• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
Directora: Inês Vidal   |     Sexta, 17 de Agosto de 2018
Pesquisar...
Seg.
 37° / 24°
Períodos nublados
Dom.
 38° / 22°
Céu limpo
Sáb.
 37° / 19°
Céu limpo
Torres Novas
Hoje  34° / 16°
Períodos nublados
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 
 Últimos artigos por...

Carlos Tomé

 

Torres Novas está lá dentro »  2018-06-06 

Casa Espanhol, uma das três lojas mais antigas de Torres Novas, fechou as suas portas no passado dia 30 de Maio. Torres Novas nunca mais será a mesma terra. Com este encerramento encerra-se uma determinada forma de estar na vida, a generosidade e a inteligência de conseguir estar quase 80 anos à frente de um estabelecimento comercial que marcou indelevelmente a vida da cidade.

Amolava facas e tesouras, consert... (ler mais...)


O Janota nunca entrou na Abidis »  2018-04-20 

Quando saiu de casa, o Janota ia com a intenção de finalmente ter coragem de beber um chá e comer um duchese na Abidis, a pastelaria mais fina do burgo. Especialista em navalhas de ponta e mola, limpa-unhas, bilhetes falsos, ilusões cheias e carteiras vazias, as suas relações sociais e profissionais subiam até às subcaves de Alcântara e aos vendedores de vigésimos premiados. ... (ler mais...)


Um sobreiro em Águas de Moura, ondas na Nazaré e eucaliptos em Riachos »  2018-04-04 

Sempre me arrependi de não ter aceitado o convite, faz agora 40 anos, do Victor Silvino para irmos à Nazaré na sua Vespa ver uma onda enorme que estava a chamar curiosos. Mas na altura a imagem que me apareceu de imediato à frente dos olhos, não foi a do mar em polvorosa, foi a do pendura da motorizada a esbardalhar-se todo pela serra abaixo quando o mais célebre chofer da biblioteca itinerante da Gulb... (ler mais...)


Gente comum com memória especial »  2018-03-08 

Como estava farta de ouvir dizer que a PIDE só tinha dado em alguns meliantes umas pancadinhas de-quando-em-vez que não faziam mal nenhum, num processo de branqueamento total do fascismo português, Aurora Rodrigues, antiga militante do MRPP e hoje procuradora da República, decidiu contar as suas histórias na prisão na época do Marcelo Caetano. E em 2011 editou o livro “Gente Comum – u... (ler mais...)


Os agradecimentos de Santa Comba Dão »  2018-01-30 

Durante muitos anos, mesmo muitos anos, o regime fascista vigorou neste país á beira-mar plantado. Saber como foi possível manter-se esse regime tanto tempo, perceber o que esteve na base dessa longevidade, que artimanhas criou para embalar as almas no melhor dos amparos criando a mais feliz das ilusões, e que modos utilizou na opressão e em mil e um mecanismos para subjugar os portugueses durante tantos anos... (ler mais...)


Os avieiros já morreram há muito »  2018-01-04 

Os toros de madeira desciam pelo Tejo abaixo aproveitando a correnteza de todos os dias, galgando aluviões, espraiando-se pela areia nas margens ou pela água que invadia os campos e neles cavava húmus, a esperança de novas culturas, outras terras. No calmo calor das tardes desciam pelo Tejo toros abraçados vindos de Vila Nova da Barquinha carregados por juntas de bois pisando trilhos lamacentos de bostas.
... (ler mais...)


Manter as barcaças do passado »  2017-12-13 

Aqui há uns anos, não muitos, o Bruno Aleixo, um boneco televisivo, um urso que só mexia a boca e revirava os olhos, fazia-nos rir e pensar quando mandava umas atoardas e se vangloriava de ler muito. Ele era anúncios, listas de supermercado, slogans que andavam espalhados por Coimbra, o preçário do café do Aires, algumas mensagens de telemóvel e mais umas dezenas de coisa. Quer dizer, por... (ler mais...)


O sentido da vida »  2017-11-29 

Há pessoas que vivem toda a vida sem se dar por elas. No fundo parece que não calcam o mesmo chão, que não bebem o seu café na Praça, uma italiana com adoçante faxavor, parece que não andam cá por estas bandas, são como o homem invisível, por vezes só se vê o contorno do casaco, remetendo-se a um silêncio exasperante e a uma invisibilidade que nos a... (ler mais...)


A melhor opinião »  2017-11-14 

Olha lá, não estou nada de acordo quando eles dizem que têm a melhor opinião. Melhor opinião em quê? Há melhores e piores opiniões? Ou há só opiniões? Para além de estarem a puxar lustro aos galões, toda a gente sabe que a melhor opinião é a do Marques Mendes, o grilo falante, o tipo sabe as calhandrices todas do PSD e casca na geringon&ccedi... (ler mais...)


Pois »  2014-09-25 
Não consigo encontrar nada de jeito que se leia neste jornal. Parece que não há escândalos cá na terra, ninguém foi atropelado, os amigos do alheio não deram cabo do recheio da ourivesaria da esquina, o vizinho não pôs os cornos à mulher com a mulher-a-dias, a filha da Gertrudes não deu o nó com uma barriga de quatro meses que até teve de ir à igreja com um reposteiro branco armado ao pingarelho para disfarçar o inchaço. Ó homem ... (ler mais...)

Um homem e o seu partido »  2014-08-29 
Iniciado pela voz potente de João Espanhol e por António Canais, dois torrejanos cuja história se encarregará de registar a sua vida inteira de resistência e de luta por uma sociedade melhor, e entoado por dezenas de pessoas, algumas de punho erguido, o refrão do hino comunista haveria de sensibilizar todos os amigos de Francisco Canais Rocha no momento da sua sepultura. ”Bem unidos façamos desta luta final uma terra sem amos a Internaci... (ler mais...)

Mural da história »  2014-04-16 
Quando Celeste Caeiro ofereceu cravos aos soldados estava longe de pensar que eles iam ficar na história, tornando-se o símbolo de uma revolução.

Quando centenas de pintores e militantes anónimos davam cor às palavras de ordem e som às imagens de muitas lutas, estavam longe de sonhar que essas imagens eram verdadeira arte de emergência política e que se gravariam para sempre nas nossas memórias.

A história do 25 de Abril escre... (ler mais...)


sagrado como o sol que aquece a alma »  2012-02-24 
anda galante chega ao rego encosta ramalhete ainda hoje temos de fazer esta jeira de terra, o boieiro dá um toque com o aguilhão nos cornos dos animais e estes de imediato alinham a caminhada lenta e pachorrenta sob o sol ainda fresco acabado de espreitar por trás dos salgueiros que ladeiam o almonda ao seu passo certo calcando os torrões de terra castanha e rude e sedenta conduz a junta de bois mais o charrueco que o manel em calções pelo... (ler mais...)

vamos constituir uma loja da marcenaria não somos menos que essa gente que se diverte a brincar às lojas »  2012-01-20 
primeiro entrou o joaquim da arcada acabado de sair das obras com a pirisca apegada ao lábio inferior com cola cuspo e fazendo-a bailar de um canto para o outro da boca com a destreza de uma língua afiada de pedreiro livre depois veio o manel sete dedos carpinteiro desde os treze anos feito moço de recados e depois marçano antes de manobrar uma garlopa com destreza tal que lá deixou três dedos da mão canhota e por via disso veio a calhar-l... (ler mais...)

não há chinês que peça meças ao cigano »  2011-12-22 
é tudo a cinco aéreos ò freguesa tenho blusas lindas e macias de seda que se ajustam ao corpo e já não largam a gente ò minha senhora veja lá esta lindeza é seda da boa pescada esta noite ainda vem fresquinha olhe para isto de primeira qualidade é tudo a uma nota de cinco é só escolher não há melhor nesta feira sou cigana mas sou honesta ò senhor também tenho calça de ganga que lhe assenta como uma luva e estas camisolas de classe... (ler mais...)

não acha que o pedro precisa de um pouco de botox nos lábios »  2011-12-08 
olhe querida não acha que o pedro precisa de um pouco de botox nos lábios ele é um bonzão tem uma voz de rádio e veste armani o que nos tempos que correm é um achado ver um gentleman bem apresentado em qualquer festa da socialite mas não pode descuidar o aspecto do rosto, se ele quiser eu meto um cunha ao tallon está bem que está a fazer um óptimo trabalho mas não pode esquecer o aspecto de todo querida de todo e o paulo que bem ficava... (ler mais...)

nada sei do amor neste tempo de cólera »  2011-11-24 
não me venham cá com merdas a quererem-me enfiar na cabeça essa ideia de que somos todos iguais que eu não sou nenhum trouxa mas desde quando é que os pretos que cheiram a capim e não sabem uma letra do tamanho de um comboio ou os ucranianos que não sabem fazer nada e encharcam-se em vodka logo pela manhã ou esses larilas que se enchem de lantejoulas e se esfregam pela gente a pedir consolo ou os gajos que se põem nas nossas mulheres po... (ler mais...)

sente o cansaço de si da vida de tudo »  2011-11-10 
sacode os sapatos no capacho da entrada como quem tira de si o que se acumula de sujidade dos dias anteriores e entra em casa com a mesma desesperança com que saiu, recebe na cara o bafo quente e húmido do silêncio que vem de dentro, acende a luz e apaga o olhar por breves instantes até ver a claridade da sala os móveis inertes as janelas fechadas os sofás quietos o jornal aberto espalhado no chão as chaves pousadas na mesa, tudo imutável... (ler mais...)

puxou a culatra atrás e lá vai disto »  2011-10-27 
saiba vossa excelência que eu nem sequer lá estava mas ouvi tudo quando o tipo desatou a berrar que nem um perdido guinchava que nem um porco na hora da morte agarrado à barriga a apertar a tripa para não deitar cá para fora uma torneirada de sangue de cabidela e até consegui ouvir o som da naifa a espetar-se na pança do sacana e ele a contorcer-se com dores não vi nada mas ouvi tudo e fiz o filme que nisto de filmes sou bom sempre gostei... (ler mais...)

se o bafo dela entra em ti »  2011-10-13 
então diz lá meu filho qual foi o pecado que cometeste pois deve ter sido coisa grave para estares aqui com essa cara que compromete qualquer um, sabes é que o pecado apoquenta todos os filhos de deus mas só os mais fortes conseguem debelar essa tormenta, mas pecaste por palavras por actos ou por pensamento e digo-te já que na tua idade o pecado dos pensamentos é o mais grave é o que exige mais penitência pois o pecado das palavras é o m... (ler mais...)

 

 Mais lidas - Opinião (últimos 10 dias)
»  2018-08-09  »  Maria Augusta Torcato O meu Ti Boino
»  2018-08-15  »  Maria Augusta Torcato Ganha fama e senta-te à sombra da bananeira
»  2018-08-16  »  Jorge Carreira Maia Protectorado