, as medidas programáticas deste executivo do PS pecaram por uma orientação algo difusa face ao compromisso eleitoral de 2013. Matérias essenciais ao concelho, como o cuidado e preservação do espaço público, ou a total ausência de um plano de mobilidade sustentável, uma inércia total nas políticas viradas para a cultura, medidas insuficientes relativamente às questões ambientais e uma total ausência de um plano de captação de investimentos na vertente empresarial, são aspetos que merecem a minha crítica e discordância.

Além disso, notei sempre, ao longo destes 4 anos, uma péssima orientação dos recursos humanos e uma evidente falta de capacidade de motivação dos colaboradores da Câmara.

Outro dos aspetos que merece a minha crítica, está relacionado com a teimosia e insensibilidade do Presidente da Câmara, em finais de 2014, no caso dos empréstimos BEI, que deveriam ter servido para amenizar a dívida a fornecedores, ao invés da intenção de usar essas verbas para realização de mais obras. A Assembleia acabou por chumbar esses empréstimos, de cerca de 0.5M€, porque o Presidente nunca quis saber ouvir a oposição e teve, nessa ocasião, uma atitude prepotente e pouco responsável.

Não fui Presidente da Câmara nesse período, mas como deve calcular, agiria de forma absolutamente oposta, nas questões que acima referi. Além disso, teria feito questão de ter desenvolvido um mandato de muito maior proximidade com as pessoas.

 

Passado o ciclo das grandes obras e do essencial dos fundos comunitários, que panorama antevê para o seu concelho em termos de apostas de médio prazo? Qual vai ser a sua agenda?
Sinto que as pessoas anseiam por uma política de proximidade, em que os seus problemas mais básicos sejam resolvidos com celeridade. É minha convicção que são necessárias respostas direcionadas às Pessoas e às Empresas, visando a obtenção de um clima de coesão social e de desenvolvimento económico, pilares determinantes para a construção de uma sociedade equilibrada, justa e dinâmica.

São necessárias medidas integradas de captação de investimento na vertente empresarial; de atratividade e fixação de população jovem de forma a resolver os desequilíbrios demográficos existentes; de potenciação da economia social aproveitando a sua capacidade para gerar emprego; de uma política potenciadora das nossas capacidades na vertente do turismo. Será uma agenda muito imaterial, mas com uma visão estruturada e estruturante, virada ao desenvolvimento económico e social.

Se for eleito, indique cinco medidas de realização imediata para os primeiros três meses e outras tantas de cariz estruturante ou grandes investimentos de que o concelho necessite.
Sabendo-se que os RH são a maior riqueza de qualquer organização, é imperativo agir de forma rápida e eficaz para a sua valorização e motivação, melhorando assim as respostas aos cidadãos. Melhorar a mobilidade na vila da Golegã, com a reabertura ao trânsito na Rua D. João IV e com alterações no Bairro do Carrapital, serão duas das primeiras medidas.

O reforço das relações com as Juntas de Freguesia será para nós uma prioridade, iniciando de imediato uma discussão aprofundada sobre a revisão dos contratos interadministrativos. Conceber e aprovar rapidamente uma carta da cultura, que permitirá ter uma visão integrada e um plano de ação realista e abrangente. Além disso, tomar providências imediatas com o Centro de Saúde e com a tutela, no sentido de discutirmos as evidentes lacunas ao nível do apoio médico nas freguesias de Azinhaga e Pombalinho. Esta é uma agenda exigente para os primeiros três meses, mas muito importante.

Em relação aos “grandes investimentos”, destacaria quatro: na Eficiência Energética, com processo de candidatura já iniciado; Reabilitação do Sistema de Saneamento Básico, nomeadamente ETARs e Estações Elevatórias; a reabilitação do Centro Escolar da Golegã e a Remodelação e Reabilitação do Cine-Teatro, tendo, claro, em conta, o estabelecimento prévio de um protocolo com o seu proprietário.

 

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Fabrióleo: IAPMEI propõe encerramento, empresa vai contestar »  2018-02-15 

A edição on-line do semanário Expresso, de 30 de Janeiro, lançou a confusão generalizada ao dar como certa a ordem de encerramento da Fabrióleo por parte
do Governo. Na sua edição de papel, alguns dias depois, o semanário de Balsemão não escreveu uma única linha sobre tão badalada “notícia”, focando-se apenas no
“caso Celtejo”.
(ler mais...)


Futebol: Amarelos viraram a página em Ourém (1-2) »  2018-02-11 

Campeonato Distrital da 1.ª divisão AFS
Ourém, Campo da Caridade, 11 de Fevereiro de 2018

CA Ouriense: Hélio; Fábio Lúzio, Graça (Afonsos), Tiago, Dino, Leandro, Savá, Patrick, Tiago Lúzio, Major (Matos) e Moleiro; Treinador: Mário Nelson

CD Torres Novas: Galrinho; Timor, Dani, Paz Miguel, Iuri, André Vieira, Ivan, Joel (Marco Carvalho), Ricardi Major, Micael (Soma) e Sudesh (Dias); treinador: Nando Costa

Arbitragem de Mário Vieira, com Miguel Marques e Hugo Parente

O jogo começou bastante confuso, com pontapés à toa e bola pelo ar, tão característico dos campos sintéticos, onde o futebol parece sempre um jogo em quintal de cimento com uma bola de plástico, a milhas do que se passa num relvado natural,mesmo em condições suficientes.
(ler mais...)


Riachos: apanhados a roubar gasóleo de tractores »  2018-02-10 

A GNR localizou hoje, dia 10 de Fevereiro, quatro jovens, dois rapazes e duas raparigas com idades entre os 16 e 21 anos, suspeitos da autoria de furto de combustível em máquinas agrícolas, num estaleiro, em Riachos.

Fonte policial revelou que o alerta foi dado por funcionários de uma empresa detectaram quatro indivíduos a tentar furtar combustível de várias máquinas agrícolas.
(ler mais...)


Barquinha: Vhils, Manuel João Vieira, Violant e Carlos Vicente apresentam propostas finais de intervenção artística »  2018-02-10 

Alexandre Farto (aka Vhils), Manuel João Vieira, Violant e Carlos Vicente apresentam as suas propostas artísticas para o concelho de Vila Nova da Barquinha, no âmbito do Programa Arte Pública da Fundação EDP, no próximo dia 17 de fevereiro, no Centro Cultural, pelas 19h.
(ler mais...)


ProTejo: “Água que vem de Espanha está a limpar o Tejo” »  2018-02-08 

O movimento ProTejo, sediado em Vila Nova da Barquinha, diz que a limpeza do rio Tejo está a ser feita à custa do caudal de água “extraordinariamente elevado” que está a vir de Espanha, na sequência o nível de água das barragens.
(ler mais...)


Constância: prémio para o beijo mais longo (debaixo de água) »  2018-02-08 

Constância (Vila Poema), volta a realizar, pela terceira vez, o concurso em que vencem os casais que conseguirem dar o beijo mais longo, debaixo de água. A iniciativa decorre no sábado à noite (21h30), nas piscinas municipais e insere-se na celebração dos Dia dos Namorados.
(ler mais...)


Teatro: Romeu & Julieta, uma excelente sobremesa para crianças no Virgínia »  2018-02-08 

Romeu & Julieta é o título da peça de teatro para crianças dos 8 aos 12 anos que subirá ao palco do Teatro Virgínia, em Torres Novas, no próximo dia 17 de Fevereiro, às 11 horas. Este novo espectáculo do Teatro Praga é uma oportunidade para voltar a juntar a equipa criativa de Hamlet Sou Eu.
(ler mais...)


Município de Torres Novas adere à Hora do Planeta »  2018-02-08 

O Município de Torres Novas volta a associar-se à “Hora do Planeta”, que consiste em desligar todas as luzes, interiores e exteriores dos edifícios e monumentos emblemáticos das cidades, entre as 20h30 e as 21h30, do próximo dia 24 de Março de 2018, mostrando o seu apoio à acção ambientalmente sustentável.
(ler mais...)


O PROVADOR DOS LEITORES: mil contos para o croquete »  2018-02-08 

Inaugura-se, nesta semana, a rubrica “O Provador dos Leitores”, que consiste essencialmente em apresentar aos leitores do JT determinadas notícias que circulam pelo espaço mediático (jornais, internet, páginas oficiais, etc), mas só depois de serem provadas pelo nosso provador de modo a identificar aditivos, conservantes e outros venenos que normalmente estão agarrados a estes produtos nocivos.
(ler mais...)


Barquinha: cooperativa cultural para o Ribatejo norte »  2018-02-06 

Paulo Passos, Fátima Capela, Carlos Vicente, Pérsio Basso e Marina Honório “um grupo de amigos carregados de sonhos e projectos”, uniu-se para criar uma “coisa nova”: uma cooperativa cultural, cuja filosofia de acção se situará “algures no meio entre o tradicional e o contemporâneo”, entre o antigo e o novo, o manual e o tecnológico, a arte e a ciência – assim se dine o novo colectivo fundado em Vila Nova da Barquinha.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2018-02-10  Riachos: apanhados a roubar gasóleo de tractores
»  2018-02-11  Futebol: Amarelos viraram a página em Ourém (1-2)
»  2018-02-15  Fabrióleo: IAPMEI propõe encerramento, empresa vai contestar