• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Sexta, 21 Junho 2024    •      Directora: Inês Vidal; Director-adjunto: João Carlos Lopes    •      Estatuto Editorial    •      História do JT
   Pesquisar...
Seg.
 36° / 19°
Períodos nublados
Dom.
 32° / 15°
Períodos nublados
Sáb.
 28° / 12°
Períodos nublados
Torres Novas
Hoje  24° / 13°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Renova: arquivado processo contra cidadãos que passaram dia da Espiga junto à nascente do rio Almonda

Sociedade  »  2024-04-22 

O Ministério Público mandou arquivar, por falta de provas, a participação movida pela empresa Renova contra vários cidadãos que passaram o ‘Dia da Espiga’ junto à nascente do Rio Almonda, alegando “danos e invasão de propriedade privada”.

No despacho do Tribunal da Comarca de Santarém, do Departamento de Investigação e Ação Penal, secção de Torres Novas, o Ministério Público entende, após análise à participação criminal e provas apresentadas, que “não há indícios suficientes da prática dos crimes de dano e de introdução em lugar vedado ao público”, tendo declarado “encerrado o inquérito” e decidido “arquivar os autos”.

A empresa Renova instaurou em 2023 uma participação criminal contra cidadãos que passaram o ‘Dia da Espiga’ junto à nascente do Almonda, tendo os acusados afirmado estarem legitimamente em espaço público.

“A Renova confirma que apresentou uma denúncia contra incertos, junto das entidades competentes, por ter ocorrido a vandalização de uma vedação da Renova e posterior invasão de propriedade privada”.

O convívio dos cidadãos no ‘Dia da Espiga’, em 18 de Maio, feriado municipal em Torres Novas, foi organizado pela plataforma ecologista "Um Colectivo" e ocorreu junto à nascente do Rio Almonda, onde a empresa capta a água para a sua laboração.

Aquela plataforma especificou, na ocasião, que a participação criminal incidia sobre 12 cidadãos, tendo criticado aquilo que considerou ser uma “tentativa de intimidação” e indicado que “não abdicará, antes reforçará, a sua luta pela defesa do acesso público às margens do Rio Almonda e, em particular, à zona da nascente”.

“Nós achamos que esta participação criminal não passa de uma tentativa de intimidação daquilo que é um movimento que se tem afirmado, sobretudo, com a promoção da petição pelo melhoramento da nascente do Rio Almonda”, disse então Pedro Ferreira, membro do movimento e um dos cidadãos identificados pelas autoridades por ter estado naquele local em 18 de maio de 2023.

Segundo Pedro Ferreira, a petição visa também “a remoção da vedação que, por agora, continua a impedir o acesso à nascente do Rio Almonda, que é de todos”.

O ‘Dia da Espiga’ tem sido marcado no concelho pela realização de “piqueniques em várias zonas” e foi isso que quiseram “levar à nascente do Rio Almonda, que é uma nascente que é de todos”, sendo “um dia de convívio, de comes e bebes, e também de alguns mergulhos”, afirmou. “No final, viemos embora e deixámos o local como estava”, assegurou Pedro Ferreira, refutando as acusações de invasão de propriedade privada e de actos de vandalismo.

Segundo o despacho do Ministério Público, de 3 de abril, pode ler-se que “o que existe, com rigor, nos presentes autos, são as declarações da denunciante, que não são corroboradas por qualquer outro meio de prova”, e que, “assim, não existem indícios suficientes para deduzir acusação” contra os arguidos.

A identificação dos acusados foi feita através de câmaras que a empresa tem viradas para a estrada pública, o que só por si inviabilizava qualquer prova, por ilegal. Com base nas matrículas dos carros que ali passaram, foi movida queixa contra os proprietários. O MO alega que mesmo nesse caso a passagem de uma carro não seria aprova de que fosse o seu proprietário a estar envolvido no que quer que fosse.

Os protestos populares e de alguns partidos políticos começaram em 2020, quando a empresa fechou a cadeado o acesso à nascente do Rio Almonda, alegando motivos de segurança. Na verdade, têm-se sucedido várias vandalizações de fechaduras e cadeados colocados pela empresa, motivados pela raiva que tal procedimento suscita junto das populações.

Só que os participante do dia da Espiga limitaram-se a tomar banho numa pequena piscina que a própria empresa construiu no leito do rio em 1972, para compensar o facto de ter construído uma edifício em cima do rio, que acabou com a antiga zona balnear que existia junto à represa.

A Renova tem invocado ser proprietária do terreno onde se situa a nascente fonte do litígio, justificando a vedação do acesso ao público com a "perigosidade do local".


 

 

 Outras notícias - Sociedade


TORRES NOVAS ACOLHE CONFERÊNCIA “INOVAÇÃO, INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL & PESSOAS” »  2024-06-14 

Evento tem lugar já na próxima quinta-feira, 20 de junho, e pretende debater estes temas com o intuito de moldar o futuro dos serviços de águas e da sociedade.

 Resultado de uma organização conjunta das Comissões Especializadas de Inovação e de Sistemas de Informação e do Núcleo de Jovens Profissionais da Água da APDA, a Conferência “Inovação, Inteligência Artificial & Pessoas” realiza-se no dia 20 de Junho, na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, em Torres Novas.
(ler mais...)


Escola Artur Gonçalves deu uma lição de Abril: simplesmente fabuloso! »  2024-06-13 

É habitual ouvir-se criticar os mais jovens por não saberem nem quererem saber o que foi ou o que significou o 25 de Abril de 1974. Também já tenho ouvido, e a última vez não foi há muito tempo, que as escolas são omissas no papel de transmissão desse momento marcante da nossa história.
(ler mais...)


Perigo continua à espreita: dois mortos em atropelamentos nas passadeiras da cidade nos últimos meses »  2024-06-11 

 

 A colocação de aviso em forma de emoji na avenida Xanana de Gusmão, que dá acesso ao hospital, e onde no final do ano se deu um atropelamento mortal, não tem graça nenhuma. Essa sinalética existe em algumas cidades, não tanto para anunciar a existência de passadeiras, que não anunciam, mas para refrear os ímpetos dos condutores sem escrúpulos.
(ler mais...)


Serviços online do urbanismo da Câmara »  2024-06-11 

O Município de Torres Novas já tem disponíve alguns serviços online. Esta nova ferramenta vai permitir, mediante definição de utilizador e login, efectuar o registo e acompanhamento de processos, nomeadamente urbanísticos.
(ler mais...)


Na Maria Lamas, alunos estudam relação dos jovens com a política e a democracia »  2024-06-11 

A turma de Ciência Política do 12.º ano da Escola Secundária Maria Lamas realizou um inquérito dirigido a todos os alunos da escola. Esse inquérito permitiu elaborar um estudo que com o título A Relação dos Jovens com a Política e a Democracia Liberal – um estudo do universo estudantil da Escola Secundário Maria Lamas.
(ler mais...)


Tufeiras Futebol Clube comemora 67 anos »  2024-05-22 

 Fundado em 1957 e na actualidade um pretexto para o reencontro de velhos amigos, o Tufeiras Futebol Clube comemora este ano mais uma aniversário, o 67.º, com um programa semelhante aos dos anos anteriores.

A data está estabelecida: 8 de Junho, com concentração junto à Adega Real, pelas 11 horas, seguindo-se a romagem ao cemitério para colocação do ramo de flores e fita alusiva ao acto.
(ler mais...)


Dia da Espiga: Bloco fala em "atitude intimidatória da Renova" »  2024-05-15 

Até agora, o Bloco de Esquerda foi a única força política concelhia a comentar os acontecimentos do Dia da Espiga. Em comunicado, o BE recorda que “pouco antes de completar um ano da queixa apresentada pela empresa Renova contra 12cidadãos” e de o Ministério Público ter arquivado esse processo, “falhou esta tentativa de intimidação para que se desista de visitar e desfrutar da nascente do Almonda, um bem público de todas e todos”.
(ler mais...)


Dia da espiga: Renova mandou GNR identificar cidadãos que foram à nascente »  2024-05-09 

Respondendo a uma sugestão do grupo ambientalista Um Colectivo, de Torres Novas, algumas dezenas de pessoas foram passando, ontem, quinta-feira, pela nascente do rio Almonda, no Moinho da Fonte, onde activistas e amigos daquele movimento estavam desde a manhã em piquenique do tradicional Dia da Espiga.
(ler mais...)


Manuel Jorge Carvalho Júnior, presidente da UF Brogueira, Parceiros e Alcorochel: “Conheci pessoas em todos os lugares, que me ajudaram a desenvolver o que era preciso nas suas aldeias” »  2024-05-05 

Manuel Jorge Carvalho Júnior é um dos seis autarcas das freguesias do concelho que vai concluir os 12 anos de mandatos possíveis por lei. Foi o primeiro presidente de uma união que juntou três freguesias independentes há séculos e garante que ultrapassou bem as dificuldades iniciais desse cenário novo.
(ler mais...)


Torres Novas: “Comemorações Populares” do 25 de Abril »  2024-04-22 

Em simultâneo com as comemorações levadas a efeito pelo município, realizam-se também no concelho outras iniciativas: no dia 23 há um debate sobre mediação cultural no Museu Agrícola de Riachos, às 11 horas, às 19 uma sessão musical no auditório da biblioteca de Torres Novas, com a participação do coro de Alcorriol e da Banda Operária, no dia 25 de Abril um almoço comemorativo no Hotel dos Cavaleiros, uma arruada com desfile popular da praça 5 de Outubro para o Parque da Liberdade, às 15H0 e pelas 17H, no largo da Igreja Velha, em Riachos, uma sessão musical promovida pelo Paralelo 39.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2024-06-13  Escola Artur Gonçalves deu uma lição de Abril: simplesmente fabuloso!
»  2024-06-11  Perigo continua à espreita: dois mortos em atropelamentos nas passadeiras da cidade nos últimos meses
»  2024-05-22  Tufeiras Futebol Clube comemora 67 anos
»  2024-06-14  TORRES NOVAS ACOLHE CONFERÊNCIA “INOVAÇÃO, INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL & PESSOAS”
»  2024-06-11  Na Maria Lamas, alunos estudam relação dos jovens com a política e a democracia