• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Quarta, 26 Junho 2019    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Sáb.
 29° / 15°
Períodos nublados
Sex.
 29° / 14°
Céu limpo
Qui.
 27° / 13°
Períodos nublados
Torres Novas
Hoje  26° / 15°
Céu nublado com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 

O varrasco

Opinião  »  2016-04-21  »  João Carlos Lopes

"Em boa hora, a maioria socialista engendrou um momento cívico à altura das comemorações do 25 de Abril, designadamente a oferta de um porco no espeto à população"

Em boa hora, a maioria socialista engendrou um momento cívico à altura das comemorações do 25 de Abril, designadamente a oferta de um porco no espeto à população, motivo que incendiou o debate ideológico em redor dessa data tão longínqua, mas assaz presente na nossa memória.

A oposição, pobre e mal agradecida, logo deitou achas na fogueira onde o berrão vai ser depilado. O PSD acha que a ideia não é muito feliz, porque se enquanto país já somos os PIGs da Europa, como concelho vão-nos chamar o PIG do Médio Tejo.

O BE disse logo que embora seja contra, vai votar a favor do porco, tirando o espeto. Mais tarde emendou a sua posição, dizendo que embora vote contra é a favor, se as sandes forem de pão caseiro e não do Belmiro, e distribuídas a todos e todas e ainda aos outros, sem distinção de raça, sexo, género, feitio, credo, estrutura parental das famílias, estilo de rastas no cabelo, orientações clubistas e tudo.

Por seu lado, o PCP, fiel à sua ortodoxia marxista-leninista e ao primado da luta de classes e à dialéctica engeliana e ao materialismo histórico e ao camarada Álvaro, não admite que as bebidas tenham de ser pagas à parte, dado que a classe operária, a enfiar sandes e coiratos sem a mine do costume, corre o risco de ficar embuchada e fazer o jogo da reacção.

Mais grave que isto tudo, as pequenas mas aguerridas comunidades judaica e islâmica da cidade ameaçam fazer explodir o porco com a praça dos Claras à frente, tal a afronta, enquanto o PAN e as solteironas militantes dos vídeos de gatinhos do Facebook já começaram a miar acerca do assunto, que o porco unido jamais será comido.

Conclusão, está o baile armado com o Xarepa. Aonde a vaca vai, o boi vai atrás, mamãe eu quero, cidadi márávilhosa, é dos carecas que elas gostam mais, mais, mais…

 

 

 Outras notícias - Opinião


Autarquias, professores, padres casados e futebol »  2019-06-20  »  Jorge Carreira Maia

PODER AUTÁRQUICO. Depois da operação Teia, uma nova operação contra detentores – ou ex-detentores – do poder autárquico. Não faço ideia o que pensam presidentes de câmara e vereadores sobre a reputação das autarquias.
(ler mais...)


Democracia, por Inês Vidal »  2019-06-19  »  Inês Vidal

Somos todos pela democracia. Menos quando ganha quem não queremos. Esta coisa da democracia tem que se lhe diga. Que o diga eu que, nunca falhando a umas eleições, nunca vi ganhar nenhumas. Fica sempre um sabor amargo na boca, uma angústia de não ver ganhar quem se quer.
(ler mais...)


O Tempo dos Gelados »  2019-06-19  »  José Ricardo Costa

Uma coisa que a natureza tem de bastante simpático, facilitando-nos a vida, é a sua circularidade. Por exemplo, as estações do ano. Fosse a natureza destrambelhada e nada poderíamos prever, deixando-nos à nora sobre o que fazer no dia seguinte.
(ler mais...)


Problemas de memória »  2019-06-19  »  Hélder Dias

Glifosato Man »  2019-06-19  »  Hélder Dias

Agustina, a crise na direita, a doença da social-democracia e a teia »  2019-06-07  »  Jorge Carreira Maia

AGUSTINA BESSA-LUÍS. O século XX português teve uma mão cheia de excelentes romancistas. A atribuição do Nobel a Saramago reconheceu isso. Se tivesse sido a Agustina, não teria ficado mal entregue.
(ler mais...)


Parabéns, abstenção! »  2019-06-06  »  Anabela Santos

Muito se tem falado, já tudo foi dito e é do conhecimento de todos que as eleições europeias realizadas no dia vinte e seis de Maio trouxeram uma vitória para a esquerda, excepto para o PCP, e uma acentuada derrota para a direita.
(ler mais...)


Encruzilhada »  2019-06-06  »  António Gomes

Já assim era, mas depois das últimas eleições europeias a interrogação subiu de tom: vai ou não haver geringonça após as próximas eleições legislativas? – as pessoas perguntam.
(ler mais...)


GREVE? »  2019-06-06  »  Denis Hickel

gre·ve
(francês grève)
substantivo feminino
Interrupção temporária, voluntária e colectiva de atividades ou funções, por parte de trabalhadores ou estudantes, como forma de protesto ou de reivindicação (ex.
(ler mais...)


Quando a pedra é o sapato »  2019-06-06  »  Ana Sentieiro

Ontem trajei pela primeira vez. A Noite de Serenatas enlatou a comunidade académica da Universidade do Minho no Largo da Sé. A escuridão dos trajes iluminava os corações dos presentes, aquecia os abraços e motivava as lágrimas ao som da melodia das guitarras portuguesas.
(ler mais...)

 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2019-06-07  »  Jorge Carreira Maia Agustina, a crise na direita, a doença da social-democracia e a teia
»  2019-06-06  »  Ana Sentieiro Quando a pedra é o sapato
»  2019-06-06  »  António Gomes Encruzilhada
»  2019-06-19  »  Hélder Dias Glifosato Man
»  2019-06-06  »  Denis Hickel GREVE?