• SOCIEDADE-  • CULTURA  • DESPORTO  • OPINIÃO
  Domingo, 20 Setembro 2020    |      Directora: Inês Vidal    |      Estatuto Editorial    |      História do JT
   Pesquisar...
Qua.
 24° / 18°
Céu nublado com chuva moderada
Ter.
 25° / 15°
Céu nublado com chuva fraca
Seg.
 25° / 15°
Céu nublado
Torres Novas
Hoje  28° / 17°
Períodos nublados com chuva fraca
       #Alcanena    #Entroncamento    #Golega    #Barquinha    #Constancia 
 Últimos artigos por...

Paulo Simões

 

O "Torrejano" e o pedroguense »  2014-09-25 
A minha colaboração com o Jornal Torrejano teve início a Dezembro de 2012. A minha história com este Jornal resume-se pois, não a vinte anos, mas apenas ao último ano e meio! Antes disso, a minha atenção ao JT enquanto leitor, admito, ia-se fazendo de períodos mais assíduos, intercalados com períodos de maior afastamento.

Vamos então ao início de Dezembro de 2012, quando esta relação começou.

À data, confesso, não tinh... (ler mais...)


Divagações e paralelismos »  2014-04-04 
Há dias na Ponte do Raro...

Olhava o Almonda depois de fortes chuvadas. A água exerce um qualquer fascínio inexplicável sobre a natureza humana. Dou-me conta do magnetismo com que nos entregamos à contemplação do mar ou dos rios. Horas a fio, com os olhos perdidos na água. Ainda que nestas fases de pura demonstração de força, me cause uma sensação ambígua de grande admiração e respeito.
O caudal, muito perto do limite m... (ler mais...)


Jamais! Até um dia… »  2014-03-21 
Enquanto somos mais novos há um certo número de coisas que definitivamente não entendemos. Mas não entendemos mesmo, por mais que possamos tentar! Explico.

Por maior que seja o esforço que façamos, não há a mínima hipótese de atingirmos o que tantas e tantas vezes os nossos pais nos querem transmitir. Em determinados assuntos então, o fosso é gigantesco. Não existe qualquer espécie de empatia. Não há hipótese nenhuma de nos ... (ler mais...)


Aquele olhar »  2014-03-07 

Há expressões que nunca esquecemos.

Por mais anos que passem, existem momentos que ficam gravados em nós de tal forma permanente, que jamais se apagam.

Por vezes são apenas segundos. Ou partes de segundos. Fracções. Por vezes não existem palavras, são apenas olhares. Quer dizer, na maior parte das vezes não existem palavras de todo. São simplesmente olhos que nos falam. Com expressões de tal modo claras e exactas, que nã... (ler mais...)


Passado e futuro, olhos nos olhos! »  2014-02-21 

É curioso como a História, por vezes, junta passado e futuro na mesma cena.

O passado e o futuro tocando-se, ainda que de forma ténue, naqueles breves momentos do tempo a que chamamos presente. O que foi e o que será em contacto… Passado e futuro em simultâneo.

Por exemplo. Lembro de há uns anos atrás, talvez quatro ou cinco anos, ficar perplexo com duas notícias. Não tanto com qualquer uma delas isoladamente, mas pelo fa... (ler mais...)


Velhice »  2014-01-24 

Nós só damos o devido valor às coisas quando deixamos de as ter. Essa é que é a verdade. Ai, tanta falta que ele me faz! O meu marido sempre foi um homem tão bom. Rezingão, mas um homem bom. Era a minha companhia. Agora que ele se foi é que me dou conta que me faz uma falta danada. Quanto mais não fosse, pela companhia. É tão triste estar só. Passam-se dias sem que eu fale com alguém. Estou para aqui. Aos dias inteiros sem falar ... (ler mais...)


A espuma que fica »  2014-01-17 

Sempre que um novo ano começa, renovam-se os votos de uma nova esperança. E formulam-se desejos e fazem-se pedidos. Uns mais abertamente assumidos, outros mais secretamente sussurrados, cada um do seu próprio jeito. Mas de um modo geral, ninguém fica indiferente à abertura de um novo capítulo. Vendo bem, o novo ano pode ser tudo aquilo que quisermos. No preciso momento em que começa, ele é apenas uma página em branco. Todas as histó... (ler mais...)


O mestre, o escorpião… e tu »  2014-01-03 

Li, há dias atrás, uma bela história sobre a natureza humana. Uma história sobre um mestre do Oriente e um escorpião, e o modo como cada um deles se entregava sem complexos à sua natureza. À sua forma de vida, e mais do que isso, à sua forma de estar na vida.

É pois uma história sobre a natureza de cada um de nós. Sobre a nossa essência. Sobre aquelas coisas tão nossas que nos tornam únicos.

Uma história sobre individu... (ler mais...)


Ligação Natal! »  2013-12-20 

A minha crónica de hoje é em tudo diferente do que já escrevi aqui.

Hoje não vos conto nenhuma história minha, nem da minha filha ou dos meus vizinhos. Hoje, a minha Terra pura e simplesmente não entra na história. Faremos por isso uma ligação diferente, porventura uma maior ligação aos Homens do que propriamente a habitual ”Ligação à Terra”.

A originalidade não é grande, mas gostaria de vos falar do Natal.

... (ler mais...)


2013, o fim da independência »  2013-11-29 

Diz-se que Mark Twain terá um dia revelado um apurado sentido de humor, quando a propósito de uma falsa notícia que dava conta da sua morte, terá exclamad ”Os relatos sobre a minha morte são manifestamente exagerados!” Será este, o nosso caso?

O dia da independência está quase aí. O 1º de Dezembro. E pela primeira vez em mais de cem anos não será feriado nacional em Portugal. O dia da independência, que sobreviveu à I Re... (ler mais...)


Memórias de um futuro lembrado »  2013-11-15 
Por vezes, em certos dias de maior monotonia, abate-se em mim uma nostalgia imensa. Mas não se trata de uma nostalgia de passado. Perco-me horas a fio numa nostalgia surpreendente de futuro. Mais do que lembrar o passado, o que me leva a imaginação a enredar-se no tempo e no espaço, são lembranças de futuro. Lembro dias, noites, lembro anos à frente. Um futuro lembrado, portanto...

Lembro como numa noite de Verão passeio pelas ruas ... (ler mais...)


Missão: Poupar (mas não no cinismo) »  2013-10-24 
Aqui, no Pedrógão, há anos que ouço contar uma história. A história da Quitéria. E que é mais ou menos assim. Queixava-se a Quitéria um dia, da vida pobre que levava, e que não tinha outro remédio senão começar a poupar, até no azeite. A surpresa surgia, quando interrogada sobre as quantidades de azeite que ainda tinha, e que tencionava começar a racionar até por alturas do azeite novo, respondia resignada que já não tinha nenhu... (ler mais...)

Euronews »  2013-10-18 
Pela manhã, um café quente e umas páginas de jornal fresco. Ou melhor, um café e os olhos a correr pelas gordas. Olho para cima. A televisão está colada no canto, quase encostada ao tecto. Vê-se uma imagem de um edifício com um monte de bandeiras no exterior. Penso para mim. Bruxelas. Ou Estrasburgo, talvez. Não sei. Não tem som. Está muda. Apenas uma frase por debaixo da imagem.

Portugal não é a Grécia!

O silêncio por veze... (ler mais...)


Porque não? »  2013-10-04 
O ser humano é por natureza avesso à mudança. Será? Honestamente julgo que sim.

Por muito que nos custe admitir, todos nós somos assim. Inquietos no que toca a mudar. Será porque todos nós, sem excepção, sabemos o quão difícil é encetarmos verdadeiras mudanças? Talvez! Já todos nós um dia quisemos emagrecer. Ou deixar de fumar. Ou perder um qualquer mau hábito que nos irrita. E nessas alturas conseguimos perceber claramente as... (ler mais...)


A palavra »  2013-09-13 
Cresci, como muitos de vós, decerto, a ouvir dizer que, palavras leva-as o vento… Mas também ouvi e ainda ouço dizer com agrura, que hoje ao contrário de ontem, a palavra de nada vale. A palavra era então, sinónimo de honra e de carácter, dizem-me. Hoje não. Hoje, a palavra nada vale.

Pois deixem que vos esclareça. Para mim, leve-as ou não o vento, e valham ou não valham nada, (ou não fosse eu um amante das palavras escritas), c... (ler mais...)


A festa da minha aldeia »  2013-08-30 
A festa da minha aldeia é no primeiro fim-de-semana de Setembro. Sempre no primeiro fim-de-semana de Setembr por isso, já sabem, apareçam por cá. Apareçam, porque deixem que vos diga, a festa da minha aldeia é a melhor festa do mundo. E é sempre melhor. Todos os anos melhor. E este ano, de certeza, não vai ser excepção. Existem aquelas pessoas, aqueles velhos, digamos, que acham que antigamente é que tudo era bom. Sempre antigamente. Q... (ler mais...)

À nossa! Cultura… »  2013-08-23 
”O passado já lá está, raio de uma sorte cinzenta…

E o presente é uma réstia de esperança enquanto houver saúde.”

São estas, palavras do Jorge Palma. Um artista.

É impossível medir a arte. Um artista não se mede. Gosta-se, não se gosta. Muito ou pouco. Detesta-se. Idolatra-se. Pessoalmente considero que a obra do Jorge Palma tem um cunho de genialidade. Sem lugar a indiferenças, para mim, sublime. Mas não fiquemos ... (ler mais...)


Uma Finlândia de trazer por casa »  2013-08-02 
Há uns tempos atrás, recebemos em Portugal, a visita do 1ºministro finlandês, Jyrki Katainen. E aquando da sua breve estadia por terras lusas, o Sr. Katainen concedeu algumas entrevistas à nossa comunicação social. Tive a oportunidade de acompanhar uma dessas ocasiões e fiquei a saber que o governo finlandês, saído das eleições legislativas de 2011, é formado por uma coligação de seis partidos. Leram bem, não é engano. Repito, se... (ler mais...)

Janela mágica »  2013-07-19 
Por aqui nunca se passa nada! Será? É como em tudo na vida… Penso eu.

Depende dos olhos que veem, dos olhos que observam, ou dos olhos que nada veem. Enfim, depende de nós. Na minha opinião, basta que prestemos atenção ao mundo que nos rodeia.

Nesse sentido a minha janela é mágica. E não, não falo da TV. Com a preciosa ajuda do jogo de luzes que se cria entre exterior e interior, de reflexos e sombras. E apelando à cumplicida... (ler mais...)


Inaceitável »  2013-06-28 
Lisboa não tem nenhum sistema de tratamento de esgotos. E todas as descargas, das cerca de um milhão de pessoas que habitam a sua zona metropolitana, são lançadas às toneladas, diariamente, no rio Tejo. O que foi outrora a aprazível zona ribeirinha, do cais das colunas até à Torre de Belém, não é hoje mais do que um lamaçal de podridão inenarrável.

Santarém igual. Não tem nenhum sistema de tratamento de esgotos tal como Lisbo... (ler mais...)


 

 Mais lidas - Opinião (últimos 30 dias)
»  2020-09-01  »  José Mota Pereira O rio do fururo - josé mota pereira
»  2020-09-01  »  Rui Anastácio Agricultores - rui anastácio
»  2020-09-01  »  Mariana Varela O debate e a ditadura de pensamento - mariana varela
»  2020-09-12  »  Mariana Varela Democracia e representatividade - mariana varela
»  2020-09-01  »  Jorge Carreira Maia Saudades da ditadura - jorge carreira maia