• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Quarta, 22 Janeiro 2020    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Sáb.
 14° / 6°
Céu nublado
Sex.
 14° / 6°
Céu nublado com chuva fraca
Qui.
 11° / 7°
Céu nublado com chuva fraca
Torres Novas
Hoje  13° / 6°
Céu nublado com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Orçamento municipal 2019

Opinião  »  2018-11-09  »  António Gomes

"O que é que tem o orçamento municipal (OM) para 2019 para que o Bloco de Esquerda se abstenha?"

O OM é o documento orientador mais importante da gestão municipal.

É um documento técnico que deve ter plasmadas as contas do município, mas é sobretudo um documento político que espelha as prioridades e as opções de quem aqui governa. A sua concretização é outra conversa, depende em grande parte da capacidade em passar das intenções à obra e esse é o desafio que está colocado ao PS.

Ao abrigo do Estatuto do Direito de Oposição sempre o BE tem apresentado um conjunto de ideias e propostas sobre o que considera prioritário para o concelho e baseadas no programa que apresentou aos torrejanos e torrejanas. Até agora não têm tido acolhimento.

Para 2019 foram apresentadas 15 propostas ao presidente da câmara: sobre o rio, a rede viária, o centro histórico, a zona industrial dos Riachos, o mercado municipal, as bandas filarmónicas e ranchos, na área da educação, …

O documento, já aprovado na CM, contem um conjunto de intensões importantes que devem ser valorizadas, a saber: a rede viária do concelho (tem sido uma das prioridades do BE) deve ser olhada como um todo, feito o seu levantamento e classificada quanto ao seu estado de conservação, entre estradas, ruas, largos, ruelas, etc.. São mais de cem a necessitarem de intervenção, só assim podem ser alocadas verbas priorizadas. No orçamento estão contempladas as verbas para a estrada de Alcorochel / Charneca de Alcorochel, calçada António Nunes, rua Casal Gaspar, rua Bênção do Gado, como obras a realizar no próximo ano.

O rio Almonda é o principal património natural de Torres Novas, encontra-se abandonado, a necessitar de intervenção rápida, a verba para o início da sua limpeza passou para 50 000 euros.

A economia e o emprego foram apresentados como prioridades no programa do BE, este orçamento tem, finalmente, 260 000 euros para o início da infraestruturação da zona industrial de Riachos.

O compromisso em reabilitar duas casas no centro histórico e colocá-las no mercado de arrendamento para que se comece a inverter o despovoamento que se tem verificado.

As bandas filarmónicas são uma parte importante da identidade cultural do concelho, integram um conjunto significativo de voluntários cujo trabalho deve ser reconhecido, passam a receber mensalmente 500.00, mais 150 do que recebem agora.

A aprovação das ARU (áreas de reabilitação urbana) para Lapas e Riachos são fundamentais para a reabilitação urbana, naquelas localidades.

O mercado municipal encontra-se em regressão acelerada, os negócios ali instalados necessitam urgentemente de uma injeção de confiança, está previsto investimento municipal.

Este orçamento tem certamente um conjunto de opções que não são as do BE, mas considero que o Bloco faz bem em valorizar as propostas descritas atrás, pois a concretizarem-se valorizam a qualidade de vida dos e das torrejanas e podem contribuir para um apoio efetivo à economia local.

O voto de abstenção significa maior exigência na concretização das medidas agora aprovadas, significa que o BE não desperdiça nenhuma oportunidade para melhorar a vida das pessoas.

Antonio Gomes

 

 

 Outras notícias - Opinião


O discurso do rancor »  2020-01-10  »  Jorge Carreira Maia

Vivemos num país cordato e seguro, onde a violência é diminuta e o respeito pelos outros é significativo. Somos, ao mesmo tempo, medianamente ricos e medianamente pobres e, ao longo destes anos de democracia, temos sabido resolver os problemas com que nos deparámos.
(ler mais...)


As ciclovias e o debate público »  2020-01-09  »  João Quaresma

No último mês de Dezembro, em duas reuniões de câmara sucessivas, discutiu-se o programa base de uma rede de ciclovias para a cidade de Torres Novas, com cerca de 24 Km na sua totalidade, a construir por fases, bem como uma dessas fases na zona da Quinta da Silvã, com cerca de 6 Km, que será a primeira a ser realizada.
(ler mais...)


Saída de Emergência (uma crónica em atraso), por Maria Augusta Torcato »  2020-01-09  »  Maria Augusta Torcato

Madrugada. Janeiro, dia 4. De 2019.

O comboio deslizava nas linhas com o seu ritmo sereno, como se não tivesse pressa ou tivesse de respeitar passagem ou não quisesse, com brusquidão, ferir o ferro.
Há muito que não andava de comboio.
(ler mais...)


CONSIDERAÇÕES A PROPÓSITO DO BREXIT »  2020-01-09  »  José Alves Pereira

As eleições realizadas a 12 de Dezembro passado estão, tal como a situação na Grã-Bretanha, envoltas em tantas contradições que alinhavar comentários, com alguma linearidade e coerência, não é tarefa fácil.
(ler mais...)


O medo »  2020-01-09  »  António Gomes

Temos vindo a assistir, com alguma insistência por parte do presidente da câmara municipal de Torres Novas, ao anúncio da sua candidatura nas próximas eleições autárquicas. Devido à insistência, até parece que o presidente anda obcecado com tal objectivo.
(ler mais...)


A imprensa »  2020-01-09  »  Anabela Santos

Feliz Natal, boas festas, bom ano, foram os votos das últimas semanas do mês de Dezembro. Em ambiente de festa, de partilha e de solidariedade, cumpriu-se mais uma época festiva que iniciou lá para meados do mês e terminou no dia 1 de Janeiro.
(ler mais...)


Brio »  2020-01-09  »  Rui Anastácio


“Um café bem tirado e com bons modos.”
Fiquei com esta frase na cabeça. Foi dita em tom brincalhão por uma Senhora septuagenária, algures num quiosque à beira mar plantado. Uma forma simples e simpática de pedir competência e brio profissional.
(ler mais...)


Ano novo, Torres “Novas”? »  2020-01-09  »  Ana Lúcia Cláudio

Cada início de ano é, frequentemente, marcado pelo balanço das coisas que não fizemos nos 365 dias anteriores e que, consequentemente, se transformam, agora, em projectos para o novo ano. Nos primeiros dias de Janeiro, todos os anos se repete o mesmo ritual.
(ler mais...)


Serviços públicos, superavit, sistemas eleitorais e vergonha »  2019-12-20  »  Jorge Carreira Maia

DEGRADAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS. Existe a ideia de que a degradação dos serviços públicos se resolveria com uma melhor gestão. Qualquer partido a defende desde que esteja na oposição.
(ler mais...)


O PDM e a sua revisão »  2019-12-20  »  António Gomes

Parece que é desta. Ao fim de dezoito anos, o processo de revisão do PDM de Torres Novas dá sinais. Foi preciso o governo ameaçar com cortes nas receitas às autarquias que não completarem a revisão deste importante instrumento de ordenamento do território em 2020, para se iniciar tão importante tarefa.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2020-01-09  »  Maria Augusta Torcato Saída de Emergência (uma crónica em atraso), por Maria Augusta Torcato
»  2020-01-09  »  António Gomes O medo
»  2020-01-09  »  Rui Anastácio Brio
»  2020-01-10  »  Jorge Carreira Maia O discurso do rancor
»  2020-01-09  »  Ana Lúcia Cláudio Ano novo, Torres “Novas”?