• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Domingo, 09 Maio 2021    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qua.
 20° / 10°
Céu nublado com chuva fraca
Ter.
 18° / 9°
Períodos nublados
Seg.
 17° / 10°
Períodos nublados com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  19° / 11°
Períodos nublados com chuva moderada
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Destilaria da Brogueira: passagem de ano com o Fatias de Cá

Sociedade  »  2018-12-19 

Localização privilegiada a 10 minutos do nó da A1 com a A23 na zona de Zibreira.

O grupo de teatro Fatias de Cá fará, como habitualmente, a sua passagem de ano na Destilaria da Brogueira, em Torres Novas e convida os espectadores a juntarem-se à festa e a entrarem em 2019 a ver teatro. Serão apresentadas cenas de Os Relvas (segundo Alves Redol), antecedidas por um jantar. Os Relvas, “conta” a peça, são senhores de vastas propriedades de lavoura e de vastas gentes no Ribatejo, com as suas quezílias familiares, romances proibidos e intrigas contra a indústria, apanhados no remoinho trágico que desembocará no regicídio e na implantação da República Portuguesa.

A antiga destilaria, onde o figo preto da região, depois de seco, era transformado em álcool, situa-se na aldeia de Brogueira, concelho de Torres Novas. As suas instalações foram adaptadas às deambulações teatrais, tornando-o num sítio acolhedor e de uma beleza bastante característica. O espólio da companhia teatral enche as suas salas, e as pinturas de Sam Abercromby e sua visão do mundo enchem algumas das paredes por onde passam os espectadores. Possui uma localização privilegiada a apenas 10 minutos do nó da A1 com a A23 na zona de Zibreira.

O Fatias de Cá é um grupo de teatro profissional e amador criado em 1979, cujo lema é "Não resistir a uma ideia nova nem a um vinho velho". Enquanto Companhia de Teatro, enquadra cerca de 150 membros nivelados (entre profissionais e amadores) que desenvolvem ou uma actividade permanente, regular ou pontual. O grupo celebrizou-se por actuar em cenários como o Convento de Cristo, o Castelo de Almourol, o Mosteiro de Santa Clara a Velha, entre outros. A designação “Fatias de Cá” inspira-se no nome de um doce conventual (Fatias de Tomar), cuja receita pode ser considerada uma metáfora do acto teatral: batem-se as gemas dos ovos demoradamente até obterem um aspecto cremoso e uniforme e vão a cozer em banho-maria numa panela especial até ficarem com a consistência do pão. Fatia-se e frita-se em calda de açúcar.

 Dia 31 de Dezembro, às 20h20, na Destilaria da Brogueira, Torres Novas. Entrada: 33,33€ (inclui jantar). Reservas: 960 303 991 ou reservas@fatiasdeca.net. www.facebook.com/FatiasdeCa

 

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Vexame: 20 milhões para o rio Nabão, 5 milhões para o Alviela, meio milhão para o Almonda »  2021-05-07 

É verdade que não passam de promessa do Governo para empurrar câmaras socialistas em ano de eleições. Mas mesmo no campeonato das promessas, Torres Novas é humilhada.

 Em meados de Abril, o Ministério do Ambiente anunciou querer travar a poluição do rio Nabão com um investimento de cerca de 20 milhões de euros, destinados a obras de infraestruturas de combate à poluição, cuja principal causa é atribuída à estação de tratamento de Seiça, no concelho de Ourém.
(ler mais...)


António Rodrigues vai a jogo: “Estou a concorrer só para presidente da Câmara” »  2021-05-04 

Candidata-se para vencer, não esconde, mas admite que não há vitórias antecipadas. Não concorre contra ninguém, apenas por amor a Torres Novas: “O movimento P’la Nossa Terra nasceu antes das autárquicas de 2017.
(ler mais...)


Tudo e mais alguma coisa sobre o jardim do Almonda Parque: 100 anos e muitas histórias »  2021-04-23 

Foi horta durante séculos, logo pegada à fábrica de chitas, depois “social club”, picadeiro da cavalaria, campo de jogos, recinto de feiras e mercados para ser trucidado por um parque de estacionamento. Na posta restante, fica agora um pequeno jardim.
(ler mais...)


Carpentier abandona assembleia, PS diz que não tem nada que ver com o assunto »  2021-04-19 

Depois de uma fuga para a frente alegando que o registo do domínio lhe fora pedido por uma organização de Odivelas (pesquisa permitiu saber que nada disso seria verídico), a situação estava a tornar-se insustentável para Nuno Carpentier (o primeiro na foto junto a António Gameiro).
(ler mais...)


Direito de Resposta: Carpentier diz-se perplexo com António Rodrigues »  2021-04-16 

“Ex.ma Sra. Diretora Inês Vidal

Remeto esta mensagem ao abrigo do direito de resposta (artigos 24º e seguintes da Lei n.º 2/99, de 13 de janeiro).

«No artigo que Jornal Torrejano publicou no dia 15 de abril de 2021 em http://www.
(ler mais...)


Escândalo político: Rodrigues diz-se vítima de “usurpação” de domínio de email da campanha por dirigente do PS de Torres Novas »  2021-04-15 

A comprovar-se tudo o que está em causa neste episódio em que se cruzam a campanha de António Rodrigues e um dirigente do PS torrejano, trata-se de um escândalo político sem precedentes, envolvendo tentativa de boicote e espionagem política.
(ler mais...)


Renova sugere edição especial de guardanapos para o Dia da Mãe »  2021-04-15 

O Dia da Mãe está a chegar e com ele surgem as dúvidas sobre a melhor forma de surpreender a as mães. Para celebrar este dia especial, a Renova sugere que os filhos mais criativos, com a ajuda preciosa dos pais e da família, possam personalizar online os seus próprios guardanapos, usando as suas fotos e adicionando um texto, à medida da sua imaginação.
(ler mais...)


Boletim diário covid-19, quarta-feira, 14 de Abril: 6 casos na sub-região »  2021-04-14 

Nos últimos dias a situação pandémica nos concelhos da sub-região do Médio Tejo dá conta de um reduzido número de novos contágios declarados. No dia 12, registaram-se 6 casos, 3 em Abrantes e 3 em Tomar.
(ler mais...)


O Moinho da Fonte: a antiga povoação, a fábrica de papel e o rio Almonda – apontamentos históricos »  2021-04-13 

A pequena povoação do Moinho da Fonte (freguesia de Pedrógão) já era nos anos 30 e hoje seria ainda, não fosse a expansão da fábrica de papel, a mais bonita aldeia do concelho de Torres Novas (na foto).
(ler mais...)


Maioria socialista empatou novo Intermarché durante dois anos »  2021-04-12 

 

A Câmara votou há dois anos, a execução de um plano de pormenor para Cancela do Leão, para onde está previsto o novo Intermarché, e a necessária suspensão do PDM, também por dois anos.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2021-04-15  Escândalo político: Rodrigues diz-se vítima de “usurpação” de domínio de email da campanha por dirigente do PS de Torres Novas
»  2021-04-13  O Moinho da Fonte: a antiga povoação, a fábrica de papel e o rio Almonda – apontamentos históricos
»  2021-04-23  Tudo e mais alguma coisa sobre o jardim do Almonda Parque: 100 anos e muitas histórias
»  2021-04-16  Direito de Resposta: Carpentier diz-se perplexo com António Rodrigues
»  2021-04-19  Carpentier abandona assembleia, PS diz que não tem nada que ver com o assunto