• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Terça, 31 Janeiro 2023    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Sex.
 17° / 3°
Céu limpo
Qui.
 16° / 3°
Céu limpo
Qua.
 15° / 1°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  15° / 1°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Intermarché: gerência explica-se em comunicado à imprensa

Sociedade  »  2022-11-20 

Em face das notícias que vêm sendo publicadas por vários órgãos de comunicação social, a gerência do Intermarché de Torres Novas fez chegar às redacções um comunicado em modo de "direito de resposta", que publicamos na íntegra, podendo os nossos leitores confrontar o seu conteúdo com o comunicado da Câmara Municipal, a que demos também eco, para que retirem as conclusões que entenderem.

"Comunicado

De modo a clarificar as várias notícias sobre a demolição das chaminés da antiga Empresa António Alves, quer-se deixar claro que foi primeira intenção do promotor da obra proceder à preservação integral das mesmas e que a demolição ocorreu apenas em último recurso.

O perigo de derrocada das chaminés era real e eminente e levou a que a esta acção, urgente e imediata, fosse realizada de forma a garantir a segurança de todos os que operam no local e usufruirão dele no futuro.

Prova disso é que, na fase anterior da obra, toda a plataforma foi preparada com a demolição de todas as edificações ali existentes com excepção, precisamente, das duas chaminés tendo procurado alcançar, até esta data, uma solução válida e sustentável para a preservação destas infraestruturas cujo peso reconhecemos na história da cidade.

No entanto e não o afirmando de ânimo leve, a degradação de todas as infraestruturas da antiga fábrica de lãs, fruto do abandono absoluto de décadas sem qualquer manutenção das estruturas, mais precisamente desde o encerramento da fábrica, fez com que o estado de degradação das infraestruturas aquando da conclusão do licenciamento da obra se verificasse como muito acentuado e, na maior parte das estruturas, irrecuperável.

No que diz respeito às chaminés, em termos de estabilidade, registámos que as mesmas apresentavam uma incorrigível perda da verticalidade (até verificável a olho nu), fendas estruturais ao longo do fuste (no corpo principal da chaminé), danos na coroa, deterioração muito significativa do material que as constitui, assentamento e cedência das bases (fundações) e perda de ligação entre os vários materiais constituintes, situações estas que em conjunto não permitiram uma recuperação viável dos cones.

Tendo o objetivo de preservar as chaminés, mas tendo como principal preocupação a segurança das pessoas, instalámos alvos e testemunhos nas chaminés de forma a monitorizar o seu comportamento e, para garantir a segurança dos trabalhos até à data, tínhamos sido já forçados a criar um perímetro de segurança em redor destas, dado que o desprendimento de materiais era real e acontecia com frequência.

Como resultado dos estudos e pareceres que fizemos e solicitámos verificou-se neste período que os deslocamentos apurados estavam a aumentar em tal ordem que foi unânime a conclusão de que as chaminés não tinham forma de continuar de pé, com o perigo de acidente atual ou futuro e para o qual, respeitando a história, não queremos contribuir de forma negativa.

Os vários técnicos competentes, cujo parecer apresentaremos em sede própria, foram do entendimento que o caminho adequado para garantia da segurança de todas as pessoas, agora e no futuro, passaria pela demolição integral das chaminés porquanto não seria possível conservar as mesmas, fruto do seu assentamento em plataforma aluvionar e do seu irreversível estado de degradação apresentado.

Pretendemos ajudar o Concelho criando postos de trabalho, inovação e bem-estar nos Torrejanos e nunca estar associados a um gesto que desrespeite a história da Comunidade em que estamos inseridos.

Não obstante a inevitabilidade de termos sido obrigados à demolição das chaminés para preservar a segurança das pessoas, garantimos que iremos estudar, em conjunto com o Município e com os Serviços Competentes, uma forma adequada de preservar a memória histórica daquela que também é a nossa Cidade.

A gerência do Intermarché de Torres Novas"

 

 

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Amanhã não há água durante a amanhã em zonas da Bica e Silvã »  2023-01-29 

A empresa AR-ÁGUAS DO RIBATEJO informa que devido a trabalhos no Sistema de Abastecimento de Torres Novas para substituição de ramal, será necessário suspender o abastecimento no dia 30 de janeiro de 2023, segunda-feira, entre as 09h30 e as 11h30, nos seguintes locais: Rua José D´Abreu Lopes, Rua Dr.
(ler mais...)


Comer bom borrego é no Casal da Pena »  2023-01-28 

 É já no dia 5 de Fevereiro que se realiza a III edição do Festival Gastronómico do Borrego, evento que terá lugar a aprtir das 13 horas no pavilhão/salão de festas das aldeias da Pena e Casal da Pena, freguesia da Chancelaria, Torres Novas.
(ler mais...)


Antigo edifício da CGD: “Desgraça anunciada”, diz MPNT, “Confiei no presidente”, confessa Tiago Ferreira »  2023-01-21 

Depois da tomada de posição do Bloco de Esquerda, é a vez do Movimento Pela Nossa Terra (MPNT), de António Rodrigues, vir à liça na questão da cedência gratuita do edifício da antiga Caixa Geral de Depósitos a uma empresa recente, sem histórico na actividade médica a que se propõe e sem capita social compatível, no imediato, para o empreendimento anunciado.
(ler mais...)


Bloco sobre abate de árvores na Silvã: “Surpresa, estupefação e indignação” »  2023-01-20 

“Foi com surpresa, estupefação e indignação que o Bloco de Esquerda de Torres Novas teve conhecimento do abate de árvores no âmbito da “empreitada de mobilidade urbana sustentável” a decorrer na rua Luís de Camões, na Silvã, na cidade de Torres Novas”, diz o BE em comunicado, adiantando que de imediato dirigiu uma mensagem ao presidente da Câmara Municipal no sentido de a obra parar e serem pensadas alternativas, mas infelizmente a resposta foi negativa e o abate continua, sublinham os bloquistas.
(ler mais...)


Bloco e o antigo edifício da CGD, versão Pimenta Machado: ontem era Startup de Torres Novas, hoje é para ceder grátis a privados »  2023-01-17 

A Câmara Municipal de Torres Novas adquiriu, em 2020, o antigo edifício da CGD por 200.000 euros com o objectivo de aí instalar a StartUp de Torres Novas, dando vida ao centro histórico da cidade e assumindo-se como espaço privilegiado de criação de modelos de negócios, de licenciamento e criação de empresas.
(ler mais...)


Sexta d´Ideias debate sexualidades »  2023-01-11 

O Bloco de Esquerda de Torres Novas regressa aos debates Sexta d´Ideias. O ano abre com o tema "Sexualidades e Identidades", sexta, nos antigos paços do concelho, às 21 horas. Gonçalo Cavalheiro, Jessica Vassalo e Júlia Pereira, com moderação de Ana Alves.
(ler mais...)


PUB - CONVOCATÓRIA CLUBE DE CAMPISMO TORREJANO »  2023-01-09 

CLUBE DE CAMPISMO TORREJANO

ASSEMBLEIA GERAL
CONVOCATÓRIA

De acordo com os estatutos em vigor, convocam-se todos os associados do Clube de Campismo Torrejano para uma Assembleia Geral ordinária, a realizar no próximo dia 19 de Janeiro de 2023, pelas 19.
(ler mais...)


Associação do Património debate património industrial »  2023-01-05 

 “Debates e Práticas sobre Património Industrial” é o tema do próximo Encontro do Solstício, o espaço de reflexão e discussão que a Associação de Defesa do Património de Torres Novas promove duas vezes por ano, e que se realiza no próximo sábado, dia 7 de Janeiro, pelas 21H30, na sua sede do Largo do Paço.
(ler mais...)


Natal alegre na rua da Levada »  2022-12-23 

Tem sido uma semana de animação e alegria, aquela que é proporcionada por alguns comerciantes da rua da Levada no sentido chamar quem passa a dar atenção ao comércio tradicional.

Um Pai Natal e alguns músicos assentaram por estes dias frente à loja da Fótica, dando um pequeno toque de alegria à rua e encantando miúdos e graúdos.
(ler mais...)


Um pão nosso todos os dias »  2022-12-16 

Anuncia que diariamente tem ao dispor dos clientes pão de trigo, pão de rama (centeio, cevada, trigo), chapatas pequenas, bolinhas de passas, focaccia, pão com chouriço, pão com chouriço vegetariano, barras de sésamo, rolos de canela.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 30 dias)
»  2023-01-17  Bloco e o antigo edifício da CGD, versão Pimenta Machado: ontem era Startup de Torres Novas, hoje é para ceder grátis a privados
»  2023-01-21  Antigo edifício da CGD: “Desgraça anunciada”, diz MPNT, “Confiei no presidente”, confessa Tiago Ferreira
»  2023-01-05  Associação do Património debate património industrial
»  2023-01-28  Comer bom borrego é no Casal da Pena
»  2023-01-09  PUB - CONVOCATÓRIA CLUBE DE CAMPISMO TORREJANO