• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Segunda, 19 de Fevereiro de 2018
Pesquisar...
Qui.
 15° / 4°
Céu limpo
Qua.
 19° / 6°
Céu limpo
Ter.
 20° / 6°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  19° / 8°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

A biologia e o estudo da vida

Opinião  »  2018-01-30  »  Juvenal Silva

"O pensamento holístico que envolve a filosofia naturopática"

A biologia
e o estudo da vida

A biologia agrupa um conjunto de ciências como a fisiologia, morfologia, microbiologia, histologia, patologia, medicina antropológica, higiene, entre outras e centra-se no estudo dos seres vivos. A biologia clássica está vocacionada para o estudo laboratorial das células vivas da matéria microbiana, análise de urinas, fezes e expetoração.
Outras variantes experimentais são utilizadas no ensaio de medicamentos, na pesquisa de princípios ativos da química orgânica e até no desenvolvimento reprodutivo.
Sendo a biologia o estudo da vida, agrega um conjunto de estudos específicos em que se incluem a produção de vacinas, medicamentos e processamentos de síntese.
Em Naturopatia, considera-se que a Biologia é para além de todas as filosofias, a ciência do ser vivo e das suas condições existenciais, “as condições do meio específico”, criadoras originais do ser vivo, responsáveis pela perpetuidade. Diferencia-se da biologia clássica que se encerra em laboratório, porque a procura fundamenta-se na observação da natureza e dos segredos da vida, onde tudo se desenvolve e organiza livre e naturalmente, tanto no reino animal como vegetal. Nesta perspetiva, os estudos biológicos, fundamentam-se na saúde humana, na saúde natural, que compreende a verdadeira essência da vida, como sejam as formas corporais corretas, o sistema imunitário, a força e aptidões físicas, a longevidade com qualidade e sem doenças, a inteligência espontânea e natural, os valores humanos baseados no bem e na solidariedade social.
O pensamento holístico que envolve a filosofia naturopática, transporta-nos a encarar a SAÚDE NATURAL DO SER HUMANO pela integralidade no seu meio específico e em obediência à sua própria natureza, tanto na sua preservação como conservação e restauração, em casos de enfraquecimento ou doença.
Procedimentos e pensamentos opostos à biologia química que procura a descoberta de forma fragmentada de proteger a saúde, não considerando as fontes vitais.

O problema da doença
A doença está associada a uma multiplicidade de fatores em que se destacam a poluição ambiental provocada pelo homem, como também a poluição mental, fatores de degeneração, fraqueza, desvitalização e desregulação homeostática. Uma alimentação desapropriada e os maus hábitos da vida moderna, conduzem a uma vida desnaturada, contrária à essência do Ser e da vitalidade, numa agressão permanente em que os processos químicos assumem cada vez mais um papel destruidor da saúde humana. Aqui residem as verdadeiras causas do entupimento humoral, ou seja, a contaminação do sangue, linfa e fluidos celulares, provocando sérias dificuldades de eliminação de resíduos tóxicos.
A lei naturopática nº 4, considera a doença como provocada pelo “stress” do meio anti-biológico (falsos alimentos, falta de ar puro e limpo, de exercício racional, de sol e tensão psiconervosa).

Doenças Agudas
São as mais comuns, como a febre, catarros, suores, diarreias, hemorragias, que ocorrem com maior ou menor agressividade, como resposta à toxidade humoral, para provocar uma purificação do organismo e auto cura.

Doenças crónicas
São mais estritas, menos violentas e às vezes silenciosas, com intermitência de crises e repouso aparente. Todas as doenças são sinal de defesa e manifestam-se a nível externo ou ao nível dos órgãos ocos, como o estômago (ex: úlcera).
Os estudos naturopáticos biológicos, morfológicos e psicológicos, estão orientados segundo as doutrinas humoristas e vitalistas. A repressão da doença destrói a força vital, assim como a medicação orientada para o sintoma, uma vez que não é solicitada a desintoxicação através dos emunctórios, ou seja, intestinos, rins, pele, fígado e pulmões, única forma de purificação dos humores.

Terapêutica
A doutrina maturopática preconiza as manobras de drenagem, cujos princípios de auto cura devem reger-se pela seguinte ordem: desintoxicação (limpeza humoral por solicitação dos emunctórios); repouso (eliminação de tensões físicas e psíquicas); eliminação da fonte tóxica (alimentação incorreta e desnaturada).

 

 

 Outras notícias - Opinião


A Igreja, o espírito e o sexo »  2018-02-16  »  Jorge Carreira Maia

A recente declaração do cardeal Clemente sobre abstinência sexual dos católicos recasados e a intensa luta, ao mais alto nível da hierarquia católica, sobre problemas de ordem moral tornam manifesta, mais uma vez, a grande dificuldade que a Igreja Católica enfrenta nas sociedades modernas.
(ler mais...)


A HISTÓRIA DAS TERAPIAS NÃO CONVENCIONAIS »  2018-02-15  »  Juvenal Silva

Quando o ser humano surgiu no planeta, os animais já o habitavam e as plantas já existiam há mais de 400 milhões de anos. As plantas conforme hoje as conhecemos, evoluíram a partir de espécies de algas primitivas.
(ler mais...)


Rankings »  2018-02-15  »  José Ricardo Costa

Até ao 5.º ano do liceu (actual 9.º ano) fui um aluno cujo rendimento andou algures entre o mau e o péssimo. Chumbei alegremente dois anos e devo à simpática benevolência docente não terem sido mais.
(ler mais...)


Gritos mudos »  2018-02-15  »  José Mota Pereira

Cada noite de frio, cada rajada deste vento polar convocam-nos para escutarmos aqueles a quem falta o conforto mínimo do agasalho. Esses são muito mais do que aqueles que se recolhem nos recantos das ruas e recebem nestes dias o aparato mediático com políticos de afecto, oportunidade (ia a escrever oportunista vejam lá) e verbo fácil.
(ler mais...)


A culpa é da árvore? »  2018-02-15  »  Denis Hickel

Ninguém pode ter deixado de reparar que já vamos em Fevereiro e a chuva ainda não foi o suficiente para sairmos da situação de seca e fazer correr os pequenos ribeiros. Ou ainda, que circula nos media que estão 40 milhões de mudas de eucalipto prontas para ir para o solo, seja para recuperar as perdas das áreas ardidas, ou mesmo ampliar a plantação para a indústria da pasta de papel.
(ler mais...)


A efetividade nos postos de trabalho ajuda tudo e todo »  2018-02-15  »  António Gomes

Encontra-se em fase de aplicação o PREVPAP – Programa de Regularização Extraordinário dos Vínculos Precários na Administração Pública.
A lei 112/2017 prevê os procedimentos do processo de regularização dos precários do Estado, onde se incluem os trabalhadores das autarquias locais.
(ler mais...)


Democratizar a mobilidade »  2018-02-15  »  Nuno Curado

Dada a sua dimensão, tenho cada vez mais a opinião de que Torres Novas teria muito a beneficiar com a promoção e melhoria das suas condições de mobilidade suave. Isto é, os meios de deslocação que não envolvem veículos motorizados, seja de bicicleta, a pé ou outro meio não motorizado.
(ler mais...)


"Passeio" pela cidade com o Gustavo »  2018-02-15  »  Anabela Santos

Há convites irrecusáveis…
- Gustavo, vamos à festa de aniversário do LIJ (Lar de Infância e Juventude), na alcaidaria do castelo?
O Gustavo com um sorriso de gozo, olhou para baixo e respondeu:
- Não posso! Ei!!! É o Gustavo.
(ler mais...)


O lado esquerdo da vida »  2018-02-15  »  Margarida Oliveira

É no lado esquerdo do peito que nos bate o coração. É lá o refúgio sagrado da nossa generosidade, abnegação e um profundo amor ao próximo.
Um músculo magnífico, que nos alimenta a razão, também mais assente no lado esquerdo do cérebro, a metade sentimental.
(ler mais...)


Associativismo »  2018-02-15  »  Inês Vidal

Tenho inúmeras vezes vontade de fugir de Torres Novas. Cansa-me o mesmo de sempre, o tudo igual. As mesmas caras, as mesmas políticas, os mesmos políticos, os mesmos problemas, os mesmos passeios, as mesmas vistas, os mesmos limites, e estes sempre tão curtos.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 10 dias)
»  2018-02-09  »  Jorge Carreira Maia A esquerda e os rankings escolares
»  2018-02-16  »  Jorge Carreira Maia A Igreja, o espírito e o sexo
»  2018-02-15  »  Anabela Santos "Passeio" pela cidade com o Gustavo