• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Terça, 13 de Novembro de 2018
Pesquisar...
Sex.
 20° / 10°
Períodos nublados
Qui.
 20° / 10°
Períodos nublados
Qua.
 20° / 9°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  19° / 8°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Obstipação intestinal: um mal cada vez mais presente

Opinião  »  2018-07-12  »  Juvenal Silva

"ma das causas para a obstipação, é o aparelho digestivo quando funciona mal"

A obstipação intestinal, também conhecida como prisão de ventre, é uma doença gastrointestinal cada vez mais presente e, com um grau de Incidência preocupante, já na idade infantil. Num organismo saudável, o percurso da matéria residual pelo trato digestivo, corresponde a um ciclo previsível e regular que poderá oscilar entre 6 a 24 horas. Os sintomas mais comuns são a dificuldade em evacuar, diminuição da frequência da evacuação, abdómen inchado e sensível, flatulência, mal-estar, perda de apetite. Quando o trajecto da matéria residual é muito demorado, o resultado é a obstipação. Quando os intestinos estão obstipados, pode ser difícil evacuar e, muitas vezes com sintomas desconfortáveis como cólicas, mal-estar, e distensão abdominal. Sendo uma situação cada vez mais recorrente, é para uma grande maioria das pessoas uma situação desconfortável e inofensiva, mas não considerada uma doença que poderá provocar problemas muito desagradáveis e outros problemas bem mais sérios. 

A obstipação poderá desencadear doenças de pele, artrite, mau hálito, dores de cabeça, síndrome do intestino irritado, cansaço, hemorróidas, hérnias, insónia, síndrome da má absorção, ganho de peso, varizes, doenças de humor, inclusive a depressão. A este propósito devemos lembrar que 90% da serotonina (neurotransmissor responsável pela sensação de bem estar) é produzida pelo intestino, se este estiver na sua plenitude.
Vários estudos têm demonstrado que o tipo de alimentação ocidental rica em gorduras e pobre em fibras e líquidos, é a causa da maioria das obstipações. Na ausência de fibras e líquidos, os movimentos de contracção do intestino grosso não são estimulados regularmente e a matéria residual não é expelida. Estudos recentes mostram que quando a matéria residual permanece no cólon por um longo período, as bactérias e outras matérias prejudiciais, podem ser reabsorvidas pela corrente sanguínea, provocando intoxicação generalizada. O stress ou as emoções suprimidas costumam ser factores que passam despercebidos no caso da obstipação. Contudo, há uma conexão direta entre o stress e a mobilidade intestinal.
Uma das causas para a obstipação, é o aparelho digestivo quando funciona mal, especialmente no caso do fluxo biliar deficiente do fígado e da vesícula, provocado por excessos e erros alimentares. Outros factores como sedentarismo e alguns medicamentos, também poderão contribuir para a obstipação. O uso de laxantes está muito generalizado porque as pessoas julgam que é a melhor forma de alívio e não associam os problemas que poderão advir. Infelizmente esta prática recorrente resulta muitas vezes em situações indesejáveis.
Ora a forma mais saudável que recomendamos é uma alimentação rica em fibras, cereais integrais, fruta, hortaliças, leguminosas, frutos secos, muitos líquidos. Normalmente as pessoas que sofrem de obstipação têm défice de magnésio, e as verduras para além das fibras contêm este mineral. Ameixas secas e figos secos de Torres Novas são elementares fontes de fibras alimentares. O seu uso regular a par das sementes de linhaça são altamente recomendadas, pela sua elevada concentração de fibras, assim como uma média de 2 litros de líquidos diários.
Os alimentos a evitar são os fritos e alimentos ricos em gorduras saturadas, porque as gorduras retardam o tempo de transporte dos alimentos pelo intestino e estimulam a produção de mucos, assim como todos os lacticínios, produtos processados, farinhas refinadas, açúcar e refrigerantes. Enquanto a obstipação persistir é de total conveniência suprimir a cafeína e o álcool. Em casos recorrentes de obstipação é fundamental uma desintoxicação, sempre orientada por um profissional de saúde qualificado.

 

 

 Outras notícias - Opinião


Joaquim Paço d`Arcos »  2018-11-09  »  Jorge Carreira Maia

Foi só agora que cheguei à leitura de Joaquim Paço d’Arcos (1908-1979). Não fazia parte daquele grupo de escritores tidos por referência, apesar de ter sido bastante lido nos anos 40 e 50 do século passado.
(ler mais...)


Orçamento municipal 2019 »  2018-11-09  »  António Gomes

O OM é o documento orientador mais importante da gestão municipal.

É um documento técnico que deve ter plasmadas as contas do município, mas é sobretudo um documento político que espelha as prioridades e as opções de quem aqui governa.
(ler mais...)


Coesão »  2018-10-27  »  João Carlos Lopes

A criação da província do Ribatejo, em 1936, surgiu na sequência de movimentações das “forças vivas” de toda uma vasta região que, grosso modo, vai de Vila Franca a Abrantes, e cujo potencial económico (a agricultura, sobretudo, mas já os grandes polos industriais emergentes), enunciava razões de sobra para um “destaque” face à imensa e diversa Estremadura.
(ler mais...)


O campo das piscinas »  2018-10-27  »  António Gomes

Entendamo-nos: o acesso à fruição de piscinas por puro recreio, manutenção física ou prática desportiva deveria ser de acesso fácil. Infelizmente, em Torres Novas, a generalidade da população, na época do calor, no verão, não tem onde refrescar-se, não temos piscinas de verão e as que já tivemos são recordadas com muita saudade.
(ler mais...)


Compreender e prevenir as doenças cardiovasculares »  2018-10-27  »  Juvenal Silva

Na categoria de doenças cardíacas e cardiovasculares, estão englobadas vários tipos de doenças, entre as quais destaco: aterosclerose, angina de peito e ataque cardíaco.
As artérias desempenham um importantíssimo trabalho de transporte de sangue do coração para outras partes do nosso corpo.
(ler mais...)


O desejo da barbárie »  2018-10-24  »  Jorge Carreira Maia

Vive-se, em Portugal, uma doce ilusão, a de que ainda não fomos tocados pelo vírus do populismo. É um facto que os principais agentes políticos têm evitado recorrer ao mais sombrio populismo político.
(ler mais...)


Casimiro Pereira… dedicação e simplicidade »  2018-10-12  »  Anabela Santos

Pego na caneta, no papel, sento-me na mesa do café e questiono-me: como me atrevo a escrever sobre este senhor? – Não sei, corro o risco, simplesmente.

Era uma miúda, criança mesmo, quando Casimiro Pereira começou a sua vida autárquica em Torres Novas.
(ler mais...)


Como prevenir e tratar infeções urinárias »  2018-10-12  »  Juvenal Silva

Como prevenir e tratar infeções urinárias

As infeções urinárias são muito incómodas e mais recorrentes nas mulheres, que as obrigam a consultas médicas algumas vezes ao ano. Normalmente, o tratamento consiste na toma de antibióticos, que matam a infeção presente, mas deixam a bexiga vulnerável a uma próxima invasão bacteriana.
(ler mais...)


Venha daí um refrigerante fresquinho! »  2018-10-12  »  Miguel Sentieiro

Sumol é um dos actuais alvos da implacável máquina fiscal. Essa refrescante bebida de laranja, com bolhinhas, que nos alivia o calor no pingo do verão, afinal é um vilão cheio de sacarose para nos envenenar.
(ler mais...)


Passa »  2018-10-12  »  Inês Vidal

A Golegã auto intitula-se capital do cavalo. Veiga Maltez gostava de cavalos, havia cavalos na vila, sacou daquela da cartola e um dia disse: “cavalos são na Golegã”. A ideia pegou, vendeu e hoje já não é só o presidente que lhe chama assim.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 10 dias)
»  2018-11-09  »  Jorge Carreira Maia Joaquim Paço d`Arcos
»  2018-11-09  »  António Gomes Orçamento municipal 2019