• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Segunda, 21 Setembro 2020    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qua.
 24° / 18°
Céu nublado com chuva moderada
Ter.
 25° / 15°
Céu nublado com chuva fraca
Seg.
 25° / 15°
Céu nublado
Torres Novas
Hoje  28° / 17°
Períodos nublados com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Opções

Opinião  »  2019-02-21  »  AnabelaSantos

"Se o pessoal lhes dá votos, é porque dá resultado. Seremos todos irresponsáveis? "

E de repente, quando somos agradavelmente surpreendidos por um montante razoável em euros de que não estávamos à espera, a reação é de espanto e de alegria. Faz falta, é sempre bem vindo.

A partir do momento em que recebemos tão agradável notícia, impõe-se um pensamento … o que fazer com todo o dinheiro recebido?
O mais correto e consciente seria poupar, mas como há tantas coisas pendentes que nunca foram resolvidas por não haver essa tal quantia, a hipótese da poupança põe-se logo de parte.

Deixa ver… Preciso de uma pintura em toda a casa, principalmente, nos quartos, substituir o rodapé, afagar o soalho que está em péssimo estado por causa do cão, mudar o móvel da casa de banho, um micro-ondas novo, pagar a carta de condução do miúdo, substituir os sofás, comprar um novo computador e, por toda a vida stressante que levo, fazer uma viagem até Bali para repor energias.

Ora, o mais importante é, sem dúvida, a pintura da casa, os rodapés o móvel da casa de banho e o soalho, pois é indispensável a manutenção da casa tendo em conta que, em princípio, será nela que irei viver o resto dos meus dias. Mas gostava tanto de ter uns sofás novos, a sala ficava muito mais bonita. Queria um micro-ondas mais moderno, a última “era” dos computadores que iria facilitar o momento da escrita dos meus textos e uma viagem ficará para sempre na minha memória. E agora?

Nem penso duas vezes, ou melhor, já pensei mas o pensamento foi rápido. Tenho o dinheiro, vou gastar não no que é o mais importante, mas no que me vai fazer sentir bem. Embelezar a minha casa e proporcionar bons momentos à minha pessoa.
A pintura, o rodapé, a casa de banho e o soalho ficam para depois. Não vai haver, com certeza, o azar da casa vir abaixo.
Pronto, ok, concordo, sou mesmo irresponsável, mas “bolas” o nosso executivo municipal, também toma opções parecidas e sai a ganhar. Quer dizer, penso eu. Se o pessoal lhes dá votos, é porque dá resultado. Seremos todos irresponsáveis?

Então é assim … se depois de terem recebido uma generosa quantia devido às cobrança do IMT, imposto municipal incidente sobre as transmissões onerosas de bens imóveis, o nosso presidente da Câmara e digníssimos vereadores decidiram utilizar parte do dinheiro a embelezar a nossa cidade, nomeadamente, avançar com as obras (necessárias mas não urgentes) no largo General Humberto Delgado, o nosso Rossio, em vez de ter olhado, por exemplo, para as estradas do concelho que precisam urgentemente de ser pavimentadas e necessitam de manutenção (os “risquinhos brancos” fazem-me tanta falta quando conduzo), ou decidir ajudar instituições que lutam todos os meses para cumprir obrigações e conseguir algum desenvolvimento que traga melhores condições para os seus utentes, ou ainda, apoiar de forma mais eficaz os clubes e associações locais … eu também posso fazer a minha opção, mesmo que um pouco irresponsável.
Assim, bora lá todos gastar o dinheiro!
No entanto, não posso acabar sem dar os parabéns ao nosso executivo por ter como primeira opção a reabilitação de imóveis no centro histórico. Opção responsável!

 

 

 Outras notícias - Opinião


A mesa - rui anastácio »  2020-09-12  »  Rui Anastácio

Tenho um certo fascínio por mesas. Ao longo da minha vida já mandei fazer algumas. Quase sempre mesas grandes e robustas. Onde se possam sentar muitas pessoas. Onde se possa beber um bom vinho, comer muito, conversar muito, discutir muito, praguejar, gritar, lutar por ideias e ideais.
(ler mais...)


Aventurazinha no Comboio Fantasma - miguel sentieiro »  2020-09-12  »  Miguel Sentieiro

Hoje apetece-me escrever uma história baseada em factos verídicos com algumas notas ficcionadas para se conseguir tornar a narrativa menos densa e nauseabunda. Um indivíduo com 80 anos entra na urgência do Hospital de Torres Novas com fortes dores abdominais.
(ler mais...)


Democracia e representatividade - mariana varela »  2020-09-12  »  Mariana Varela

A democracia é, essencialmente, um sistema político que assenta na soberania popular, isto é, um regime em que a legitimidade do poder político emana do povo. Definir ou explicar a noção de democracia não é difícil.
(ler mais...)


A ruptura do discurso - jorge carreira maia »  2020-09-12  »  Jorge Carreira Maia

Nos últimos tempos três assuntos têm concentrado os interesses das redes sociais que dão atenção ao fenómeno político. O racismo, a festa do Avante e a disciplina de Cidadania e Desenvolvimento no ensino não superior.
(ler mais...)


As cabras do reino - carlos paiva* »  2020-09-12  »  Carlos Paiva

Era uma vez um reino. O rei tomou conhecimento que uma república aliada doava dinheiro a quem quisesse criar cabras com o intuito de limpeza do mato nas serras, de modo a diminuir o risco de incêndios. Uma solução barata, neste caso de borla, e acima de tudo não poluente, amiga do ambiente, tema muito em voga entre os gentios.
(ler mais...)


Fabrióleo: ir até ao fim - antónio gomes »  2020-09-12  »  António Gomes

O encerramento da Fabrióleo é um facto. O sofrimento das pessoas e o atentado ao ambiente estão agora mais próximos do fim. Quem não luta, não alcança.
Durante muitos anos, a poluição dos solos e das linhas de água foram a marca daqueles poluidores, nunca se importando com as consequências dos seus actos.
(ler mais...)


Agricultores - rui anastácio »  2020-09-01  »  Rui Anastácio

Falámos em Inglês. Não sei de onde vinham, vinham de bicicleta de bem longe, pela sua tez seriam originários do centro da Europa. Uma das bicicletas estava furada, com o pneu destroçado. Ofereci-lhes o meu spray antifuro.
(ler mais...)


O debate e a ditadura de pensamento - mariana varela »  2020-09-01  »  Mariana Varela

Nós, seres humanos, habitamos e partilhamos este mesmo Mundo, algo que nos une enquanto Humanidade. Ainda que todos façamos parte de uma realidade universal, possuímos uma identidade baseada nas nossas próprias experiências pessoais e características únicas.
(ler mais...)


O outro somos nós - margarida trindade »  2020-09-01  »  Margarida Trindade

Numa muito recente viagem de família, a dada altura e já próximos do destino, a fim de sabermos qual o caminho a tomar, parámos numa bomba de gasolina e baixados os vidros das janelas, lançámos às três pessoas sentadas na mesa da esplanada a demanda pela estrada a seguir.
(ler mais...)


O rio do fururo - josé mota pereira »  2020-09-01  »  José Mota Pereira

Nos diferentes modelos de desenvolvimento para o concelho, há que reconhecê-lo, os poderes municipais estão muitas vezes limitados nos seus poderes de decisão. Mas, as suas decisões – ou não decisões – e aquilo que consideram estratégico, tem reflexos e consequências para o futuro dos concelhos.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2020-09-01  »  José Mota Pereira O rio do fururo - josé mota pereira
»  2020-09-01  »  Rui Anastácio Agricultores - rui anastácio
»  2020-09-01  »  Mariana Varela O debate e a ditadura de pensamento - mariana varela
»  2020-09-12  »  Mariana Varela Democracia e representatividade - mariana varela
»  2020-09-01  »  Jorge Carreira Maia Saudades da ditadura - jorge carreira maia