• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Domingo, 21 de Outubro de 2018
Pesquisar...
Qua.
 26° / 14°
Céu limpo
Ter.
 24° / 15°
Períodos nublados
Seg.
 25° / 13°
Períodos nublados
Torres Novas
Hoje  23° / 15°
Períodos nublados com aguaceiros e trovoadas
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

A biologia e o estudo da vida

Opinião  »  2018-01-30  »  Juvenal Silva

"O pensamento holístico que envolve a filosofia naturopática"

A biologia
e o estudo da vida

A biologia agrupa um conjunto de ciências como a fisiologia, morfologia, microbiologia, histologia, patologia, medicina antropológica, higiene, entre outras e centra-se no estudo dos seres vivos. A biologia clássica está vocacionada para o estudo laboratorial das células vivas da matéria microbiana, análise de urinas, fezes e expetoração.
Outras variantes experimentais são utilizadas no ensaio de medicamentos, na pesquisa de princípios ativos da química orgânica e até no desenvolvimento reprodutivo.
Sendo a biologia o estudo da vida, agrega um conjunto de estudos específicos em que se incluem a produção de vacinas, medicamentos e processamentos de síntese.
Em Naturopatia, considera-se que a Biologia é para além de todas as filosofias, a ciência do ser vivo e das suas condições existenciais, “as condições do meio específico”, criadoras originais do ser vivo, responsáveis pela perpetuidade. Diferencia-se da biologia clássica que se encerra em laboratório, porque a procura fundamenta-se na observação da natureza e dos segredos da vida, onde tudo se desenvolve e organiza livre e naturalmente, tanto no reino animal como vegetal. Nesta perspetiva, os estudos biológicos, fundamentam-se na saúde humana, na saúde natural, que compreende a verdadeira essência da vida, como sejam as formas corporais corretas, o sistema imunitário, a força e aptidões físicas, a longevidade com qualidade e sem doenças, a inteligência espontânea e natural, os valores humanos baseados no bem e na solidariedade social.
O pensamento holístico que envolve a filosofia naturopática, transporta-nos a encarar a SAÚDE NATURAL DO SER HUMANO pela integralidade no seu meio específico e em obediência à sua própria natureza, tanto na sua preservação como conservação e restauração, em casos de enfraquecimento ou doença.
Procedimentos e pensamentos opostos à biologia química que procura a descoberta de forma fragmentada de proteger a saúde, não considerando as fontes vitais.

O problema da doença
A doença está associada a uma multiplicidade de fatores em que se destacam a poluição ambiental provocada pelo homem, como também a poluição mental, fatores de degeneração, fraqueza, desvitalização e desregulação homeostática. Uma alimentação desapropriada e os maus hábitos da vida moderna, conduzem a uma vida desnaturada, contrária à essência do Ser e da vitalidade, numa agressão permanente em que os processos químicos assumem cada vez mais um papel destruidor da saúde humana. Aqui residem as verdadeiras causas do entupimento humoral, ou seja, a contaminação do sangue, linfa e fluidos celulares, provocando sérias dificuldades de eliminação de resíduos tóxicos.
A lei naturopática nº 4, considera a doença como provocada pelo “stress” do meio anti-biológico (falsos alimentos, falta de ar puro e limpo, de exercício racional, de sol e tensão psiconervosa).

Doenças Agudas
São as mais comuns, como a febre, catarros, suores, diarreias, hemorragias, que ocorrem com maior ou menor agressividade, como resposta à toxidade humoral, para provocar uma purificação do organismo e auto cura.

Doenças crónicas
São mais estritas, menos violentas e às vezes silenciosas, com intermitência de crises e repouso aparente. Todas as doenças são sinal de defesa e manifestam-se a nível externo ou ao nível dos órgãos ocos, como o estômago (ex: úlcera).
Os estudos naturopáticos biológicos, morfológicos e psicológicos, estão orientados segundo as doutrinas humoristas e vitalistas. A repressão da doença destrói a força vital, assim como a medicação orientada para o sintoma, uma vez que não é solicitada a desintoxicação através dos emunctórios, ou seja, intestinos, rins, pele, fígado e pulmões, única forma de purificação dos humores.

Terapêutica
A doutrina maturopática preconiza as manobras de drenagem, cujos princípios de auto cura devem reger-se pela seguinte ordem: desintoxicação (limpeza humoral por solicitação dos emunctórios); repouso (eliminação de tensões físicas e psíquicas); eliminação da fonte tóxica (alimentação incorreta e desnaturada).

 

 

 Outras notícias - Opinião


Casimiro Pereira… dedicação e simplicidade »  2018-10-12  »  Anabela Santos

Pego na caneta, no papel, sento-me na mesa do café e questiono-me: como me atrevo a escrever sobre este senhor? – Não sei, corro o risco, simplesmente.

Era uma miúda, criança mesmo, quando Casimiro Pereira começou a sua vida autárquica em Torres Novas.
(ler mais...)


Como prevenir e tratar infeções urinárias »  2018-10-12  »  Juvenal Silva

Como prevenir e tratar infeções urinárias

As infeções urinárias são muito incómodas e mais recorrentes nas mulheres, que as obrigam a consultas médicas algumas vezes ao ano. Normalmente, o tratamento consiste na toma de antibióticos, que matam a infeção presente, mas deixam a bexiga vulnerável a uma próxima invasão bacteriana.
(ler mais...)


Venha daí um refrigerante fresquinho! »  2018-10-12  »  Miguel Sentieiro

Sumol é um dos actuais alvos da implacável máquina fiscal. Essa refrescante bebida de laranja, com bolhinhas, que nos alivia o calor no pingo do verão, afinal é um vilão cheio de sacarose para nos envenenar.
(ler mais...)


Passa »  2018-10-12  »  Inês Vidal

A Golegã auto intitula-se capital do cavalo. Veiga Maltez gostava de cavalos, havia cavalos na vila, sacou daquela da cartola e um dia disse: “cavalos são na Golegã”. A ideia pegou, vendeu e hoje já não é só o presidente que lhe chama assim.
(ler mais...)


The Times They Are A-Changin` »  2018-10-12  »  Jorge Carreira Maia

Ouvida nos dias que correm, a canção de Bob Dylan não deixa de parecer uma singular ironia, uma ironia que atinge o cerne das crenças que estão no coração das gerações que fizeram da balada dylaniana um símbolo do caminho para o paraíso.
(ler mais...)


O papel dos cidadãos »  2018-09-27  »  Jorge Carreira Maia

No início do ano lectivo, costumo explicar aos meus alunos de Ciência Política que a política é o lugar do mal. No seguimento da lição de Thomas Hobbes, tento mostrar-lhes que a política existe porque nós não somos moralmente irrepreensíveis e, movidos por interesses egoístas, fazemos mal uns aos outros.
(ler mais...)


Suave cumplicidade »  2018-09-26  »  Carlos Tomé

Aqui há um ano, prometeram que o homem ia voltar e ele voltou mesmo. Nessa altura o homem era o José Afonso, e a sua música ecoou tão simples e tão pura no auditório do Hotel dos Cavaleiros que os LaFontinha conseguiram o milagre de ressuscitar o genial autor de geniais canções, que agora querem tratar como um vulgar herói nacional grato ao poder, e cuja gratidão o poder reconhece com o panteão, retirando-o da terra e do povo que ele sempre adorou.
(ler mais...)


Podemos ou não prevenir as doenças oncológicas »  2018-09-26  »  Juvenal Silva

Como ocorre em muitas outras doenças crónicas e mortais, e apesar de décadas de investigações e milhões de dólares investidos, a ciência ainda não consegue definir a causa do crescimento descontrolado das células tumorais.
(ler mais...)


Orçamento Participativo, alguém se lembra dele?.. »  2018-09-26  »  Nuno Curado

Vamos ter mais um ano sem um Orçamento Participativo (OP) aqui em Torres Novas. Lembrei-me disso ao ver a notícia dos recentes vencedores do OP em Abrantes. O ano passado, o OP não avançou no nosso concelho com o argumento de ser ano de eleições.
(ler mais...)


As caixas de correio e a liderança »  2018-09-26  »  António Gomes


A imagem que acompanha esta crónica pode ser o espelho da degradação do centro e da cidade de Torres Novas. Chegámos aqui por responsabilidade do PS: abandono, desleixo, insegurança.

A fotografia foi tirada há três anos, mas já tudo estava assim antes.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 10 dias)
»  2018-10-12  »  Jorge Carreira Maia The Times They Are A-Changin`
»  2018-10-12  »  Inês Vidal Passa