• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Segunda, 19 de Fevereiro de 2018
Pesquisar...
Qui.
 15° / 4°
Céu limpo
Qua.
 19° / 6°
Céu limpo
Ter.
 20° / 6°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  19° / 8°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Primavera - época de limpeza e renovação

Opinião  »  2017-04-05  »  Juvenal Silva

"Uma dieta vegetariana crudívora, durante um mês, será de importância vital extraordinária"

É principalmente na Primavera que se manifestam insuficiências orgânicas e alguns tipos de enfermidades, caraterizadas por cansaço e diversos tipos de toxicidade, a que normalmente chamamos impurezas no sangue.
As curas de depuração na Primavera são importantes e necessárias para reativar o metabolismo, normalizá-lo e estimulá-lo, condição para a sua força vital.
Os caminhos que nos transportam para uma limpeza do sangue na Primavera são muitos. Basta recordar as dietas, as curas de sumos de fruta, o regime de vegetais crus, infusões de plantas medicinais, banhos de vapor, sauna e caminhadas ao ar livre.
Qualquer pessoa pode organizar uma limpeza do seu organismo de acordo com a sua condição física, para melhor rendimento e eficácia do seu metabolismo.
A cura de depuração do sangue é um tratamento básico e a química do metabolismo assim o demonstra, pois as forças ativas na formação e degradação da hemoglobina levam-nos à convicção de que a vida dos nossos tecidos orgânicos depende da capacidade de respiração das células e, sobretudo, da capacidade de absorção e expulsão de oxigénio.
O fígado é considerado o maior “laboratório” do nosso metabolismo e, por isso, precisa de um descanso anual bem generoso, com posterior renovação e estímulo de todas as suas numerosas funções por meio de matérias ativas, tais como as que existem nos sumos de plantas e frutas, plantas medicinais, verduras e saladas, na forma mais natural e sem químicos. Toda a limpeza do sangue e dos tecidos deverá ser precedida de conveniente limpeza intestinal, pois está demonstrado que, se o intestino funcionar defeituosamente, se poderá converter num foco de graves infeções que transitarão para o sangue, intoxicando-o.
O sal conduz à obstrução dos processos de combustão e a uma acumulação de resíduos do metabolismo. Como as curas de limpeza do sangue estimulam todos os órgãos de eliminação, as frutas e verduras frescas fornecem suficiente material de combustão e eliminam o sal pela sua abundância em potássio. Estes fatores tornam-se muito importantes e eficientes para evitarmos graves enfermidades e o envelhecimento precoce.
A principal condição para o êxito de um regime depurativo do sangue é a transformação de hábitos de vida e hábitos alimentares.
Durante um mês dever-se-á reduzir, ou mesmo suprimir completamente todos os alimentos que contenham ácido úrico, como carnes, ovos, queijo, café ou chá. São muito eficazes a fruta fresca, incluindo limão e laranjas, sumos naturais, infusão de plantas como dente de leão, cardo mariano e alcachofra, couve fermentada (choucroute), couve crua, kefir, kombucha.
Para além disto, é de elementar importância o bom funcionamento do intestino, pois é o princípio básico de toda a limpeza do sangue e cura da Primavera.
Considerando este princípio básico, é imperativa a desparasitação intestinal.
Uma dieta vegetariana crudívora, durante um mês, será de importância vital extraordinária, pois proporcionará a mudança dos humores (sangue, linfa e outros líquidos).
A conjugação de sumos crus aumentará a eficácia depurativa do organismo.
Em qualquer circunstância, deverá existir sempre acompanhamento médico, ou profissional de saúde qualificado, pois cada indivíduo representa um organismo único e diverso.
“O homem, porém, não deve só pedir ao seu Criador saúde e uma longa vida, mas tem também, de aplicar a sua inteligência para descobrir e apreciar os tesouros que o bondíssimo Pai de todos colocou na natureza, para remédio dos muitos males da nossa vida” - Sebastian Kneipp).

 

 

 Outras notícias - Opinião


A Igreja, o espírito e o sexo »  2018-02-16  »  Jorge Carreira Maia

A recente declaração do cardeal Clemente sobre abstinência sexual dos católicos recasados e a intensa luta, ao mais alto nível da hierarquia católica, sobre problemas de ordem moral tornam manifesta, mais uma vez, a grande dificuldade que a Igreja Católica enfrenta nas sociedades modernas.
(ler mais...)


A HISTÓRIA DAS TERAPIAS NÃO CONVENCIONAIS »  2018-02-15  »  Juvenal Silva

Quando o ser humano surgiu no planeta, os animais já o habitavam e as plantas já existiam há mais de 400 milhões de anos. As plantas conforme hoje as conhecemos, evoluíram a partir de espécies de algas primitivas.
(ler mais...)


Rankings »  2018-02-15  »  José Ricardo Costa

Até ao 5.º ano do liceu (actual 9.º ano) fui um aluno cujo rendimento andou algures entre o mau e o péssimo. Chumbei alegremente dois anos e devo à simpática benevolência docente não terem sido mais.
(ler mais...)


Gritos mudos »  2018-02-15  »  José Mota Pereira

Cada noite de frio, cada rajada deste vento polar convocam-nos para escutarmos aqueles a quem falta o conforto mínimo do agasalho. Esses são muito mais do que aqueles que se recolhem nos recantos das ruas e recebem nestes dias o aparato mediático com políticos de afecto, oportunidade (ia a escrever oportunista vejam lá) e verbo fácil.
(ler mais...)


A culpa é da árvore? »  2018-02-15  »  Denis Hickel

Ninguém pode ter deixado de reparar que já vamos em Fevereiro e a chuva ainda não foi o suficiente para sairmos da situação de seca e fazer correr os pequenos ribeiros. Ou ainda, que circula nos media que estão 40 milhões de mudas de eucalipto prontas para ir para o solo, seja para recuperar as perdas das áreas ardidas, ou mesmo ampliar a plantação para a indústria da pasta de papel.
(ler mais...)


A efetividade nos postos de trabalho ajuda tudo e todo »  2018-02-15  »  António Gomes

Encontra-se em fase de aplicação o PREVPAP – Programa de Regularização Extraordinário dos Vínculos Precários na Administração Pública.
A lei 112/2017 prevê os procedimentos do processo de regularização dos precários do Estado, onde se incluem os trabalhadores das autarquias locais.
(ler mais...)


Democratizar a mobilidade »  2018-02-15  »  Nuno Curado

Dada a sua dimensão, tenho cada vez mais a opinião de que Torres Novas teria muito a beneficiar com a promoção e melhoria das suas condições de mobilidade suave. Isto é, os meios de deslocação que não envolvem veículos motorizados, seja de bicicleta, a pé ou outro meio não motorizado.
(ler mais...)


"Passeio" pela cidade com o Gustavo »  2018-02-15  »  Anabela Santos

Há convites irrecusáveis…
- Gustavo, vamos à festa de aniversário do LIJ (Lar de Infância e Juventude), na alcaidaria do castelo?
O Gustavo com um sorriso de gozo, olhou para baixo e respondeu:
- Não posso! Ei!!! É o Gustavo.
(ler mais...)


O lado esquerdo da vida »  2018-02-15  »  Margarida Oliveira

É no lado esquerdo do peito que nos bate o coração. É lá o refúgio sagrado da nossa generosidade, abnegação e um profundo amor ao próximo.
Um músculo magnífico, que nos alimenta a razão, também mais assente no lado esquerdo do cérebro, a metade sentimental.
(ler mais...)


Associativismo »  2018-02-15  »  Inês Vidal

Tenho inúmeras vezes vontade de fugir de Torres Novas. Cansa-me o mesmo de sempre, o tudo igual. As mesmas caras, as mesmas políticas, os mesmos políticos, os mesmos problemas, os mesmos passeios, as mesmas vistas, os mesmos limites, e estes sempre tão curtos.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 10 dias)
»  2018-02-09  »  Jorge Carreira Maia A esquerda e os rankings escolares
»  2018-02-16  »  Jorge Carreira Maia A Igreja, o espírito e o sexo
»  2018-02-15  »  Anabela Santos "Passeio" pela cidade com o Gustavo