• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Quarta, 18 de Julho de 2018
Pesquisar...
Sáb.
 30° / 16°
Céu limpo
Sex.
 27° / 17°
Períodos nublados
Qui.
 26° / 16°
Céu nublado
Torres Novas
Hoje  26° / 16°
Céu nublado
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Bons Sons: Salvador Sobral, Sara Tavares e Linda Martini no programa

Sociedade  »  2018-05-03 

Dead Combo e Zeca Medeiros são outros nomes do cartaz

Salvador Sobral, Sara Tavares e Lina Martini, mas tambem Dead Combo e Zeca Medeiros, integram o cartaz do festival Bons Sons, que em agosto transforma a aldeia de Cem Soldos, com um recinto renovado com novos palcos e pagamentos com pulseira, anunciou a organização no dia 27.

Quatro dias de música, exposições, feiras culturais e ciclos de cinema marcam o programa do festival que, de 9 a 12 de agosto, converte toda a aldeia de Cem Soldos, em Tomar, no recinto do evento, que “nesta edição vive o ano da mudança”, como disse Luís Ferreira, da organização do Bons Sons.

O festival apresentado há dias à comunicação social surge com novidades no recinto e na forma como os participantes que vão rumar à aldeia serão recebidos nos oito palcos por onde passarão cerca de meia centena de concertos de música portuguesa.

Salvador Sobral, Selma Uamusse, Mazgani, Sara Tavares, Sean Riley & The Slowriders, Cais Sodré Funk Connection, Dead Combo, Lena D’Água e Primeira Dama com Banda Xita são as propostas reveladas para o palco Lopes Graça, no largo da aldeia.

No festival, que se assume como “um amor de verão”, este ano mudam de nome o Palco Eira e o Palco ao Sol. A primeira passa para um “terreno mais intimista” e a denominar-se palco Zeca Afonso, para receber nomes como The Lemon Lovers, Slow J, 10.000 Russos, Mirror People, Zeca Medeiros, Paus, Peltzer e Linda Martini.

O segundo passa a chamar-se Amália, homenageando a mais emblemática fadista portuguesa e passando a receber concertos também à noite. Nesta edição atuam naquele espaço Norberto Lobo, João Afonso, Miguel Calhaz, Ela Vaz, Motion Trio, Moonshiners, Fado Violado e o espetáculo “Tia Graça – Toda a gente devia ter uma”.

No palco Giacometti, a relação de intimidade com o público celebra-se nesta edição com Lince, Jerónimo, S. Pedro, Tomara, O Gajo, Quartoquarto, Monday e Luis Severo.
Palankalama, Patrícia Costa e Meta são as propostas para o palco Música Portuguesa a Gostar dela Própria, espaço onde cabem ainda as atuações de Vozes de Manhouce, Homem em Catarse, Artesãos da Música, Orquestra de Foles e Douradas Espigas.

Noite dentro a música vive-se em Cem Soldos no palco Aguardela, com DJ como António Bastos, Conan Osiris, Colorau Som Sistema e Xinobi.
O auditório da aldeia muda também este ano de nome, adotando a denominação Agostinho da Silva, “um exemplo na forma como [se trabalha] em Cem Soldos”, afirmou Luis Ferreira, alinhado com “a visão que ele tinha do trabalho cultural nas comunidades”. Por ali passarão performances de dança e “Curtas em flagrante”, um festival de curtas-metragens oriundas de Países de Língua Oficial Portuguesa.

Em “trajetória de crescimento”, mas sempre com a tónica de “um crescimento sustentado”, o Bons Sons renova este ano “o casamento da aldeia com o festival”, inteiramente organizado e montado pelos seus habitantes, com novidades como o pagamento sem dinheiro.
“Por sermos nós, aldeia, a receber e a servir, queremos evitar alguns processos mais burocráticos e facilitar a vida a quem nos visita, sem preocupações com dinheiro nem filas para pagamentos”, afirmou o responsável pelo festival onde, a partir deste ano, os pagamentos são feitos “através de carregamentos de dinheiro nas pulseiras, nas bilheteiras ou nos bancos do festival”.

O evento reforça também iniciativas para reduzir a pegada ecológica do festival, com “mais casas de banho secas nos campismos” ou as canecas reutilizáveis, “o ano passado muito bem recebidas por todos e que tiveram impactos visíveis no espaço onde quase não havia resíduos no chão”.
O objetivo é que “o festival pese [em termos ambientais] cada vez menos na aldeia e na região”, meta expressa também num reforço das atividades paralelas cujo programa está ainda a ser fechado.

O Bons Sons é organizado pelo Sport Club Operário de Cem Soldos desde 2006 e manteve-se bienal até 2014, passando a realizar-se anualmente e tendo recebido, em oito edições, 278 concertos e 238.500 visitantes.

Todos os anos, no segundo fim de semana de agosto, a aldeia de 600 habitantes é fechada e o seu perímetro delimita o recinto do festival onde a população recebe e serve os festivaleiros, transformando garagens em salas de espetáculos, pomares em parques de estacionamento, jardins em restaurantes a céu aberto e abrindo as casas a concertos espontâneos. O festival tem como meta o desenvolvimento local e integra-se num conjunto de atividades culturais, cujos lucros revertem para projetos culturais e sociais.

Os ingressos para o festival podem ser adquiridos até julho ao preço de 40 euros pelo passe de quatro dias (com campismo incluído) e de 20 euros pelo bilhete diário. Em agosto os valores aumentam, para 45 e 25 euros, respetivamente.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Concelho tem mais uma "centenária": Amália Moita, de Alcorochel »  2018-07-17 

Desde hoje, dia 18 de Julho, Torres Novas tem mais uma mulher a atingir a idade de 100 anos: trata-se de Amália Moita, natural de Alcorochel, aldeia onde sempre viveu, apesar de nas últimas décadas passar temporadas também em Torres Novas, em casa de uma das filhas.
(ler mais...)


Escola Maria Lamas: concurso público para primeira fase da obra já divulgado »  2018-07-16 

O anúncio do concurso público da primeira etapa das obras de recuperação da escola secundária Maria Lamas, em Torres Novas, foi publicado em Diário da República do dia 12 de Julho.

O projecto prevê uma intervenção nos balneários e da zona de cozinha e refeitório, no piso 0 do edifício do ginásio, bem como a adaptação dos edifícios às normas legais, nomeadamente nos mecanismos de protecção contra incêndios, bem como as componentes térmica, redes eléctrica, de gás e de água e saneamento.
(ler mais...)


Ribeira da Boa de Água: o perfume especial para as noites de verão »  2018-07-14 

Tudo com dantes na Ribeira da Boa Água, afluente do rio Almonda: a poluição que suscitou, durante todo ano de 2017, muitas lutas e milhares de discursos oficiais, voltou em força, impune, ofensiva, sem vergonha.
(ler mais...)


Riachos: GNR apanhou sete a “gamar” gasóleo »  2018-07-07 

Sete pessoas, uma das quais uma jovem de 15 anos, foram surpreendidas por militares da GNR depois de terem enchido nove jerricans com 180 litros de gasóleo, no parque de estacionamento de uma empresa de transportes, localizada na Zona Industrial de Riachos.
(ler mais...)


Morreu Valerie Picton Santos »  2018-07-06 

Morreu Valerie Picton Santos, proprietária do Centro de Línguas Britannia House de Torres Novas, conhecido estabelecimento de ensino da cidade. Valerie Picton, que tinha 72 anos, começou a trabalhar no ensino há décadas, ainda no antigo Centro de Línguas de Torres Novas, acabando por fundar, mais tarde, a sua própria escola.
(ler mais...)


A23: valor das portagens pode baixar mas apenas para camiões e veículos de mercadorias »  2018-07-03 

O valor das portagens na A23 pode vir a ser reduzido mas apenas para veículos pesados e de mercadorias, anunciou recentemente João Paulo Catarino, Presidente da Unidade de Missão de Valorização do Interior, um dos intervenientes do debate sobre "Os desafios da interioridade", que decorreu em Abrantes durante uma feira empresarial.
(ler mais...)


Triatlo: Ricardo Batista, “bronze” na Holanda »  2018-07-02 

Ricardo Batista conquistou a medalha de bronze na TAÇA DA EUROPA DE TRIATLO realizada na cidade de Holten, na Holanda, no sábado, 30 de Junho, ao serviço da selecção nacional de Triatlo em juniores. “Mais um resultado brilhante para o TRIATLO DO CLUBE DE NATAÇÃO DE TORRES NOVAS, e também para o triatlo português”, regista o clube em nota de imprensa.
(ler mais...)


Fausto: o génio vem sábado ao Virgínia »  2018-06-26 

Fausto Bordalo Dias, um dos mais geniais músicos e compositores da música portuguesa das últimas décadas, vem ao Teatro Virgínia no dia 30 de Junho, sábado, para apresentar “Trilogia”, uma espécie de síntese dos três grandes discos que o cantautor produziu sob a temática das viagens marítimas portuguesas e da expansão.
(ler mais...)


Saída de campo do “Projeto Rios” da ADPTN constata: Rio Almonda mantém níveis de poluição, apesar das chuvadas de Maio »  2018-06-25 

“Foi com alguma surpresa que o grupo da Associação de Defesa do Património do Projeto Rios se confrontou com os resultados da saída de campo realizada no passado sábado, dia 16 de Junho”, começa por avançar uma nota da associação.
(ler mais...)


Riachos: As Aventuras de Tartan »  2018-06-23 

O que a princípio pareceu um roubo, afinal, não passou de um mal-entendido. No primeiro fim-de-semana de Junho, as pistas de tartan que estavam instaladas junto ao pavilhão gimnodesportivo, em Riachos, foram carregadas para Torres Novas por pessoas alegadamente ligadas à União Desportiva e Recreativa da Zona Alta.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2018-07-17  Concelho tem mais uma "centenária": Amália Moita, de Alcorochel
»  2018-07-14  Ribeira da Boa de Água: o perfume especial para as noites de verão
»  2018-07-16  Escola Maria Lamas: concurso público para primeira fase da obra já divulgado