• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Segunda, 19 de Fevereiro de 2018
Pesquisar...
Qui.
 15° / 4°
Céu limpo
Qua.
 19° / 6°
Céu limpo
Ter.
 20° / 6°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  19° / 8°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 
 Últimos artigos por...

José Ricardo Costa

 

Rankings »  2018-02-15 

Até ao 5.º ano do liceu (actual 9.º ano) fui um aluno cujo rendimento andou algures entre o mau e o péssimo. Chumbei alegremente dois anos e devo à simpática benevolência docente não terem sido mais. Entretanto, tive a minha estrada de Damasco e tornei-me bom aluno. Acontece que tudo isto aconteceu não em duas escolas mas na mesma escola, então chamada Escola Secundária de... (ler mais...)


“Sábado à tarde” no cinema perto da avenida »  2018-01-30 

Um quadro pode ter milhares de reproduções, em livros de arte, na Internet, posters, puzzles ou até chapéus-de-chuva. Mas estar perante o original, o quadro único e irrepetível saído da mão do pintor, que só existe naquele momento e ali à nossa frente, é quase como a experiência religiosa de estar num espaço sagrado. E não é só isso. ... (ler mais...)


V de Vingança »  2018-01-17 

Como não entra nas contas um livro de Pablo Neruda que me ofereceram no Natal ainda eu mal sabia ler, o meu verdadeiro baptismo poético foi com um livro de António Ramos Rosa que comprei numa feira do livro do Cine-Clube de Torres Novas. Pouco depois veio o crisma com a Poesia Toda de Herberto Helder, numa feira do livro da Zona Alta, no edifício onde é hoje a GNR e que me custou 600 escudos (uma fortuna), ma... (ler mais...)


Tabacaria Central »  2018-01-04 

Ser criança será sempre ser criança e é perante um chocolate ou um brinquedo que se vê. Uma coisa como o 1.º andar da Tabacaria Central numa pequena vila dos anos 60 como era Torres Novas, só não era uma utopia porque as utopias não existem e aquele 1ºandar era tão real como o castelo mais acima. Convém lembrar que é um tempo em que muitas crianças n&a... (ler mais...)


O Derbi »  2017-12-13 

No dia em que os meus pais casaram era de jogo no Almonda Parque. Despachado o almoço da praxe, foram então os noivos, alegremente seguidos pelos engalanados convidados, rumo ao também chamado quintal do José Maria. O meu pai podia não ser doente do esférico mas era homem de suas rotinas, sendo domingo de futebol uma delas. Fazia sentido. No lânguido quotidiano de uma vila onde pouco acontecia, s... (ler mais...)


Deus 2.0 »  2017-11-29 

O problema da existência de Deus foi, até ao século XIX, tema incontornável da Filosofia, não havendo filósofo que não metesse a sua colherada nem que fosse para deitar veneno. Depois, quase recebeu a extrema-unção. Resistiram as diversas artes com grandes obras sobre a felicidade ou angústia de um mundo com ou sem Deus, mas foi sobretudo na agenda ideológica que se ma... (ler mais...)


Ir à Praça »  2017-11-14 

Qualquer jovem de Lisboa sabe que ir “ao bairro” é Bairro Alto. No Porto, ir “ao palácio” é Palácio de Cristal. Em Torres Novas “ir à praça” é Praça 5 de Outubro. Mas houve um tempo em que a expressão tinha outro sentido: ir à 2ª feira comprar fruta, legumes, hortaliças, queijos, enchidos, animais, loiças, móveis ... (ler mais...)


O VÉU DA IGNORÂNCIA »  2016-04-05 

 

Volta e meia somos confrontados com o problema do vestuário, devido às diferenças entre a cultura ocidental e a muçulmana. Desta vez, por causa das hospedeiras da Air France serem obrigadas a usar véu e roupas largas, em Teerão. Para uns, será um sinal de respeito por uma cultura diferente. Outros vêem nisso uma humil... (ler mais...)


COISINHAS DE ESQUERDA »  2016-03-16 

Desejando motivar os alunos para o capítulo de Filosofia Política, explico que o tema ajuda a esclarecer, entre outras coisas, o que significa ser de esquerda ou de direita. Um aluno mais curioso resolveu então perguntar-me se sou de esquerda ou de direita. Expliquei-lhe que por uma razão deontológica não iria responder mas apeteceu-me divertir um bocadinho, lançando... (ler mais...)


O REGICÍDIO »  2016-02-04 

Pode ser estranho um homem tão fleumático como Alexandre Herculano ter chorado que nem uma Madalena no funeral de D. Pedro V, também ele um fleumático, bem mais Saxe-Coburgo do que Bragança, como diz Maria Filomena Mónica na sua biografia. Tal reacção pode ser explicada não só pela sua ligação pessoal ao jovem rei mas também ... (ler mais...)


Estado hiperbolicamente social »  2016-01-20 

Estou na biblioteca da minha escola, absorto no meu trabalho. Entretanto, sou interrompido por um garoto que, muito educadamente aliás, me pergunta se tenho uns phones que lhe empreste. Eu, também, educadamente respondo que não. O rapaz agradece e vai para a vida dele, não sei se com phones ou sem phones pois deixei de o ver. Pensei que alguma coisa de importante se deve estar a passar no mundo para um garoto achar ... (ler mais...)


FURAR OU NÃO FURAR »  2016-01-09 

Bem nos podemos esforçar por explicar, com os mais sofisticados dotes retóricos, que somos a favor disto ou daquilo. Mas é nas reacções espontâneas que mais verdadeiramente nos revelamos. Pelo que observei do mundo e por livros que li cujas posições achei sensato adoptar, há muito que me considero política e filosoficamente liberal. Mas eu po... (ler mais...)


SEM SOMBRAS DE GREY »  2015-11-13 

Se é verdade que embirro com a ideia de uma educação sexual, em cuja raiz se encontra uma visão racional e científica do sexo, não embirro menos com a totalitária ideologia sexual com que somos permanentemente doutrinados e catequizados através de uma comunicação social, seja esta mais séria ou menos séria, que mais parece ser escri... (ler mais...)


A MANCHA HUMANA »  2015-10-11 

Toda a gente sabe que Portugal é um lugar perigoso para quem precisa de entrar numa casa de banho pública mas também é verdade que nunca estamos preparados para o pior. Há dias, numa viagem de comboio, precisei de ir à casa de banho. Abro a porta e entro no Inferno, não no de Dante mas no de Rabelais, confrontando-me com uma daquelas situações radicais que são mais uma facad... (ler mais...)


OS AMIGOS DE OLEX »  2015-09-25 

Já me pude aperceber que há muitos jovens entusiasmados com a mitologia dos anos 60, olhando para os portugueses que terão hoje 60 e 70 anos e imaginando uma juventude de sexo, droga e rock and roll, quiçá, tendo alguns deles estado em Woodstock. E soubessem eles o que foi o Maio de 68 e ainda iriam pensar que os seus pais também tivessem andado por cá a proibir proi... (ler mais...)


REFUGIADOS OU REFUGO DA HUMANIDADE? »  2015-09-17 

Há dias, no Le Monde, o filósofo Jean Claude Bourdain divertia-se com os presidentes de câmara de Roanne e Belfort, pelo facto de só quererem aceitar refugiados cristãos, na mesma linha do que está a acontecer noutras regiões mais a leste, onde em tempos se criou o Homem Novo mas que rapidamente envelheceu. O filósofo faz então um exercíc... (ler mais...)


DOUTOR, TRAGA-ME GIZ, POR FAVOR »  2015-08-28 

Num daqueles felizes momentos em que não era fácil perceber se estava sóbrio ou bêbedo, dizia Winston Churchill que o capitalismo representa uma desigual distribuição da riqueza, enquanto o socialismo representa a igual distribuição da miséria, dito espirituoso que até um filósofo de esquerda como John Rawls seria capaz de subscrever. ... (ler mais...)


Precisamos tanto de uma terapia para o excesso de realidade, como um esquizofrénico para a irrealidade em que se encontra mergulhado. »  2015-07-27 

Lembrei-me de Anteu, a célebre personagem mitológica que era invencível se em contacto com o chão mas, tal como Sansão sem cabelo, absolutamente fragilizado se o levantassem. Foi assim que Hércules o venceu. Conseguiu levantá-lo e, a partir desse momento, já não mais reagiu.

Lembrei-me de Anteu por causa do equil&iac... (ler mais...)


JOGO AMIGÁVEL »  2015-07-01 

Vale a pena ver estes cinco golos. Pelos golos em si, obras de arte de elevada fineza, mas também para pensar nas putativas reacções dos guarda-redes que os sofreram. Golos destes são um hino ao futebol e fazem a alegria de quem gosta do desporto-rei. Mas pensar na reac&cce... (ler mais...)


FALAR OUTRA VEZ »  2015-06-17 

Quis o destino que eu fizesse parte do júri de um exame oral de Inglês. Apesar de estar ali apenas de corpo presente, segui com atenção a prestação do único aluno examinado. Ora bem, eu conheço o aluno e as suas excelentes capacidades intelectuais, linguísticas e argumentativas. Não surpreende pois que tenha feito uma boa oral de Inglês. Ain... (ler mais...)


 

 Mais lidas - Opinião (últimos 10 dias)
»  2018-02-09  »  Jorge Carreira Maia A esquerda e os rankings escolares
»  2018-02-16  »  Jorge Carreira Maia A Igreja, o espírito e o sexo
»  2018-02-15  »  Anabela Santos "Passeio" pela cidade com o Gustavo