• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Domingo, 23 de Setembro de 2018
Pesquisar...
Qua.
 34° / 18°
Períodos nublados
Ter.
 36° / 20°
Céu limpo
Seg.
 38° / 18°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  35° / 18°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Bons Sons: Salvador Sobral, Sara Tavares e Linda Martini no programa

Sociedade  »  2018-05-03 

Dead Combo e Zeca Medeiros são outros nomes do cartaz

Salvador Sobral, Sara Tavares e Lina Martini, mas tambem Dead Combo e Zeca Medeiros, integram o cartaz do festival Bons Sons, que em agosto transforma a aldeia de Cem Soldos, com um recinto renovado com novos palcos e pagamentos com pulseira, anunciou a organização no dia 27.

Quatro dias de música, exposições, feiras culturais e ciclos de cinema marcam o programa do festival que, de 9 a 12 de agosto, converte toda a aldeia de Cem Soldos, em Tomar, no recinto do evento, que “nesta edição vive o ano da mudança”, como disse Luís Ferreira, da organização do Bons Sons.

O festival apresentado há dias à comunicação social surge com novidades no recinto e na forma como os participantes que vão rumar à aldeia serão recebidos nos oito palcos por onde passarão cerca de meia centena de concertos de música portuguesa.

Salvador Sobral, Selma Uamusse, Mazgani, Sara Tavares, Sean Riley & The Slowriders, Cais Sodré Funk Connection, Dead Combo, Lena D’Água e Primeira Dama com Banda Xita são as propostas reveladas para o palco Lopes Graça, no largo da aldeia.

No festival, que se assume como “um amor de verão”, este ano mudam de nome o Palco Eira e o Palco ao Sol. A primeira passa para um “terreno mais intimista” e a denominar-se palco Zeca Afonso, para receber nomes como The Lemon Lovers, Slow J, 10.000 Russos, Mirror People, Zeca Medeiros, Paus, Peltzer e Linda Martini.

O segundo passa a chamar-se Amália, homenageando a mais emblemática fadista portuguesa e passando a receber concertos também à noite. Nesta edição atuam naquele espaço Norberto Lobo, João Afonso, Miguel Calhaz, Ela Vaz, Motion Trio, Moonshiners, Fado Violado e o espetáculo “Tia Graça – Toda a gente devia ter uma”.

No palco Giacometti, a relação de intimidade com o público celebra-se nesta edição com Lince, Jerónimo, S. Pedro, Tomara, O Gajo, Quartoquarto, Monday e Luis Severo.
Palankalama, Patrícia Costa e Meta são as propostas para o palco Música Portuguesa a Gostar dela Própria, espaço onde cabem ainda as atuações de Vozes de Manhouce, Homem em Catarse, Artesãos da Música, Orquestra de Foles e Douradas Espigas.

Noite dentro a música vive-se em Cem Soldos no palco Aguardela, com DJ como António Bastos, Conan Osiris, Colorau Som Sistema e Xinobi.
O auditório da aldeia muda também este ano de nome, adotando a denominação Agostinho da Silva, “um exemplo na forma como [se trabalha] em Cem Soldos”, afirmou Luis Ferreira, alinhado com “a visão que ele tinha do trabalho cultural nas comunidades”. Por ali passarão performances de dança e “Curtas em flagrante”, um festival de curtas-metragens oriundas de Países de Língua Oficial Portuguesa.

Em “trajetória de crescimento”, mas sempre com a tónica de “um crescimento sustentado”, o Bons Sons renova este ano “o casamento da aldeia com o festival”, inteiramente organizado e montado pelos seus habitantes, com novidades como o pagamento sem dinheiro.
“Por sermos nós, aldeia, a receber e a servir, queremos evitar alguns processos mais burocráticos e facilitar a vida a quem nos visita, sem preocupações com dinheiro nem filas para pagamentos”, afirmou o responsável pelo festival onde, a partir deste ano, os pagamentos são feitos “através de carregamentos de dinheiro nas pulseiras, nas bilheteiras ou nos bancos do festival”.

O evento reforça também iniciativas para reduzir a pegada ecológica do festival, com “mais casas de banho secas nos campismos” ou as canecas reutilizáveis, “o ano passado muito bem recebidas por todos e que tiveram impactos visíveis no espaço onde quase não havia resíduos no chão”.
O objetivo é que “o festival pese [em termos ambientais] cada vez menos na aldeia e na região”, meta expressa também num reforço das atividades paralelas cujo programa está ainda a ser fechado.

O Bons Sons é organizado pelo Sport Club Operário de Cem Soldos desde 2006 e manteve-se bienal até 2014, passando a realizar-se anualmente e tendo recebido, em oito edições, 278 concertos e 238.500 visitantes.

Todos os anos, no segundo fim de semana de agosto, a aldeia de 600 habitantes é fechada e o seu perímetro delimita o recinto do festival onde a população recebe e serve os festivaleiros, transformando garagens em salas de espetáculos, pomares em parques de estacionamento, jardins em restaurantes a céu aberto e abrindo as casas a concertos espontâneos. O festival tem como meta o desenvolvimento local e integra-se num conjunto de atividades culturais, cujos lucros revertem para projetos culturais e sociais.

Os ingressos para o festival podem ser adquiridos até julho ao preço de 40 euros pelo passe de quatro dias (com campismo incluído) e de 20 euros pelo bilhete diário. Em agosto os valores aumentam, para 45 e 25 euros, respetivamente.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Torres Novas homenageou Hugo Santos, o “alquimista dos sentidos” »  2018-09-22 

Hugo Santos, hospitalizado devido a um agravamento passageiro, espera-se, do seu estado de saúde, não pôde estar presente na homenagem que lhe foi promovida hoje, dia 22, no auditório municipal, perante muitas dezenas de amigos e admiradores.
(ler mais...)


ASAE mandou fechar “quiosque da Mónica” »  2018-09-21 

Uma brigada da ASAE, formada por cinco pessoas, irrompeu ao princípio da tarde de hoje, sexta-feira, pelo quiosque da Mónica, situado no largo dom Diogo de Almeida, em Torres Novas, e vasculhou o pequeno estabelecimento de cima a baixo no sentido de encontrar “desconformidades” de funcionamento.
(ler mais...)


PS chumba cadernos gratuitos para alunos do concelho, diz Bloco »  2018-09-13 

O Bloco de Esquerda voltou a propor, na Câmara Municipal, o alargamento da gratuitidade aos cadernos de actividades para os alunos e alunas do 1 e 2.º ciclo do ensino básico. “O PS votou contra chumbando esta medida e relegando o nosso município para uma posição imobilista face ao crescente número de autarquias que aprova medidas no sentido da gratuitidade da educação, na sua maioria geridas pelo PS”, diz o Bloco de Esquerda em comunicado.
(ler mais...)


Feira dos Frutos Secos: novidades com muitos espectáculos na praça dos Claras »  2018-09-12 

A 33.ª Feira Nacional dos Frutos Secos vai ter lugar de 28 de Setembro a 7 de Outubro, este ano na Praça 5 de Outubro e, novidade, na Praça dos Claras, onde decorrem os espectáculos, num cartaz de fazer inveja a muitos festivais de música tradicional.
(ler mais...)


João Quaresma questiona gestão do PS »  2018-09-11 

“É do nosso conhecimento que a Câmara tem levado a efeito algumas limpezas junto do leito do Rio Almonda. Foi o caso da intervenção junto do condominio Beira Rio e, recentemente, na Avenida João Martins de Azevedo, junto à ponte.
(ler mais...)


Torres Novas: município mantém programa de bolsas para alunos do “superior” »  2018-09-11 

A câmara municipal de Torres Novas anunciou a abertura do prazo e candidaturas com vista às bolsas de estudo para alunos do ensino superior, iniciativa que se destina exclusivamente a residentes no concelho de Torres Novas e que visa “favorecer a igualdade de oportunidades no acesso ao prosseguimento de estudos”.
(ler mais...)


Taça de Portugal: Torres Novas e Fátima repescados »  2018-09-11 

O CD Torres Novas e CD Fátima afinal vão continuar na Taça de Portugal. Os dois emblemas ribatejanos foram duas das 20  equipas repescadas pela Federação Portuguesa de Futebol e no dia 30 de Setembro jogam a segunda eliminatória da prova.
(ler mais...)


Torres Novas: apanhados a roubar no Continente »  2018-09-10 

Três indivíduos foram surpreendidos, no passado sábado, quando se preparavam para transportar uma quantidade de artigos de supermercado avaliados em mais de 1000 euros, sem pagar. O episódio aconteceu no passado dia 8 de Setembro, ao final da manhã.
(ler mais...)


Entrevista: “A exigência do público da televisão portuguesa ao nível da caracterização não é alta” »  2018-09-03 

Andreia Ferreira, de 26 anos, é natural de Torres Novas. Especializou-se em caracterização, na Makeup School, e ambiciona, no futuro, aparecer na ficha técnica de grandes produções de Hollywood. A caracterização de Brad Pitt em “O Estranho Caso de Benjamin Buttom” e a da criatura de “The shape of water”, são dois trabalhos que elege como do outro mundo e que não se importava nada de ter participado.
(ler mais...)


Covão do Feto: festas são já no próximo fim-de-semana »  2018-09-02 

As tradicionais e conhecidas festas em honra de Nossa Senhora dos Remédios, aqui bem perto em Covão do Feto, concelho de Alcanena, estão aí: o próximo fim-de-semana de 7, 8 e 9 de Setembro promete ser animado, em festejos cujo ponto alto é a procissão em honra da padroeira, no domingo, pelas quatro horas da tarde.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2018-09-21  ASAE mandou fechar “quiosque da Mónica”
»  2018-09-22  Torres Novas homenageou Hugo Santos, o “alquimista dos sentidos”