• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Domingo, 24 Março 2019    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qua.
 25° / 12°
Céu limpo
Ter.
 26° / 12°
Céu limpo
Seg.
 26° / 9°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  24° / 11°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Compreender e prevenir as doenças cardiovasculares

Opinião  »  2018-10-27  »  Juvenal Silva

"Cerca de 25% das pessoas que sofrem de ataques cardíacos nunca manifestaram sintomas"

Na categoria de doenças cardíacas e cardiovasculares, estão englobadas vários tipos de doenças, entre as quais destaco: aterosclerose, angina de peito e ataque cardíaco.
As artérias desempenham um importantíssimo trabalho de transporte de sangue do coração para outras partes do nosso corpo. Aterosclerose acontece quando a parte interna da parede das artérias fica espessa (rija) e estreita a passagem por onde o sangue passa.

A aterosclerose pode afectar as artérias coronárias (artérias que vão até o coração). A aterosclerose é causada normalmente pela acumulação de depósitos de gordura no interior das paredes arteriais, sendo que esta acumulação de gordura é resultante de uma alimentação inadequada, generosa em gorduras más e pobre em fibras.
A maioria das pessoas com aterosclerose não sabe que tem a doença, uma vez que os sintomas só surgem quando já é tarde de mais. Obviamente que a ateriosclerose quando não é tratada só piora. Sem tratamento atempado, as artérias ficam de tal forma obstruídas que o sangue oxigenado necessário e adequado, não consegue chegar ao músculo cardíaco. Essa privação de oxigénio pode provocar a dor no peito, a conhecida angina de peito, precursora de um ataque cardíaco. As pessoas com angina de peito normalmente têm sorte, porque a dor representa um aviso, que impulsiona a ida ao médico que diagnostica a doença cardiovascular e que, por sua vez, possibilita várias medidas preventivas de tratamento e até de reversão da doença antes que ocorra algo mais grave ou, até, a própria morte. Todavia, para uma grande parte das pessoas, um ataque cardíaco é o primeiro sinal do problema.

Cerca de 25% das pessoas que sofrem de ataques cardíacos nunca manifestaram sintomas. O ataque cardíaco, ou infarte do miocárdio, em linguagem médica, acontece quando o fluxo de sangue é interrompido por completo até uma parte do músculo cardíaco, seja por um coágulo que provocou a obstrução, seja por uma artéria que ficou de tal forma estreita em que o sangue não consegue passar.
Sintomas de aterosclerose: tonturas - desmaios - dor na perna que começa depois de uma caminhada curta e que desaparece com repouso.
Sintomas de angina de peito: Dor no peito tanto branda como intensa. Uma sensação de que o coração está a ser esmagado. Aperto no peito - a dor pode piorar após o exercício ou uma refeição pesada, que poderá melhorar com repouso.

Sintomas de ataque cardíaco: Dor e aperto no peito que se poderá estender para os braços, as costas, os ombros, o pescoço e mandíbula. A dor poderá ser severa, intensa ou branda, ao ponto de poder ser confundida com uma indigestão.

Nas mulheres: por vezes os sintomas de ataque cardíaco são diferentes. A dor poderá começar no estômago ou na mandíbula, com pontadas no peito semelhantes a punhalada, ou abundantes suores, queda de tensão arterial, dificuldade em engolir, tinido nos ouvidos.
Causas subjacentes: alimentação inapropriada, rica em gorduras saturadas e pobre em fibras e antioxidantes - factor genético - tabagismo - hipertensão arterial - stress - depressão - ansiedade - obesidade - sedentarismo - diabetes - infeções disfarçadas - metais pesados.

Como prevenir: estilo de vida saudável em que impera a alimentação saudável - atividade física preferencialmente ao ar livre - abdicação de tabaco - álcool – drogas de todo o tipo.

Se por qualquer motivo houver a desconfiança de que está a ocorrer um ataque cardíaco, deve-se procurar imediatamente um médico, ou como melhor alternativa, chamar imediatamente uma ambulância para um rápido transporte ao hospital mais próximo, porque o tratamento de emergência hospitalar em caso de enfarte requer técnicas e instrumentos médicos especiais, o que proporcionará maiores possibilidades de sucesso.

 

 

 Outras notícias - Opinião


A família socialista, a democracia comunista, a transferência centrista e o terrorismo »  2019-03-23  »  Jorge Carreira Maia

A FAMÍLIA SOCIALISTA. O governo parece um lugar de convívio de famílias amigas. Não bastava já haver um casal de ministros e um ministro pai e uma ministra filha desse pai, agora a mulher de um outro ministro foi nomeada chefe de gabinete do Secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, cargo ocupado anteriormente pelo marido.
(ler mais...)


Como dantes não se falava, também não se dava por ela. »  2019-03-22  »  José Ricardo Costa


Qualquer pessoa normal é contra a violência doméstica. Acontece que não gosto da expressão “violência doméstica”, demasiado sociológica, urbana, abstracta, mera etiqueta que não faz jus ao tipo de aberração que pretende traduzir.
(ler mais...)


O Nhonhinhas »  2019-03-22  »  Miguel Sentieiro

A nonhinhisse como fenómeno social surgiu para nos pôr à prova. Entrou nas nossas vidas sem se dar por isso, mas percebemos o efeito corrosivo que tem no nosso bem estar. Um indivíduo coloca-se na fila de uma repartição comercial.
(ler mais...)


#Hashtag »  2019-03-22  »  Margarida Oliveira

Se no imediato, os 200 anos estimados pela ONU para o alcance da igualdade entre mulheres e homens parecem uma espécie de eternidade inatingível, na verdade, olhando a linha temporal da humanidade, eles representam apenas o último pedaço do último degrau, desta luta milenar.
(ler mais...)


Prioritário? As estradas. »  2019-03-22  »  António Gomes

Vem isto a propósito das obras de reabilitação do largo do Rossio. Decidiu, a maioria socialista na CM, dar prioridade à realização de obras no Largo General Humberto Delgado (Rossio). O projeto não se sabe bem o que é, visto que o PS decidiu alterar aquilo que foi aprovado em reunião de câmara.
(ler mais...)


Os phones são outro fenómeno que revolucionou o modo como experienciamos a música »  2019-03-22  »  Ana Sentieiro

É com alguma indignação entrelaçada com revolta que exponho um assunto secundário numa panóplia de assuntos, dos quais, o salário do Ronaldo agarra o protagonismo e leva-o de férias para a Grécia no seu jato privado, com direito a champanhe e não espumante! Parece que ninguém está interessado em dar relevo à falta de cultura musical dos millennials.
(ler mais...)


Brasil, China, Entre-os-Rios e Novo Banco »  2019-03-09  »  Jorge Carreira Maia

1. A DOENÇA DO BRASIL. Apesar de sermos latinos e de permitirmos coisas inaceitáveis nos países do centro e do norte da Europa, ainda é difícil para os portugueses compreender a doença que ataca com virulência inusitada o Brasil.
(ler mais...)


Remodelação, Bloco, Greves e Exames »  2019-02-22  »  Jorge Carreira Maia

1. REMODELAÇÃO DO GOVERNO. A importância da remodelação do governo ocorrida no início da semana é, do ponto de vista da orientação política, tendencialmente nula.
(ler mais...)


Mulher »  2019-02-21  »  Margarida Oliveira

Se é adquirido que com o 25 de Abril de 1974, as mulheres alcançaram o reconhecimento dos seus direitos mais fundamentais, exigindo a igualdade na vida, entre mulheres e homens, certo é, que fora o que seria obrigatório conceder, com o objectivo de serenar os ânimos reivindicativos femininos, praticamente tudo continua por fazer.
(ler mais...)


Em suma, não se fotografa o que se come, come-se para fotografar. »  2019-02-21  »  José Ricardo Costa

Por estranho que pareça, houve um tempo em que se ia ao restaurante sobretudo para comer. Sim, também para conviver, comemorar, fazer negócios, mas sempre com o prazer da boa mesa como alvo. Nós, portugueses, para além de comer adoramos falar sobre o que comemos, nem que seja para lembrar, com a expressão lúbrica do lobo dos desenhos animados, o maravilhoso cabrito com grelos que comemos há 20 anos.
(ler mais...)


 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2019-02-22  »  Jorge Carreira Maia Remodelação, Bloco, Greves e Exames
»  2019-03-09  »  Jorge Carreira Maia Brasil, China, Entre-os-Rios e Novo Banco
»  2019-03-23  »  Jorge Carreira Maia A família socialista, a democracia comunista, a transferência centrista e o terrorismo
»  2019-03-22  »  José Ricardo Costa Como dantes não se falava, também não se dava por ela.
»  2019-03-22  »  Ana Sentieiro Os phones são outro fenómeno que revolucionou o modo como experienciamos a música