• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Sexta, 22 Março 2019    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Seg.
 26° / 11°
Céu limpo
Dom.
 24° / 11°
Períodos nublados
Sáb.
 25° / 9°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  22° / 7°
Céu limpo
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Como prevenir e tratar infeções urinárias

Opinião  »  2018-10-12  »  Juvenal Silva

Como prevenir e tratar infeções urinárias

As infeções urinárias são muito incómodas e mais recorrentes nas mulheres, que as obrigam a consultas médicas algumas vezes ao ano. Normalmente, o tratamento consiste na toma de antibióticos, que matam a infeção presente, mas deixam a bexiga vulnerável a uma próxima invasão bacteriana. Cada vez mais as bactérias se têm revelado mais resistentes aos antibióticos. Quando a bexiga está infecionada, geralmente por bactérias, as suas paredes internas inflamam. Essa inflamação, também conhecida por cistite nos meios médicos, provoca uma necessidade de urinar frequente e urgente, embora a urina possa ser escassa e a bexiga não pareça ficar totalmente vazia. Frequentemente surge uma dor durante a micção e uma sensação de ardor.

As mulheres sofrem de infeções da bexiga com muito mais frequência do que os homens, sobretudo pela diferença da anatomia feminina, em que o tubo que conduz a urina para fora da bexiga e do corpo (uretra), é muito curto e a sua abertura está muito perto tanto do ânus como da vagina, tornando-se fácil para as bactérias passarem pela abertura da uretra e percorrerem o tubo e infecionarem a bexiga. Na maioria das vezes, as bactérias são as responsáveis pelas infeções, embora existam outros fatores como a gravidez, relações sexuais e lesões. O stress, desequilíbrios hormonais e má alimentação, diminuem o sistema imunitário, contribuindo para maior suscetibilidade às infeções. O uso repetido de antibióticos destroi as bactérias boas, imprescindíveis para combater as infeções. A menopausa é uma fase em que a mulher poderá começar a experimentar infeções urinárias.

As infeções urinárias, em fase inicial, respondem bem aos cuidados caseiros com chá de pezinhos de cereja, cavalinha ou barbas de milho, que tratam os sintomas e, simultaneamente, fortalecem o sistema imunitário. Contudo, é necessário consultar um profissional de saúde habilitado, porque existe a possibilidade da infeção se propagar aos rins. Se as infeções forem recorrentes, será importante pesquisar alguma anormalidade estrutural que possa existir na uretra ou na bexiga que não permita o fluxo normal da urina.

Sobre os antibióticos é importante esclarecer que, embora não respondam cabalmente à infeção urinária, em muitos casos, são indispensáveis para evitar uma infeção renal.
A infeção urinária no homem poderá ser um problema mais sério, pelo que carece de uma avaliação ao nível prostático.
Precauções preventivas – Evitar roupa apertada, utilizar roupa íntima confortável de tecido natural, não utilizar sabão, sabonete ou gel de banho na higiene íntima, mas sim produtos apropriados isentos de químicos ou perfumados, como gel íntimo natural.

Alimentos recomendáveis – Considerar refeições saudáveis à base de legumes e vegetais de época, como hortaliças, feijão, grão, cereais integrais, fruta de época e um copo de água mineral a cada uma hora. A vitamina E é um bom nutriente para o sistema endócrino e que está presente no salmão selvagem, ovo cozido, bacalhau, abóbora, brócolos, espinafres, amêndoas com pele, sementes girassol, nozes, abacate, manga, kiwi, etc. Os óleos graxos essenciais promovem a saúde das glândulas, pelo que é importante incluir diariamente peixe do nosso mar, preferencialmente de superfície, como cavala, carapau, sardinha, robalo, dourada e outros, assim como óleo de linhaça. O homem deverá comer regularmente sementes de abóbora por serem uma excelente fonte de zinco, importante para os fluidos reprodutores masculinos.

Alimentos a evitar – Eliminar açúcar e produtos refinados, fritos, alimentos processados, carnes ricas em gordura, refrigerantes, álcool.
Outras recomendações – Evitar tabaco, café, bebidas estimulantes e ter como hábito diário o exercício, para melhorar a circulação e a saúde geral.

 

 

 Outras notícias - Opinião


Como dantes não se falava, também não se dava por ela. »  2019-03-22  »  José Ricardo Costa


Qualquer pessoa normal é contra a violência doméstica. Acontece que não gosto da expressão “violência doméstica”, demasiado sociológica, urbana, abstracta, mera etiqueta que não faz jus ao tipo de aberração que pretende traduzir.
(ler mais...)


O Nhonhinhas »  2019-03-22  »  Miguel Sentieiro

A nonhinhisse como fenómeno social surgiu para nos pôr à prova. Entrou nas nossas vidas sem se dar por isso, mas percebemos o efeito corrosivo que tem no nosso bem estar. Um indivíduo coloca-se na fila de uma repartição comercial.
(ler mais...)


#Hashtag »  2019-03-22  »  Margarida Oliveira

Se no imediato, os 200 anos estimados pela ONU para o alcance da igualdade entre mulheres e homens parecem uma espécie de eternidade inatingível, na verdade, olhando a linha temporal da humanidade, eles representam apenas o último pedaço do último degrau, desta luta milenar.
(ler mais...)


Prioritário? As estradas. »  2019-03-22  »  António Gomes

Vem isto a propósito das obras de reabilitação do largo do Rossio. Decidiu, a maioria socialista na CM, dar prioridade à realização de obras no Largo General Humberto Delgado (Rossio). O projeto não se sabe bem o que é, visto que o PS decidiu alterar aquilo que foi aprovado em reunião de câmara.
(ler mais...)


Os phones são outro fenómeno que revolucionou o modo como experienciamos a música »  2019-03-22  »  Ana Sentieiro

É com alguma indignação entrelaçada com revolta que exponho um assunto secundário numa panóplia de assuntos, dos quais, o salário do Ronaldo agarra o protagonismo e leva-o de férias para a Grécia no seu jato privado, com direito a champanhe e não espumante! Parece que ninguém está interessado em dar relevo à falta de cultura musical dos millennials.
(ler mais...)


Brasil, China, Entre-os-Rios e Novo Banco »  2019-03-09  »  Jorge Carreira Maia

1. A DOENÇA DO BRASIL. Apesar de sermos latinos e de permitirmos coisas inaceitáveis nos países do centro e do norte da Europa, ainda é difícil para os portugueses compreender a doença que ataca com virulência inusitada o Brasil.
(ler mais...)


Remodelação, Bloco, Greves e Exames »  2019-02-22  »  Jorge Carreira Maia

1. REMODELAÇÃO DO GOVERNO. A importância da remodelação do governo ocorrida no início da semana é, do ponto de vista da orientação política, tendencialmente nula.
(ler mais...)


Mulher »  2019-02-21  »  Margarida Oliveira

Se é adquirido que com o 25 de Abril de 1974, as mulheres alcançaram o reconhecimento dos seus direitos mais fundamentais, exigindo a igualdade na vida, entre mulheres e homens, certo é, que fora o que seria obrigatório conceder, com o objectivo de serenar os ânimos reivindicativos femininos, praticamente tudo continua por fazer.
(ler mais...)


Em suma, não se fotografa o que se come, come-se para fotografar. »  2019-02-21  »  José Ricardo Costa

Por estranho que pareça, houve um tempo em que se ia ao restaurante sobretudo para comer. Sim, também para conviver, comemorar, fazer negócios, mas sempre com o prazer da boa mesa como alvo. Nós, portugueses, para além de comer adoramos falar sobre o que comemos, nem que seja para lembrar, com a expressão lúbrica do lobo dos desenhos animados, o maravilhoso cabrito com grelos que comemos há 20 anos.
(ler mais...)


Aero… coisa, mas muito séria »  2019-02-21  »  António Gomes

A noticia teve origem na informação prestada em reunião de câmara pelo vice-presidente da mesma: aeroporto internacional, 4 Kms de pista, 160 voos/dia, 200 milhões de investimento, etc..

E foi apresentada com pompa e circunstância, uma grande mais valia para Torres Novas e arredores.
(ler mais...)


 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2019-02-22  »  Jorge Carreira Maia Remodelação, Bloco, Greves e Exames
»  2019-02-21  »  António Gomes Aero… coisa, mas muito séria
»  2019-02-21  »  Margarida Oliveira Mulher
»  2019-02-21  »  José Ricardo Costa Em suma, não se fotografa o que se come, come-se para fotografar.
»  2019-02-21  »  Anabela Santos Opções