• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Quarta, 21 de Fevereiro de 2018
Pesquisar...
Sáb.
 16° / 2°
Céu limpo
Sex.
 16° / 3°
Céu limpo
Qui.
 16° / 3°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  18° / 6°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Peculiaridades Torrejanas

Opinião  »  2017-09-20  »  Jorge Cordeiro Simões

"Estamos de volta ao passado regredindo 30 anos com o problema dos cheiros"

 

Em tempo de balanço e escolha das melhores soluções para o Governo da nossa autarquia, quero deixar aos futuros edis que vierem a ser eleitos para os diversos cargos, contributos que julgo deverem ser tidos em conta para o seu bom desempenho:
- Que consiga recordar, das cidades portuguesas (e mesmo de algumas vilas) que conheço, Torres Novas é a única que não dispõe de qualquer troço de ciclovia ou ecopista, embora tenha nas redondezas zonas belíssimas onde as mesmas podem ser executadas. Sou dos que por experiência própria, sei do que falo e do bem que faz à saúde e ao ambiente a opção pela bicicleta, mesmo que por falta de condições, ande a correr riscos excessivos e a atrapalhar o trânsito de veículos e de peões.
- Creio ser também a única cidade onde o estacionamento nas zonas nobres do seu centro é gratuito, o que é em meu entender mais um contributo para a ruína do comércio tradicional. Recordo que o espaço público pertence a todos e não apenas aos donos dos automóveis que gratuitamente o ocupam durante todo o dia.
- Afora as obras de “encher o olho dos eleitores” ou seja o Mercado do Peixe e Monstro Branco/Praça Claras, o centro da cidade no que se refere ao melhoramento das condições de vida/habitabilidade, foi deixado ao abandono. Ter-se-á gasto cerca de um milhão de € para fazer o “Monstro Branco” que não melhorou a atractividade para residência. Agora e apesar de parecerem haver milhões para “torrar” em mais projectos aberrantes ao abrigo do PEDU, não se dispõe duns poucos milhares de € para reparar os pavimentos, por exemplo da rua Direita de S. Pedro que, sendo adjacente àquele espaço, tem desde longa data o piso em péssimas condições. E recordo que com muito menos gastos e custos de manutenção, se podia ter ali hoje uma aprazível e solarenga praça, com muito mais serventia para os poucos que como eu, insistem em residir nesta zona da cidade. Cuidado pois com os projectos estapafúrdios, por norma dispendiosos e de manutenção onerosa.
- Depois de nos anos 80 do século passado se ter conseguido encontrar solução para graves problemas de poluição e maus cheiros que então por vezes invadiam a cidade, estamos de volta ao passado regredindo 30 anos com o problema dos cheiros, agora insuportavelmente fétidos da Ribeira da Boa Água, sem que se vislumbre solução para o problema. E para além do sofrimento de quem vive nas suas proximidades, bem mais que no passado, Torres Novas passa a ser conhecida também pelo mau cheiro, sentido por quem por aqui passa na A23.
- Na cerimónia pública das comemorações do 25 de Abril, que eu ainda tenho como o dia em que deve ser celebrada a Liberdade, alguns políticos locais de cravo na lapela e competência para censores, atreveram-se a criticar a liberdade dos órgãos de comunicação que teimam em não mostrar a desejada docilidade, perante problemas e situações condenáveis que lhes compete denunciar. Estranhamente, em vez de protestos recolheram aplausos de assistentes igualmente de cravo na lapela, os quais eu admito que enfadados de palavras sem conteúdo, não terão talvez prestado a mínima atenção ao conteúdo dos discursos. Situação a não repetir.
- Dada a futura desocupação do edifício dos actuais Paços do Concelho, convirá desde já trabalhar-se para encontrar ocupação para o referido espaço, de modo a garantir por ali actividade e presença humana.

 

 

 Outras notícias - Opinião


A Igreja, o espírito e o sexo »  2018-02-16  »  Jorge Carreira Maia

A recente declaração do cardeal Clemente sobre abstinência sexual dos católicos recasados e a intensa luta, ao mais alto nível da hierarquia católica, sobre problemas de ordem moral tornam manifesta, mais uma vez, a grande dificuldade que a Igreja Católica enfrenta nas sociedades modernas.
(ler mais...)


A HISTÓRIA DAS TERAPIAS NÃO CONVENCIONAIS »  2018-02-15  »  Juvenal Silva

Quando o ser humano surgiu no planeta, os animais já o habitavam e as plantas já existiam há mais de 400 milhões de anos. As plantas conforme hoje as conhecemos, evoluíram a partir de espécies de algas primitivas.
(ler mais...)


Rankings »  2018-02-15  »  José Ricardo Costa

Até ao 5.º ano do liceu (actual 9.º ano) fui um aluno cujo rendimento andou algures entre o mau e o péssimo. Chumbei alegremente dois anos e devo à simpática benevolência docente não terem sido mais.
(ler mais...)


Gritos mudos »  2018-02-15  »  José Mota Pereira

Cada noite de frio, cada rajada deste vento polar convocam-nos para escutarmos aqueles a quem falta o conforto mínimo do agasalho. Esses são muito mais do que aqueles que se recolhem nos recantos das ruas e recebem nestes dias o aparato mediático com políticos de afecto, oportunidade (ia a escrever oportunista vejam lá) e verbo fácil.
(ler mais...)


A culpa é da árvore? »  2018-02-15  »  Denis Hickel

Ninguém pode ter deixado de reparar que já vamos em Fevereiro e a chuva ainda não foi o suficiente para sairmos da situação de seca e fazer correr os pequenos ribeiros. Ou ainda, que circula nos media que estão 40 milhões de mudas de eucalipto prontas para ir para o solo, seja para recuperar as perdas das áreas ardidas, ou mesmo ampliar a plantação para a indústria da pasta de papel.
(ler mais...)


A efetividade nos postos de trabalho ajuda tudo e todo »  2018-02-15  »  António Gomes

Encontra-se em fase de aplicação o PREVPAP – Programa de Regularização Extraordinário dos Vínculos Precários na Administração Pública.
A lei 112/2017 prevê os procedimentos do processo de regularização dos precários do Estado, onde se incluem os trabalhadores das autarquias locais.
(ler mais...)


Democratizar a mobilidade »  2018-02-15  »  Nuno Curado

Dada a sua dimensão, tenho cada vez mais a opinião de que Torres Novas teria muito a beneficiar com a promoção e melhoria das suas condições de mobilidade suave. Isto é, os meios de deslocação que não envolvem veículos motorizados, seja de bicicleta, a pé ou outro meio não motorizado.
(ler mais...)


"Passeio" pela cidade com o Gustavo »  2018-02-15  »  Anabela Santos

Há convites irrecusáveis…
- Gustavo, vamos à festa de aniversário do LIJ (Lar de Infância e Juventude), na alcaidaria do castelo?
O Gustavo com um sorriso de gozo, olhou para baixo e respondeu:
- Não posso! Ei!!! É o Gustavo.
(ler mais...)


O lado esquerdo da vida »  2018-02-15  »  Margarida Oliveira

É no lado esquerdo do peito que nos bate o coração. É lá o refúgio sagrado da nossa generosidade, abnegação e um profundo amor ao próximo.
Um músculo magnífico, que nos alimenta a razão, também mais assente no lado esquerdo do cérebro, a metade sentimental.
(ler mais...)


Associativismo »  2018-02-15  »  Inês Vidal

Tenho inúmeras vezes vontade de fugir de Torres Novas. Cansa-me o mesmo de sempre, o tudo igual. As mesmas caras, as mesmas políticas, os mesmos políticos, os mesmos problemas, os mesmos passeios, as mesmas vistas, os mesmos limites, e estes sempre tão curtos.
(ler mais...)


 Mais lidas - Opinião (últimos 10 dias)
»  2018-02-16  »  Jorge Carreira Maia A Igreja, o espírito e o sexo
»  2018-02-15  »  Anabela Santos "Passeio" pela cidade com o Gustavo
»  2018-02-15  »  Inês Vidal Associativismo