• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Terça, 20 Agosto 2019    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qui.
 38° / 22°
Períodos nublados
Qua.
 37° / 18°
Céu limpo
Ter.
 33° / 14°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  26° / 15°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Compreender e prevenir as doenças cardiovasculares

Opinião  »  2018-10-27  »  Juvenal Silva

"Cerca de 25% das pessoas que sofrem de ataques cardíacos nunca manifestaram sintomas"

Na categoria de doenças cardíacas e cardiovasculares, estão englobadas vários tipos de doenças, entre as quais destaco: aterosclerose, angina de peito e ataque cardíaco.
As artérias desempenham um importantíssimo trabalho de transporte de sangue do coração para outras partes do nosso corpo. Aterosclerose acontece quando a parte interna da parede das artérias fica espessa (rija) e estreita a passagem por onde o sangue passa.

A aterosclerose pode afectar as artérias coronárias (artérias que vão até o coração). A aterosclerose é causada normalmente pela acumulação de depósitos de gordura no interior das paredes arteriais, sendo que esta acumulação de gordura é resultante de uma alimentação inadequada, generosa em gorduras más e pobre em fibras.
A maioria das pessoas com aterosclerose não sabe que tem a doença, uma vez que os sintomas só surgem quando já é tarde de mais. Obviamente que a ateriosclerose quando não é tratada só piora. Sem tratamento atempado, as artérias ficam de tal forma obstruídas que o sangue oxigenado necessário e adequado, não consegue chegar ao músculo cardíaco. Essa privação de oxigénio pode provocar a dor no peito, a conhecida angina de peito, precursora de um ataque cardíaco. As pessoas com angina de peito normalmente têm sorte, porque a dor representa um aviso, que impulsiona a ida ao médico que diagnostica a doença cardiovascular e que, por sua vez, possibilita várias medidas preventivas de tratamento e até de reversão da doença antes que ocorra algo mais grave ou, até, a própria morte. Todavia, para uma grande parte das pessoas, um ataque cardíaco é o primeiro sinal do problema.

Cerca de 25% das pessoas que sofrem de ataques cardíacos nunca manifestaram sintomas. O ataque cardíaco, ou infarte do miocárdio, em linguagem médica, acontece quando o fluxo de sangue é interrompido por completo até uma parte do músculo cardíaco, seja por um coágulo que provocou a obstrução, seja por uma artéria que ficou de tal forma estreita em que o sangue não consegue passar.
Sintomas de aterosclerose: tonturas - desmaios - dor na perna que começa depois de uma caminhada curta e que desaparece com repouso.
Sintomas de angina de peito: Dor no peito tanto branda como intensa. Uma sensação de que o coração está a ser esmagado. Aperto no peito - a dor pode piorar após o exercício ou uma refeição pesada, que poderá melhorar com repouso.

Sintomas de ataque cardíaco: Dor e aperto no peito que se poderá estender para os braços, as costas, os ombros, o pescoço e mandíbula. A dor poderá ser severa, intensa ou branda, ao ponto de poder ser confundida com uma indigestão.

Nas mulheres: por vezes os sintomas de ataque cardíaco são diferentes. A dor poderá começar no estômago ou na mandíbula, com pontadas no peito semelhantes a punhalada, ou abundantes suores, queda de tensão arterial, dificuldade em engolir, tinido nos ouvidos.
Causas subjacentes: alimentação inapropriada, rica em gorduras saturadas e pobre em fibras e antioxidantes - factor genético - tabagismo - hipertensão arterial - stress - depressão - ansiedade - obesidade - sedentarismo - diabetes - infeções disfarçadas - metais pesados.

Como prevenir: estilo de vida saudável em que impera a alimentação saudável - atividade física preferencialmente ao ar livre - abdicação de tabaco - álcool – drogas de todo o tipo.

Se por qualquer motivo houver a desconfiança de que está a ocorrer um ataque cardíaco, deve-se procurar imediatamente um médico, ou como melhor alternativa, chamar imediatamente uma ambulância para um rápido transporte ao hospital mais próximo, porque o tratamento de emergência hospitalar em caso de enfarte requer técnicas e instrumentos médicos especiais, o que proporcionará maiores possibilidades de sucesso.

 

 

 Outras notícias - Opinião


À mulher de César não basta ser séria… »  2019-08-09  »  António Gomes

Vem isto a propósito da aquisição de imóveis pela Câmara de Torres Novas, sitos em Riachos. Só o BE votou contra.

Os proprietários propuseram a aquisição e a Câmara comprou.
(ler mais...)


Bons Sons »  2019-08-09  »  Inês Vidal

Treze anos, dez edições, uma aldeia em manifesto. Arrancou ontem, dia 8, mais uma edição do festival Bons Sons, que anualmente traz a Cem Soldos, concelho de Tomar, milhares de pessoas e música, muita música portuguesa.
(ler mais...)


Carteiro »  2019-08-09  »  Ana Sentieiro

A genética é, de facto, uma coisa incrível! Contudo, no meu caso, a genética desempenha mais o papel de progenitor ausente, que se esquece do meu aniversário, não sabe o meu número de telemóvel e saca duas notas de vinte da carteira de pele quando está folgado e diz, “Para te divertires, mas não digas à tua mãe!”.
(ler mais...)


Livros para férias »  2019-08-09  »  Jorge Carreira Maia

COMO MORREM AS DEMOCRACIAS. Autores Steven Levitsky & Daniel Ziblatt, ambos professores em Harvard. Uma reflexão com incidência americana, mas apoiada no estudo das mortes da democracia nos anos trinta do século passado, na Europa, e nos anos 60 e 70, também do XX, na América Latina.
(ler mais...)


Balanço político da legislatura »  2019-07-20  »  Jorge Carreira Maia

Partido Socialista. Nunca, na história da democracia portuguesa, tinha havido um governo suportado por toda a esquerda parlamentar. António Costa e os socialistas foram os grandes beneficiários da inovação.
(ler mais...)


Umbigos, por Inês Vidal »  2019-07-05  »  Inês Vidal

A política sempre foi um dos assuntos que me deu mais gozo acompanhar enquanto jornalista. Não é novo, já o disse aqui muitas vezes. Encanta-me o jogo, perceber as redes, as pessoas, ver o que as move, como se movem, como a política puxa pelo melhor e revela o pior de quem se envolve.
(ler mais...)


Bloco de Esquerda, Rui Rio, União Europeia e Igreja Católica »  2019-07-05  »  Jorge Carreira Maia

O BLOCO DE ESQUERDA E OS DEPUTADOS. Parece haver divergências entre a distrital de Santarém e a direcção nacional sobre quem deve encabeçar a lista de candidatos pelo distrito às eleições legislativas.
(ler mais...)


PLANTAR ÁRVORES »  2019-07-04  »  António Gomes

As alterações climáticas a que estamos a assistir, e aquelas que nos são anunciadas por estudos científicos, devem ser para levar a sério. O equilíbrio climático a que nos habituámos está em mudança acelerada.
(ler mais...)


Autarquias, professores, padres casados e futebol »  2019-06-20  »  Jorge Carreira Maia

PODER AUTÁRQUICO. Depois da operação Teia, uma nova operação contra detentores – ou ex-detentores – do poder autárquico. Não faço ideia o que pensam presidentes de câmara e vereadores sobre a reputação das autarquias.
(ler mais...)


Democracia, por Inês Vidal »  2019-06-19  »  Inês Vidal

Somos todos pela democracia. Menos quando ganha quem não queremos. Esta coisa da democracia tem que se lhe diga. Que o diga eu que, nunca falhando a umas eleições, nunca vi ganhar nenhumas. Fica sempre um sabor amargo na boca, uma angústia de não ver ganhar quem se quer.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2019-08-09  »  Ana Sentieiro Carteiro
»  2019-08-09  »  Jorge Carreira Maia Livros para férias
»  2019-08-09  »  Inês Vidal Bons Sons
»  2019-08-09  »  António Gomes À mulher de César não basta ser séria…