• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Segunda, 25 Maio 2020    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qui.
 34° / 19°
Céu limpo
Qua.
 33° / 20°
Céu limpo
Ter.
 32° / 20°
Períodos nublados
Torres Novas
Hoje  30° / 16°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

EDITORAL: para que conste

Sociedade  »  2020-04-16 

Ano após ano, nunca aqui fizemos referência à brutal disparidade da inserção de publicidade institucional paga, pela Câmara Municipal de Torres Novas, nos três jornais do concelho, sempre em favor de um deles. Não tínhamos nada de que nos queixar. Não podemos querer ser um jornal independente, não fazer fretes nem servir de megafone à narrativa do poder instalado, e depois “aqui d el rei” que eles são maus e querem apertar-nos o garrote.

Há uns meses, isso sim, denunciámos o financiamento subreptício e nos limites da lei (há quem diga para lá dos limites da lei) de uma estação de rádio local, pela Câmara de Torres Novas, durante 2 anos que agora se cumpriram, à razão de 1200 euros por mês, por uma mera adjudicação do presidente da câmara.

Mas, desta vez e de novo, e porque as marcas foram ultrapassadas sem pudor, queremos informar os nossos leitores e o público em geral do seguinte: há três semanas [27 de Março], o Município de Torres Novas fez publicar duas páginas inteiras de publicidade a cores, num jornal do concelho, com informação aos munícipes sobre a COVID 19, o que se traduz em várias centenas de euros.

A semana passada [10  de Abril], o Município de Torres Novas fez de novo publicar duas páginas inteiras de publicidade a cores, com informação aos munícipes sobre a COVID 19, sempre no mesmo jornal, um financiamento de várias centenas de euros.

Normalmente, e sobretudo em situações como a que vivemos, a publicidade institucional paga é feita de modo minimamente razoável, mesmo que não a régua e esquadro. Não foi isso que aconteceu, aliás como em situações anteriores.

CONCLUI-SE QUE:

1. Perante a situação que vivemos, a CMTN não está verdadeiramente interessada em informar todos os munícipes sobre o COVID 19, movendo-a apenas o interesse em financiar um jornal do concelho.

2. A CMTN aproveita, sem qualquer pudor, a grave situação que vivemos para financiar um dos jornais do concelho.

JORNAL TORREJANO

 

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Maioria PS decidiu apoiar “O Almonda” e recusou igual tratamento para os outros dois jornais do concelho »  2020-05-08 

Um dos pontos mais quentes da ordem de trabalhos da reunião do executivo municipal do dia 28 de Abril prendia-se com a intenção do Partido Socialista apoiar ao jornal O Almonda, cedendo instalações municipais no edifício do mercado à associação que, alegadamente, irá explorar aquele semanário.
(ler mais...)


Torres Novas e concelhos vizinhos em indicadores PORDATA: menos gente, mais velhos, menos empregos, menos estudantes »  2020-04-20 

É um cenário pouco animador: Torres Novas e os concelhos vizinhos de Abrantes, Tomar, Alcanena, Golegã, Barquinha e Entroncamento, em indicadores comparados de 2010 e 2018, têm menos população, cada vez menos nascimentos e mais idosos, o número de empregos diminuiu em quase todos
os municípios, tal como o número de estudantes.
(ler mais...)


Torres Novas: fósforo a mais nas águas exige investimento de 245 mil euros da Águas do Ribatejo »  2020-04-08 

As ETAR e sistemas de saneamento de Riachos e Torres Novas, requalificados pela ÁGUAS DO RIBATEJO em Junho de 2015, num investimento de 8 milhões de euros, estão a ser alvo de obras no valor de 245 mil euros, diz a empresa em comunicado de imprensa.
(ler mais...)


Águas do Ribatejo: 500 mil em medidas de apoio a particulares e empresas »  2020-03-30 

A situação que vivemos actualmente, derivada da pandemia da Covid-19, foi o tema principal da reunião que juntou os presidentes das sete câmaras municipais que integram a empresa intermunicipal Águas do Ribatejo (Almeirim, Alpiarça.
(ler mais...)


COVID: atendimento mais próximo é no Entroncamento »  2020-03-26 

Atendendo ao alargamento progressivo da expressão geográfica da pandemia COVID-19 em Portugal, e tendo em conta a Norma 004/2020 – COVID-19 – FASE DE MITIGAÇÃO, emitida pela DGS, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, no cumprimento dos princípios de equidade, qualidade e proximidade dos cuidados de saúde prestados à população, procedeu à reorganização dos recursos humanos e materiais nos cuidados de saúde primários e criou 35 Áreas Dedicadas (ADC) à COVID-19 em toda a região.
(ler mais...)


Mundo suspenso, cidade suspensa, vidas suspensas »  2020-03-18 

Os factos: durante os 50 dias em que a ditadura chinesa escondeu o surto do novo vírus (independentemente da sua origem ou da sua génese), empresários e milhares de turistas chineses visitaram a Itália, para onde aportavam, ao mesmo tempo, hordas de turistas e viajantes de outros países da Europa.
(ler mais...)


Última hora: Câmara cancela eventos e fecha equipamentos municipais »  2020-03-11 

À semelhança do que outras autarquias da região já tinham feito, a Câmara de Torres Novas activou um plano de contingência de modo a fazer face à situação que se vive. Eventos como a feira de Março ou ou o TorresRodas foram cancelados, as piscinas estão encerradas, alguns serviços e equipamentos municipais alvo de restrições.
(ler mais...)


CHMT faz aviso sobre desmarcação de consultas médicas e exames »  2020-03-10 

No âmbito da recente evolução da situação do novo Coronavírus (Covid-19) em Portugal, tem-se verificado no Centro Hospitalar do Médio Tejo um elevado número de desmarcações de exames, tratamentos e consultas, por parte dos doentes, diz nota oficial da unidade hospitalar.
(ler mais...)


Chocos na serra de Aire: olha a nossa sorte! »  2020-03-08 

Isso foi em muito antigas eras geológicas, claro está: moluscos e bicharada similar era o que mais havia nos grandes charcos da região, muito antes dos humores tectónicos desenharem as curvas sensuais da Serra de Aire e esta, senhora do seu nariz, conter essas forças brutais e num braço de ferro com as profundezas deixar que um arrife se empertigasse, desde o lado de onde se põe o sol até ao outro, varanda de pedra e al-qaeda, “a base”, a base da serra, pois, que deu nome, no linguajar arábico, à aldeia mais antiga do redor.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2020-05-08  Maioria PS decidiu apoiar “O Almonda” e recusou igual tratamento para os outros dois jornais do concelho