• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Quarta, 22 Janeiro 2020    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Sáb.
 14° / 6°
Céu nublado
Sex.
 14° / 6°
Céu nublado com chuva fraca
Qui.
 11° / 7°
Céu nublado com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  13° / 6°
Céu nublado com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Maioria quer gastar mais de 600 mil no Rossio em mais uma obra inútil

Sociedade  »  2019-02-28 

É como se não houvesse estradas para asfaltar, dentro e fora da cidade, calçadas e passeios por reparar,

Não se pinta um único banco de jardim há anos, as pontes do jardim das rosas estão interditas, à volta do castelo é só ruína, há calçadas e passeios escavacados por todo o lado, nada é mantido. Mas a fuga para a frente de obras inúteis continua, sem parança. Agora, é um parque com jardim infantil numa zona onde não há crianças por perto.

Quando foi desenhada a urbanização das Chãs (zona em redor da avenida Sá Carneiro, entre o Modelo e a Escola Artur Gonçalves e zonas limítrofes), ninguém de preocupou em definir para o local uma jardim ou um pequeno parque urbano, prevendo-se que, para aquela zona da cidade iriam residir alguns milhares de pessoas e, também previsivelmente, casais jovens com filhos. Os interesses mesquinhos do imobiliário e dos promotores mandam sempre nos negócios camarários, onde se encontra sempre compreensão e carinho.

Foi assim na zona das Chãs, foi assim na urbanização dos Negréus, onde os prédios mais in da cidade apresentam, como cartão de visita, rectângulos de mato e lama e onde também nenhum espaço de convivialidade foi desenhado e planeado. Se houver crianças, que brinquem na estrada.

Perante este cenário triste, a opção é fazer obra inútil e onde não é precisa. Como se sabe, o bairro de São Domingos apresenta um perfil de zona deprimida, com casas desocupadas e uma população algo envelhecida. Da mesmo forma o bairro de Santo António, onde esse cenário é ainda mais evidente. Pois é na confluência dessas duas zonas urbanas, no velho Rossio de São Sebastião, onde há 60 anos havia muitos jovens e agora não há, que se quer implantar um parque infantil e similares, torrando mais de 600 mil euros numa obra que, passados poucos anos, se for feita, estará em degradação total.

A ideia, como se sabe, começou com a oferta à autarquia, por uma empresa, de um estudo prévio para semelhante bizarria. Perante a denúncia do escândalo (uma empresa oferecer um projecto a uma autarquia), a maioria socialista recuou, mas tratou de mandar fazer outro projecto. Alguém há-se ganhar o concurso, como se sabe.

E, como se não houvesse estradas para asfaltar, dentro e fora da cidade, calçadas e passeios por reparar, equipamentos urbanos por manter e mil e um trabalhos mais prioritários e úteis, opta-se por enterrar dinheiro em obras que não são precisas, não são prioritárias e não fazem qualquer sentido, como o meio milhão gasto em duzentos metros da “Via João Paulo II”, passado pouco tempo cheia de lombas e depressões no asfalto sem uma palavra de explicação nem o assumir de responsabilidades, para além dos sucessivos remendos a que vamos assistindo.

A perspectiva de mais uns cobres resultantes de uma receita inesperada de IMT, que deveria ser utilizada precisamente naquilo que fica sempre para trás porque não há dinheiro ou não dá votos (ver peça nestas páginas), não fez quebrar o voluntarismo autárquico de querer fazer obra, mesmo a que não é prioritária nem precisa, quando não absurda, e de encher todo o espaço disponível com a marca do regime. O Rossio, assim largo e vasto, relvado com está, e bem cuidado se for, está bem. É um espaço de excelência, de descompressão. Encher aquilo de tralha inútil que não é necessária e que em poucos anos é degradante (basta ver os outros exemplos), é mais um atentado contra a cidade.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


A sério: foi você que pediu um PDM? »  2020-01-19 

Na reunião de 10 de Dezembro do ano que findou, a maioria socialista na Câmara de Torres Novas aprovou a suspensão parcial do PDM num terreno às Ferrarias, fronteiro à rotunda de saída de Torres Novas, suspensão que permitirá a eventual instalação, no local, de um pavilhão da Decathlon, para comércio de roupas e material de desporto.
(ler mais...)


Ginásio de Riachos: 20 anos depois, já há ante-projecto »  2020-01-16 

Pendurado há 20 anos, aquando da construção do pavilhão gimnodesportivo de Riachos, o ginásio anexo parece estar agora um pouco mais perto de se tornar realidade. Na reunião de ontem do executivo municipal, foi aprovado por unanimidade “o ante-projecto de arquitectura e especialidades relativos à 2.
(ler mais...)


Torres Novas na devolução do IVA: ANMP assinala disparidades no parecer sobre o orçamento de Estado »  2020-01-15 

No seu parecer habitual à proposta de lei do orçamento de Estado, a Associação Nacional de Municípios Portugueses questiona o Governo sobre os montantes da devolução de parte do IVA cobrado nos municípios e assinala, directamente, o caso de Torres Novas.
(ler mais...)


PS quer derreter 700 mil em 160 metros de rua »  2020-01-13 

A pretexto de implantar um troço de ciclovia, a maioria socialista quer destruir completamente o arranjo da rua 25 de Abril e enterrar mais de 700 mil euros em 160 metros de via. O resto do concelho assiste.

A ideia de uma ciclovia para Torres Novas vinha de vez em quando à cabeça de alguns, apesar de a cidade não ter tradições alguma no uso da bicicleta (raramente se vê uma) e de a sua topografia não aconselhar tal tipo de recurso.
(ler mais...)


Vale da Serra: moradores preocupados com funcionamento da ETAR »  2020-01-09 

Os moradores de Vale da Serra, Pedrógão, estão preocupados com as águas que estão a ser bombeadas da ETAR para terrenos públicos e privados confinantes com a estação de tratamento de águas residuais.
(ler mais...)


Bombeiros: dificuldades na adesão ao voluntariado, problemas no socorro »  2020-01-09 

A primeira conclusão que se retira da assembleia geral da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Torrejanos, realizada mesmo a fechar o ano, é que os torrejanos em geral e os associados da própria agremiação estão completamente alheados do seu presente e sobretudo do seu futuro: num universo de muitas centenas de sócios activos, não se compreende que numa reunião magna de prestação de contas não estejam presentes, ao menos, uma dúzia de associados que não sejam os membros dos corpos sociais, alguns elementos do comando ou bombeiros e um ou dois sócios de fora deste contexto.
(ler mais...)


Torres Novas: centro de saúde abrangido pelo plano de contingência »  2020-01-07 

O centro de saúde de Torres Novas está abrangido pelo Plano de Contingência Inverno, estando aquela unidade de saúde aberta até às 22 horas, apenas nos dias úteis, informa o Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo.
(ler mais...)


(ACTUALIZADA) - Orçamento de Estado: só Santarém, Abrantes e Ourém recebem mais que Torres Novas »  2020-01-06 

Sobre o caso da devolução da percentagem do IVA cobrado, a que abaixo se faz referência, o  JT tentou esclarecer a questão junto da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), que disse não ter acesso aos dados da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) que demonstrem e justifiquem, não somente o cálculo do valor global em causa, mas também a própria distribuição por Município.
(ler mais...)


CHMT: dezenas de novos médicos iniciaram funções no dia 3 »  2020-01-05 

“Estou grata porque tenho trabalhado com equipas que me ajudam a crescer. Espero que sejam muito felizes aqui”. Esta afirmação é de Ana Rita Sanches, médica especialista em Medicina Interna, que terminou a sua formação no CHMT e que deu o seu testemunho na sessão de boas-vindas aos novos internos que iniciaram esta semana o percurso neste Centro Hospitalar.
(ler mais...)


Directora do JT, amanhã na RTP1 »  2020-01-02 

Amanhã, sexta, por volta das 17h30, a directora do JT, Inês Vidal, vai estar em directo na RTP1, no programa "Portugal em Directo". Como já é habitual, Inês Vidal comentará alguns assuntos que fazem a actualidade local e regional.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2019-12-23  Montepio tem novos órgãos sociais: Luís Martins lidera administração
»  2020-01-06  (ACTUALIZADA) - Orçamento de Estado: só Santarém, Abrantes e Ourém recebem mais que Torres Novas
»  2020-01-02  Directora do JT, amanhã na RTP1
»  2020-01-13  PS quer derreter 700 mil em 160 metros de rua
»  2020-01-19  A sério: foi você que pediu um PDM?