• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Segunda, 23 de Outubro de 2017
Pesquisar...
Qui.
 28° / 12°
Claro
Qua.
 27° / 12°
Claro
Ter.
 26° / 12°
Claro
Torres Novas
Hoje  25° / 11°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Obras da empresa Componatura são um “abuso”, diz o BE

Sociedade  »  2017-08-07 

Empresa diz que obra não tem o resultado desastroso de que se falou

Em causa está um acesso construído pela empresa Componatura pelo lado da estrada da Sapeira, entre Torres Novas e Meia Via. A referida empresa de compostagem de resíduos biodegradáveis colocou alcatrão numa das entradas. Para minimizar o declive entre a estrada e a propriedade, separadas por uma valeta de escoamento de águas pluviais, foi colocado alcatrão numa extensão entre três a cinco metros.

Helena Pinto, vereadora do Bloco de Esquerda na câmara municipal de Torres Novas, questionou a oportunidade e a legalidade desta obra que prejudica a função da valeta: o escoamento das águas.

“A via que foi aberta para esta empresa pura e simplesmente fez desaparecer a valeta da estrada, que é assim abruptamente interrompida. O que acontecerá às águas? Vai correr para o meio da estrada, assim como as águas que vierem do lado da empresa. É inadmissível esta situação”, disse na reunião da câmara do dia 1 de Agosto.

Helena Pinto perguntou se a obra respeitou o projecto e se houve fiscalização da parte dos serviços da câmara municipal. “Espero que se actue de imediato para a reposição da valeta e para a construção de um sistema que encaminhe as águas vindas da empresa, o mais rápido possível, ou ficaremos novamente perante um facto consumado que permanecerá devido à inércia da câmara municipal”, vaticinou.

Segundo disse esta empresa já foi alvo de inspecções ambientais “onde foram detectadas irregularidades” bem como já foram realziadas inspecções por parte da autarquia, as quais deram origem a um embargo.

Empresa nega impacto desastroso “de que se falou”
Em resposta a um pedido de esclarecimento pedido pelo JORNAL TORREJANO, um responsável pela empresa sulinhou que a obra em questão não se encontra concluída e nega que a intervenção realizada tenha o resultado “desastroso” de que se falou na reunião de câmara.

“Tecnicamente estamos a falar de 3 a 5 metros de valeta que não vai conseguir escoar na totalidade, irá escoar cerca de 99,9% do caudal que lá chegar”.
Segundo refere Luís Júnior, todo o acesso em betuminoso foi realizado com desnível suficiente para escoar a água “criando apenas duas acumulações de água mínimas” nesses 3 a 5 metros.

Por outro lado, acrescenta, a valeta pré-existente estava danificada e não tinha condições construtivas para circulação de pesados. “Teria de ser sempre destruída” diz, referindo que se está a pensar na melhor solução.

“Todas as obras estão devidamente licenciadas e temos tido um contacto próximo com todas as entidades competentes”.

O responsável acrescentou que o impacto desta obra no processo da Componatura trará grandes vantagens logísticas para empresa sendo uma delas o fim dos rastos sujos de pesados “pois permitirá passar de uma estrada em terra batida que é a actualmente utilizada para uma com condições de limpeza garantidas”.

“Outra vantagem é a redução do perigo rodoviário. São raros os utilizadores que respeitam os limites de velocidade na estrada da Sapeira. Com o novo acesso a zona de visualização é muito superior ao antigo”, esclareceu, anunciando ainda que será colocada sinalização com avisos para circulação com precaução.

 

 

 Outras notícias - Sociedade


Insólito: alcatrão arrancado ao fim de três semanas na via João Paulo II »  2017-10-22 

Sem qualquer explicação, em mais de metade do troço do pavimento novo, sentido sul/norte, da via João Paulo II, em Torres Novas, o asfalto foi decapado e isto passados escassos vinte dias da conclusão do referido troço.
(ler mais...)


Torres Novas: caminhada “pela igualdade” »  2017-10-20 

O município de Torres Novas assinala o Dia Municipal para a Igualdade convidando todas as pessoas a participar numa “Caminhada Pela Igualdade” no próximo dia 24 de Outubro (terça-feira), com início pelas 10 horas, no jardim das rosas.
(ler mais...)


Alcanena: caminhada no domingo, dia 22 de Outubro »  2017-10-20 

O programa das caminhadas pelo concelho de Alcanena continua este domingo, 22 de Outubro, em Bugalhos, estando a concentração marcada para as 9 horas, no Largo da Igreja. Esta é uma iniciativa do município, em parceria com a junta de freguesia de Bugalhos, associada à comemoração do Dia Municipal para a Igualdade.
(ler mais...)


Torres Novas: Intermarché ofereceu EPIs aos bombeiros voluntários »  2017-10-20 

O Grupo Os Mosqueteiros, que detém o Intermarché, Bricomarché e Roady, entregaram 1000 equipamentos de protecção individual (EPI) de combate a incêndios florestais a corporações de bombeiros de norte a sul do país, tendo a de Torres Novas sido uma das contempladas, com cinco EPI`s, que foram entregues no dia 19 de Outubro.
(ler mais...)


Torres Novas: CLDS alarga serviços de apoio social »  2017-10-20 

A organização CLDS – Contratos Locais de Desenvolvimento Social -, de Torres Novas, da qual o CRIT é a entidade coordenadora, anunciou a criação de mais dois serviços, um grupo de ajuda mútuo para cuidadores e outro, na área do transporte, a que chamaram “transporte amigo”.
(ler mais...)


Santarém: maior festival nacional de gastronomia já começou »  2017-10-20 

Este vai ser o primeiro de dois fins-de-semana do 37.º Festival Nacional de Gastronomia que decorre até ao dia 29 de Outubro na Casa do Campino, em Santarém. O tema deste ano é “O Pão de Cada Dia”, existindo uma padaria, instalada pela Associação do Comércio e da Indústria da Panificação (ACIP) e dinamizada por Paulo Chagas, a confeccionar, diariamente, em várias fornadas, o pão do dia e a promover ‘workshops’ e acções de formação.
(ler mais...)


Maria Salomé Rafael reeleita presidente da direção da NERSANT »  2017-10-18 

A assembleia geral da NERSANT realizou-se hoje, 18 de outubro, elegendo os corpos sociais da Associação Empresarial da Região de Santarém para o triénio 2017-2019. Maria Salomé Rafael mantém-se na liderança da associação, avançando assim para um novo mandato de três anos na direção da estrutura associativa.
(ler mais...)


Torres Novas: distribuídos pelouros e nomeados os cargos políticos do novo executivo municipal »  2017-10-18 

Na reunião da câmara de hoje, dia 16, a primeira do mandato, procedeu-se à distribuição de pelouros pelos vereadores e à nomeação de cargos políticos. O presidente, Pedro Ferreira, nomeou seu chefe de gabinete Manuel Vicente, técnico superior da autarquia da área dos serviços jurídicos, e Sónia Sousa, ex-vereadora em substituição de Paulo Tojo, como adjunta do presidente da câmara.
(ler mais...)


Nersant: encontro internacional de negócios junta 37 países »  2017-10-16 

O Nersant Business - encontro internacional de negócios do Ribatejo -, vai decorrer pelo sexto ano consecutivo na região, sendo a cidade de Tomar o epicentro deste evento que junta seis dezenas de empresários de 37 nacionalidades.
(ler mais...)


Morreu Martinho “Ginete”, um dos fundadores do rancho folclórico de Riachos »  2017-10-16 

Faleceu, esta manhã, Martinho Serra de Oliveira (Martinho Ginete), um dos fundadores do rancho folclórico de Riachos, aos 93 anos. Nos anos 1957/58, juntamente com Joaquim Santana, ajudou a fundar aquele rancho que hoje ainda mantém a actividade, tendo ocupado o cargo de flautista.
(ler mais...)

 Mais lidas - Sociedade (últimos 10 dias)
»  2017-10-22  Insólito: alcatrão arrancado ao fim de três semanas na via João Paulo II
»  2017-10-16  Morreu Martinho “Ginete”, um dos fundadores do rancho folclórico de Riachos
»  2017-10-18  Torres Novas: distribuídos pelouros e nomeados os cargos políticos do novo executivo municipal