• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Sexta, 20 de Outubro de 2017
Pesquisar...
Seg.
 25° / 11°
Períodos nublados
Dom.
 22° / 10°
Períodos nublados
Sáb.
 21° / 12°
Céu nublado
Torres Novas
Hoje  23° / 17°
Céu nublado com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Peculiaridades Torrejanas

Opinião  »  2017-09-20  »  Jorge Cordeiro Simões

"Estamos de volta ao passado regredindo 30 anos com o problema dos cheiros"

 

Em tempo de balanço e escolha das melhores soluções para o Governo da nossa autarquia, quero deixar aos futuros edis que vierem a ser eleitos para os diversos cargos, contributos que julgo deverem ser tidos em conta para o seu bom desempenho:
- Que consiga recordar, das cidades portuguesas (e mesmo de algumas vilas) que conheço, Torres Novas é a única que não dispõe de qualquer troço de ciclovia ou ecopista, embora tenha nas redondezas zonas belíssimas onde as mesmas podem ser executadas. Sou dos que por experiência própria, sei do que falo e do bem que faz à saúde e ao ambiente a opção pela bicicleta, mesmo que por falta de condições, ande a correr riscos excessivos e a atrapalhar o trânsito de veículos e de peões.
- Creio ser também a única cidade onde o estacionamento nas zonas nobres do seu centro é gratuito, o que é em meu entender mais um contributo para a ruína do comércio tradicional. Recordo que o espaço público pertence a todos e não apenas aos donos dos automóveis que gratuitamente o ocupam durante todo o dia.
- Afora as obras de “encher o olho dos eleitores” ou seja o Mercado do Peixe e Monstro Branco/Praça Claras, o centro da cidade no que se refere ao melhoramento das condições de vida/habitabilidade, foi deixado ao abandono. Ter-se-á gasto cerca de um milhão de € para fazer o “Monstro Branco” que não melhorou a atractividade para residência. Agora e apesar de parecerem haver milhões para “torrar” em mais projectos aberrantes ao abrigo do PEDU, não se dispõe duns poucos milhares de € para reparar os pavimentos, por exemplo da rua Direita de S. Pedro que, sendo adjacente àquele espaço, tem desde longa data o piso em péssimas condições. E recordo que com muito menos gastos e custos de manutenção, se podia ter ali hoje uma aprazível e solarenga praça, com muito mais serventia para os poucos que como eu, insistem em residir nesta zona da cidade. Cuidado pois com os projectos estapafúrdios, por norma dispendiosos e de manutenção onerosa.
- Depois de nos anos 80 do século passado se ter conseguido encontrar solução para graves problemas de poluição e maus cheiros que então por vezes invadiam a cidade, estamos de volta ao passado regredindo 30 anos com o problema dos cheiros, agora insuportavelmente fétidos da Ribeira da Boa Água, sem que se vislumbre solução para o problema. E para além do sofrimento de quem vive nas suas proximidades, bem mais que no passado, Torres Novas passa a ser conhecida também pelo mau cheiro, sentido por quem por aqui passa na A23.
- Na cerimónia pública das comemorações do 25 de Abril, que eu ainda tenho como o dia em que deve ser celebrada a Liberdade, alguns políticos locais de cravo na lapela e competência para censores, atreveram-se a criticar a liberdade dos órgãos de comunicação que teimam em não mostrar a desejada docilidade, perante problemas e situações condenáveis que lhes compete denunciar. Estranhamente, em vez de protestos recolheram aplausos de assistentes igualmente de cravo na lapela, os quais eu admito que enfadados de palavras sem conteúdo, não terão talvez prestado a mínima atenção ao conteúdo dos discursos. Situação a não repetir.
- Dada a futura desocupação do edifício dos actuais Paços do Concelho, convirá desde já trabalhar-se para encontrar ocupação para o referido espaço, de modo a garantir por ali actividade e presença humana.

 

 

 Outras notícias - Opinião


Torres Novas, hoje, é um activo tóxico »  2017-10-17  »  Ana Trincão

Como é que o município pensa atrair investimento para as zonas industriais sem fazer o trabalho de casa primeiro? Vamos imaginar um cenário possível, que não agrada ao dono da Fabrióleo por razões que não vêm aqui ao caso - o da deslocalização da empresa para a zona industrial de Torres Novas: este cenário também não agrada à gestão da nossa câmara municipal e muito menos à empresa Águas do Ribatejo.
(ler mais...)


Assobiar para o lado »  2017-10-17  »  João António

Escrevo-vos sobre um tema que me é caro, o associativismo desportivo, ao qual já dediquei mais de metade da minha vida com grande amor e paixão. Notem que é nas mãos dos clubes e associações desportivas que está o principal motor de desenvolvimento do desporto, um dos sectores mais mediático e em que o país é mais competitivo.
(ler mais...)


Intestino, o nosso segundo cérebro »  2017-10-17  »  Juvenal Silva

É no intestino que se produz um importantíssimo neurotransmissor, a serotonina, a hormona responsável pelo bem estar, otimismo e autoconfiança. O intestino, para além de ajudar a digerir e absorver os alimentos, os seus micróbios, são agora suspeitos de nos angustiar, deprimir ou alegrar.
(ler mais...)


Menino crescido... »  2017-10-17  »  Hélder Dias

Vida normal »  2017-10-16  »  Jorge Carreira Maia

Há alturas em que o jeito de ser português mostra os seus limites. O ano de 2017 é uma dessas alturas. Não chega a nossa cultura do desenrascanço (palavra horrível com que embrulhamos a incompetência na esperteza saloia).
(ler mais...)


Pedro Ferreira »  2017-10-04  »  Jorge Carreira Maia

As eleições torrejanas tinham vários ingredientes que as tornavam muito interessantes. Em primeiro lugar, havia que medir o impacto do corte dramático, ampliado na comunicação social local, de António Rodrigues, o antigo presidente, com o PS, bem como o da avaliação negativa da actuação da câmara veiculada no espaço politizado do concelho.
(ler mais...)


A nutrição é uma força poderosa contra as alergias »  2017-10-03  »  Juvenal Silva

As alergias cada vez mais estão presentes nas nossas vidas e não nos apercebemos que podem desencadear variados tipos de problemas de saúde, por desconhecermos que inúmeros sintomas patológicos poderão estar na sua origem.
(ler mais...)


Milagres precisam-se... »  2017-10-03  »  Hélder Dias

Eleições autárquicas: O que me ocorre dizer »  2017-09-26  »  Jorge Carreira Maia

Consta que vai haver eleições autárquicas no próximo domingo. Eu gostava muito de dizer alguma coisa sobre o assunto, mas, confesso, não me ocorre nada de relevante. Eu sei que são importantes, muito importantes.
(ler mais...)


Agências de rating »  2017-09-21  »  Jorge Carreira Maia

Há uma tendência – à esquerda do PS – para censurar continuamente as agências de rating e o papel que elas têm tido na dívida portuguesa. E como consequência dessa censura dizer-se que as avaliações delas não devem ser tidas em conta, o que interessa é a vida dos portugueses e não a opinião de agências de especuladores.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 10 dias)
»  2017-10-17  »  Ana Trincão Torres Novas, hoje, é um activo tóxico
»  2017-10-17  »  João António Assobiar para o lado
»  2017-10-17  »  Hélder Dias Menino crescido...