• SOCIEDADE  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Segunda, 26 de Junho de 2017
Pesquisar...
Qui.
 23° / 12°
Períodos nublados
Qua.
 26° / 14°
Períodos nublados com chuva fraca
Ter.
 29° / 15°
Períodos nublados
Torres Novas
Hoje  30° / 12°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

A histeria das eleições

Opinião  »  2017-06-07  »  Roberto Barata

"Só numa histeria própria de uma equipa à deriva se teria a ideia de transfigurar a zona do Nogueiral"

Tem-se assistido, nos últimos meses, a uma cavalgada desgovernada de apresentação de projetos, anteprojetos, inaugurações e concursos. As eleições estão ao virar da esquina e, mais do que nunca, o executivo está em pânico para mostrar obra feita. Apesar de estarmos habituados a estes devaneios e idiossincrasias em época de eleições, nem tudo se perdoa. Chega-se ao cúmulo de reivindicar a construção do Hospital Rainha Santa Isabel como obra do PS.
A pressa e falta de rigor com que se tem forçado o avanço do PEDU são gritantes. A opinião pública foi escutada à força. Nada que impedisse o executivo de reclamar, para si, a ideia de ouvir os habitantes do concelho sobre obras que vão transfigurar a paisagem da zona urbana. Aguarda-se, pacientemente, para se conhecerem os resultados dessa consulta pública e, acima de tudo, o que vão fazer com os contributos dos munícipes.
Há 9 anos, visitei pela primeira vez a cidade de Torres Novas e apaixonei-me. A forma de estar dos torrejanos contrastava, de forma gritante, com os meus antigos hábitos de sintrense. Deixei-me levar pelo romantismo do Jardim das Rosas, pela história do castelo, pela força do Almonda e pela simpatia e simplicidade das pessoas. No entanto, chocava-me a degradação das casas no centro histórico, a falta de manutenção nas zonas circundantes do castelo e, sobretudo, a passividade com que se convivia com a poluição do rio e das ribeiras. Torres Novas parecia-me uma cidade rica em património, cheia de potencial mas que estava a ser engolida pela febre das grandes obras.
Hoje, 3 anos após ter assentado arraiais nesta bela cidade, assisto atónito ao desperdício de todo esse potencial. Ao invés de se investir no que traria qualidade de vida aqueles que aqui habitam, nos pequenos-grandes pormenores que danificam a imagem da cidade, decide-se investir milhões a conspurcar a nossa história.
Só numa histeria própria de uma equipa à deriva se teria a ideia de transfigurar a zona do Nogueiral, mesmo após a desastrosa construção do Edifício B. Neste momento, reina a ideia de que se tem pressa de mostrar o que se fez, o que não se fez e o que se acha que se quer fazer. Mas este folclore não esconde o facto de que nada liga o passado, presente e futuro desta cidade. Tudo é feito com histerismo, sem planeamento e ao sabor do vento.
Nos bancos de trás do executivo, todos gritam e ninguém tem razão. Ninguém se entende, nem quer entender. Mas, pior do que isso tudo, é que o condutor vai a dormir.

*Engenheiro químico, 28 anos,
residente em Torres Novas

 

 

 Outras notícias - Opinião


Água é essencial e fonte de vida »  2017-06-21  »  Juvenal Silva

A água é uma necessidade essencial para o organismo e o seu consumo deverá fazer parte dos nossos hábitos diários, durante todas as épocas do ano.

A época de verão merece uma particular atenção e não deveremos esperar pela sede para beber, mas ter o hábito de beber durante todo o dia.
(ler mais...)


Voltemos à ribeira da Boa Água »  2017-06-21  »  António Gomes

Como era expectável com as temperaturas a subirem, os cheiros intensos, nauseabundos e ácidos voltaram em força a toda a zona envolvente da ribeira e, sobretudo, voltaram à casa das pessoas, aos comércios e restaurantes, ao espaço público.
(ler mais...)


Angela Merkel »  2017-06-08  »  Jorge Carreira Maia

O comportamento do presidente Donald Trump na sua estadia em solo europeu teve a utilidade de mostrar que a defesa europeia, através da NATO, se encontra nas mãos de alguém que não é minimamente previsível, sem quaisquer princípios políticos ou, tão pouco, sentido de Estado e das conveniências.
(ler mais...)


Cartazes »  2017-06-06  »  Inês Vidal

João Quaresma de Oliveira, candidato do PSD à Câmara Municipal de Torres Novas nas eleições de Outubro, “descruzou” os braços e já viu resultados por isso. Bateu o pé aos muitos cartazes de propaganda que o executivo de Pedro Ferreira andou a espalhar pela cidade, onde anunciava as obras a fazer ao abrigo do PEDU, e a Comissão Nacional de Eleições concordou.
(ler mais...)


Nós e as combinações alimentares »  2017-06-06  »  Juvenal Silva

Muitas pessoas estão interessadas em conhecer as suas intolerâncias alimentares, mas desconhecem, que para além disso, existem as incompatibilidades entre alimentos, causadoras de digestões incompletas e às vezes até intoxicações.
(ler mais...)


O véu ideológico »  2017-05-18  »  Jorge Carreira Maia

A reivindicação pelo PSD e CDS do mérito pelo actual desempenho da economia portuguesa é não apenas uma jogada de oportunismo político mas, o que é pior, um sinal de que a direita ainda vive sob o véu ideológico que a conduziu nos anos da troika.
(ler mais...)


O poder e a vontade de poder »  2017-05-05  »  Jorge Carreira Maia

Um artigo do jornal Público dava conta de um estudo da psicóloga experimental portuguesa Ana Guinote (University College de Londres) sobre o poder. Uma das evidências da investigação é que a correlação entre inteligência e ocupação de lugares de poder é fraca.
(ler mais...)


PEDU, novo episódio »  2017-05-04  »  António Gomes

Há dias fomos confrontados com a colocação de placards a anunciar obras em vários locais da cidade, todas por conta do PEDU. A curiosidade é que esses placards agradecem o contributo da população relativamente aos projetos apresentados.
(ler mais...)


Compreender e prevenir as alergias »  2017-05-04  »  Juvenal Silva

As alergias são reações anormais do nosso sistema imunitário a substâncias proteicas estranhas ao organismo.
Qualquer substância estranha de natureza proteica é normalmente identificada pelo nosso sistema de defesa e, a partir desse momento, controlada na maioria das vezes.
(ler mais...)


 Mais lidas - Opinião (últimos 10 dias)
»  2017-06-21  »  Juvenal Silva Água é essencial e fonte de vida
»  2017-06-21  »  António Gomes Voltemos à ribeira da Boa Água