• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Terça, 18 de Setembro de 2018
Pesquisar...
Sex.
 31° / 16°
Céu limpo
Qui.
 31° / 18°
Céu limpo
Qua.
 32° / 15°
Períodos nublados
Torres Novas
Hoje  30° / 17°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

Melancia hidrata o corpo e protege o coração

Opinião  »  2017-08-22  »  Juvenal Silva

"Uma caraterística da melancia é o poder de estimular a serotonina"

A melancia é um símbolo das frutas de verão, por ser refrescante e pouco calórica. Além de ser deliciosa, tem propriedades nutricionais muito benéficas, como por exemplo o licopeno, um antioxidante por excelência, superando mesmo o tomate na sua concentração.

As propriedades e benefícios da melancia, comparativamente com outros frutos, distinguem-se pela sua alta composição de água que é de 92% e pouca concentração de açúcar, apenas 8%. O seu consumo contribui para a nossa hidratação durante os meses mais quentes de verão, com particular importância terapêutica por se tratar de um fruto sazonal. De acordo com alguns estudos científicos, comer todos os dias melancia nos meses de verão protege a pele contra os riscos associados à exposição excessiva dos raios UV. Algumas das propriedades valiosas da melancia foram confirmadas recentemente pela ciência, reconhecendo a sua capacidade para combater doenças cardíacas e reduzir os níveis do mau colesterol LDL. O seu consumo diário também poderá contribuir para manter o peso sob controle. Um outro benefício é a citrulina uma substância presente na melancia, o que a torna um fruto adequado para ajudar a evitar a hipertensão e doenças do coração. De acordo com alguns estudos, comer uma fatia de melancia por dia, pode ajudar o organismo a reduzir os níveis elevados de colesterol do sangue. Apesar de se encontrar melancia durante todo o ano, só o fruto de época e da nossa região é portador dos seus autênticos benefícios e propriedades, pela sua frescura e maturação natural.

Uma outra caraterística da melancia é o poder de estimular a serotonina, pelo seu teor em carboidratos, pelo que consumida à noite pode contribuir para um sono reparador.
A melancia é conhecida desde há milhares de anos pela fruta da energia, exatamente pelas propriedades atrás expostas e ainda da sua vitamina B6, utilizada pelo organismo para sintetizar a dopamina que promove o bem estar, que conjuntamente com o magnésio, parte da sua composição, é utilizado pelo nosso organismo para fornecer energia às células.

Sendo a citrulina um aminoácido e que é utilizado pelo organismo para a produção de arginina, esta ajuda a dilatar os vasos sanguíneos e a melhorar o fluxo sanguíneo para os órgãos genitais, ou seja, um autêntico viagra natural.
A melancia é uma das frutas mais leves e menos calórica disponíveis no verão, pela sua abundância em água, completa ausência de gordura e percentagem baixa de açúcar.
Para quem tenha cuidados em manter a linha ou mesmo planos de emagrecimento, poderá comer melancia sem problema e colher os benefícios, porque esta fruta rica em água estimula a diurese e a eliminação de toxinas. 100 gramas de melancia contém apenas 30 calorias.

Existem várias formas de desfrutar e beneficiar das propriedades nutricionais da melancia:
Pode ser consumida em saladas de fruta, em cubos, em gelados, em batidos, sorvetes e a famosa especialidade siciliana:
O GELO LIMÃO - Triturar a polpa da melancia sem as sementes e juntar sumo de lima. Colocar num pequeno copo e congelar, está pronto a comer este saboroso refrescante.
SUMO DE MELANCIA - Triturar a polpa da melancia até perfazer uma litro de sumo. Juntar 0,5 litro de água e sumo de 1 limão e aromatizar com hortelã. Colocar no frigorífico até ficar a uma temperatura de 10/12º.
As propriedades valiosas e medicinais da melancia evocadas neste texto, encontram-se nos estudos publicados do Journal of Nutritional Biochemistry, realizados por uma equipa de pesquisadores da Universidade Americana de Purdue.

 

 

 Outras notícias - Opinião


O quarto milagre de Fátima »  2018-09-13  »  Jorge Carreira Maia

O começo do ano lectivo é marcado pela generalização de uma nova reforma do sistema educativo. A ideia que está na base de mais uma aventura na educação portuguesa prende-se com a convicção da actual equipa do Ministério da Educação de que o trabalho realizado pelo professorado está globalmente desadequado às exigências do século XXI.
(ler mais...)


Poesia nos posters »  2018-09-12  »  José Mota Pereira

Eu não entendia. Nem poderia entender (aos seis, sete, oito anos de idade) o alcance daquelas palavras. Mas havia naqueles dois posters um magnetismo, uma espécie de magia que me prendiam às palavras que deles saltavam para os meus olhos.
(ler mais...)


Rentrée »  2018-09-12  »  Anabela Santos

O mês de Agosto já passou, acabaram as férias, o verão vai deixar-nos e aproxima-se o Outono.

Chegou Setembro, o mês do(s) recomeço(s). Na minha opinião, seria a altura de abrirmos uma garrafa de champanhe, de fazer um brinde à nova época, um brinde à vida.
(ler mais...)


Ansiedade: uma doença da sociedade moderna »  2018-09-12  »  Juvenal Silva

O que é a ansiedade?

A ansiedade é uma emoção causada por uma ameaça observada ou experimentada e, que o organismo utiliza como mecanismo para reagir de forma saudável às pressões da vida ou até a situações de perigo.
(ler mais...)


Olha, a gaivota! Olha a gaivota! »  2018-09-01  »  Maria Augusta Torcato

 As ideias estão ainda de férias. Se a palavra não fosse tão feia, eu até a utilizaria mais – procrastinação. Meu Deus, que palavra horrível para dizer apenas que se anda com  preguiça, sem vontade, a adiar o que tem de ser feito.
(ler mais...)


O passado e a tradição »  2018-08-30  »  Jorge Carreira Maia

Graças a um artigo de António Guerreiro, no Público, descobri dois versos extraordinários do realizador e poeta italiano Pier Paolo Pasolini. Deste, conheço alguns filmes, mas nunca li a sua poesia.
(ler mais...)


Ética »  2018-08-29  »  Inês Vidal

As novas tecnologias e a Internet - admirável mundo este que nos leva ao outro lado do globo num segundo - vieram mudar os nossos dias, rotinas, até o tom e a forma das nossas conversas. “O meio é a mensagem”, já anunciavam há muito alguns teóricos destas coisas da comunicação.
(ler mais...)


Agosto »  2018-08-29  »  José Mota Pereira

O mês de Agosto vai-se despedindo, a pouco e pouco, nestes dias e noites quentes.

Não há novidade nisto: Agosto ainda é o mês em que, por todo o país, se toma conta dos largos e se dança, canta, convive nas festas populares, trazendo vida aos territórios a que chamamos aldeias e de onde, se há notícias ao longo do ano, é para contar do abandono e da desertificação.
(ler mais...)


Uso e abuso de substancias químicas: a dependência de drogas e álcool »  2018-08-29  »  Juvenal Silva

O uso e abuso de substâncias químicas caracteriza-se por uma dependência, tanto psicológica como física, de drogas, incluindo-se medicamentos com receita médica e álcool.

O que é uma dependência química? Acontece quando um indivíduo necessita de uma droga para funcionar.
(ler mais...)


Protectorado »  2018-08-16  »  Jorge Carreira Maia

O Verão teve, até agora, dois acontecimentos políticos maiores. O caso Robles e o fogo de Monchique. Maiores para os mass media e para uma certa direita social. Por direita social não me refiro aos partidos políticos de direita, os quais não estiveram particularmente mal em ambos os casos, mas àqueles que se manifestam nas redes sociais, nas caixas de comentários dos jornais online, que surgem como espontâneos nos directos das televisões, isto é, a uma militância informe, mas muito activa, que vive despeitada pelos seus não estarem no governo.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 10 dias)
»  2018-09-13  »  Jorge Carreira Maia O quarto milagre de Fátima
»  2018-09-12  »  José Mota Pereira Poesia nos posters
»  2018-09-12  »  Anabela Santos Rentrée