• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Terça, 22 de Maio de 2018
Pesquisar...
Sex.
 22° / 13°
Céu nublado com chuva fraca
Qui.
 20° / 14°
Céu nublado com chuva moderada
Qua.
 26° / 12°
Períodos nublados
Torres Novas
Hoje  27° / 12°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 
 Últimos artigos por...

Anabela Santos

 

Sua excelência o Mês de Maio »  2018-05-17 

São doze os meses do ano, todos com um significado importante, especial, particular que depende das vivências e das recordações de cada um de nós.
Novembro deveria ser o meu mês de eleição pois, ao contrário de Luís de Camões, eu não maldigo o dia ou o mês em que nasci.

Mas deixo para trás o décimo primeiro mês do calend&aa... (ler mais...)


A história da gente »  2018-04-20 

Sem saber muito sobre o assunto, tenho a certeza de que para entendermos melhor o mundo e a nós próprios, é muito importante conhecermos a história da gente e a gente da história.

É o passado que temos em comum que nos serve como referência e nos ajuda a compreender o presente e a preparar o futuro.

Aos historiadores, agradecemos toda a herança com valor incalculável... (ler mais...)


As máquinas estão a roubar o emprego aos cidadãos »  2018-03-24 

Ó rodas, ó engrenagens, r-r-r-r-r-r
Eterno!
Forte espasmo retido dos
Maquinismos em fúria!
(…)

Tenho os lábios secos,
ó grandes ruídos
Modernos,
(…)

E arde-me a cabeça de vos querer
Cantar com um excesso
(…)

Com um excesso
contemporâneo de
Vós, ó máquinas!

Tant... (ler mais...)


"Passeio" pela cidade com o Gustavo »  2018-02-15 

Há convites irrecusáveis…
- Gustavo, vamos à festa de aniversário do LIJ (Lar de Infância e Juventude), na alcaidaria do castelo?
O Gustavo com um sorriso de gozo, olhou para baixo e respondeu:
- Não posso! Ei!!! É o Gustavo. É óbvio que não pode, encontra-se numa cadeira de rodas.

Não foi um momento constrangedor. Foi, simplesmente, u... (ler mais...)


Falar por falar »  2017-12-12 

Hoje, sentei-me no sofá em frente à lareira. Trouxe comigo caneta e papel – ainda não me sinto conquistada pelas novas tecnologias – e pensei: “Se estou aqui, “munida com estas armas”, é porque me apetece escrever”. Mas escrever sobre o quê?

Poderia voltar a falar no que está menos bem na nossa cidade. Falar do lixo que encontro, diariamente, nas ruas e que in... (ler mais...)


O Golpe e os Spas »  2009-06-11 

”Demos cabo do país e não foi por falta de avisos nem por particular estupidez dos governantes. Foi, claramente, para servir os interesses particulares que perpetuamente vegetam à sombra do Estado.” - Miguel Sousa Tavares

Cansei-me de homens que julgam ter sempre razão. Deito-me aliviado, sem o cadáver da maioria absoluta a tirar-me o sono.

Sinto que volto a acreditar que talvez seja possível viver em liberdade. Di... (ler mais...)


Genéricos »  2009-05-22 
Tenho seguido com interesse, a guerra dos genéricos. Isto, aliás, é uma luta, que vem de longe. Quando andou pelos jornais, o caso do Sr. Pequito. Delegado de Informação médica de um laboratório. E iam dando com o homem em doido. Como se fosse um anormal extraterrestre. Toda a gente sabe que em parte ele tinha razão, que a denúncia foi mal feita. Que as razões não eram as mais correctas. Mas o Sr. Pequito levantou uma frente do véu de... (ler mais...)

A doença do chefe »  2009-05-07 
Começa a ser insuportável. A obsessão do Sr. Sócrates. Pelo número­ de vezes que aparece na televisão. Os jornais dão-se ao luxo. De publicarem periodicamente. O número de minutos ou até horas. Atri­buídos a cada membro do Governo. Todo este tipo de estatísticas podem ter interesse. Ou começarem a revelar-se como um sintoma de uma doença obsessiva. Manipulada como anda a ser. Reflecte uma projecção narcisista de uma persona... (ler mais...)

Voz do Povo »  2009-04-23 
A grande casa da Rua do Cid, chamada também de Casa Vassalo. É uma das memórias mais fortes, que guardo da minha ju­ventude. Ali fizemos festas. Organizámos bailes. Ao longo de todo aquele corredor imenso. Havia de noite histórias de fantasmas. Que a nossa imaginação criava. Era a casa do meu tio João Vassalo casado com D. Celeste Courinha. Irmã de D. Prazeres. Por sua vez mulher do D. Carlos Azevedo Mendes. Morador no Largo S. Pedro... (ler mais...)

Os dinossauros »  2009-04-02 
Vem então a comunidade europeia. Para tristeza de muita gente. Dizer que vão ser abolidas. As distinções de profissão. Deste modo no parlamento europeu. Não se vai chamar mais o Sr. Dr., nem o senhor engenheiro. Apenas, e simplesmente, o senhor.

Há pouco tempo ainda, quando Koffi Hanan. Ex-secretário geral das Nações Unidas. Esteve em Portugal. O Mário Soares lhe chamou na sessão do congresso em que estavam. De Dr. Koffi Hanan ao... (ler mais...)


O Cine Clube »  2009-03-19 
Li o artigo do Cine Clube em diálogo. Com duas gerações recordando a história. Duma das mais velhas instituições de cultura em Torres Novas. Embora só tivesse vindo para cá a meio da década de sessenta. Desde 1955 que a maior parte dos tempos livres de férias. Eram passados por aqui.

Estudante de medicina, passava horas na Casa de Saúde. Discutindo com o Dr. Augusto Amora os casos clínicos internados. O Dr. João Carvalho chamou-... (ler mais...)


O engenheiro »  2009-03-05 
Pensei em tempos que a política era um jogo com interesse. Houve alturas em que quase me tentei mergulhar nela.

Aos poucos fui percebendo que havia muito boa gente. E muita gente má. Sobretudo cansou-me que se não fizesse uma discussão aberta. Que se discutisse o país. O futuro. Ninguém diz que temos que fazer um país novo. No 25 de Abril ainda se ouviu falar disso. Depois acabou-se. O Partido Comunista é que tinha o segredo do futur... (ler mais...)


Cenas quentes »  2009-02-12 
Há anos. A revista semanal, esperada com nervosismo era a Maria. Com secção de correio dos leitores. Consultório sentimental. Onde uma conselheira inventava histórias. E dava respostas que iam acalmar. As íntimas excitações dos leitores. Aos poucos as publicações foram-se multiplicando. Cada vez mais ousadas. E hoje enchem por completo as paredes dos quiosques de jornais. José António Saraiva, na revista ”Tabú” de 7de Fevereiro d... (ler mais...)

A porrada »  2009-01-29 
Nem sempre é fácil lançar uma empresa. Os esforços, as lutas, aparecem sempre escondidos debaixo dos resultados finais.

É pois interessante encontrarmos documentos sobre alguns passos que foram dados. Até se chegar ao tempo de agora.

Foi pois com curiosidade que fomos encontrar. Na letra de vários jornais antigos. Episódios que deixam espreitar a evolução daquilo que hoje conhecemos por Rodoviária do Tejo. Mas vamos ao início... (ler mais...)


Não há Portugal »  2009-01-15 
O senhor primeiro-ministro. Quis dar uma prenda a todos os portugueses. Esperou pelo Natal. Para nos anunciar que ia fazer esqui para Itália. Antes disso. Tinha falado na televisão. Sobre a segurança em que podíamos viver. O Governo tinha feito tudo. Estava a criar mais emprego. A baixar a taxa Euribor. E até tinha dado subsídios para fábricas de automóveis.

Não sei se alguém acreditou nisto. Ou se reparou que estas medidas. Não t... (ler mais...)


Nova inquisição »  2008-12-30 
Não percebo nada de leis. Nem nada me atrai na nobre arte de conhecendo-as, as manipular. Se há recordação que me irrite. É sem dúvida a dos doutores de lei. Desde o tempo em que uma tia me foi ensinando a bíblia. Penetrando no labirinto das escrituras. E fazendo com que eu me olhasse. Como o mais sacrilego dos pecadores. Atarantado com as profundezas do inferno. E rezando todas as noites sentidas desculpas. Pelos pecados feitos durante o ... (ler mais...)

O complexo do pai »  2008-12-11 
Há anos. Em finais dos anos oitenta. Um político. De origem humilde – todos os políticos gostam de dizer que são de famílias humildes – correu para o telefone e disse: papá, sou ministro. Rasgava-lhe a boca um sorriso de felicidade. Sendo baixo, sentiu-se crescido. E mergulhou de cabeça na política. Ficava senhor do poder. Ia fazer parte do grupo acima da justiça., uma justiça de classes. Mas no fundo, sempre justiça. Mesmo quando ... (ler mais...)

Habituados a tudo »  2008-11-20 
Tem sido um tempo de emoções. Foi um longo ano de notícias e novidades. Chegou a falar-se que na Rua António Maria Cardoso, seria feito um hotel. Aproveitando uma casa com uma memória pouco recomendável. Houve logo vozes que se levantaram contra. Porque era importante guardar a memória, do tempo em que a memória era proibida. O assunto parece esquecido. Por agora. No entanto ao longo do ano, quiseram povoar a nossa imaginação de novidad... (ler mais...)

Recortes »  2008-11-06 
Não. Decididamente esta semana não escrevo. Li tanta coisa. Vi tanta coisa. Que creio que neste jornal seria interessante uma página de recortes de imprensa. Podia haver uma nota de aniversários. Outra dos comentários feitos àquilo que se chama fazer obra. Não, decididamente não escrevo nada de meu. Neste canto do jornal por que espero todas as semanas. Aqui vos deixo algumas pérolas da imprensa nacional, que muito melhor do que eu, deix... (ler mais...)

Serviço Nacional de Socorro »  2008-10-16 
Quando numa noite de Natal. Subitamente ao meu lado. Um senhor perdeu os sentidos. Chamei o 112, enquanto procurava ajudar os primeiros socorros.

Ao mesmo tempo alguém chamou os Bombeiros. E uma ambulância apareceu rapidamente.

Do outro lado do telefone identificaram-se como sendo do CODU (Centro de Orientação de Doentes Urgentes). Entre outras coisas, estavam a confundir Torres Novas com Torres Vedras. Chovia. O doente estava deita... (ler mais...)


 

 Mais lidas - Opinião (últimos 10 dias)
»  2018-05-18  »  Jorge Carreira Maia Maio de 68 e democracia
»  2018-05-17  »  José Ricardo Costa Bonés há muitos
»  2018-05-17  »  Inês Vidal Maior quê?