• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Terça, 21 de Agosto de 2018
Pesquisar...
Sex.
 35° / 19°
Céu limpo
Qui.
 37° / 19°
Céu limpo
Qua.
 38° / 19°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  38° / 21°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 
 Últimos artigos por...

Eduarda Gameiro

 

Uma questão de memória? »  2018-05-17 

Sempre fui portadora de uma lacuna de grandes dimensões: a memória. E, quando sou confrontada com uma situação em que esta faculdade tem grande importância, e eu me encontro na sua ausência, há sempre quem me relembre:
- ‘’Andas a comer muito queijo!’’.

A verdade é que considero que o meu raciocínio lógico supre esta deficiência com a... (ler mais...)


Universo humano »  2018-05-03 

Emmanuel Kant, um dos mais célebres e eminentes filósofos dos últimos séculos, assistiu, em dada altura, a uma palestra de um astrónomo materialista sobre o lugar do homem no universo. Quando o cientista concluiu a palestra com as palavras “Assim, vemos que o homem é evidentemente insignificante em termos astronómicos”, o filósofo levantou-se e disse: “Professo... (ler mais...)


PERDER EM CASA »  2018-04-20 

Sou uma vítima do fanatismo pelo futebol e como tal, não preciso de estar a ver um jogo para saber se o Benfica perdeu ou ganhou, porque assim que uma bola atinge a baliza, os meus ouvidos fazem questão de me avisar que há ruído na sala e, das duas, uma: ou algo está correr muito bem, ou algo está a correr muito mal.

O ruído de hoje foi diferente daquilo a que me tenho acostumado.... (ler mais...)


Ciência, Informação e Democracia »  2018-04-04 

A democracia é o meio pelo qual posso ter, à semelhança de qualquer pessoa na sociedade em que me insiro, uma ideia sobre o mundo que me rodeia. Por isso, com base em todos os ensinamentos e tabelas axiológicas que apreendi no decorrer da minha curta vida, creio e defendo que é o regime pelo qual devemos lutar. Cabe, todavia, a cada um de nós, como agentes decisores na sociedade, revelar algum bom sens... (ler mais...)


Novas Violências »  2009-06-04 
A Terra, tal como as sociedades que a constituem, gira, envolvida pelo arrogante manto do Universo, em redor de um centro metálico. Este movimento está subordinado a uma certa frequência, produto de factores e de forças muito exteriores ao nosso pequeno planeta, uma das poucas atenções que o Universo concede às nossas vidas. Da mesma maneira, nós, tripulantes à força deste rochedo em órbita, obrigados a viver em sociedade porque foi em... (ler mais...)

Labirintos »  2009-04-30 
Conta-se que, há mais de 900 anos, um rei da Arménia convidou um grande califa árabe ao seu castelo. Após uma noite dos mais opulentos sabores e sensações, os monarcas retiraram-se aos seus aposentos. Na madrugada seguinte, o árabe acordou dentro de um labirinto de pedra, completamente isolado do mundo, e lá passou dois dias, perdido e desorientado, em busca de uma saída ou de um resto de sol, até que o rei arménio, por fim, o resgatou... (ler mais...)

Apenas Humano »  2009-03-19 
Conta-se que, uma vez, nas margens de um lago, um escorpião pediu a um sapo que o atravessasse às costas para o outro lado. O sapo recusou, temendo que o escorpião se aproveitasse da posição de superioridade e o picasse. Porém, o escorpião afirmou: ”Tens medo de quê? Se eu te ferisse a meio da viagem, iríamos os dois ao fundo e eu morreria contigo…”. O sapo ficou convencido com o argumento do escorpião e aceitou transporta-lo até... (ler mais...)

Desconhecido »  2009-03-05 
Hoje acabou o Fantasporto 2009. Na opinião de alguns frequentadores assíduos do festival, a selecção deste ano foi a pior de sempre. Mas eu, um novato por aquelas paragens, saí do Rivoli sem saber o que é que estava a fazer ou porque é que me ia embora…

Os anciães da minha aldeia dizem que quem se aloja no mar, quem ergue paredes e tecto na inconstância das ondas feitas de sabor a sal e a infinito, arrisca-se a perder-se para semp... (ler mais...)


Desindividualização »  2009-02-05 
A força do Ser Humano evoluiu e refinou-se desde os primórdios da existência. Da caça até à indústria, da a comunicação até à arte, sempre se soube adaptar às potencialidades de um mundo cada vez menos desconhecido, conseguindo prevalecer e espalhar o seu domínio pelas diversas regiões do globo. Por outro lado, a sua fraqueza estagnou no tempo. Hoje, tal como há milhares de anos atrás, uma das mais poderosas motivações que ... (ler mais...)

Para lá do mar »  2009-01-15 
Neste momento, na faixa de Gaza, um rapazinho está sentado num muro a observar o mar. Não interessa, nem a mim nem ao mar, a sua etnia e muito menos a sua religião (dois conceitos que deviam estar muito mais separados do que estão na realidade). As crianças são imunes a posições políticas. Nascem onde nascerem, gritem por quem gritarem, a sua inocência nunca cessa, e a penumbra da guerra acaba sempre por desnudar os seus frágeis coraç... (ler mais...)

Os meus próprios passos »  2008-12-24 
José Régio, em pinceladas de poesia que refrescam a alma, afirma, no seu poema ”Cantico Negro”, que ”Se vim ao mundo foi para desbravar florestas virgens e desenhar os meus pés na areia inexplorada. O mais que faço não vale nada”. Essa ideia, bem como todas as outras ideias que, através de algum olhar desiludido ou de alguma mão irreverente, rasgam sulcos na terra dos Homens, desvaneceram ontem, temporariamente, sob um manto branco... (ler mais...)

Cavalo de tróia »  2008-11-06 
Segundo a Eneida de Virgílio, a lendária e bem defendida cidade de Tróia, a determinado momento da sua batalha com o exército grego, abriu as suas portas e deixou entrar um gigante cavalo de madeira, oferenda aparente dos seus submissos oponentes à força invencível que guardava aquelas muralhas. Quem ousaria rejeitar semelhante presente? Uma estátua, inofensiva e gloriosa… Quem não a aceitaria como sinal de vitória? Quem não repousar... (ler mais...)

Crise Inflamatória »  2008-10-23 
No início da era cristã, Cornelius Celsius, médico romano identificou e divulgou os principais sintimas evidenciadores de uma inflamaçã ”Rubor, Tumor [inchaço], Calor, Dor”. Posteriormente, o polaco Rudolf Virchow acrescentaria a essa lista a ”perda de função” das células lesadas no processo inflamatório. Caracterizava-se, assim, o que é uma inflamação para quem a sente ou para quem a vê. Mas, como Celsius e Virchow certamen... (ler mais...)

Remédio envenenado »  2008-10-09 
Paracelso, o pai da farmacologia, afirmou, em consequência dos seus estudos, que ”a diferença entre a droga e o remédio está na dose”. Sentimos isso no dia-a-dia, enquanto vemos o mundo consumista que criámos crescer incontrolavelmente. Sufocamos lentamente quando percebemos que o mercado que libertámos ganhou vida própria e que envenenou a fonte de onde vamos bebendo a liberdade.

O governo do PSD, numa jogada digna da economia Am... (ler mais...)


Terceira Jornada »  2008-09-25 
À terceira jornada, o Sporting vai assumindo a liderança com três vitórias e três jogos, deixando os seus rivais mais directos para trás. O início de temporada do Porto, principal candidato ao título, já está rotulado de ”mau” pela imprensa. Diz-se que a liderança já vai longe, a 4 pontos de distância, metade dos 9 possíveis em 3 jogos, e que a cadeira que Jesualdo tem ocupado com sucesso nos últimos anos já começa a tremer l... (ler mais...)

Tu é que sabias, Galileu Galilei »  2008-09-18 
No séc. XVII, Galileu Galilei, astrónomo nascido em Pisa, postulou, reafirmando as teorias de Copérnico, que a terra se move à volta do sol. As evidências verificadas pelo italiano iam contra a doutrina da igreja, em tempos conturbados pelo surgimento do protestantismo, e punham em causa a soberania do clero. Assim, o filósofo de Pisa foi julgado pelos tribunais da Inquisição e obrigado a negar as suas hipóteses, em nome de um Deus que, ... (ler mais...)

Corações escondidos »  2008-09-11 
Nos inícios do séc. XVII, o estudo da anatomia ainda ia esbarrando no conflito entre a curiosidade dos jovens estudantes e as ideias clássicas que estavam em duro vigor. As antigas teorias de Galeno, com 15 séculos de existência, eram vistas como invioláveis, como uma segunda pele que recobre o corpo humano. Porém, William Harvey, um inglês que estudou em Pádua, sentiu bater o coração de uma maneira diferente da prevista, por debaixo d... (ler mais...)

Hernán Flores »  2008-08-28 
Em 1519, Hernán Cortés conduzia o exército espanhol a Tenochtitlán, capital do império Azteca, com a pura intenção de conquistar aquela riquíssima civilização. O imperador Montezuma, acreditando que os europeus eram os deuses cuja chegada estava prevista nas profecias, recebia-os como amigos, baixando a guarda. 2 anos mais tarde, os homens de Cortés deixariam a cidade em ruínas e exterminariam a sua população.

Passado 500 anos,... (ler mais...)


Naufrágios »  2008-08-28 
As epopeias marítimas da época dos Descobrimentos representavam o princípio renascentista de iluminar a escuridão do desconhecido com o fogo humano que Prometeu, segundo a lenda, roubou aos céus.

O mar, esse manto de aventuras que semearam sal no sangue do povo lusitano, constituía uma barreira tanto física como psicológica ao avanço da civilização sobre o globo. Uma viagem de barco, tão contra-natural, implicava imensos custos f... (ler mais...)


Pegar no bisturi »  2008-08-21 
Paris, século XVI. Um jovem estudante de medicina chamado André Vesálio, hoje visto como o pai da anatomia, quebrava os preceitos morais impostos pela santa igreja ao roubar cadáveres dos cemitérios das prisões para neles descobrir os perigosos mistérios do Homem. Um só indivíduo, contra o medo e contra os costumes, utilizava métodos sujos para ir mais além, por não se limitar a aceitar o mundo como um dogma de fé.

O puritanismo... (ler mais...)


 

 Mais lidas - Opinião (últimos 10 dias)
»  2018-08-15  »  Maria Augusta Torcato Ganha fama e senta-te à sombra da bananeira
»  2018-08-16  »  Jorge Carreira Maia Protectorado
»  2018-08-15  »  Anabela Santos O operário